MinC divulga edital com 99 vagas temporárias e iniciais de R$6 mil!

Iago Almeida

icone calendario 15 maio 2024

O Ministério da Cultura publicou um novo edital de concurso Minc  com a oferta de 99 vagas temporárias para carreiras de nível superior.

As inscrições começam em junho e o salário inicial ultrapassa os R$ 6 mil. Se interessou pela seleção? Saiba tudo comigo nesta matéria!

Resumo do Edital

Vagas: 99 vagas temporárias
Escolaridade: nível superior
Salário: até R$ 6,1 mil
Período de inscrição: de 10/06/2024 até 30/06/2024
Taxa de inscrição: R$ 68,00
Prova: 28/07/2024
Banca: organização própria
Baixe o edital

Como se inscrever no concurso MinC?

Sendo assim, os candidatos interessados no concurso do Ministério da Cultura devem entrar no site do Governo Federal , entre os dias 10 de junho e 30 de junho.

Para homologar a candidatura, entretanto, será necessário efetuar o pagamento da taxa de R$ 68,00. O período para solicitar a isenção fica aberto entre 10 e 16 de junho.

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunosClique aqui  e saiba mais!

Vagas cargos e salários do concurso MinC!

O processo seletivo simplificado do Ministério da Cultura é para contratação temporária de 99 servidores, com a seguinte distribuição de vagas:

  • 57 vagas para Técnicas de Complexidade Intelectual
    • 42 são para ampla concorrência
    • 3 para Pessoas com Deficiência (PcD)
    • 12 para candidatos negros;
  • 42 vagas para Técnicas de Suporte
    • 30 para ampla concorrência
    • 3 para Pessoas com Deficiência (PcD)
    • 9 para candidatos negros

Todas as oportunidades, no entanto, estão destinadas a candidatos com nível superior como escolaridade. Além disso, há requisitos descritos em edital para serem cumpridos.

Posteriormente, os aprovados no certame para Técnicas de Complexidade Intelectual terão salários de R$ 6.130, enquanto os de Técnicas de Suporte ganham R$ 3.800.

Quando e como serão as provas do concurso MinC?

Portanto, os candidatos inscritos estarão avaliados por meio de provas objetivas e discursivas, que estão programadas para 28 de julho.

Ademais, a prova terá a duração de 4 horas e contará com 60 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas e apenas uma resposta correta.

  • 10 questões de Língua Portuguesa;
  • 10 questões de Gestão Pública e Atualidades;
  • 10 questões de Direito Administrativo; e
  • 30 questões de Conhecimentos Específicos.

Por outro lado, a prova discursiva consistirá em uma redação de até 30 linhas, relacionando-as aos conhecimentos específicos de cada cargo e totalizando 30 pontos.

O conteúdo programático do que deve ser estudado em cada disciplina pode ser conferido com mais detalhes no edital.

O que fazem os contratados no Ministério da Cultura?

Atividades Técnicas de Complexidade Intelectual:

  • Desenvolvimento das atividades relativas à prestação de contas técnica e financeira;
  • Execução dos processos de Tomadas de Contas Especiais;
  • Registro, acompanhamento e monitoramento de dados relacionados à prestação de contas nos sistemas Estruturantes da Administração Pública Federal;
  • Elaboração de propostas de normativos;
  • Realização de estudos e pesquisas para a gestão dos processos da Política Nacional Aldir Blanc de Fomento à Cultura (PNAB) junto aos entes subnacionais;
  • Operacionalização de ferramentas de captação e tratamento de dados;
  • Avaliação de políticas públicas (ex ante, pari passu e ex post);
  • Análise técnica de projetos, programas e ações;
  • Produção de relatórios e documentos técnicos sobre temas relacionados à operacionalização do programa;
  • Emissão de laudos e pareceres;
  • Elaboração de manuais, ontologias e outros instrumentos de orientação;
  • Mapeamento de processos e análise de risco; e
  • Mapeamento e monitoramento (em tempo real/atualizado) dos repasses e outras atividades decorrentes das competências institucionais do MinC relativas à PNAB.

Atividades Técnicas de Suporte

  • Atendimento às dúvidas dos Entes Federados, comunidade cultural, trabalhadores culturais e sociedade civil;
  • Elaboração de notas técnicas, minutas normativas e instrumentos jurídicos relacionados à legislação específica;
  • Instrução processual;
  • Realização de diligências junto aos Estados, Municípios e DF nas etapas vinculadas à Lei Aldir Blanc II;
  • Elaboração de ferramentas de suporte à análise, como planilhas de conciliação de despesas e comprovantes;
  • Elaboração de ferramentas de suporte às análises e atendimento às dúvidas de convenentes, proponentes e beneficiários; e
  • Outras atividades decorrentes das competências institucionais do MinC relativas à Política Nacional Aldir Blanc de Fomento à Cultura (PNAB).

Quer saber de mais editais de concursos abertos pelo país? Clique e confira !

Saiba mais sobre o Concurso MinC tem edital publicado. 50 vagas para Analista!

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais