Pesquisar no blog

Passo a passo de como fazer a inscrição da Marinha Fuzileiro Naval!

icone calendario 05 jan 2024

Candidatos de ambos os sexos, com ensino médio e entre 18 e 21 anos, podem se inscrever no concurso Marinha Fuzileiro Naval . São ofertadas 1.680 vagas; veja como fazer!

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos. Clique aqui  e saiba mais!

Como se inscrever no edital Marinha Fuzileiro Naval?

Portanto, já estão abertas as inscrições do concurso da Marinha Corpo de Fuzileiros Navais para admissão ao Curso de Formação de Soldados. 

Assim, os interessados em uma das vagas devem realizar as inscrições no site da própria Marinha do Brasil,  até às 23h59 do dia 16 de fevereiro de 2024.

Ao entrar no site, então, o concurseiro deve ir em “inscrição”, colocar todos os dados solicitados e finalizar a inscrição. Depois, é só confirmá-la, usando o CPF cadastrado.

Posteriormente, o candidato deverá efetuar o pagamento da taxa no valor de R$ 40,00 para que a candidatura seja homologada.

Entretanto, entre os dias 05 e 19 de janeiro de 2024 será possível solicitar a isenção da taxa. O benefício é concedido aos candidatos que:

  • pertençam a família inscrita no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal), cuja renda mensal per capita seja inferior ou igual a meio salário mínimo nacional; e/ou
  • sejam doadores de medula óssea.

Quem pode participar do concurso Marinha Fuzileiro Naval?

Portanto, é importante destacar que a seleção preencherá 1.680 vagas no total, distribuídas entre duas turmas ao longo de 2025.

São 1.440 vagas para estudar no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (Ciampa), no Rio de Janeiro (RJ), e 240 no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (Ciab), na capital federal.

Podem concorrer candidatos de ambos os sexos com ensino médio e idade entre 18 e 21 anos (completados até 30 de junho de 2025).

Além disso, de acordo com o edital, será necessário ainda ser solteiro e não possuir filhos ou dependentes e não possuir deficiência física ou qualquer outra contraindicação, de acordo com os padrões psicofísicos da Marinha .

Ademais, esta é apenas a segunda vez que a corporação permite a participação de mulheres nos cursos para fuzileiros navais. No ano passado foram 96 e neste ano 240.

Divisão por turmas

Assim, as oportunidades serão distribuídas em duas turmas (I e II 2024), sendo 840 vagas para cada turma, nas seguintes localidades:

  • Unidades da MB no Rio de Janeiro
    • Turma I (505)
    • Turma II (545)
  • Unidades da MB em Brasília
    • Turma I (80)
    • Turma II (80)
  • Grupamento de Fuzileiros Navais de Rio Grande
    • Turma I (55)
    • Turma II
  • 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas, em Belém – PA
    • Turma I (30)
    • Turma II
  • 3º Batalhão de Operações Ribeirinhas, em Ladário – MS
    • Turma I (10)
    • Turma II (10)
  • 1º Batalhão de Operações Ribeirinhas, em Manaus – AM
    • Turma I (10)
    • Turma II (10)
  • Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal – RN
    • Turma I (10)
    • Turma II (15)
  • Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador – BA
    • Turma I (50)
    • Turma II (40)
  • Batalhão de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica de Aramar – SP
    • Turma I (90)
    • Turma II (70)

Há algum salário para o Fuzileiro Naval durante a formação?

Os classificados serão matriculados no C-FSD-FN e serão incorporados como praça especial, na condição de Aprendiz-Fuzileiro.

Nessa condição, receberão bolsa-auxílio de R$ 1.303,90, além de alimentação, uniforme e assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa.

Após formado, o aluno ocupará o posto de Soldado Fuzileiro Naval e será remunerado com salário de R$ 2.294,50. Eles cumprirão estágio inicial em unidades da Marinha distribuídas entre o país.

Como serão as provas do concurso Marinha?

Posteriormente, os candidatos serão avaliados em diversas etapas, sendo que a prova objetiva será a primeira. Veja, então, a divisão:

  • Exame de Escolaridade (EE) – Eliminatório e Classificatório
    • Prova Objetiva
  • Eventos Complementares – Eliminatórios
    • Verificação de Dados Biográficos (VDB)
    • Inspeção de Saúde (IS)
    • Teste de Aptidão Física de Ingresso (TAF-i)
    • Avaliação Psicológica (AP)
    • Verificação de Documentos (VD)
    • Procedimento de Heteroidentificação complementar à autodeclaração (PH)

Assim, aprova objetiva será realizada no turno da manhã, às 10h e haverá duração de 3h. A data de aplicação ainda não está definida.

Na ocasião, estarão cobradas 50 questões de múltipla escolha, sobre as disciplinas de Língua Portuguesa (25) e Matemática (25).

Lembrando que cada questão valerá 2 pontos, sendo necessário obter, no mínimo, 10 pontos em cada disciplina para garantir a classificação.

Posteriormente, deverá se realizar o o Teste de Aptidão Física, onde os candidatos deverão performar os seguintes exercícios:

  • Natação: Nadar 50 metros em até um minuto e meio (masculino) e em até dois minutos e 20 segundos (feminino), sem parar, sem apoiar nas bordas, nas raias ou no fundo da piscina, ou utilizar qualquer recurso de ajuda. Deverá ser utilizado o nado livre (sendo caracterizado um dos quatro estilos: Crawl, Costas, Peito ou Borboleta), não sendo permitida a prática denominada “cachorrinho”.
  • Corrida: Correr 3.200 metros em até 19 minutos e meio (masculino) e em até 21 minutos e meio (feminino).
  • Flexão na barra (sexo masculino): Três repetições (supinação).
  • Flexão no solo (sexo feminino): Dez repetições.
  • Abdominal: 30 repetições (masculino) e 26 repetições (feminino, modo remador).

Por fim, confira outros concursos abertos no Brasil ➡️ Concursos Abertos: Mais de 55 mil vagas!

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais