Como estudar Informática para o concurso PC RJ | Nova Concursos

Como estudar Informática para o concurso PC RJ?

icone calendario 30 abr 2021

concurso PC RJ (Polícia Civil do Rio de Janeiro) tem previsão de publicação de editais até julho, para preenchimento de 400 vagas. Entretanto, os concurseiros já podem iniciar seus estudos. E uma dúvida frequente é: como estudar informática para o concurso?

Concurso PC RJ: etapas de seleção

Os candidatos serão avaliados por meio de duas etapas, com exceção da carreira de Delegado, que também contará com prova oral. Serão então:

  • 1ª fase: provas de conhecimentos, exame psicotécnico, exame médico e prova de capacidade física.
  • 2ª fase: curso de formação profissional, com apuração de frequência, aproveitamento e conceito.

Informações que andam circulando nas mídias especializadas em concursos públicos é de que o edital será publicado até junho deste ano.

Como estudar informática para o concurso PC RJ?

As provas estão cada vez mais próximas e os candidatos devem prestar atenção quanto ao que estudar sobre informática. Para isso, o professor do Nova Concursos, Fábio Augusto, separou alguns elementos chaves que devem ser estudados.

No último concurso, em 2012, sob a organização da banca Fundação Euclides da Cunha (Funec), os candidatos tiveram que responder 20 questões para o cargo de Inspetor de Polícia de 6ª classe.

A corporação já adiantou também que a estrutura da próxima prova será semelhante à anterior, na qual aproximadamente 14% das questões eram dessa disciplina.

Segundo o professor, os assuntos apontados no edital são 11 itens, mas outros podem ser cobrados nas provas. São:

  • Sistema Operacional Windows XP e Windows 7
  • Microsoft Word 2010
  • Microsoft Excel 2010
  • Microsoft PowerPoint 2010
  • Conceitos de organização e de gerenciamento de arquivos, pastas e programas
  • Conceitos, serviços e tecnologias relacionados a intranet, internet e a correio eletrônico
  • Internet Explorer 9 e Microsoft Outlook 2010
  • Noções relativas a softwares livres
  • Noções de hardware e de software para o ambiente de microinformática
  • Conceitos e procedimentos de proteção e segurança para segurança da informação
  • Procedimentos, aplicativos e dispositivos para armazenamento de dados e para realização de cópia de segurança (backup)

Segundo o professor, além do Windows 7, pode ser que a prova apresente questões de Windows 10, sendo os mais recentes que existem.

Além disso, os temas dentro da disciplina que têm mais chances de serem cobrados no próximo concurso para Investigador, são:

  • Segurança da Informação, “sem dúvidas”;
  • Computação em Nuvem;
  • Internet das coisas (talvez);
  • Versões novas dos programas Office (Microsoft e LibreOffice) 
  • LINUX (Sistema Operacional Livre concorrente do Windows)

Em Segurança da Informação, é recomendável realizar os estudos mesclando muita teoria e resolução de questões, pois não há quase nada prático sobre o tema na prova.

Enquanto isso, em Excel/Calc (Planilhas), os estudantes devem ler e fazer questões, mas o segredo mesmo é usar os programas, testar “in loco” aquilo que é cobrado em prova, para estar por dentro do assunto.

Uma outra dica importante que pode ser levada em conta é para que os concurseiros peguem as provas das PC atuais de outros estados, como PC PR, PC PA, PC PE entre outras.

Cargo de Inspetor (nível superior)

A última prova para Inspetor foi realizada em 2012 e contou com questões de informática, coerentes, claras. E claro, quem quiser disputar uma vaga na carreira de Inspetor deve se atentar a essa disciplina.

A única surpresa foi a distribuição das 20 questões inclinadas para o processador de textos Microsoft Word 2010, que contou com 10 questões. 

As questões restantes foram distribuídas entre hardwares (3), becapes (1), correio eletrônico (2), Excel (2), sistema operacional (1) e navegador (1).

Dicas importantes

Por fim, é importante que os concurseiros se atentem à pelo menos três dicas para os estudos:

  • Evite questões de provas muito antigas, podem estar desatualizadas ou as bancas organizadoras podem ter revisto suas posições acerca de determinados assuntos.
  • Mantenha-se otimista com atitudes positivas e vontade de aprender e vencer!
  • E, principalmente, uma vez efetivados(as), ajudem a melhorar nosso país com gestos dignos e condizentes com o cargo ocupado.

Concurso PC RJ: vagas e salários

As vagas ofertadas no concurso PC do Rio de Janeiro são para pavimento imediato e os editais serão publicados até julho. A distribuição das vagas também foi informada e ficou assim:

  • 10 vagas para Auxiliar de Necropsia (nível fundamental): R$ 4.506,27
  • 10 vagas para Técnico de Necropsia (nível médio): R$ 5.277,59
  • 25 vagas para Perito Legista (nível superior em Medicina, Odontologia, Farmácia ou Bioquímica): R$ 10.149,95
  • 05 vagas para Perito Criminal (nível superior em Engenharia, Informática, Farmácia, Veterinária, Biologia, Física, Química ou Ciências Contábeis): R$ 10.149,95
  • 100 vagas para Inspetor (nível superior em qualquer área e Carteira Nacional de Habilitação na categoria B): R$ 6.280,31
  • 200 vagas para Investigador (nível médio completo e Carteira Nacional de Habilitação na categoria B): R$ 5.740,38
  • 50 vagas para Delegado (nível superior em Direito): R$ 18.747,95

Concursos PC RJ: requisitos

Entre os principais requisitos para concorrer a uma vaga no concurso, estão:

  • Nacionalidade brasileira ou portuguesa
  • Idade mínima de 18 anos completos;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais e em pleno gozo dos direitos civis e políticos;
  • Estar quite com as obrigações do serviço militar, para candidatos do gênero masculino;
  • Possuir, pelo menos, CNH na categoria “B”.
  • Possuir, até a data da posse, diploma de curso superior devidamente registrado;
Saiba mais sobre o Concurso Polícia Civil RJ: Editais publicados com 350 vagas!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais