Pesquisar no blog

Como gabaritar provas da banca FGV? Análise completa!

icone calendario 01 ago 2022

A banca FGV (Fundação Getúlio Vargas) é uma das principais bancas examinadoras do Brasil e é reconhecida especialmente pela elaboração das provas do Exame de Ordem (OAB) e de área de Tribunais, Jurídica, Fiscal, Administrativa e Policial.

Além disso, é considerada uma banca difícil de prever, pois suas provas costumam ser cheias de particularidades e exceções para cada uma das disciplinas e de acordo com cada órgão contratante.

Portanto, é muito importante que o concurseiro da FGV conheça a banca, seus detalhes e segredos, para conseguir fazer uma boa prova e ser aprovado.

A FGV tem 73 anos de atuação no Ensino Superior, além de atuar em pesquisas e projetos (organização de concursos).

Dessa forma, por seu histórico de trabalho, é considerada referência de qualidade no Brasil, além de ter provas consideradas as mais difíceis e imprevisíveis.

Estude para o concurso de seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos! Clique aqui e saiba mais!

FGV: Como vencer a banca?

Em primeiro lugar, ao estudar para FGV é importante saber que o foco dos assuntos cobrados na prova, vai variar de acordo com o cargo pretendido.

Sendo assim, o concurseiro precisa estar atento ao edital e estudar as especificidades da carreira de interesse.

Ademais, confira algumas dicas para dominar na prova!

Conheça o perfil da banca!

A princípio, as disciplinas exigidas pela banca dependem de cada edital, no entanto algumas delas costumam estar presentes na maioria das provas. Veja!

Língua Portuguesa

Nessa disciplina, normalmente interpretação de texto e e contextualização são muito cobrados.

Portanto, é importante que o concurseiro adquira o hábito de leitura, uma vez que a prova possuí enunciados longos, justamente para testar a resistência mental e física do candidato.

Além disso, veja alguns dos assuntos mais cobrados pela banca:

  • Tipologia e Gênero Textual;
  • Morfologia;
  • Sinônimos e Antônimos;
  • Classes Gramaticais;
  • Adjuntos;

Raciocínio Lógico e Matemático

  • Porcentagem;
  • Geometria Analítica;
  • Regra de três simples e composta;
  • Equação do 1º e 2º grau/
  • Juros Compostos;
  • Razão e proporção;

Informática

  • Softwares funcionais de escritório (Pacote Office);
  • Noções de Internet;
  • Sistemas Operacionais (com foco no Windows)

Direito Constitucional

  • Administração pública;
  • Poder legislativo;
  • Direitos e deveres individuais e coletivos;
  • Poder judiciário;
  • Ministério público;
  • Processo Legislativo;

Direito Administrativo

  • Organização administrativa da União: administração direta e indireta. Agências executivas. Agências reguladoras;
  • Agentes públicos: disposições doutrinárias e constitucionais;
  • Contratos administrativos. Convênios e instrumentos congêneres;
  • Lei nº 8.112/1990 (parte 1);
  • Improbidade Administrativa. Lei de conflito de interesses (Lei nº 12.813/2013);
  • Princípios básicos da Administração Pública;
  • Poderes administrativos;

Ademais, dentro das disciplinas de direito não existe mistério, a banca costuma cobrar lei seca, ou seja, a letra da lei em sua especifidade.

Saiba os pontos vitais da banca FGV!

  • Modelo de questões: múltipla escolha, geralmente organizada em 5 itens;
  • Nível de cobrança: bem nivelado de acordo com o tipo de prova. Ainda assim, costuma ser reconhecida como uma banca examinadora complexa para os candidatos.
  • Distribuição de conhecimentos do edital: costuma abranger todo o edital, ainda que o número de questões para cada assunto varie.
  • Quantidade média de questões: 70 a 80 questões.
  • Enunciados: longos e complexos, com a utilização de termos técnicos e metafóricos.
  • Prova discursiva: pode ser estruturada em modelo de questões, com o máximo de 60 linhas para cada pergunta. Também pode incluir redações sobre tópicos contemporâneos, fortemente associados à política e economia.

Um olhar para a discursiva

A princípio, quando falamos em questão discursiva o núcleo do direito é a base, explorando situações hipotéticas e estudos de caso.

Além disso, a banca dá muita importância para questões políticas, econômicas e sociais.

Portanto, para dominar as provas da FGV também é necessário ter boa capacidade escrita e argumentativa e saber o que está acontecendo no mundo, (atualidades).

Contudo, nas redações a banca costuma ser extremamente atualizada, utilizando de temas polêmicos e de grande repercussão.

Histórico da FGV

Portanto, confira alguns dos concursos realizados pela FGV nos últimos anos:

  • OAB – Anualmente
  • Defensoria Pública do Rio de Janeiro – 2022
  • Banestes – 2022
  • PM SP Soldado – 2022
  • PM SP Oficial – 2022
  • Sefaz MG – 2022
  • PSS Ministério da Saúde – 2022
  • TJDFT – 2022
  • IBGE – 2022
  • Senado Federal (edital a ser publicado)

Gabaritando a FGV

Por fim, confira mais dicas com o professor Heitor Ferreira!

assinatura completa

Acompanhe nossas

redes sociais