Pesquisar no blog

Concurso IBGE: O que levar na prova dia 10/04?

icone calendario 07 abr 2022

Atenção concurseiros! As provas objetivas do concurso IBGE  serão aplicadas dia 10 de abril. São 621.228 inscritos para disputa de 206.891 vagas temporárias para Agente e Recenseador. Confira o que levar na prova!

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova  . Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Concurso IBGE: provas estão se aproximando

As provas objetivas do concurso IBGE serão aplicadas no dia 10 de abril. Sendo assim, será de manhã para Recenseador e à tarde para Agentes!

Vale destacar que, anteriormente, as avaliações seriam aplicadas dia 27 de março, mas teve o prazo alterado.

O que levar para a prova?

Ademais, o edital traz uma série de regras e orientações sobre o que é passível de eliminação e o que os candidatos podem levar ou não para o dia dos exames. Portanto, será eliminado quem portar:

  • aparelhos eletrônicos, tais como iPod, smartphone, telefone celular, agenda eletrônica, aparelho MP3, notebook, tablet, palmtop, pendrive, receptor, gravador, máquina de calcular, máquina fotográfica, controle de alarme de carro etc., bem como relógio de qualquer espécie, pulseiras magnéticas e similares,
  • óculos escuros ou protetor auricular ou quaisquer acessórios de chapelaria, tais como chapéu, boné, gorro etc.
  • e, ainda, lápis, lapiseira (grafite), corretor líquido e/ou borracha.

Caso o candidato esteja portanto algo descrito acima, poderá acionar o fiscal de sala que lhe fornecerá uma embalagem não reutilizável para guardar.

Além disso, bolsas, mochilas e outros pertences deverão permanecer ao lado ou embaixo da carteira/cadeira do candidato.

Comida só será permitida em recipientes de armazenamento de lanches de rápido consumo e bebidas fabricados com material transparente e sem rótulos.

Vale destacar ainda que o candidato deverá retirar a máscara apenas para se alimentar e deverá recolocá-la imediatamente após terminar.

Portanto, pra ingresso e permanência dos candidatos no local de prova será obrigatório o uso de máscara.

Já em relação à caneta, esta deverá ser esferográfica de tinta azul ou preta, fabricada em material transparente.

Além disso, os candidatos devem chegar antes do horário descrito para início da prova, portando algum dos documentos abaixo:

  • carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares;
  • carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos etc.);
  • passaporte brasileiro; certificado de reservista;
  • carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade;
  • ou carteiras de trabalho;
  • carteiras de identidade do trabalhador;
  • e carteiras nacionais de habilitação em papel (somente o modelo com foto);
  • Registro Nacional de Estrangeiro (RNE), com validade.

Como serão as provas?

Portanto, serão 60 questões aplicadas para os inscritos de Agente e 50 para os de Recenseador. Sendo assim, confira as disciplinas:

  • Agentes – 60 questões
    • Língua Portuguesa (10);
    • Raciocínio Lógico Quantitativo (10);
    • Ética no Serviço Público (05);
    • Noções de Administração/Situações Gerenciais (15); e
    • Conhecimentos técnicos (20).
  • Recenseador – 50 questões
  • Língua Portuguesa (10);
  • Ética no Serviço Público (05);
  • Matemática (10); e
  • Conhecimentos técnicos (25).

“O conteúdo a ser cobrado na prova está detalhado no edital. Disponibilizamos também uma apostila de conhecimentos técnicos, preparada pelo IBGE, para que o candidato obtenha os conhecimentos necessários para responder as questões sobre a operação censitária. A apostila e o Código de Ética do IBGE estão disponíveis no site da FGV”, afirma o coordenador de RH do IBGE, Bruno Malheiros.

Onde acontecerão?

Além disso, as provas serão realizadas em todos os municípios em que houver vagas, ou seja, nos 26 estados, além do Distrito Federal.

Inscritos

São, portanto, 621.228 inscritos, sendo 271.791 para Agente, de nível médio, e 349.437 para Recenseador, de nível fundamental. 

Além disso, é possível conferir a concorrência em cada região do país. Portanto, confira abaixo:

Concurso IBGE: vagas e salários

Sendo assim, o concurso  IBGE está ofertando um total de 206.891 vagas temporárias em todo o país.

Os salários dos aprovados e contratados são de R$1.700 para o Agente Supervisor e R$2.100 para o Agente Municipal.

Entretanto, há ainda auxílio-alimentação de R$458, fazendo com que os valores subam para R$2.158 e R$2.558, respectivamente. 

Além disso, os contratados ainda terão direito ao auxílio-transporte, auxílio pré-escolar, férias e 13º salário proporcionais.

No caso do Recenseador, a remuneração será por produção. Assim, o contrato dos Agentes é de cinco meses, enquanto o Recenseador irá trabalhar por três meses.

assinatura completa
Saiba mais sobre o Concurso IBGE: Edital publicado com mais de 206 mil vagas!
Acompanhe nossas

redes sociais