Pesquisar no blog

Concurso TJ SE: O que estudar? Confira como foi o último edital!

icone calendario 08 dez 2022

Um novo edital para o concurso TJ SE  está sendo aguardado ainda para 2022. Veja detalhes da seleção, saiba o que estudar e também confira como foi o último concurso publicado!

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos. Clique aqui  e saiba mais!

Concurso TJ SE: quando sai o próximo edital?

Ainda não há uma data concreta, mas um novo edital para o Tribunal de Justiça de Sergipe  segue previsto para ser publicado ainda em 2022.

A previsão acima foi dada pelo presidente do órgão, Edson Ulisses de Melo. Além disso, a comissão organizadora está montada!

Lembrando que o aval para a realização do certame foi publicado no dia 15 de junho por meio do Diário Oficial.

Agora, o próximo passo é terminar o termo de referência, que revelará o número de vagas, conforme disponibilidade financeira.

Cargos vagos aumentam

Sendo assim, um novo concurso TJ SE é necessário, uma vez que o último edital foi publicado em 2014, com prazo de validade expirado em 2018.

Portanto, de acordo com um relatório realizado em agosto de 2022, o órgão conta com 145 cargos vagos, sendo 126 deles somente de Técnico Judiciário.

Saiba detalhes do último concurso TJ SE

Sendo assim, o último concurso do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe ofertou 36 vagas imediatas.

Assim, foram oportunidades de níveis médio e superior para os cargos de Técnico e Analista Judiciário.

Além disso, também existiram vagas destinadas a formação de cadastro reserva. Portanto, confira como foi a distribuição:

  • Técnico Judiciário – Nível Médio
    • Área Administrativa;
    • Área Judiciária; e
    • Programação de Sistemas.
  • Analista Judiciário – Nível Superior
    • Área Administrativa;
    • Banco de Dados;
    • Análise de Sistemas;
    • Direito;
    • Redes;
    • Segurança da Informação;
    • Infraestrutura;
    • Web designer;
    • Telecomunicações;
    • Arquitetura;
    • Contabilidade;
    • Economia;
    • Engenharia Civil;
    • Engenharia Elétrica;
    • Estatística;
    • Medicina;
    • Psiquiatria;
    • Psicologia; e
    • Serviço Social.

E os salários?

Ademais, os aprovados nesse processo seletivo, recebiam um salário inicial no valor de R$ 2.457,39 para nível médio e R$ 4.032,45 para nível superior.

Entretanto, as remunerações atualmente são um pouco maiores, de forma que, de acordo com o portal do órgão, as carreiras atuais contam com ganhos de R$ 3.327,36 para nível médio e R$ 5.460,06 para nível superior.

Além da remuneração, os servidores também pode ter acesso aos seguintes benefícios:

  • Auxilio Alimentação: R$ 1.020,90
  • Auxílio Transporte: R$ 160,00
  • Assistência Pré-Escolar
  • Exames periódicos
  • Assistência Médica e Odontológica

Etapa única de avaliação

Organizado pelo Cebraspe, o último concurso avaliou os candidatos por meio de uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório.

Assim, ela foi aplicada com duração de três horas e 30 minutos e contou com 120 questões no total.

Portanto, foram 50 de Conhecimentos Básicos e 60 de Conhecimentos Específicos. Assim, a primeira parte abrangeu as disciplinas de:

  • Português
  • Noções de Informática (para algumas especialidades)
  • Noções de Inglês Instrumental (para algumas especialidades)
  • Raciocínio Lógico 
  • Código de Organização Judiciária do Estado e Regimento Interno do TJ-SE

O que estudar?

  • LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1 Aspectos gerais da redação oficial.7.2 Finalidade dos expedientes oficiais. 7.3 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.4 Adequação do formato do texto ao gênero.
  • NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 1 Noções de sistema operacional (ambientes Linux e Windows). 2 Edição de textos, planilhas e apresentações (ambientes Microsoft Office e BrOffice). 3 Redes de computadores. 3.1 Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e intranet. 3.2 Programas de navegação (Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome). 3.3 Programas de correio eletrônico (Outlook Express e Mozilla Thunderbird). 3.4 Sítios de busca e pesquisa na Internet. 3.5 Grupos de discussão. 3.6 Redes sociais. 3.7 Computação na nuvem (cloud computing). 4 Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. 5 Segurança da informação. 5.1 Procedimentos de segurança. 5.2 Noções de vírus, worms e pragas virtuais. 5.3 Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, anti-spyware etc.). 5.4 Procedimentos de backup. 5.5 Armazenamento de dados na nuvem (cloud storage).
  • LÍNGUA INGLESA INSTRUMENTAL:1 Compreensão de textos escritos em língua inglesa (ênfase em textos técnicos). 2 Itens gramaticais relevantes para a compreensão dos conteúdos semânticos.
  • RACIOCÍNIO LÓGICO: 1 Estruturas lógicas. 2 Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões. 3 Lógica sentencial (ou proposicional). 3.1 Proposições simples e compostas. 3.2 Tabelasverdade. 3.3 Equivalências. 3.4 Leis de De Morgan. 3.5 Diagramas lógicos. 4 Lógica de primeira ordem. 5 Princípios de contagem e probabilidade. 6 Operações com conjuntos. 7 Raciocínio lógico envolvendo problemas aritméticos, geométricos e matriciais.

Conheça as atribuições dos principais cargos do concurso TJ SE

Analista judiciário – Área: Administrativa/Judiciária – Direito

  • Realizar atividades de nível superior, de natureza técnica, realizadas privativamente por bacharéis em Direito a fim de fornecer suporte técnico e administrativo, favorecendo o exercício da função judicante pelos magistrados e/ou órgãos julgadores;
  • Realizar as ações de planejamento;
  • Organização, coordenação, supervisão técnica, assessoramento, estudo, pesquisa;
  • Elaborar laudos, pareceres ou informações e execução de tarefas de elevado grau de complexidade compreendendo as atividades relacionadas ao processamento de feitos.

Analista Judiciário – Área: Administrativa – Telecomunicações

  • Executar instalação, manutenção e aceitação de sistemas de telecomunicações, tais como: redes de computadores, sistemas de radiofusão, telefonia fixa e móvel, comunicação de dados, comunicação via satélite, comunicação óptica e radiocomunicação;
  • Executar atividades de instalação, reparação e manutenção de redes estruturadas e de equipamentos de áudio, vídeo, som e telefonia;
  • Executar atividades de instalação e manutenção de sistema interno de telefonia, incluindo central privativa de telefonia (PABX), extensões telefônicas, programação e categorização de ramais;
  • Instalação e configuração de sistema coletivo de TV.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Contabilidade

  • Assessorar as unidades judiciárias em processos administrativos e judiciais;
  • Elaborar pareceres, laudos e relatórios inerentes à sua área de atuação, indicando a fundamentação, métodos e parâmetros aplicados, referentes a exame da escrituração de livros comerciais e fiscais, balancetes e balanços;
  • Realizar a apuração de receitas, despesas e resultados;
  • Avaliar acervos patrimoniais e verificar haveres e obrigações, decorrentes de liquidação, fusão, cisão, incorporação, transformação, expropriação no interesse público;
  • Analisar custos de mercadorias, produtos de serviços públicos ou privados;
  • Calcular lucro cessante, emergente de perdas e danos; analisar a prestação de contas e seus serviços afins e correlatos.

Técnico Judiciário – Área: Administrativa/Judiciária

  • Realizar atividades de nível intermediário a fim de fornecer auxílio técnico e administrativo aos magistrados e/ou aos órgãos julgadores, favorecendo o exercício da função judicante e o exercício das funções necessárias ao adequado funcionamento da organização.

assinatura completa
Saiba mais sobre o Concurso TJ SE: Edital publicado. 61 vagas para níveis médio e superior!

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais