Previc: Saiba quanto ganha um Analista Administrativo!

icone calendario 31 out 2023

A Previc (Superintendência Nacional de Previdência Complementar) confirmou participação no Concurso Nacional Unificado.

De acordo com o diretor-superintendente da Previc, Ricardo Pena, a proposta do CNU é inovadora.

“O modelo promove uma competição mais justa e permite a participação de candidatos nas cinco regiões do país que, embora capacitados, talvez não disponham de recursos suficientes para enfrentar um concurso tradicional”, destacou Pena.

Serão ofertadas 40 vagas de nível superior para as seguintes carreiras:

  • Analista Administrativo: 15 vagas
  • Especialista em Previdência Complementar: 25 vagas

edital do CNU será publicado até 20 de dezembro e as provas estão previstas para serem aplicadas em março de 2024.

Em conjunto ao ofício de adesão, a Previc solicitou a mudança para o bloco temático “Administração e Finanças Públicas“.

Segundo o órgão, este bloco possui mais afinidade com as atribuições a serem desempenhadas pelos cargos.

Até o momento, o certame será realizado no bloco “Trabalho e Previdência”, sugerido pelo MGI.

Saiba mais: Como começar a estudar para o Concurso Nacional Unificado (CNU)?

Se você tem interesse na carreira, continue nessa página para não perder nenhuma informação e já ir se preparando! 😉

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos! Clique aqui   e saiba mais!

Quanto ganha um Analista Administrativo?

O Analista Administrativo tem remuneração inicial de R$ 12.953,29, correspondente a soma do vencimento base e da Gratificação de Desempenho de Atividade na Superintendência de Previdência Complementar – GDAPREVIC.

Entretanto, o servidor possuí progressão salarial, que permite um aumento no salário, podendo chegar em R$ 20.664,06 no último nível.

São cinco classes e dezessete níveis de escalonamento, sendo classe inicial (I), classe A (I, II, III e IV), classe B (I, II, III e IV), classe C (I, II, III e IV) e classe especial (I, II, III e IV), conforme demonstrado na tabela:

E um Especialista em Previdência Complementar?

O Especialista em Previdência Complementar tem remuneração inicial de R$ 14.010,09, também correspondente a soma do vencimento base e da Gratificação de Desempenho de Atividade na Superintendência de Previdência Complementar – GDAPREVIC.

A remuneração pode chegar no valor de R$ 22.220,03, devido a progressão salarial, que possui o mesmo escalonamento da carreira de Analista Administrativo, conforme demonstrado na tabela:

Quais as atribuições dos servidores da Previc?

Entre as atividades a serem exercidas pelos servidores, estão:

Analista Administrativo: atividades administrativas e logísticas de nível superior relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo da Previc, fazendo uso dos equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades.

Especialista em Previdência Complementar: atividades especializadas de análise, avaliação e supervisão para fins de autorização, de compatibilização, de controle e supervisão do regime de previdência complementar, operado por entidades fechadas de previdência complementar, bem como para a implementação de políticas e para a realização de estudos e pesquisas respectivos a essas atividades.

Quais os requisitos para participar do concurso Previc?

Para participar do concurso, é necessário:

  • Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do artigo 12 da Constituição Federal;
  • Diploma de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação.
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais e, em caso de candidato do sexo masculino, também com as militares;
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo;
  • Ter idade mínima de dezoito anos completos na data da posse;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo; 

Como foi o último concurso Previc?

O último concurso foi realizado em 2010, para o preenchimento de 100 vagas que foram distribuídas entre as seguintes carreiras:

  • Nível Médio
    • Técnico Administrativo (20)

  • Nível Superior
    • Analista Administrativo – TI (05)
      • Contábil (01)
      • Administrativa (14)
    • Especialista em Previdência Complementar – Atuarial (27)
      • Finanças e Contábil (33)

Os aprovados foram lotados nos estados de Pernambuco, Minas Gerais, São Paulo, Distrito Federal, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

As remunerações iniciais eram:

  • Técnico Administrativo – R$ 4.582,79
    • Vencimento Básico: R$ 2.424,39
    • Gratificação de Desempenho: R$ 2.158,40

  • Analista Administrativo – R$ 9.263,36
    • Vencimento Básico: R$ 4.600,00
    • Gratificação de Desempenho: R$ 4.663,36

  • Especialista em Previdência Complementar – R$ 10.019,20
    • Vencimento Básico: R$ 4.600,00
    • Gratificação de Desempenho: R$ 5.419,20

Na ocasião, a banca organizadora foi o Cebraspe, que avaliou os candidatos por meio de três etapas:

  • Prova Objetiva;
  • Prova Discursiva;
  • Avaliação de Títulos.

A prova objetiva foi composta por 120 questões de “certo ou errado”, enquanto a prova discursiva consistiu na elaboração de um texto dissertativo de até 30 linhas, sobre os temas de:

  • Analista Administrativo: Noções de Direito Administrativo e Constitucional
  • Especialista em Previdência Complementar: Legislação Específica da Previdência Complementar;

Os aprovados ainda tiveram seus títulos e experiências avaliados de acordo com a seguinte tabela:

O que cai na prova?

A prova objetiva é composta de 120 questões sobre as disciplinas de:

Analista Administrativo

  • Conhecimentos Gerais (50 questões)
    • Língua Portuguesa;
    • Literatura Espanhola ou Língua Inglesa;
    • Raciocínio Lógico Quantitativo;
    • Noções de Direito Administrativo e Constitucional;
    • Noções de Informática;
    • Ética e Conduta Pública.

  • Conhecimentos Específicos (70 questões)
    • Área Administrativa
      • Legislação Específica da Previdência Complementar;
      • Gestão de Pessoas;
      • Gestão Contemporânea;
      • Orçamento Público;
      • Licitação, Contratos e Convênios.
    • Área Contábil
      • Legislação Específica da Previdência Complementar;
      • Contabilidade Geral e Pública.
      • Administração Financeira e Orçamentária;
      • Licitação, Contratos e Convênios.
    • Área Tecnologia da Informação
      • Legislação Específica da Previdência Complementar;
      • Suporte Técnico;
      • Desenvolvimento de Sistemas;
      • Gestão e Governança de TI;
      • Segurança da Informação.

Especialista em Previdência Complementar

  • Conhecimentos Gerais (50 questões)
    • Língua Portuguesa;
    • Literatura Espanhola ou Língua Inglesa;
    • Raciocínio Lógico Quantitativo;
    • Noções de Direito Administrativo e Constitucional;
    • Noções de Informática;
    • Ética e Conduta Pública.

  • Conhecimentos Específicos (70 questões)
    • Área Atuarial
      • Legislação Específica da Previdência Complementar;
      • Atuária Aplicada a Previdência Complementar;
      • Matemática Atuarial;
      • Estatística;
      • Economia;
      • Avaliação de Riscos e Controles Internos
    • Área Finanças e Contábil
      • Legislação Específica da Previdência Complementar;
      • Contabilidade Geral;
      • Contabilidade Aplicada à Previdência Complementar;
      • Finanças;
      • Economia Brasileira;
      • Avaliação de Riscos e Controles Externos.

Atenção! 👉🏼 Acesse os conteúdos específicos de cada disciplina no conteúdo programático do edital, clicando aqui! 👈🏼

Em uma escala de 0 à 120 pontos, foram reprovados os candidatos que obtiveram:

  • nota inferior a 10,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos básicos (P1);
  • nota inferior a 21,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos (P2); ou
  • nota final nas provas objetivas (NPO) inferior a 36,00 pontos, em que NPO = P1 + P2.

De acordo com o órgão, entre 2012 e 2013 foram convocados 95 candidatos aprovados, sendo:

  • 2012: 44 convocados, sendo 10 Analistas e 34 Especialistas;
  • 2013: 51 convocados, sendo 12 Analistas e 39 Especialistas.

Fique por dentro das últimas informações!

Estamos antenados em torno das movimentações do concurso Previc e qualquer novidade iremos publicar aqui no blog e em nossos outros canais e redes sociais. 

Para você ser avisado em primeira mão, é importantíssimo que nos acompanhe e/ou salve nossos contatos, porque assim que a notícia for publicada, chegará quentinha para você! 

Até a próxima e bons estudos! ❤️

Saiba mais sobre o Concurso Previc: Edital publicado. 40 vagas e iniciais de até R$ 14 mil!

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais