Qual a idade para entrar na Polícia Civil MG? | Nova Concursos

Qual a idade para entrar na Polícia Civil MG?

icone calendario 24 mar 2021

Um novo concurso PC MG (Polícia Civil de Minas Gerais) está no radar no estado. O novo chefe da Polícia Civil, Joaquim Francisco Silva e Neto, foi apresentado à pauta com o pedido para oferta de 1.514 vagas.

Os cargos solicitados têm exigência de níveis médio e superior, com salários de R$ 1,5 mil a R$ 11 mil. Mas, a dúvida que surge é a seguinte: o concurso PC MG tem limite de idade?

Concurso PC MG: idade mínima para inscrição

A solicitação para o novo concurso PC de Minas Gerais está sendo analisada pela Câmara de Orçamentos e Finanças do Estado (Cofins).

E para que o interessado na vaga possa ingressar é preciso ter, no mínimo, 18 anos completos na data da posse. Isso vale para qualquer uma das carreiras, sendo:

– Delegado – a partir de 18 anos
– Escrivão – a partir de 18 anos
– Investigador – a partir de 18 anos 
– Médico legista – a partir de 18 anos 
– Perito – a partir de 18 anos
– Analista – a partir de 18 anos
– Técnico – a partir de 18 anos

O limite de idade máxima não está mais sendo imposto pela Polícia Civil MG para os próximos concursos. Antes, há alguns anos, a corporação exigia que os candidatos a Investigador tivessem até 32 anos.

Entretanto, a Justiça do Estado decidiu suspender a restrição etária para os cargos de Delegado, Perito Criminal, Escrivão e Investigador. Já para as carreiras administrativas não havia restrição quanto ao limite de idade dos participantes.

Sendo assim, mesmo com a não imposição da idade máxima, os concurseiros deverão ficar atentos. Isso porque algumas etapas e aspectos da avaliação do próximo concurso serão impactados pela idade

Primeiro, idade e data de aniversário podem servir como critério de desempate no certame, com os mais velhos levando vantagem na classificação. Depois, o teste físico, que nos últimos concursos também variava conforme a idade do candidato: quanto mais velho, menor era o número de repetições ou o tempo exigido em alguns testes.

Concurso Polícia Civil MG: vagas, cargos e salários

O novo concurso PC MG só precisa de autorização do estado, para que possa ter seu edital publicado. No que depender das autoridades do Legislativo e entidade sindicais, entretanto, o aval deverá ser concedido com urgência.

O chefe da Polícia Civil de Minas Gerais , Wagner Pinto de Souza, confirmou o envio do pedido para a realização de um novo certame, com previsão de preenchimento de 1.514 vagas, sendo:

  • Delegado – 201 vagas
  • Escrivão – 317 vagas
  • Investigador – 689 vagas
  • Médico Legista – 16 vagas
  • Perito – 51 vagas
  • Analista – 80 vagas
  • Técnico – 160 vagas

Para as carreiras de Delegado, Escrivão, Investigador, Médico Legista e Perito, a exigência é de nível superior. Para Médico e Perito, os salários iniciais são de R$ 8.874,60.

Já para Escrivão e Delegado, as remunerações são de R$ 4.098,39 e R$ 11.475,57, respectivamente. E o Investigador tem a base de R$ 3.688,58.

Por outro lado, na área administrativa, para Analista a exigência é de graduação, com salários de R$ 2.782,16. E para Técnico, é exigido nível médio completo ou curso técnico em áreas como Enfermagem, Radiologia e outras, tendo remuneração de R$ 1.530,18.

Último concurso PC MG

Publicado em 2013, o último concurso PC MG ofertou 1.497 vagas, sendo 121 para Médico Legista e 95 para Perito Criminal, além de 415 para Analista e 866 para Técnicos. Em 2018, um novo edital ofertou vagas para Delegado e Escrivão.

Tendo a Fumarc como organizadora em 2013, os candidatos foram avaliados por provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, composta por 60 questões sobre:

  • Língua Portuguesa
  • Matemática
  • Noções de Criminalística
  • Noções de Medicina Legal, Noções de Contabilidade
  • Noções de Informática
  • Direitos Humanos, variando de acordo com o cargo

Além disso, outras quatro etapas foram usadas para avaliação dos candidatos. Elas compreendiam:

  • avaliação psicológica;
  • exames biomédicos e biofísicos;
  • investigação social; e
  • curso de formação policial. 

Polícia Civil MG: deficit

O número de vagas, solicitado para o novo concurso, foi definido com base em estudo técnico realizado pela Polícia Civil, tendo em vista o déficit no quadro de pessoal, mas também atendendo à Lei de Responsabilidade Fiscal.

Isso porque, o déficit nas carreiras policiais da corporação já é de 7.444 cargos vagos, 41,8%. Investigador e Escrivão lideram, tendo 4.696 e 1.448 cargos vagos, respectivamente. Além disso, há falta de 895 Delegados, 99 Médicos Legistas e 306 Peritos.

Em tempo, a Cofin estuda também a nomeação dos excedentes do concurso realizado em 2018, sendo 65 Delegados e 152 Escrivães, o que poderia ajudar para a diminuição dos cargos vagos.

Na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, os deputados Sargento Rodrigues, João Leite, Celise Laviola e Gustavo Santana solicitaram que o concurso seja autorizado com urgência. A proposição foi publicada no final de novembro, no Diário Oficial Legislativo.

Saiba mais sobre o Concurso PC MG: Edital publicado com 519 vagas!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais