Concurso Bombeiros – RJ: Edital para Oficiais pode ser publicado em 2021!

O edital do próximo concurso Bombeiros RJ (Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro), destinado para Oficiais, pode ser publicado em 2021 devido ao adiamento do vestibular UERJ. A realização de uma nova seleção é vista com caráter de urgência, devido ao déficit presente na corporação. Para pleitear uma vaga, é necessário o interessado ter ...

Status do concurso: Previsto

e-Book Grátis para Você!

Guia Plano de Estudos Passo a Passo. Receba Agora!

O edital do próximo concurso Bombeiros RJ (Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro), destinado para Oficiais, pode ser publicado em 2021 devido ao adiamento do vestibular UERJ. A realização de uma nova seleção é vista com caráter de urgência, devido ao déficit presente na corporação.

Para pleitear uma vaga, é necessário o interessado ter o nível médio de formação. As inscrições para o concurso Bombeiros RJ são feitas por meio do site da UERJ, durante o 1º ou 2º exame de qualificação!

Os candidatos aprovados nos concursos Bombeiros RJ anteriores, terão prioridade na seleção para temporários na corporação. Foi informado pela instituição, sobre o Projeto de Lei 2884/2020, e que irá cumprir a Lei.

No dia 01 de setembro, a Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro) aprovou, em discussão única, o Projeto de Lei, de autoria do Poder Executivo, que institui o SMTV (Serviço Militar Temporário Voluntário) no Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro.

Edital do concurso Bombeiros RJ pode ser divulgado em 2021

O próximo concurso Bombeiros RJ, com vagas destinadas para o quadro de Oficiais, pode ser publicado em 2021. A nova previsão ocorre devido ao adiamento do Vestibular 2021, da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro).

Nos últimos anos, o Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro realiza o seu certame para ingresso de Oficiais, por meio do vestibular da UERJ. Em 2020, a seleção chegou a estar prevista, mas agora pode ocorrer somente no ano que vem.

Em comunicado, a UERJ informou que adiou o seu Vestibular 2021, em função da pandemia da Covid-19. De acordo com a instituição, os exames serão realizados no primeiro semestre de 2021, em datas a serem anunciadas em breve.

“Quando esse anúncio for feito, entraremos em contato com a Academia do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro para confirmar o interesse da corporação na sua participação nos exames”, informou a UERJ.

As inscrições para o concurso Bombeiros RJ são feitas por meio do site da UERJ, durante o 1º ou 2º exame de qualificação. A primeira etapa é constituída por uma prova objetiva e prova discursiva do vestibular da universidade.

A prova objetiva de múltipla escolha, conta com questões de Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas. Os candidatos aprovados realizam então a prova discursiva da UERJ, com questões sobre Física e Matemática, além de uma Redação.

Após a finalização das provas da UERJ, os participantes classificados dentro de três vezes o número de vagas oferecidas no concurso Bombeiros RJ, são convocados para a Parte Específica realizada pela própria corporação.

Esta fase consta em exames físicos, exames de saúde e pesquisas documental e social. Os candidatos aprovados são convocados para o curso de formação. O certame costuma ter validade de 20 dias, após a homologação.

Requisitos para o curso de formação

O concurso para o Curso de Formação de Oficiais do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, costuma exigir os seguintes requisitos:

– Ser brasileiro;

– Estar em dia com as obrigações militares nos termos da Lei de Serviço Militar;

– Ter consentimento do pai ou do responsável para assentar Praça Especial do Corpo de Bombeiros, se menor de 18 anos;

– Não há limite de idade;

– Ter concluído ou concluir até a data da matrícula no curso de formação de oficiais o nível médio;

– Para os candidatos militares, estar, no mínimo, classificado no comportamento “bom”.

Realização do concurso Bombeiros RJ Temporários

A realização do novo concurso Bombeiros RJ para temporários não deve demorar para acontecer, caso a lei que institui o Serviço Militar Temporário Voluntário (SMTV) seja sancionada pelo governador em exercício Cláudio Castro.

Isso porque, foi informado pelo Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro que aguarda apenas a lei ser sancionada para dar os próximos passo na realização do certame.

Vale ressaltar, que durante uma reunião de líderes partidários, realizada no dia 01 de setembro, o comandante do CBMERJ, coronel Roberto Robadey Júnior, informou que a corporação prevê, pelo menos, 2.500 vagas temporárias nos próximos meses.

O governador em exercício Cláudio Castro, tem até o dia 23 de setembro, para sancionar ou vetar o Projeto de Lei 2.884/20202, que institui o SMTV para completar os quadros de Oficiais e as diversas qualificações de Praças.

Caso ocorra a sanção da lei, o novo concurso Bombeiros RJ para temporários será destinado a homens e mulheres maiores de 18 anos.

O certame irá ocorrer por meio de um processo seletivo, regulamentado pelo Corpo de Bombeiros e conforme as necessidades da corporação.

Para participar do concurso Bombeiros RJ, o candidato deverá entregar certidões negativas criminais expedidas por órgãos competentes das esferas federais e municipais.

A idade máxima para ocupar o posto de Praça Temporário será de 25 anos e a de Oficial Temporário é de 35 anos. A admissão do bombeiro militar temporário poderá ser feita em posto ou graduação diverso do inicial.

Os requisitos, como a escolaridade, para ingresso em cada área de atuação do CBMERJ serão definidos no edital de abertura.

Déficit de cargos no Bombeiros RJ

No mês de junho de 2020, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, divulgou dois decretos que juntos, bloqueiam mais de 9.500 cargos vagos originados durantes o RRF (Regime de Recuperação Fiscal). Entretanto, o novo concurso Bombeiros RJ segue sendo urgente, já que o número de vacâncias permanece na corporação.

Recentemente foi realizado um estudo pelo Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, que relata mesmo após o bloqueio de cargos vagos, segue com 313 vagas disponíveis para reposição, a partir do dia 01 de julho de 2020.

De acordo com o estudo, ao todo, o Decreto 47.117/2020 bloqueou 1.373 cargos vagos nos quadros da corporação. Entretanto, ainda restam essas 313 vacâncias, sendo 06 vagas para Oficiais e 307 vagas para o quadro de praças (Soldados).

Dessa maneira, a convocação de candidatos aprovados e a realização de um novo concurso Bombeiros RJ podem acontecer. No entanto, o estudo ainda está sendo avaliado. Com isso, o número de cargos vagos pode aumentar ou diminuir.

Segundo informações da corporação, mesmo diante dos postos para livre provimento, não serão considerados eventuais aumentos de despesas de pessoal criados a partir de compensações com bloqueios de cargos, se houver.

Sobre o Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro

O Corpo de Bombeiro Militar do Rio de Janeiro é o mais antigo do Brasil. Foi fundado pelo Imperador Dom Pedro II em 1856, após a incidência de inúmeras tragédias, como os incêndios do Teatro São João, em 1851 e 1856. Nessa época o Imperador decidiu organizar o Corpo Provisório de Bombeiros da Corte, reunindo sob uma mesma administração as diversas seções que até então existiam (nos Arsenais de Guerra e de Marinha, Repartição de Obras Públicas e Casa de Correção).

Em abril de 1860 foi publicado o primeiro regulamento, onde constava sua subordinação ao Ministério da Justiça.

Em 1864 a Diretoria Geral foi instalada da Praça da Aclamação (atual Praça da República); endereço que permanece até os dias de hoje como sede do Comando Geral do CBMERJ.

Inicialmente a Corporação não possuía caráter militar, e os oficiais não podiam usar insígnias nem mesmo no quartel. Foi somente em 1880 que seus integrantes passaram a ser classificados dentro de uma hierarquia militarizada. O Diretor Geral recebeu a patente de Tenente-coronel; o Ajudante a de Major; os Comandantes de Seções as de Capitão; e os Instrutores, as de Tenente.

Com a Proclamação da República em 1889, a Corporação passou a denominar-se Corpo de Bombeiros do Distrito Federal.

Em 1917 passou a constituir Reserva do Exército Nacional. Condição essa revertida em fevereiro de 1934, e readquirida em 1948.

Em 21 de abril de 1960 a capital federal transferiu-se do Rio de Janeiro para Brasília, e o antigo Distrito Federal foi transformado no estado da Guanabara, passando a Corporação a denominar-se Corpo de Bombeiros do Estado da Guanabara (CBEG).

Em 15 de março de 1975 realizou-se a fusão do estado da Guanabara com o do Rio de Janeiro, por meio da Lei Complementar nº 20, de 1º de julho de 1974. Até então, no estado do Rio de Janeiro o Corpo de Bombeiros estava subordinado à Polícia Militar, funcionando, geralmente, com pelotões destacados dentro dos quarteis da PM especializados em atividades de defesa civil. Após a fusão, o Corpo de Bombeiros fluminense foi desmembrado da PM e unificado com o guanabarino.

A Corporação passou então a designar-se como Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBERJ), com as prerrogativas do centenário Corpo de Bombeiros da antiga Capital Federal; mantendo a autonomia e subordinando-se diretamente à Secretaria de Estado.

Em 1983 foi criada a Secretaria Estadual de Defesa Civil; sendo o Coronel BM José Halfed Filho, Comandante Geral do CBMERJ, o primeiro Secretário a tomar posse do cargo.

Em 1995 essa Secretaria foi extinta e transformada em Departamento Geral de Defesa Civil, voltando o CBMERJ a ficar subordinado à Secretaria de Segurança Pública.

Com as mudanças inseridas na Constituição Federal de 1988, foi incorporado, também em 1995, o termo “Militar” à denominação; objetivando com isso reforçar sua condição de Reserva do Exército.

Último concurso Bombeiros RJ

O último concurso Bombeiros RJ teve seu edital publicado no ano de 2019. No mês de fevereiro deste ano, foi publicada a homologação. Ao todo, foram ofertadas 50 vagas para Oficiais, com exigência do nível médio completo.

O certame foi destinado a candidatos de ambos os sexos e não teve limites de idade ou de altura. De acordo com o Corpo de Bombeiros RJ, o salário bruto de um Cadete (militar em formação para se tornar Oficial) é de, aproximadamente, R$ 3.200,00. Após três anos de formação, já como aspirante, a remuneração chega ao valor de R$ 6.000,00.

Histórico de Notícias

18/09/2020

Concurso Bombeiros RJ: Edital para temporários será planejado após sanção de lei!

Foi relatado pelo CBMERJ, que aguarda sanção da lei que institui o Serviço Militar Temporário para iniciar os trâmites do concurso Bombeiros RJ.

Continuar lendo
04/09/2020

Concurso Bombeiros RJ: Aprovados terão prioridades nas convocações para temporários!

De acordo com a instituição, os candidatos aprovados nos concursos Bombeiros RJ anteriores serão convocados, conforme PL que permite temporários.

Continuar lendo
03/08/2020

Concurso Bombeiros – RJ: Edital para Oficiais pode ser publicado em 2021!

O edital do próximo concurso Bombeiros RJ, destinado para Oficiais, pode ser publicado em 2021 devido ao adiamento do vestibular UERJ.

Continuar lendo
13/12/2019

Concurso Bombeiros RJ: Publicadas as notas da prova discursiva!

Já está disponível para consulta dos candidatos, as notas das provas discursivas do concurso Bombeiros RJ, destinado para Oficial.

Continuar lendo
23/03/2015

O que cai na prova: Bombeiros – RJ 2015

Continuar lendo
23/03/2015

Análise de edital: Bombeiros – RJ 2015

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais