Concurso Bombeiros RJ: Edital pode sair em breve | Nova Concursos

Concurso Bombeiros RJ: Banca organizadora é definida; Edital em breve!

De acordo com o CBMERJ, os trâmites para lançamento do edital do Concurso Bombeiros RJ estão em andamento. Serão abertas 3 mil vagas temporárias. A Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência ligada à Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Funrio) será a organizadora da próxima seleção Bombeiros RJ. A decisão está pr...

Status do concurso: Previsto
BAIXE GRÁTIS: e-Book Oportunidades para Mudar de Vida em 2021
Cadastre-se e receba: e-Book Concursos 2021 + Guia Definitivo para montar um Plano de Estudos + Bônus Especiais!

De acordo com o CBMERJ, os trâmites para lançamento do edital do Concurso Bombeiros RJ estão em andamento. Serão abertas 3 mil vagas temporárias.

A Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência ligada à Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Funrio) será a organizadora da próxima seleção Bombeiros RJ. A decisão está presente no processo interno da corporação.

Situação atual do Concurso Bombeiros RJ

Falta pouco para a abertura da seleção Bombeiros RJ, com 3 mil vagas temporárias em todo o estado  .

Após a publicação do extrato de contrato entre a banca e a corporação, na última quarta-feira, 10, o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro se posicionou quanto à previsão de edital.

“O processo para lançamento do edital está em andamento”, disse a corporação.

Segundo fontes, o edital está previsto para sair até o dia 15 de fevereiro, próxima segunda-feira. Entretanto, é possível que o cronograma seja alterado, podendo a publicação ocorrer até o final do mês.

“Os esforços são para divulgar o edital ainda na primeira quinzena de fevereiro e já iniciar as inscrições imediatamente. Mesmo que aconteça um pequeno atraso, o edital sairá no próximo mês. No momento, estamos fechando os requisitos, os programas e o cronograma”, disse a fonte.

Ainda de acordo com fontes, as provas devem ser aplicadas 60 dias após a divulgação do edital. Ou seja, os exames podem acontecer já no mês de abril.

A banca organizadora será a Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência ligada à Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro  (FunRio).

Sobre os cargos 

O concurso Bombeiros RJ contará com vagas para temporários, nos cargos de soldado e oficial, sendo este último para o quadro da Saúde.

De acordo com a proposta técnico-orçamentária para a realização da seleção , no caso dos soldados, haverá oportunidades para combatente, motorista (combatente com CNH tipo B), guarda-vidas e técnicos de enfermagem e socorrista. 

Já as vagas para oficiais temporários serão para o posto de 1° tenente, nas áreas da Saúde, nos cargos de: médico (diversas especialidades); enfermeiro, assistente social, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta e fonoaudiólogo.

Conforme a proposta, para as vagas de 1º tenente temporário, a escolaridade exigida será o nível superior completo, com graduação na área de interesse. Nos casos dos médicos especialistas, será exigida ainda especialização correspondente.

Já para as vagas de soldado temporário será necessário ter o nível médio completo. Nos casos das oportunidades para técnicos de enfermagem, será exigido curso técnico na área.

Além da escolaridade, como prevê o Serviço Militar Temporário Voluntário, a idade máxima para ocupar o posto de praça temporário será de 25 anos e a de oficial temporário de 35 anos.

Conforme a lei que regulamenta o SMTV, tanto os praças quanto os oficiais temporários terão, no segundo ano de serviço, remuneração similar, mas não superior, a um bombeiro da classe ou nível e escala hierárquica.

Entenda como serão as provas do CBMERJ

No total, o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro espera receber até 100 mil inscritos para a seleção  de temporários.

Como informado pelo ex-comandante do CBMERJ, coronel Roberto Robadey Jr., em entrevista, o concurso  Bombeiros RJ para temporários terá duas etapas de seleção.

Entretanto, a proposta técnica revelou detalhes sobre esse processo. A prova objetiva será a primeira etapa e contará com 50 questões para soldados e 60 para oficiais temporários.

As disciplinas também irão variar de acordo com a carreira e especialidade escolhidas pelo candidato. Nesse caso, a avaliação terá a seguinte distribuição:

Médico socorrista

  • 15 questões de Língua Portuguesa; e
  • 45 de Conhecimentos de Medicina e Medicina de Emergência.

Médico (demais especialidades)

  • 15 questões de Língua Portuguesa;
  • 20 de Conhecimentos de Medicina e Medicina de Emergência; e
  • 25 questões específicas da área da Medicina correspondente.

Enfermeiro, assistente social, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta e fonoaudiólogo

  • 15 questões de Língua Portuguesa; e
  • 45 específicas da área correspondente.

Soldado combatente e motorista

  • 15 questões de Língua Portuguesa;
  • 15 questões de Matemática; e
  • 20 questões de Raciocínio Lógico.

Soldado técnico de enfermagem e socorrista

  • 15 questões de Língua Portuguesa;
  • dez questões de Matemática; e
  • 25 questões de Conhecimentos Específicos.

Soldado guarda-vidas

  • 15 questões de Língua Portuguesa;
  • 15 questões de Matemática; e
  • 20 questões de Raciocínio Lógico.

Os aprovados realizarão o Teste de Aptidão Física (TAF). A aplicação das etapas deverá ser realizada em todo o Estado do Rio de Janeiro, de forma regionalizada.

Sobre o Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro

O Corpo de Bombeiro Militar do Rio de Janeiro é o mais antigo do Brasil. Foi fundado pelo Imperador Dom Pedro II em 1856, após a incidência de inúmeras tragédias, como os incêndios do Teatro São João, em 1851 e 1856. Nessa época o Imperador decidiu organizar o Corpo Provisório de Bombeiros da Corte, reunindo sob uma mesma administração as diversas seções que até então existiam (nos Arsenais de Guerra e de Marinha, Repartição de Obras Públicas e Casa de Correção).

Em abril de 1860 foi publicado o primeiro regulamento, onde constava sua subordinação ao Ministério da Justiça.

Em 1864 a Diretoria Geral foi instalada da Praça da Aclamação (atual Praça da República); endereço que permanece até os dias de hoje como sede do Comando Geral do CBMERJ.

Inicialmente a Corporação não possuía caráter militar, e os oficiais não podiam usar insígnias nem mesmo no quartel. Foi somente em 1880 que seus integrantes passaram a ser classificados dentro de uma hierarquia militarizada. O Diretor Geral recebeu a patente de Tenente-coronel; o Ajudante a de Major; os Comandantes de Seções as de Capitão; e os Instrutores, as de Tenente.

Com a Proclamação da República em 1889, a Corporação passou a denominar-se Corpo de Bombeiros do Distrito Federal.

Em 1917 passou a constituir Reserva do Exército Nacional. Condição essa revertida em fevereiro de 1934, e readquirida em 1948.

Em 21 de abril de 1960 a capital federal transferiu-se do Rio de Janeiro para Brasília, e o antigo Distrito Federal foi transformado no estado da Guanabara, passando a Corporação a denominar-se Corpo de Bombeiros do Estado da Guanabara (CBEG).

Em 15 de março de 1975 realizou-se a fusão do estado da Guanabara com o do Rio de Janeiro, por meio da Lei Complementar nº 20, de 1º de julho de 1974. Até então, no estado do Rio de Janeiro o Corpo de Bombeiros estava subordinado à Polícia Militar, funcionando, geralmente, com pelotões destacados dentro dos quarteis da PM especializados em atividades de defesa civil. Após a fusão, o Corpo de Bombeiros fluminense foi desmembrado da PM e unificado com o guanabarino.

A Corporação passou então a designar-se como Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBERJ), com as prerrogativas do centenário Corpo de Bombeiros da antiga Capital Federal; mantendo a autonomia e subordinando-se diretamente à Secretaria de Estado.

Em 1983 foi criada a Secretaria Estadual de Defesa Civil; sendo o Coronel BM José Halfed Filho, Comandante Geral do CBMERJ, o primeiro Secretário a tomar posse do cargo.

Em 1995 essa Secretaria foi extinta e transformada em Departamento Geral de Defesa Civil, voltando o CBMERJ a ficar subordinado à Secretaria de Segurança Pública.

Com as mudanças inseridas na Constituição Federal de 1988, foi incorporado, também em 1995, o termo “Militar” à denominação; objetivando com isso reforçar sua condição de Reserva do Exército.

Histórico de Notícias

11/05/2021

Concurso Bombeiros RJ estuda regulamentar idade de ingresso, entenda!

Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro pretende regulamentar uma idade mínima e máxima para ingresso na corporação no próximo concurso CBMERJ. Veja!

Continuar lendo
22/04/2021

Concurso Bombeiros RJ: 3 mil vagas em breve!

O edital para o concurso Bombeiros RJ deve sair em breve, a FunRio só aguarda o aval do Governo do Rio para publicação, serão ofertadas 3 mil vagas!

Continuar lendo
23/03/2021

Concurso Bombeiros RJ: 3 mil vagas continuam em avaliação pela PGE!

CBMERJ afirma que o edital do Concurso Bombeiros RJ estava em andamento. Processo segue sendo avaliado pela PGE. Saiba mais!

Continuar lendo
23/02/2021

Concurso Bombeiros RJ Temporários: Edital em andamento!

Com banca definida o edital do Concurso Bombeiros RJ está cada vez mais próximo. A oferta será de mais de 3 mil vagas para temporários.

Continuar lendo
12/02/2021

Concurso Bombeiros RJ: Edital pode sair na próxima semana!

De acordo com o CBMERJ, os trâmites para lançamento do edital do Concurso Bombeiros RJ estão em andamento. Serão abertas 3 mil vagas temporárias. Confira!

Continuar lendo
04/02/2021

Concurso Bombeiros RJ (CBM RJ): Contrato com banca será assinado!

Minuta de contrato entre o CBMERJ e a FunRio, para o concurso Bombeiros RJ, já está pronta e poderá ser assinada nos próximos dias. Saiba mais!

Continuar lendo
03/12/2020

Concurso Bombeiros RJ Temporários: Oito bancas organizadoras estão na disputa!

A escolha da organizadora do certame Bombeiros RJ, com 3 mil vagas temporárias, está em processo, e conta com oito bancas na disputa.

Continuar lendo
22/10/2020

Concurso Bombeiros RJ: Comissão organizadora é formada; edital ofertará 25 vagas!

Está formada a comissão organizadora do novo concurso Bombeiros RJ (CBM-RJ), que terá edital ofertando 25 vagas para Oficiais. Saiba mais!

Continuar lendo
23/03/2015

O que cai na prova: Bombeiros – RJ 2015

Continuar lendo
23/03/2015

Análise de edital: Bombeiros – RJ 2015

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais