Concurso CAU RJ: Edital publicado. Vagas para níveis médio e superior!

Atenção, concurseiros do Rio de Janeiro!

Para você que está interessado no concurso do CAU RJ (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro), o edital está publicado!

A seleção oferta vagas para cargos nos níveis médio e superior, sendo que o salário pode chegar em até R$11.240,55!

Não perca essa oportunidade! Continue lendo e confira todos os detalhes!

 

Resumo do Edital:

  • Vagas: 10
  • Cargos: Assistente, Arquiteto e Advogado
  • Escolaridade: nível médio e superior
  • Salário: R$3.624,09 até R$11.240,55
  • Período de inscrição: 12/04/2023 até 12/05/2023
  • Taxa de inscrição: R$90,00 e R$120,00
  • Prova: 18/06/2023

 

 

Como fazer as inscrições do concurso CAU RJ?

As inscrições já estão abertas e se encerrarão no dia 12 de maio de 2023, devendo ser feitas pelo site da banca, Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM).

A taxa de inscrição varia de acordo com o cargo e a escolaridade, devendo ser paga até  o dia 15 de maio.

Confira:

Nível médio:

  • Assistente Técnico: R$90,00

 

Nível Superior:

  • Arquiteto/Urbanista e Advogado: R$120,00

 

É possível solicitar a isenção da taxa no período entre 12 e 14 de abril.

Quem poderá fazer o pedido de isenção? Confira:

  • Inscritos no Cadastro Único (CadÚnico);
  • Membro de família de baixa renda e
  • Doadores de medula óssea.

 

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos. Clique aqui e saiba mais!

 

Concurso CAU RJ: Vagas, cargos e salários

Estão sendo ofertadas 10 vagas imediatas para cargos nos níveis médio e superior.

Confira as carreiras ofertadas de acordo com o nível de escolaridade:

Nível médio:

  • Assistente Técnico: 05 vagas

 

Nível Superior:

  • Arquiteto/Urbanista: 04 vagas e
  • Advogado: 01 vaga

 

O salário inicial, por sua vez, varia conforme os cargos:

  • Arquiteto/Urbanista: R$11.240,55;
  • Advogado: R$8.121,04 e
  • Assistente Técnico: R$3.624,09.

 

Além disso, os candidatos habilitados contarão com diversos benefícios, tais como:

  • Vale refeição;
  • Vale alimentação;
  • Auxílio transporte;
  • Auxílio creche/escola e
  • Reembolso parcial de plano de saúde.

 

Quais são os requisitos exigidos?

Confira os requisitos necessários para o ingresso nos cargos previstos pelo concurso CAU RJ:

  • Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento de gozo de direitos políticos, nos termos do art. 12, § 1 o, da Constituição da República Federativa do Brasil;
  • Estar em pleno exercício dos direitos civis e políticos;
  • Estar quites com as obrigações militares e eleitorais;
  • O candidato que não comprovar a escolaridade e os requisitos exigidos para o cargo, no ato da convocação, será eliminado do concurso;
  • Ter idade mínima de 18 anos completos na data da contratação;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do emprego;
  • Não ter sofrido, no exercício de função pública, penalidade incompatível com a contratação em cargo ou emprego  público e
  • Ser portador de conduta digna para o exercício do emprego, comprovada por meio de certidão do distribuidor criminal da Justiça Federal e da Justiça Estadual, das localidades em que tenha residido nos últimos 05 anos.

 

Quais são as atribuições?

Confira algumas das atribuições dos cargos:

Arquiteto/Urbanista:

  • Realizar as tarefas próprias de sua área de lotação, seja área fiscal ou área técnica;
  • Atender e assessorar conselheiros, profissionais, empresas, leigos e empregados em geral em assuntos técnicos operacionais relacionados a sua área de atuação, organizando, analisando e efetuando as rotinas de registro de arquitetos e urbanistas, de pessoas jurídicas, de empresa e/ou profissionais, de documentação referente ao acervo técnico dos profissionais e, em especial, de Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) e de Certidões de Acervo Técnico e/ou atestados de capacidade, despachando-os conforme delegação de competência, além de orientar quanto à legislação e a procedimentos e funcionalidades do SICCAU;
  • Planejar, organizar, produzir planos de ação, pesquisar, analisar, produzir estudos, dar pareceres técnicos conforme suas competências (excetuando-se assuntos que extrapolem os seus conhecimentos), assessorar decisões, orientar assistentes e estagiários no cumprimento de suas atividades, atender as demandas de ordem administrativa do Conselho;
  • Planejar, propor, executar e acompanhar ações de fiscalização remotas e presenciais do exercício profissional de pessoas físicas e jurídicas, públicas ou privadas, em atividades de arquitetura e urbanismo, na realização de projetos, obras, eventos e afins, em campos de atuação jurisdicionados ao CAU/RJ em todo o Estado do Rio de Janeiro, promovendo e/ou atendendo diligências no procedimento fiscalizatório e
  • Elaborar e assinar intimações fiscais, relatórios de fiscalização, notificações preventivas e autos de infração e ofícios.

 

Advogado:

  • Formular respostas a consultas jurídicas internas;
  • Elaborar pareceres mediante demanda e consulta nos casos mais complexos;
  • Assessoria jurídica das Comissões Permanentes ou Temporárias de forma perene ou mediante demanda;
  • Controle e cumprimento dos prazos judiciais e de procedimentos administrativos que envolvam o CAU/RJ e que exijam conhecimento jurídico para seu desenvolvimento e
  • Elaborar e analisar contratos.

 

Assistente Técnico:

  • Atender ao público, interno e externo, por qualquer um dos canais de atendimento e comunicação oficial do Conselho, prestando e/ou levantando informações, solucionando dúvidas e orientações em geral e excetuando o tele atendimento;
  • Dar suporte ao setor em que estiver lotado na formalização, instrução e controle de prazos e etapas de protocolos e processos em tramitação nos sistemas do CAU/RJ ou outra plataforma designada, bem como dar suporte na solicitação e controle de documentos;
  • Elaborar, editar e efetuar os serviços de digitação, expedição, publicação e processamento de documentos e conteúdos de acordo com seu setor de lotação;
  • Organizar e/ou executar tarefas relacionadas ao lançamento e atualização de banco de dados e
  • Prestar apoio operacional, incluindo operação de equipamentos, quando designado em reuniões, eventos (internos ou externos), em ações junto a órgãos públicos, entidades, instituições de ensino, shoppings, feiras, mostras e demais compromissos programados pela chefia incluindo aquelas que impliquem em deslocamento dentro do território de jurisdição do CAU/RJ por meio de viagens periódicas.

 

Como serão as etapas de seleção do concurso?

As etapas do concurso CAU RJ serão divididas de acordo com os cargos:

Assistente Técnico:

  • Prova objetiva e redação, caráter eliminatório  e classificatório.

 

Advogado e Arquiteto/Urbanista:

  • Prova objetiva e dissertativa, caráter eliminatório  e classificatório e
  • Prova de títulos, caráter classificatório.

 

Prova objetiva

Esta etapa acontecerá no dia 18 de junho de 2023, sendo para todos os cargos.

Os horários de realização das provas serão divididos pelos cargos, veja:

 

Assistente Técnico:

  • Vespertino: início 15h40, tendo 4h de duração.

 

Advogado e Arquiteto/Urbanista:

  • Matutino: início 8h40, tendo 4h30 de duração.

 

 

A avaliação conterá 50 questões.

Como serão distribuídas as disciplinas e a pontuação?

Veja:

 

 

Redação

Esta etapa ocorrerá no mesmo dia da prova objetiva, somente para o cargo de Assistente Técnico.

A prova valerá 20 pontos e deverá ter, no mínimo, 20 linhas e, no máximo, 30, sem contar o título.

Serão corrigidas somente as provas dos candidatos habilitados na prova objetiva.

Confira quais serão os critérios de avaliação:

Conteúdo – 5 pontos:

  • Perspectiva adotada no tratamento do tema;
  • Capacidade de análise e senso crítico em relação ao tema proposto;
  • Consistência dos argumentos, clareza e coerência no seu encadeamento e
  • A nota será prejudicada, proporcionalmente, caso ocorra uma abordagem tangencial, parcial ou diluída em meio a divagações e/ou colagem de textos e de questões apresentados na prova objetiva.

 

Estrutura – 5 pontos:

  • Respeito ao gênero solicitado;
  • Progressão textual e encadeamento de ideias e
  • Articulação de frases e parágrafos (coesão textual).

 

Expressão – 3 pontos:


A expressão será avaliada de acordo com sua estreita correlação frente ao conteúdo desenvolvido. A perda dos pontos previstos  dependerá, portanto, do comprometimento gerado pelas incorreções no desenvolvimento do texto.


Domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa – 7 pontos:

  • Estrutura sintática de orações e períodos, elementos coesivos;
  • Concordância verbal e nominal;
  • Pontuação;
  • Regência verbal e nominal;
  • Emprego de pronomes;
  • Flexão verbal e nominal;
  • Uso de tempos e modos verbais e
  • Grafia e acentuação.

 

Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem nota igual ou superior a 10 pontos.

 

Dissertação

 

Esta etapa ocorrerá no mesmo dia da prova objetiva, somente para os cargos de níveis superior, Arquiteto/Urbanista e Advogado.

A avaliação consistirá em 02 questões dissertativas de conteúdos técnicos para cada cargo.

A prova valerá 10 pontos e deverá ter, no mínimo, 20 linhas e, no máximo, 30.

Serão corrigidas somente as provas dos candidatos habilitados na prova objetiva.

 

Avaliação de títulos

 

Esta última etapa, também voltada apenas para os cargos de Arquiteto/Urbanista e Advogado, validará os títulos dos candidatos aprovados nas etapas anteriores.

Todos os títulos deverão ser apresentados mediante apresentação de cópia autenticada em cartório, exceto a comprovação de experiência de trabalho para o cargo de Arquiteto/Urbanista.

Confira os títulos que serão avaliados:

 

Advogado:

  • Curso de Extensão em Nova Lei de Licitações com, no mínimo, 30 horas/aula:
    • 0,5 ponto, podendo apresentar 01 certificado;
  • Curso de Extensão em Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais com, no mínimo, 30 horas/aula:
    • 0,5 ponto, podendo apresentar 01 certificado;
  • Curso de especialização em pós-graduação com, no mínimo, 360 horas/aula, desde que guarde relação direta com as atribuições do cargo e não seja requisito para o seu provimento:
    • 0,75  ponto, podendo apresentar até 02 certificados;
  • Mestrado: reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), desde que guarde relação direta com as atribuições do cargo:
    • 1,5 pontos, podendo apresentar 01 certificado e
  • Doutorado: reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), desde que guarde relação direta com as atribuições cargo:
    • 02 pontos, podendo apresentar 01 certificado. 

 

Arquiteto/Urbanista:

  • Curso de especialização em pós-graduação com o mínimo de 360 horas/aula, desde que guarde relação direta com as atribuições do cargo e não seja requisito para o seu provimento:
      • 0,5 ponto, podendo apresentar até 02  certificados;
  • Mestrado: reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), desde que guarde relação direta com as atribuições do cargo e não seja requisito para o seu provimento:
      • 1,0 ponto, podendo apresentar 01 certificado;
  • Doutorado: reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), desde que guarde relação direta com as atribuições cargo e não seja requisito para o seu provimento:
      • 2,0 pontos, podendo apresentar 01 certificado e
  • Experiência Profissional: nas atividades típicas do emprego, comprovada por meio de registro em Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS); contrato de trabalho ou sociedade em empresa que atue no campo de Arquitetura e Urbanismo ou declaração de prestação de serviço emitida por contratante:
      • de acordo com o edital, deverá ser apresentado o Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) correspondente a cada experiência profissional, contendo a data de início e término para fins de cômputo do tempo de prestação de serviço;
      • no caso de participação em quadro técnico de empresas, serão aceitos RRTs de cargo ou função;
      • 0,5 ponto por ano completo trabalhado, até no máximo 05  pontos.

 

O prazo de validade do certame é de 01 ano, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Acompanhe nossas

redes sociais