Concurso AGE PA: Comissão definida; banca organizadora está sendo escolhida!

Após formação da comissão organizadora do próximo certame AGE PA, o órgão informou que iniciará os trabalhos a partir de janeiro de 2021. Com a comissão formada, as próximas etapas  incluem a elaboração do projeto básico do edital e contratação da banca organizadora. Situação atual do novo certame AGE PA Em publicação no dia 24 de no...

Status do concurso: Previsto
BAIXE GRÁTIS: e-Book Oportunidades para Mudar de Vida em 2021
Cadastre-se e receba: e-Book Concursos 2021 + Guia Definitivo para montar um Plano de Estudos + Bônus Especiais!

Após formação da comissão organizadora do próximo certame AGE PA, o órgão informou que iniciará os trabalhos a partir de janeiro de 2021.

Com a comissão formada, as próximas etapas  incluem a elaboração do projeto básico do edital e contratação da banca organizadora.

Situação atual do novo certame AGE PA

Em publicação no dia 24 de novembro, a Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad) definiu a comissão organizadora da nova seleção  AGE PA.

Segundo informações, a Auditoria Geral do Estado do Pará (AGE PA) relatou que a comissão iniciará os trabalhos em janeiro de 2021.

“Informamos que a portaria foi publicada apenas para início dos trabalhos, e a comissão resolveu iniciá-los somente em janeiro de 2021, por conta do encerramento do exercício 2020”, relatou a AGE PA.

A comissão formada é a mesma que cuidará dos concursos da Junta Comercial do Estado do Pará, da Procuradoria Geral e da própria Seplad. A equipe conta com os seguintes membros:

  • Edemilson Fagundes Barbosa (presidente);
  • Íris Alves Miranda Negrão;
  • Irenildes Francisca Albuquerque;
  • Germana Cristina Mota Gonzaga Silva;
  • Fabiola de Almeida Evangelista;
  • Marcia Mônica Bentes Chave;
  • Carla Blanco Rendeiro; e
  • Eduardo Silva Martins.

Com a comissão formada, as próximas etapas  incluem a elaboração do projeto básico do edital contratação da banca organizadora.

De acordo com o órgão, a seleção  AGE PA servirá para a recomposição e reforço do atual quadro de servidores efetivos. Ainda segundo a Auditoria Geral do Estado, o processo está em fase de escolha da banca.

“A realização de concurso público é um dos principais pontos do projeto de reestruturação proposto pela nova gestão. O processo está na fase de contratação da empresa que realizará o concurso, junto a Secretaria de Planejamento e Administração do Estado do Pará”, disse a AGE.

O último certame AGE PA foi realizado há 14 anos, em 2006, o que torna uma nova seleção mais urgente a cada ano. Na época, foram ofertadas 42 vagas.

Além disso, a lei de criação da Auditoria Geral do Estado prevê 40 auditores de finanças e controle. Em julho, entretanto, o órgão contava com apenas 12 servidores, com um  déficit de 28 cargos vagos.

“A realização do concurso é fundamental porque vai repor os servidores que estão faltando para recompor o quadro da AGE e, assim, tornar nosso trabalho mais ágil”, explicou Rubens Leão, auditor geral do estado.

Segundo o titular da pasta, o certame  também irá oferecer vagas para outros cargos da área meio, além de um processo seletivo  para o provimento de temporários.

Cargos, requisitos e provas do concurso AGE PA

De acordo com informações, o certame da Auditoria Geral do Estado do Pará terá 21 vagas nos seguintes cargos:

Nível Médio

  • Agente Administrativo: 01 vaga.

Nível Superior

  • Auditor de Finanças e Controle: 19 vagas;
  • Técnico em Gestão de Informática: 01 vaga.

Os candidatos aprovados na carreira de Auditor, terão salários de R$ 5.026,81. Já para os cargos de Técnico e o Agente, as remunerações serão de R$ 2.809,37 e R$ 1.145,00, respectivamente. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais.

As taxas de inscrição estimadas são de R$ 80,90 para o nível superior e de R$ 66,16 para o nível médio. É aguardado pela SEPLAD, que o concurso AGE PA tenha cerca de 6.983 candidatos inscritos, nas carreiras de nível superior, e 5.828 candidatos inscritos, no posto de Agente Administrativo (nível médio).

Os participantes serão avaliados em duas etapas, sendo a primeira delas composta por provas objetivas e provas discursivas. As disciplinas serão informadas posteriormente.

No caso da prova discursiva, somente serão corrigidas as avaliações dos candidatos que alcançarem a pontuação mínima exigida na prova objetiva. Os aprovados, nos cargos de nível superior, ainda terão o exame de títulos.

Todas as avaliações deverão ocorrer na cidade de Belém/PA. O regime de contratação será o estatutário, que garante os direitos dos futuros servidores.

Banca organizadora do concurso AGE PA

O Governo do Estado do Pará, através da SEPLAD (Secretaria de Estado de Planejamento e Administração), iniciou o processo de escolha da banca organizadora do novo concurso AGE PA.

De acordo com o aviso de concorrência pública, do dia 11 de dezembro, as bancas organizadoras já podem enviar suas propostas. A data de abertura está agendada para o dia 03 de fevereiro de 2021, com início às 09 horas, na sede da SEPLAD.

Conforme relatos da Auditoria Geral do Estado do Pará, a comissão organizadora irá iniciar os trabalhos no mês de janeiro de 2021.

“Informamos que a portaria foi publicada apenas para início dos trabalhos, e a comissão resolveu iniciá-los somente em janeiro de 2021, por conta do encerramento do exercício 2020”, disse a AGE PA.

Cargos na AGE PA

REQUISITOS

Assistente Administrativo: Certificado de conclusão do curso de nível médio.

Técnico em Gestão Pública – Administrador: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Administração de Empresas, e registro no órgão de classe competente.

Técnico em Gestão Pública – Ciências Contábeis: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Ciências Contábeis, e registro no órgão de classe competente.

Técnico em Gestão Pública – Ciências Econômicas: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Ciências Econômicas, e registro no órgão de classe competente.

Técnico em Gestão de Informática: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia da Computação, Ciência da Computação, Sistemas de Informações ou Tecnologia em Processamento de Dados.

Auditor de Finanças e Controle: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em: Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Direito, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Sanitária, Engenharia da Computação, Ciência da Computação ou Tecnologia em Processamento de Dados, e registro no órgão de classe competente.

ATRIBUIÇÕES

Assistente Administrativo: Realizar atividades que envolvam a aplicação de técnicas de pessoal, orçamento, organização e métodos, material, secretaria, classificação, codificação, catalogação, digitação e arquivamento de papéis e documentos; prestar atendimento ao público em questões ligadas às Unidades Administrativas.

Técnico em Gestão Pública – Administrador: Desenvolver atividades de planejamento, supervisão, programação, coordenação de estudos, pesquisas, análise e projetos inerentes ao campo da administração de pessoal, material, orçamento e finanças, organização e métodos.

Técnico em Gestão Pública – Ciências Contábeis: Desenvolver atividades de planejamento, supervisão, coordenação ou execução relativas à administração orçamentária, financeira, patrimonial, contabilidade e auditoria, compreendendo, análise, registro e perícia contábil de balancetes, balanços e demonstrações contábeis.

Técnico em Gestão Pública – Ciências Econômicas: Desenvolver atividades de planejamento, supervisão, coordenação, elaboração e execução de projetos relativos à pesquisa e análise econômica.

Técnico em Gestão de Informática: Realizar estudos de concepção, análise, projetos, desenvolvimento, construção, implementação, testes de utilização, documentação e treinamento de softwares, sistemas e aplicativos próprios. Desenvolver, manter e atualizar programas de informática de acordo com as normas, padrões e métodos estabelecidos pelo Órgão.

Auditor de Finanças e Controle: Realizar fiscalizações, auditorias e avaliações de gestão, no desempenho de suas funções; elaborar e assinar pareceres, certificações, relatórios de auditoria e demais documentos, nos limites de sua competência; elaborar relatórios parciais e globais das fiscalizações e auditorias realizadas, informando sobre a situação dos órgãos e entidades fiscalizadas e auditadas, assinalando as eventuais situações positivas ou irregularidades encontradas e apresentando as recomendações necessárias; entre outros.

Sobre a AGE PA

A AGE foi criada em 29 de dezembro de 1998, pela Lei estadual nº 6.176, no bojo da criação do Sistema de Controle Interno, vinculado ao Poder Executivo; sendo ao mesmo tempo, um dos componentes desse Sistema e seu órgão central.

Em janeiro de 1999 começou a funcionar o Sistema de Controle Interno e a Auditoria Geral, com objetivo de fiscalizar as ações e atos governamentais, concebendo os procedimentos de orientação pedagógica para os erros e as irregularidades administrativas e contábeis encontrados.

AGE deu continuidade a essas ações, agregando atividade de auditoria, de forma associada e complementar à atividade de fiscalização. Também chamou para si a responsabilidade pela capacitação permanente e periódica dos Agentes Públicos de Controle (APC’s), que exercem o controle interno no âmbito de cada órgão ou entidade.

Sob a coordenação da AGE do Pará, foi realizado em junho de 2004, na cidade de Belém, o Fórum Nacional de Controle Interno (FNCI), que hoje se chama Conselho Nacional dos Órgãos de Controle Interno dos Estados Brasileiros e do Distrito Federal (CONACI). A então gestora da AGE foi eleita primeira Presidente do FNCI, sendo posteriormente reeleita.

Em 2006, a AGE realizou concurso público, sendo aprovados vários servidores que tomaram posse no início do ano seguinte, dentre os quais 30 Auditores de Finanças e Controle. A partir daí a Auditoria Geral passou a contar com um quadro efetivo e ampliou a sua capacidade técnica.

Missão

A Auditoria Geral do Estado, concebida como órgão central do Sistema de Controle Interno, no âmbito do Poder Executivo Estadual, tem como missão precípua a realização de atividades de fiscalização, controle e avaliação da gestão governamental, bem como o acompanhamento da execução orçamentária, financeira, patrimonial, administrativa e contábil, ou de qualquer ato que resulte em receita e/ou despesa para o Poder Público do Estado, formulando e propondo ações preventivas e corretivas em face dos problemas identificados.

Com o propósito de cumprir de forma eficiente sua missão institucional, a AGE desempenha atividades consubstanciadas na persecução de resultados satisfatórios quanto à gestão dos recursos públicos, o planejamento e o atendimento das diversas ações de governo, além do efetivo fomento da participação social, todos em consonância com os princípios da Administração Pública, especialmente no que concerne à legalidade, economicidade, transparência e publicidade dos atos públicos institucionais.

Último concurso

O último certame  AGE PA foi realizado em 2006, sob organização do Núcleo de Computação Eletrônica da Universidade Federal do Rio de Janeiro – NCE/UFRJ.

Foram ofertadas 42 vagas, que foram distribuídas entre cargos de níveis fundamental, médio e superior:

  • Técnico em Gestão Pública (superior)
  • 1 vaga – Administração
  • 1 vaga – Ciências Contábeis
  • 1 vaga – Ciências Econômicas
  • 03 vagas – Técnico em Gestão de Informática (superior)
  • 30 vagas – Auditor de Finanças e Controle (superior)
  • 02 vagas – Assistente Administrativo (médio)
  • 03 vagas – Motorista (fundamental)
  • 01 vaga – Auxiliar Operacional (fundamental)

Etapas do concurso

Os concorrentes  foram avaliados por meio de duas etapas, ambas de caráter eliminatório e classificatório.

  • Prova Objetiva para todos os cargos (eliminatória e classificatória);
  • Prova de Títulos apenas para os cargos de nível superior (classificatória).

Prova objetiva

A prova objetiva foi formada por 40 ou 50 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas cada uma. Para ser considerado aprovado, era necessário obter 6,0 pontos no conjunto da prova, além de pontuação mínima em cada disciplina, estabelecida no edital.

Cargos de nível superior:

  • Conhecimentos Básicos – 20 questões, peso 0,20
  • Conhecimentos Específicos – 30 questões, peso 0,20

Cargos de nível médio:

  • Língua Portuguesa – 10 questões, peso 0,25
  • Noções de Informática – 10 questões, peso 0,25
  • Matemática – 5 questões, peso 0,20
  • Noções de Administração – 5 questões, peso 0,20
  • Orçamento e Controle Interno – 10 questões, peso 0,30

Cargo de nível fundamental – Motorista:

  • Língua Portuguesa – 15 questões, peso 0,30
  • Matemática – 10 questões, peso 0,25
  • Conhecimentos Específicos – 15 questões, peso 0,20

Cargo de nível fundamental – Auxiliar:

  • Língua Portuguesa – 20 questões, peso 0,25
  • Matemática – 20 questões, peso 0,25

 

Histórico de Notícias

14/12/2020

Concurso AGE PA: Confira os cargos, requisitos e etapas avaliativas do novo edital!

A Auditoria Geral do Estado do Pará, confirmou os cargos, requisitos e as etapas avaliativas do concurso AGE PA. Edital ofertará 21 vagas e sairá em 2021!

Continuar lendo
11/12/2020

Concurso AGE PA: Definição da banca organizadora é iniciada; edital ofertará 21 vagas!

Foi informado pelo órgão, que iniciou a escolha da banca organizadora do novo concurso AGE PA. Edital irá ofertar 21 vagas!

Continuar lendo
07/12/2020

Concurso AGE PA: Comissão organizadora irá iniciar os trabalhos em janeiro de 2021!

Após formação da comissão organizadora do próximo concurso AGE PA, o órgão informou que iniciará os trabalhos a partir de janeiro de 2021.

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais