Concurso Agente Prisional GO: SAIU EDITAL com oferta de 500 vagas!

Foi publicado o edital do novo concurso Agente Prisional GO (SEAP GO). As oportunidades são para nível superior, com salários de R$ 4,8 mil!  Como fazer a inscrição do concurso Agente Prisional GO? As inscrições estarão disponíveis a partir das 08h do dia 29 de agosto até às 23h59min do dia 13 de outubro de 2019. Para se inscreve...

Status do concurso: Encerrado

Última Notícia

Imagem Concurso Agente Prisional GO: Confira os gabaritos das provas objetivas!

Concurso Agente Prisional GO: Confira os gabaritos das provas objetivas!

Foram divulgados os gabaritos das provas objetivas do concurso Agente Prisional GO (SEAP GO). As respostas estão disponíveis no site da organizadora, IADES.

Continuar Lendo

Apostilas SEAP - GO - Superintendência Executiva de Administração Penitenciária

Histórico de Notícias

29/08/2019

Concurso Agente Prisional – GO (SEAP GO): Inscrições estão abertas!

As inscrições do concurso Agente Prisional - GO (SEAP GO) ficarão abertas até o dia 13 de outubro de 2019. Oportunidades para nível superior.

Continuar lendo
23/08/2019

Concurso Agente Prisional GO: Mais de 1,8 mil candidatos isentos da taxa de inscrição!

Concurso Agente Prisional GO (SEAP GO) está ofertando 500 vagas, e suas inscrições irão começar no dia 29 de agosto de 2019.

Continuar lendo
16/07/2018

Concurso SEGPLAN-GO Vigilante Penitenciário: Inscrições encerram hoje (16)!

A Secretaria de Gestão e Planejamento do Estado de Goiás (SEGPLAN-GO) preencherá 1.373 vagas para Vigilantes Penitenciários temporários.

Continuar lendo

Foi publicado o edital do novo concurso Agente Prisional GO (SEAP GO). As oportunidades são para nível superior, com salários de R$ 4,8 mil!

Como fazer a inscrição do concurso Agente Prisional GO?

As inscrições estarão disponíveis a partir das 08h do dia 29 de agosto até às 23h59min do dia 13 de outubro de 2019.

Para se inscrever o candidato deverá acessar o site da banca organizadora, IADES.

A taxa de inscrição tem o valor fixo de R$ 120,00.

O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 16 de outubro de 2019.

Vagas e salários do concurso Agente Penitenciário GO

Nova-SEAP-GO
O certame oferta 500 vagas no cargo de:

Agente de Segurança Prisional de 3ª Classe » Ver Curso Online «.

O cargo conta com requisito de nível superior em qualquer área de formação.

As vagas estão distribuídas da seguinte maneira:

♦ Ampla Concorrência/Masculino: 425;

♦ Ampla Concorrência/Feminino: 42;

♦ PcD/Masculino: 25;

♦ PcD/Feminino: 8.

Vagas por Região

Metropolitana – Goiânia e Aparecida de Goiânia: 97 vagas

– AC/Masculino: 80;

– AC/Feminino: 8;

– PcD/Masculino: 8;

– PcD/Feminino: 1.

Norte – Goianésia: 62 vagas

– AC/Masculino: 53;

– AC/Feminino: 6;

– PcD/Masculino: 2;

– PcD/Feminino: 1.

Sudoeste – Caldas Novas: 59 vagas

– AC/Masculino: 51;

– AC/Feminino: 4;

– PcD/Masculino: 3;

– PcD/Feminino: 1.

Sudoeste – Rio Verde: 71 vagas

– AC/Masculino: 62;

– AC/Feminino: 6;

– PcD/Masculino: 2;

– PcD/Feminino: 1.

Noroeste – Itaberaí: 39 vagas

– AC/Masculino: 33;

– AC/Feminino: 3;

– PcD/Masculino: 2;

– PcD/Feminino: 1.

Nordeste – Formosa: 63 vagas

– AC/Masculino: 52;

– AC/Feminino: 6;

– PcD/Masculino: 4;

– PcD/Feminino: 1.

Centro Oeste – Palmeiras: 39 vagas

– AC/Masculino: 33;

– AC/Feminino: 3;

– PcD/Masculino: 2;

– PcD/Feminino: 1.

Entorno de Brasília – Luziânia: 70 vagas

– AC/Masculino: 61;

– AC/Feminino: 6;

– PcD/Masculino: 2;

– PcD/Feminino: 1.

O salário para o cargo é composto no valor de R$ 4.891,25, com jornada de trabalho de 40 horas semanais, preferencialmente no regime de plantão.

Quais são os requisitos para ser um Agente de Segurança Prisional?

Nova-SEAP-GO
Os requisitos para tomar posse no cargo são os seguintes:

• Cumprir as determinações do Edital e ter sido aprovado e classificado no concurso público dentro do número de vagas;

• Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre Brasileiros e Portugueses, com reconhecimento de gozo de direitos políticos, nos termos do parágrafo 1º, art. 12, da Constituição da República Federativa do Brasil;

• Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos, na data da posse;

• Possuir, em plena validade, carteira de identidade civil, de acordo com a legislação vigente;

• Estar em dia com as obrigações eleitorais e em pleno gozo dos direitos políticos;

• Apresentar certificado de reservista ou de dispensa de incorporação, em caso de candidato do sexo masculino;

• Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições correspondentes ao cargo, mediante inspeção de Junta Médica Oficial do Estado de Goiás;

• Apresentar prova de quitação com a Fazenda Pública;

• Apresentar todos os exames que forem solicitados pela Gerência de Prevenção e Saúde da SEAD, no ato da posse;

• Possuir o requisito exigido para o exercício do cargo;

• Apresentar outros documentos que se fizerem necessários, à época da posse.

O que faz um Agente de Segurança Prisional da SEAP-GO?

Faz parte da rotina de trabalho de um Agente Prisional GO as seguintes atividades:

• Receber e orientar presos quanto às normas disciplinares, divulgando os direitos, deveres e as obrigações, conforme normativas legais;

• Revistar presos e instalações; prestar assistência aos presos e internados, encaminhando-os para atendimento nos diversos setores sempre que se fizer necessário;

• Verificar as condições de segurança comportamental e estrutural, comunicando as alterações à chefia imediata;

• Acompanhar e fiscalizar a movimentação de presos ou internos no interior da unidade e adjacências;

• Realizar escolta de presos em deslocamentos locais e interestaduais, bem como custodiá-los em unidades de saúde, órgãos judiciais, órgãos públicos e privados, sejam municipais, estaduais ou federais;

• Observar o comportamento dos presos ou internos em suas atividades individuais e coletivas;

• Não permitir o contato de presos ou internos com pessoas não autorizadas;

• Revistar toda pessoa, autoridade civil ou militar, com exceção das autorizadas previstas em lei, e veículos previamente autorizados ou não, que pretendam adentrar ou que tenham adentrado ao estabelecimento penal e (ou) suas imediações;

• Verificar e conferir os materiais e as instalações do posto de serviço, zelando por eles;

• Controlar a entrada e saída de pessoas, veículos e volumes nos estabelecimentos penais e/ou suas imediações, conforme normas vigentes;

• Conferir documentos, quando da entrada e saída de presos e visitantes do estabelecimento penal e adjacências;

• Operar o sistema de alarme e demais sistemas de comunicação interno, externo e audiovisuais;

• Operar qualquer tipo de monitoramento eletrônico relacionado ao indivíduo preso dos regimes fechado, semiaberto, aberto ou submetido a qualquer tipo de medida cautelar prevista em lei;

• Executar atividades de inteligência e contra inteligência prisional;

• Executar serviços e atividades de patrulhamento, guarda e vigilância de muralhas, postos de observação, guaritas, portarias, patrimônio móvel e imóvel, nos perímetros internos e externos dos estabelecimentos penais e correlatos;

• Participar dos Conselhos e Grupos que tratam de assuntos vinculados ao Sistema Penal;

• Ministrar cursos de formação, aperfeiçoamento, capacitação, instrução e outros correlatos, aos servidores do Sistema Penal, assim como para outras instituições quando solicitado;

• Desempenhar atividades relacionadas com planejamento, organização, direção, execução, supervisão, coordenação, consultoria, assessoramento e controle de ações, serviços administrativos, educação em serviços penais, projetos e programas de gestão prisional;

• Conter, gerenciar, negociar e intervir em situações de crise no âmbito do Sistema Penal e (ou) quando solicitado por outras autoridades competentes;

• Inspecionar, tendo livre acesso a locais públicos ou particulares onde seja passível a fiscalização do cumprimento de penas nos regimes semiaberto e aberto, assim como penas alternativas e medidas alternativas à prisão;

• Executar outras atividades correlatas.

Como será a prova do concurso Agente Penitenciário GO?

Nova-SEAP-GO
A avaliação dos candidatos será mediante 7 (sete) etapas, sendo:

1ª etapa: Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;

2ª etapa: Prova Discursiva, de caráter eliminatório e classificatório;

3ª etapa: Avaliação Médica, de caráter eliminatório;

4ª etapa: Avaliação da Equipe Multiprofissional, de caráter eliminatório e exclusiva para os candidatos que se declararam com deficiência;

5ª etapa: Avaliação Física, de caráter eliminatório;

6ª etapa: Avaliação Psicológica, de caráter eliminatório;

7ª etapa: Investigação Social, de caráter eliminatório.

As provas objetiva e discursiva serão realizadas no dia 24 de novembro de 2019. Sendo aplicadas no Distrito Federal e nas seguintes cidades do Estado de Goiás: Goiânia, Aparecida de Goiânia, Catalão, Formosa, Itumbiara, Luziânia, Rio Verde e Uruaçu.

Os locais da prova serão informados no site da banca organizadora, IADES, a partir do dia 8 de novembro de 2019.

A prova objetiva será composta por 60 questões de múltipla escolha com cinco alternativas e terá duração de 4 horas.

A prova discursiva valerá 20,0 (vinte) pontos e terá o objetivo de avaliar, com base nos conhecimentos constantes do conteúdo programático, a capacidade de expressão na modalidade escrita e o uso das normas do registro formal culto da Língua Portuguesa.

O conteúdo programático da prova objetiva consistirá nas seguintes disciplinas:

Conhecimentos Gerais (20 questões)

– Língua Portuguesa: 10 questões;

– Realidade Étnica, Social, Histórica, Geográfica, Cultural, Política e Econômica de Goiás: 4 questões;

– Raciocínio Lógico: 3 questões;

– Ética no Serviço Público: 3 questões.

Conhecimentos Específicos (40 questões)

– Direito Constitucional: 6 questões;

– Direito Administrativo: 6 questões;

– Direito Penal: 8 questões;

– Direito Processual Penal: 8 questões;

– Lei de Execução Penal: 8 questões;

– Direito Humanos: 4 questões.

A avaliação física será composta pelos seguintes exercícios

Impulsão Horizontal

– Candidatos do Sexo Masculino: Salto de 1,70m de distância;

– Candidatas do Sexo Feminino: Salto de 1,30m de distância.

Teste de Corrida de 12 minutos

– Candidato do sexo masculino: Distância mínima de 2.400 metros;

– Candidata do sexo feminino: Distância mínima de 1.800 metros.

O prazo de validade do concurso público é de até 2 (dois) anos, contado a partir da data de homologação do certame, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período.

Último concurso AGEPEN-GO 2014

Nova-SEAP-GO
O último concurso para o cargo de Agente de Segurança Prisional da Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (SEAP GO) aconteceu no ano de 2014, sob a responsabilidade da Fundação Universa.

Foram 305 vagas ofertadas, com a seguinte distribuição:

Apesar da oferta inicial de 305 vagas, mais de 800 aprovados foram chamados.

Os candidatos puderam se inscrever durante o período de 10 a 30 de dezembro de 2014, pelo site da banca organizadora. A taxa de inscrição tinha o valor de R$ 110,00.

A solicitação de isenção da taxa ficou disponível no mesmo período que o das inscrições, que contava com os requisitos:

• Inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);

• For membro de família de baixa renda;

• Efetuar sua pré-inscrição na forma estabelecida no edital, mediante o preenchimento do formulário de inscrição via Internet, sob pena de não ter o respectivo pedido de isenção de taxa de inscrição analisado.

⇒ Confira o edital completo do concurso AGEPEN GO!

Provas do concurso AGEPEN-GO 2014

O concurso para Agente de Segurança Prisional do estado de Goiás teve as seguintes etapas de avaliação:

• 1ª Fase: Prova objetiva;
• 2ª Fase: Prova discursiva;
• 3ª Fase: Avaliação Médica e Prova de Títulos;
4ª Fase: Prova de Aptidão Física;
• 5ª Fase: Avaliação Psicológica.

Prova objetiva

A prova objetiva foi aplicada no dia 22 de fevereiro de 2015, com duração de 4 horas e 30 minutos. O teste, assim como a prova discursiva, visava avaliar as habilidades relacionadas à aplicação do conhecimento, abrangendo compreensão, aplicação, análise, síntese e avaliação, valorizando o raciocínio e envolvendo situações relacionadas às atribuições do cargo e ao conteúdo programático.

A prova foi composta de 60 questões e uma pontuação de até 100 pontos:

• Conhecimentos Gerais: 20 questões com peso 1 (20 pontos);
• Conhecimentos Específicos: 40 questões com peso 2 (80 pontos).

Cada questão tinha cinco alternativas, com apenas uma delas correta.

O conteúdo programático foi o seguinte:

Conhecimentos Gerais:

– Língua Portuguesa;
– Realidade Étnica, Social, Histórica, Geográfica, Cultural, Política e Econômica do Estado de Goiás e do Brasil;
– Constituição do Estado de Goiás;
– Raciocínio Lógico;
– Ética no Serviço Público.

Conhecimentos Específicos:

– Noções de Direito Constitucional;
– Noções de Direito Administrativo;
– Noções de Direito Penal;
– Noções de Direito Processual Penal;
– Noções de Direitos Humanos.

Prova discursiva

A prova discursiva aconteceu no mesmo dia da prova objetiva, visando avaliar a “capacidade de expressão na modalidade escrita e uso das normas do registro formal culto da Língua Portuguesa, bem como, clareza, precisão, consistência e concisão do texto produzido”.

O texto, de pontuação máxima de 30 pontos, tinha o limite de 30 linhas, sendo produzida com base no tema proposto pela banca organizadora.

Prova de títulos

Os títulos apresentados pelo candidato não poderia ultrapassar o máximo de cinco pontos, ainda que a soma dos títulos supere esse valor.

O item de avaliação era a Experiência em Segurança Prisional ou Segurança Pública, com a descrição de “Somente para a iniciativa pública, de qualquer um dos órgãos responsáveis pelo sistema de administração penitenciária e de execução penal, da União e dos Estados: declaração ou certidão de tempo de serviço, cópia autenticada do contrato de trabalho, em papel timbrado da instituição contratante, datados e assinados, informando o período da contratação (com início e fim, se for o caso) e a função desenvolvida.

Prova de Aptidão Física

A prova de aptidão física visava “avaliar a capacidade mínima do candidato, com deficiência ou não, para suportar, física e organicamente, as exigências do cargo de Agente de Segurança Prisional”. Os exercícios cobrados foram os seguintes, sendo que os candidatos precisam alcançar o mínimo para ser considerado classificado nesta etapa:

Teste de impulsão horizontal

Os candidatos masculinos precisam alcançar o mínimo de 1,70m no salto, enquanto que as mulheres deveriam alcançar a altura de 1.30m, a partir da posição inicial, sendo esta em pé, parado e com os pés paralelos entre si.

Teste de Corrida

Os candidatos deverão realizar uma corrida de 12 minutos, sendo que os candidatos de sexo masculino deveriam alcançar pelo menos 2.000 metros, e as mulheres, 1.600 metros.

Curso de Formação AGEPEN GO

O Curso de Formação dos Agentes de Segurança Prisional é realizado na cidade de Goiânia (GO) e tem a carga horária de 80 horas. Durante o Curso, os alunos terão direito a uma bolsa de 60% do valor total do vencimento básico. Caso o candidato, aprovado e nomeado, não queira permanecer no serviço público, deverá restituir o valor da bolsa de participação recebido.

Ao final do curso, os alunos realizarão uma prova com 40 questões, de caráter eliminatório e classificatório, sobre os conteúdos abordados durante a formação do aluno, precisando alcançar o mínimo de 50% da prova.

Últimas notícias

Concurso AGEPEN-GO: Banca organizadora é definida!

Acompanhe nossas

redes sociais