Logo desconto Relógio
     horas                  minutos               segundos

Concurso Polícia Federal 2020: Novo certame pode ser autorizado no segundo semestre!

Está confirmado o envio de um novo pedido para o concurso Polícia Federal. A solicitação foi enviada ao governo pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, e está em análise no Ministério da Economia. Ao todo, foram solicitadas 1.508 vagas para as áreas policial e administrativa. Foi confirmado pelo diretor-geral da Polícia Federal...

Status do concurso: Previsto

Quer Receber Todas as Novidades da PF?

Receba em seu e-mail todas as movimentações do Concurso da PF!

Última Notícia

Imagem Concurso Polícia Federal: Diretor-geral promete publicar edital ainda em 2020!

Concurso Polícia Federal: Diretor-geral promete publicar edital ainda em 2020!

Segundo informações do diretor-geral, Rolando Alexandre, o edital do concurso Polícia Federal deverá ser divulgado ainda em 2020.

Continuar Lendo

Cursos PF - POLÍCIA FEDERAL

Histórico de Notícias

06/08/2020

Concurso Polícia Federal: Fenapef solicitará mais vagas na área Administrativa!

Revelado pelo presidente da Fenapef, Luís Boudens, que tentará uma oferta maior de vagas e pela autorização do concurso PF na área Administrativa.

Continuar lendo
06/08/2020

Concurso Polícia Federal: Bolsonaro reafirma mais de 2 mil vagas; edital pode sair em dezembro!

O presidente Bolsonaro, voltou a confirmar que o edital do concurso Polícia Federal terá mais de 2 mil vagas. Documento pode ser publicado em dezembro!

Continuar lendo
04/08/2020

Concurso Polícia Federal: Confira como será a distribuição das 2.508 vagas nas áreas Policial e Administrativa!

A Polícia Federal está próxima de confirmar o concurso com oferta de 2.508 vagas. Segundo a Fenapef, as vagas serão nas áreas Policial e Administrativa.

Continuar lendo
03/08/2020

Concurso Polícia Federal: Presidente confirma fala do Ministro da Justiça!

Após relato do ministro da Justiça, o presidente Jair Bolsonaro, confirmou que o edital do concurso PF (Polícia Federal) poderá ofertar 2 mil vagas.

Continuar lendo
01/08/2020

Concurso Polícia Federal: Ministro da Justiça informa que edital terá 2 mil vagas!

Foi informado pelo Ministro da Justiça, André Mendonça, que o concurso Polícia Federal terá edital ofertando 2.000 vagas, documento está sendo elaborado.

Continuar lendo
16/07/2020

Concurso PF: Corporação divulga datas para o curso de formação profissional!

Foi divulgada pela Polícia Federal, as datas do curso de formação profissional do concurso PF realizado em 2014 para os inscritos sub judice.

Continuar lendo
26/06/2020

Concurso PF: Divulgada novas datas para o Curso de Formação Profissional!

Foi revogada pela Polícia Federal, a suspensão da segunda turma do Curso de Formação Profissional do concurso PF. Veja as novas datas da seleção!

Continuar lendo
24/06/2020

Concurso PF: Solicitadas 349 vagas para Agente Administrativo, cargo de nível médio!

Confirmado pela corporação, um novo pedido de concurso PF para o cargo de Agente Administrativo, função que exige apenas o nível médio de formação.

Continuar lendo
23/06/2020

Concurso PF: ADPF informa que novo pedido é uma atualização do último realizado!

Foi confirmado pela ADPF, que o novo pedido de vagas do concurso PF (Polícia Federal) é uma atualização do último realizado ao Ministério da Economia.

Continuar lendo
18/06/2020

Concurso PF: Órgão solicita edital com 1.508 vagas ao Ministério da Economia!

Confirmado pelo órgão, o envio de um novo pedido de concurso PF ao Ministério da Economia. São solicitadas 1.508 vagas para áreas policial e administrativa.

Continuar lendo
10/06/2020

Concurso PF: Senado aprova Medida Provisória que extingue cargos comissionados!

Após aprovação da Medida Provisória 918/2020, pelo Senado Federal, o concurso PF (Polícia Federal) poderá ter mudanças nas carreiras.

Continuar lendo
12/05/2020

Concurso PF: Autorização para novo edital pode acontecer no mês de maio!

É previsto pela Polícia Federal, que a autorização de um novo concurso PF possa acontecer neste mês de maio, cronograma já foi publicado.

Continuar lendo
30/04/2020

Concurso Polícia Federal – PF: Ministro da Segurança promete mais ações da corporação!

Ao tomar posse no dia 29 de abril, o novo Ministro da Segurança afirma mais ações da PF, que aguarda por autorização para realizar novo concurso.

Continuar lendo
30/03/2020

Concurso Polícia Federal (PF): Possível cronograma é divulgado!

Confira o cronograma do novo concurso Polícia Federal! Estão previstas 1.000 vagas para os cargos de Agente, Papiloscopista, Delegado e Escrivão.

Continuar lendo
23/03/2020

Concurso PF: Déficit na corporação reduz operações!

Com a falta da realização do concurso PF (Polícia Federal) e de servidores na corporação, órgão apresentou queda nos índices de prisões e operações.

Continuar lendo
30/01/2020

Concurso PF: Corporação solicita edital com oferta de 3 mil vagas!

Foi confirmado pelo presidente da ADPF, um aumento no pedido de vagas para o novo concurso PF (Polícia Federal), foram solicitados 3.000 vagas.

Continuar lendo
02/01/2020

Concurso PF: Corporação envia pedidos para novos editais, 800 vagas poderão ser ofertadas!

Dois novos editais do concurso PF (Polícia Federal) podem ser publicados em 2020, para a área de apoio e polícia. Mais de 800 vagas poderão ser ofertadas!

Continuar lendo
19/09/2019

Concurso PF: 792 policiais são desligados mediante Reforma da Previdência!

Com a nova reforma da Previdência, 792 Policias Federais foram desligados da corporação gerando um grande déficit de servidores, indicando novo Concurso PF

Continuar lendo
28/08/2019

Concurso PF: Corporação solicita 834 vagas ao Ministério da Economia!

A PF enviou dois pedidos solicitando a realização de um novo concurso. As oportunidades solicitadas são destinadas para as áreas Policial e Administrativa.

Continuar lendo

Está confirmado o envio de um novo pedido para o concurso Polícia Federal. A solicitação foi enviada ao governo pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, e está em análise no Ministério da Economia. Ao todo, foram solicitadas 1.508 vagas para as áreas policial e administrativa.

Foi confirmado pelo diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre de Souza, que o edital do concurso PF será publicado ainda em 2020.

A informação foi passada pelo chefe da corporação em live realizada junto à ADPF (Associação dos Delegados de Polícia Federal).

“Se der tudo certo, ainda este ano divulgaremos o edital do novo concurso, e se tudo der certo, com o curso de formação iniciado no final do ano que vem, já que nosso concurso é longo, um ano em razão das etapas, mas entraríamos em 2022 com o maior efetivo da história da Polícia Federal”, relatou o diretor-geral.

A notícia reforça ainda mais os rumores que a Polícia Federal, junto à pasta da Justiça e da Segurança Pública, está recebendo tratativas favoráveis do Governo Federal. No dia 31 de julho, por exemplo, o presidente Bolsonaro comentou sobre o certame nas redes sociais.

Até o momento, o quantitativo exato de vagas que será oferecido para cada cargo é uma especulação. Mas, a oferta total de 2.508 vagas foi anunciada pelo ministro da Justiça e da Segurança Pública, André Mendonça, e reafirmada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Vale lembrar, que o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, confirmou que os trâmites internos para a realização do novo concurso Polícia Federal, com previsão de 2.508 vagas, já estão em andamento.

Circula na internet que as 2.508 vagas seriam distribuídas nas áreas Policial e Administrativa, sendo 2.000 vagas para área Policial e 508 vagas para a área Administrativa, da seguinte maneira:

Área Policial

  • Delegado: 300 vagas;
  • Agente: 1.016 vagas;
  • Escrivão: 600 vagas;
  • Papiloscopista: 84 vagas.

Área Administrativa

  • Administrador: 21 vagas;
  • Arquivista: 08 vagas;
  • Assistente Social: 10 vagas;
  • Bibliotecário: 01 vaga;
  • Contador: 09 vagas;
  • Economista: 03 vagas;
  • Enfermeiro: 03 vagas;
  • Engenheiro: 01 vaga;
  • Estatístico: 04 vagas;
  • Farmacêutico: 01 vaga;
  • Médico: 65 vagas;
  • Nutricionista: 01 vaga;
  • Odontólogo: 11 vagas;
  • Psicólogo: 05 vagas;
  • Técnico em Assuntos Educacionais: 13 vagas;
  • Técnico em Comunicação Social: 03 vagas;
  • Agente Administrativo: 349 vagas.

Cronograma do concurso Polícia Federal 2020

Além da reafirmação feita pelo presidente Bolsonaro, circula a informação de um possível cronograma do concurso Polícia Federal.

Vale lembrar, que esse cronograma se trata de um planejamento enviado junto ao pedido e que essas datas poderão ser alteradas.

Confira o possível cronograma da seleção da Polícia Federal:

  • Assinatura do Contrato com a Banca Organizadora: 23 de novembro de 2020;
  • Publicação de Edital: 08 dezembro de 2020;
  • Aplicação das Provas objetivas e Provas Discursivas: 11 de abril de 2021;
  • Teste de Aptidão Física (TAF): 12 a 13 de junho de 2021;
  • Aplicação do Exame Médico: 17 e 18 de julho de 2021;
  • Prova de Digitação: 22 de agosto de 2021;
  • Avaliação Psicológica: 26 de setembro de 2021;
  • Exame de Heteroidentificação para candidatos negros: 31 de outubro de 2021;
  • Avaliação de Títulos: 22 a 26 de novembro de 2021;
  • Resultado Final: 21 de dezembro de 2021;
  • 1º Curso de Formação: janeiro de 2022;
  • 2º Curso de Formação: julho de 2022.

Concurso Polícia Federal 2014 – Curso de Formação (CFP)

Foi divulgado pela Polícia Federal, as datas para o Curso de Formação Profissional (CFP). O cronograma é direcionado aos candidatos sub judice do concurso PF para o cargo de Agente, realizado no ano de 2014. O documento foi publicado no Diário Oficial da União.

Segundo informações da publicação, esses candidatos foram convocados por meio dos seguintes editais: Edital nº 63, Edital nº 74, Edital nº 85, e Edital nº 86, divulgados entre os meses de agosto de 2019 e janeiro de 2020, no site da Cespe/UnB.

Agora, os candidatos deverão se apresentar na Academia Nacional de Polícia, localizada na cidade de Brasília/DF, para realização da matrícula no Curso de Formação Profissional. O período para comparecimento será das 08 horas às 18 horas, do dia 01 de agosto de 2020 ou das 08 horas às 16 horas do dia 02 de agosto de 2020.

Concurso Polícia Federal 2018 revoga suspensão

O concurso Polícia Federal 2018, revogou a suspensão do curso de formação profissional (CFP) e publicou um novo cronograma para a matrícula dos candidatos. A Polícia Federal divulgou as informações no Diário Oficial da União.

Agora, os candidatos convocados para a segunda turma do Curso de Formação Profissional, deverão se apresentar na Academia Nacional de Polícia, na cidade de Brasília/DF, para a realização da matrícula.

Agente, Escrivão e Papiloscopista

  • Matrícula: 01 de agosto de 2020, das 8h às 18h, ou 02 de agosto de 2020, em mesmo horário;
  • Início do curso: 03 de agosto de 2020;
  • Encerramento do curso: 09 de outubro de 2020.

Delegado e Perito Criminal

  • Matrícula: 10 de outubro de 2020, das 8h às 18h, ou 11 de outubro de 2020, em mesmo horário;
  • Início do curso: 12 de outubro de 2020;
  • Encerramento do curso: 18 de dezembro de 2020.

No ato da matrícula, além da documentação solicitada no subitem 20.2.3 do edital de abertura do concurso PF, os participantes convocados deverão estar munidos dos seguintes documentos:

a) comprovante de vacinação contra Influenza (cepa 2020), realizada com antecedência de mais de 20 dias do início do Curso de Formação Profissional;

b) resultado de exame RT/PCR para Covid-19 (SWAB DE ORO FARINGE), realizado nos últimos 10 dias que antecederem o início do Curso de Formação Profissional;

c) resultado de exames eventualmente realizados pelo candidato nos últimos seis meses que antecederem o início do Curso de Formação Profissional, tais como exames sorológicos para Covid-19, hemogramas, entre outros.

Ainda é informado no documento, que não haverá a possibilidade de novas matrículas no CFP, em segunda chamada, após os dias 10 de agosto, para as carreiras de Agente, Escrivão e Papiloscopista, e 19 de outubro, para os cargos de Delegado e Perito.

Corporação solicita 1.508 novas vagas

Foi confirmado pelo órgão, que enviou um novo pedido de concurso PF (Polícia Federal) ao Ministério da Economia. Foram solicitadas 1.508 vagas para áreas policial e administrativa.

Os cargos e a distribuição das vagas solicitadas são:

  • Delegado de Polícia Federal: 100 vagas;
  • Agente de Polícia Federal: 540 vagas;
  • Escrivão de Polícia Federal: 300 vagas;
  • Papiloscopista: 60 vagas;
  • Administrador: 21 vagas;
  • Arquivista: 8 vagas;
  • Assistente Social: 10 vagas;
  • Bibliotecário: 1 vaga;
  • Contador: 9 vagas;
  • Economista: 3 vagas;
  • Enfermeiro: 3 vagas;
  • Engenheiro: 1 vaga;
  • Estatístico: 4 vagas;
  • Farmacêutico: 1 vaga;
  • Médico: 65 vagas;
  • Nutricionista: 1 vaga;
  • Odontólogo: 11 vagas;
  • Psicólogo: 5 vagas;
  • Técnico em Assuntos Educacionais: 13 vagas;
  • Técnico em Comunicação Social: 3 vagas;
  • Agente Administrativo: 349 vagas.

Nova-PF

Concurso Polícia Federal Agente Administrativo

A Polícia Federal pretende realizar o novo concurso Polícia Federal destinado para o cargo de Agente Administrativo. O pedido enviado ao Ministério da Economia contempla a carreira, que pode receber autorização para mais de 300 vagas.

A oferta do novo pedido foi confirmada, na última semana, pela Fenaperf e, também, pelo MJSP (Ministério da Justiça e da Segurança Pública).

Das 1.508 vagas confirmadas do novo pedido, 349 vagas são destinadas para a função de Agente Administrativo. O cargo tem a exigência apenas do nível médio como requisito de escolaridade.

Dessa maneira, não é necessário nenhum curso adicional, tampouco experiência comprovada por tempo determinado. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

O cargo de Agente Administrativo tem um salário inicial no valor de R$ 4.710,76, já incluso o benefício de auxílio-alimentação de R$ 458,00 dos servidores federais.

Além da carreira de Agente Administrativo, de nível médio, a Polícia Federal também solicitou concurso para outros cargos da área de apoio, assim como para a área policial. Todos os demais são para candidatos de nível superior.

Tanto o pedido de certame para a área de apoio quanto o da área policial estão em análise no Ministério da Economia. Dessa maneira, as autorizações podem acontecer a qualquer momento.

Nova-PF

Salários Polícia Federal

Os salários iniciais ofertados aos cargos no último concurso , realizado em 2018, eram de:

  • Delegado: R$ 22.678,48;
  • Perito Criminal: 22.672,48;
  • Agente de Polícia Federal: 11.983,26;
  • Escrivão de Polícia Federal: R$ 11.983,26;
  • Papiloscopista Policial Federal: R$ 11.983,26.

Atribuições dos cargos Polícia Federal

Delegado: instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação; orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais; participar do planejamento de operações de segurança e investigações; supervisionar e executar missões de caráter sigiloso; participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.

Perito Criminal: realizar exames periciais em locais de infração penal; realizar exames em instrumentos utilizados, ou presumivelmente utilizados na prática de infrações penais; proceder pesquisas de interesse do serviço; coletar dados e informações necessários à complementação dos exames periciais; participar da execução das medidas de segurança orgânica e zelar pelo cumprimento delas; desempenhar outras atividades que visem apoiar técnica e administrativamente as metas da Instituição Policial, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Agente de Polícia Federal: investigar atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais, observada a competência da Polícia Federal; proceder à busca de dados necessários; executar todas as tarefas necessárias à identificação, ao arquivamento, à recuperação, à produção e ao preparo dos documentos de informações; executar todas as atividades necessárias à prevenção e repressão de ilícitos penais da competência da Polícia Federal; conduzir veículos automotores, embarcações e aeronaves; auxiliar a autoridade policial em todos os atos de investigação, cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Escrivão de Polícia Federal: dar cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, observando os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação; atuar nos procedimentos policiais de investigação, acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais; responsabilizar-se pelo valor das fianças recebidas e pelos objetos de apreensão; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; atuar nos procedimentos policiais de investigação; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Papiloscopista Policial Federal: executar, orientar, supervisionar e fiscalizar os procedimentos de coleta, revelação, levantamento e armazenamento de fragmentos e impressões papilares, exames e laudos oficiais papiloscópicos, representação facial humana; operação e gestão de bancos e sistemas automatizados de identificação civil e criminal; assistir à autoridade policial; desenvolver estudos na área de papiloscopia; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Requisitos dos cargos Polícia Federal

Delegado: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e comprovação de 3 (três) anos de atividade jurídica ou policial.

Perito Criminal: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, dos cursos especificados de cada área.

Agente de Polícia Federal: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Escrivão de Polícia Federal: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC

Papiloscopista Policial Federal: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Requisitos básicos para tomar posse no concurso

  • Ser aprovado no concurso público e não ter sido eliminado na investigação social;
  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do artigo 12 da Constituição Federal;
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Possuir carteira de identidade civil e carteira nacional de habilitação, categoria “B”, no mínimo;
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo;
  • Ter idade mínima de 18 anos completos na data de matrícula no Curso de Formação Profissional;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
  • Ter 3 (três) anos de atividade jurídica ou policial, para ingresso no cargo de Delegado de Polícia Federal;
  • Considera-se atividade jurídica, para fins de ingresso no cargo de Delegado de Polícia Federal:
    • a exercida com exclusividade por bacharel em Direito;
    • o efetivo exercício de advocacia, inclusive voluntária, com a participação anual mínima em 5 (cinco) atos privativos de advogado em causas ou questões distintas, conforme o Estatuto da Advocacia;
    • o exercício de cargo, emprego ou função, inclusive de magistério superior, que exija a utilização preponderante de conhecimentos jurídicos
    • o exercício de função de conciliador em tribunais judiciais, juizados especiais, varas especiais, anexos de juizados especiais ou de varas judiciais, assim como o exercício de mediação ou de arbitragem na composição de litígios, pelo período mínimo de 16 (dezesseis) horas mensais e durante 1 (um) ano.
      • É vedada, para efeito de comprovação de atividade jurídica, a contagem de tempo de estágio ou de qualquer outra atividade anterior à conclusão do curso de bacharelado em Direito.
      • A comprovação do tempo de atividade jurídica relativa a cargos, empregos ou funções não privativos de bacharel em Direito será realizada mediante certidão circunstanciada, expedida pelo órgão competente, indicando as respectivas atribuições e a prática reiterada de atos que exijam a utilização preponderante de conhecimento jurídico.
      • Considera-se atividade policial, para fins de ingresso no cargo de Delegado de Polícia Federal, o efetivo exercício de cargo público, de natureza policial, na Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Ferroviária Federal, polícias civis ou polícias militares.
      • Poderão ser somados os períodos de atividade jurídica e de atividade policial;
  • O candidato deverá declarar, na solicitação de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos exigidos para matrícula por ocasião da convocação para o Curso de Formação Profissional, assim como os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo no momento da posse

Último concurso da Polícia Federal

Nova-PF

O último concurso PF aconteceu no ano de 2018, sob responsabilidade do Cebraspe. Na época, foram ofertadas 500 vagas para os cargos da corporação.

Provas PF 2018

Os candidatos foram avaliados com provas objetivas e discursivas. Além disso, houve Exame de Aptidão Física, Prova Oral (somente Delegado), Prova Prática de Digitação (somente Escrivão), Avaliação Médica, Avaliação Psicológica, Avaliação de Títulos (Delegado e Perito Criminal), e o Curso de Formação Profissional.

Acompanhe nossas

redes sociais