Logo desconto Relógio
     horas                  minutos               segundos

Concurso ANEEL: Pedido sofre movimentações!

O novo concurso Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) está previsto para 2020. O órgão já enviou um pedido de 169 vagas para os cargos de Técnico, Analista e Especialista, de níveis médio e superior. O último concurso aconteceu no ano de 2010, acumulando déficit de servidores nos últimos tempos. Vagas Concurso ANEEL O novo cer...

Status do concurso: Previsto

Materiais disponíveis

e-Book Grátis para Você!

Guia Plano de Estudos Passo a Passo. Receba Agora!

O novo concurso Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) está previsto para 2020. O órgão já enviou um pedido de 169 vagas para os cargos de Técnico, Analista e Especialista, de níveis médio e superior.

O último concurso aconteceu no ano de 2010, acumulando déficit de servidores nos últimos tempos.

Vagas Concurso ANEEL

O novo certame deve ofertar vagas para cargos de nível médio e superior. Confira os cargos que existem dentro do órgão:

Nível Médio

  • Técnico Administrativo.

Nível Superior

  • Analista Administrativo;
  • Especialista em Regulação.

Requisitos dos cargos ANEEL

Técnico Administrativo: certificado, devidamente registrado, de curso de nível médio (antigo segundo grau) ou de curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC)

Analista Administrativo: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, ou em área específica, quando necessária, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Especialista em Regulação: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC

Salários ANEEL 2020

Os servidores da Agência Nacional de Energia Elétrica têm direito às seguintes remunerações:

  • Analista Administrativo: Inicial de R$ 8.955,20;
  • Especialista em Regulação: Inicial de R$ 9.378,40;
  • Técnico Administrativo: Inicial de R$ 4.548,47.

Nos salários citados não estão inclusos possíveis benefícios.

Atribuições dos cargos Aneel

Técnico Administrativo: exercício de atividades administrativas e logísticas de nível intermediário relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo da ANEEL. A distribuição de vagas para este cargo será feita em três áreas de conhecimento.

Analista Administrativo: exercício de atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais da ANEEL, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades.

Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia: atividades especializadas de regulação, inspeção, fiscalização e controle da prestação de serviços públicos e de exploração da energia elétrica, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas respectivos a essas atividades. A distribuição de vagas para este cargo será feita em cinco áreas de conhecimento

Requisitos básicos para investidura no cargo?

  • Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo de direitos políticos, nos termos do § 1º do artigo 12 da Constituição Federal;
  • Gozar dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Estar quite com as obrigações do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;
  • Ter idade mínima de dezoito anos completos na data da posse;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
  • Apresentar, na data da posse, os requisitos exigidos para o cargo/área;
  • Apresentar declaração de bens e valores que constituam o seu patrimônio e, se casado(a), a do cônjuge;
  • Providenciar, a suas expensas, os exames laboratoriais e complementares necessários a realização do exame médico a que será submetido;
  • Apresentar, na forma da legislação vigente, declaração firmada de não ter sido, nos últimos cinco anos:
    • responsável por atos julgados irregulares por decisão definitiva do Tribunal de Contas da União, do Tribunal de Contas de Estado, do Distrito Federal ou de Município, ou, ainda, do Conselho de Contas do Município;
    • punido, em decisão da qual não caiba recurso administrativo, em processo disciplinar, por ato lesivo ao patrimônio público de qualquer esfera do governo;
    • condenado em processo criminal por prática de crimes contra a Administração Pública, capitulados nos títulos II e XI da Parte Especial do Código Penal Brasileiro, na Lei nº 7.492, de 1º de junho de 1986, e na Lei nº 8.429, de 2 de fevereiro de 1992;
    • condenado em processo judicial que impossibilite o exercício imediato do cargo;
  • Apresentar outros documentos que se fizerem necessários;
  • A falta de comprovação de qualquer dos requisitos especificados neste item e daqueles que vierem a ser estabelecidos impedirá a posse do candidato.

Último concurso Aneel 2010

O último concurso da Aneel aconteceu no ano de 2010, sob responsabilidade do Cebraspe (Cespe/UnB).

As vagas foram as seguintes:

  • Técnico Administrativo – Área 1;
  • Técnico Administrativo – Área 2;
  • Analista Administrativo – Área 1;
  • Analista Administrativo – Área 2;
  • Analista Administrativo – Área 3;
  • Analista Administrativo – Área 4: Arquivologia;
  • Analista Administrativo – Área 5: Biblioteconomia;
  • Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia – Área 1;
  • Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia – Área 2;
  • Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia – Área 3;
  • Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia – Área 4;
  • Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia – Área 5.

Provas Aneel 2010

Os candidatos aos concursos Aneel eram classificados mediante provas objetivas e discursivas.

As provas eram compostas de Conhecimentos Básicos (50 questões) e Conhecimentos Específicos (70 questões).

Para ser considerado aprovado, era necessário atingir a nota mínima de:

  • Conhecimentos Básicos: 10,00 pontos;
  • Conhecimentos Específicos: 21,00 pontos;
  • Conjunto das provas: 36,00 pontos.

O conteúdo programático era composto de:

  • Língua Portuguesa: 1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego do sinal indicativo de crase.7 Sintaxe da oração e do período. 8 Pontuação. 9 Concordância nominal e verbal. 10 Regência nominal e verbal. 11 Significação das palavras. 12 Redação de correspondências oficiais: Manual de Redação da Presidência da República.
  • Ética e Conduta Público: 1 Ética e moral. 2 Ética, princípios e valores. 3 Ética e democracia: exercício da cidadania. 4 Ética e função pública. 5 Ética no Setor Público. 5.1 Código de Ética Profissional do Serviço Público – Decreto nº 1.171, de 22 de junho de 1999; 5.2 Lei n.º 8.112/90 (regime jurídico dos servidores públicos civis da União) Do regime disciplinar: dos deveres e proibições; da acumulação; das responsabilidades; das penalidades. 5.3 Lei n.º 8.429, de 2/6/92: das disposições gerais; dos atos de improbidade administrativa. 5.4 Código de Ética da ANEEL.
  • Noções de Informática: 1 Fundamentos de sistemas operacionais e pacotes (família Windows e Sistema Linux). 2 Conceitos e modos de utilização de ferramentas e aplicativos de navegação de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca e pesquisa. 3 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet e intranet. 4 Conceitos básicos de Segurança da Informação.
  • Noções de Direito Administrativo e Constitucional: 1 Administração pública: princípios básicos. 2 Poderes administrativos: poder hierárquico e poder disciplinar. 3 Serviços Públicos: conceito e princípios. 4 Ato administrativo: conceito, requisitos e atributos; anulação, revogação e convalidação; discricionariedade e vinculação. 5 Contratos administrativos: conceito e características. 6 Licitação: princípios, modalidades, dispensa e inexigibilidade. Lei n. 8.666/93. 7 Servidores públicos: cargo, emprego e função públicos. 8 Lei n.º 8.112/90 (regime jurídico dos servidores públicos civis da União): Das disposições preliminares; Do provimento, vacância, remoção, redistribuição e substituição. Dos direitos e vantagens: do vencimento e da remuneração; das vantagens; das férias; das licenças; dos afastamentos; do direito de petição. 9 Processo administrativo (Lei 9.784/99). 10 Constituição: princípios fundamentais. 11 Da aplicabilidade das normas constitucionais: normas de eficácia plena, contida e limitada; normas programáticas. 12 Dos direitos e garantias fundamentais: dos direitos e deveres individuais e coletivos; dos direitos sociais; dos direitos de nacionalidade; dos direitos políticos. 13 Da organização político-administrativa: das competências da União, Estados e Municípios. 14 Da Administração Pública: disposições gerais; dos servidores públicos. 15 Do Poder Executivo.
  • Língua Inglesa: 1 Compreensão de texto escrito em Língua Inglesa. 2 Itens gramaticais relevantes para a compreensão dos conteúdos semânticos.
Acompanhe nossas

redes sociais