Concurso BASA: Contrato com banca organizadora é assinado; edital pode sair a qualquer momento!

O novo concurso BASA está mais próximo de ser realizado. O Banco da Amazônia assinou o contrato com a Fundação CESGRANRIO, banca organizadora escolhida para o certame de Técnico Científico. Dessa maneira, o edital de abertura já pode ser divulgado. O extrato do contrato entre o banco e a empresa foi publicado no Diário Oficial da União...

Status do concurso: Previsto

Materiais disponíveis

e-Book Grátis para Você!

Guia Plano de Estudos Passo a Passo. Receba Agora!

O novo concurso BASA está mais próximo de ser realizado. O Banco da Amazônia assinou o contrato com a Fundação CESGRANRIO, banca organizadora escolhida para o certame de Técnico Científico. Dessa maneira, o edital de abertura já pode ser divulgado.

O extrato do contrato entre o banco e a empresa foi publicado no Diário Oficial da União, no dia 10 de agosto. Segundo informações do BASA, o edital com as regras da seleção sairá entre o fim de 2020 e início de 2021.

De acordo com o coordenador de Planejamento de Pessoas, Pablo Nahmias, a oferta será de 05 vagas para o cargo de Técnico Científico na área de Tecnologia da Informação. A carreira tem exigência do nível superior nessa especialidade, e também foi contemplada no certame de 2018.

Conforme o coordenador, no ano que vem será iniciado um estudo para o concurso BASA, na carreira de Técnico Bancário, de nível médio.

“Somente após esse estudo, será informada a quantidade de vagas, informações sobre a contratação da empresa organizadora e demais informações inerentes ao processo”, informou o coordenador do órgão.

Preparativos do novo concurso BASA

No mês de julho, encerra a validade do último concurso BASA, realizado no ano de 2018, sem a possibilidade de nova prorrogação. No entanto, uma proposta para a realização de um novo certame já está em andamento no Banco da Amazônia.

A informação foi passada pela Assessoria de Imprensa do órgão. O novo concurso BASA visa à contratação de profissionais para o cargo de Técnico Científico, na especialidade de Tecnologia da Informação. A carreira também foi ofertada na última seleção. Confira tudo sobre a carreira!

Para pleitear às vagas no cargo de Técnico Bancário, é exigido que o candidato tenha o ensino médio completo. O valor do salário para esses profissionais no ano de 2018, era de R$ 3.698,55, também contando o valor do ticket e a cesta alimentação de R$ 1.317,73.

O próximo concurso BASA já tem cargo, quantitativo de vagas e até a banca organizadora definida. Agora, os candidatos interessados no certame querem saber sobre a previsão para a divulgação do edital de abertura.

De acordo com informações da Assessoria de Imprensa do órgão, a previsão do edital segue mantida. Ou seja, o documento será publicado entre o fim de 2020 podendo sair no início do ano de 2021.

Segundo a Assessoria de Imprensa, a divulgação irá depender da evolução da pandemia de Covid-19.

“Estamos aguardando a evolução da pandemia e liberação dos bloqueios sanitários para realização de eventos de grande porte, principalmente, a disponibilização das escolas para realização das provas presenciais”, relatou o departamento de Imprensa do órgão.

Concurso BASA 2018 ofertou vagas na área de TI

No ano de 2018, o BASA (Banco da Amazônia) também ofertou vagas para Técnico na área de Tecnologia da Informação. Foram contempladas 25 vagas para este cargo, sendo 19 vagas para ampla concorrência, 5 vagas para pessoas negras ou pardas e 1 vaga para pessoas com deficiência. Ainda era esperada a formação de um cadastro de reserva de 150 vagas.

Por ainda se tratar de uma proposta, não existe informações concretar no momento sobre o quantitativo de vagas a ser ofertado no novo concurso. O cargo de Técnico Científico em Tecnologia da Informação, requer que o participante tenha graduação em Ti ou área correlata.

O salário ofertado em 2018, para a função era no valor de R$ 4.147,48, para uma carga de trabalho de 30 horas semanais (6 horas diárias). Os ganhos já estavam incluídos ticket e cesta alimentação de R$ 1.317,73.

O banco ainda oferece aos seus servidores diversos outros benefícios. Entre eles:

– Auxílio-creche;

– Exercício de função gratificada, a critério do banco, referente ao adicional de função comissionada;

– Possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional;

– Participação nos lucros ou nos resultados da empresa;

– Possibilidade de participação no Plano de Previdência Complementar, o PrevAmazônia.

BASA tem novo limite de pessoal fixado em 3.020 vagas

No início de 2020, foi divulgado no Diário Oficial da União, uma portaria que aprovava o novo limite de pessoal para o Banco da Amazônia. O quantitativo foi fixado em 3.020 vagas.

Este é mais um forte indício de que o certame , de fato, deve ser realizado. Isso porque, além de não ter mais seleção em validade, o banco conta com um novo quantitativo de vagas, que devem ser preenchidas por meio de concurso público.

O BASA conta com sede em Belém/PA, mas conta com filiais em diversas localidades. Entre elas: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Maranhão, Mato Grosso, Distrito Federal e São Paulo.

Sobre o BASA

A história do Banco da Amazônia está diretamente relacionada com o desenvolvimento econômico da região amazônica nas últimas seis décadas. Mas o surgimento da instituição demonstra o seu importante papel também na economia mundial.

Anos 40 – Nasce em plena 2ª Guerra Mundial com o objetivo de financiar a produção de borracha destinada aos países aliados. Naquele momento, os japoneses dominavam as principais fontes produtoras, situadas na Ásia, e a Amazônia era o único lugar do Mundo Livre em condições de fornecer a goma elástica. A partir do Acordo de Washington firmado entre Brasil e Estados Unidos, o Decreto-Lei nº 4.451, de 9 de julho de 1942, cria o Banco de Crédito da Borracha, com participação acionária dos dois países e o desafio de revigorar os seringais nativos da região, cuja economia estava estagnada nos 30 anos posteriores ao fim da Era da Borracha.

Anos 50 – Após a guerra, a borracha oriental volta ao mercado mundial e, mais barata, supera a borracha nativa da Amazônia. Em 1950, através do Lei nº 1.184, de 30 de agosto, o governo federal transforma o Banco de Crédito da Borracha em Banco de Crédito da Amazônia S.A, ampliando o financiamento para outras atividades produtivas e assumindo contornos pioneiros de banco regional misto, a partir da implementação do Primeiro Plano de Valorização Econômica da Amazônia e dos novos polos de crescimento propiciados pelo Governo Juscelino Kubitscheck com a abertura da rodovia Belém-Brasília.

Anos 60 – A partir de 1966, assume o papel de agente financeiro da política do Governo Federal para o desenvolvimento da Amazônia Legal, já com o nome de Banco da Amazônia, Lei nº 5.122, de 28 de setembro de 1966, tornando-se depositário dos recursos provenientes dos incentivos fiscais.

Anos 70 – Em 1970, passa ser uma sociedade de capital aberto, tendo o Tesouro Nacional 51% das ações e o público 49%. Em 1974, é alçado a agente financeiro do Fundo de Investimento da Amazônia (Finam), administrado pela Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), atuando na expansão da fronteira agrícola e no avanço da industrialização regional.

Anos 80 e 90 – Como gestor do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), criado em 1989, possibilita aos mini, micro e pequenos produtores e empresários da região o acesso a uma fonte permanente e estável de financiamentos de longo prazo, com encargos diferenciados, resultando no crescimento de postos de trabalho e da geração de renda.

Século 21 – Atuação voltada para o desenvolvimento sustentável da Amazônia Legal, através da definição de critérios rigorosos na análise do crédito. Modernização tecnológica, expansão da rede de atendimento e foco no cliente, tanto Pessoa Física como Pessoa Jurídica. Novas fontes de recursos. Nova marca.

Estas são algumas mudanças em curso no Banco da Amazônia, que, a partir de 2002, deixou de usar a antiga sigla BASA para reforçar seu importante papel para o crescimento econômico da região baseado na sustentabilidade.

Passa a diversificar suas fontes de financiamento de longo prazo, inclusive com recursos internacionais. Também amplia sua responsabilidade socioambiental, através de programas corporativos, bem como no patrocínio a ações culturais, esportivas e sociais.

Em 2019, o Banco da Amazônia volta a utilizar a sigla BASA, após constatar que ainda é muito forte a percepção que seus clientes têm em relação ao valor dessa marca para o consumo de seus produtos e serviços. E, mais além, notadamente há um valor afetivo que a sigla traz consigo, especialmente para a Amazônia, onde não somente os clientes, mas também a sociedade ainda chama a Instituição carinhosamente por BASA.

Último concurso BASA

O último concurso BASA teve seu edital divulgado no ano de 2018. Na ocasião, foram ofertadas 46 vagas de caráter imediato e mais 505 vagas para formação de cadastro reserva. As oportunidades foram distribuídas da seguinte maneira:

– Técnico Bancário: 20 vagas imediatas, mais 350 vagas CR;

– Técnico Científico/TI: 25 vagas imediatas, mais 150 vagas CR;

– Técnico Científico/Médico do Trabalho: 1 vaga imediata, mais 5 vagas CR.

A banca organizadora responsável pela execução do certame foi a Fundação CESGRANRIO.

Os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva, composta por 60 questões, sendo 30 questões de Conhecimentos Básicos e 30 questões de Conhecimentos Específicos.

As provas objetivas tiveram duração de 03h30min, para o cargo de nível médio e de 04h30min para o cargo de nível superior.

Técnico Bancário

– Língua Portuguesa: 5 questões;

– Matemática: 5 questões;

– Legislação: 5 questões;

– Atualidades: 5 questões;

– Noções de Informática: 5 questões;

– Atendimento (focado em vendas): 5 questões.

Técnico Científico/Medicina do Trabalho

– Língua Portuguesa: 10 questões;

– Legislação: 10 questões;

– Atualidades: 5 questões;

– Noções de Informática: 5 questões;

Técnico Científico/T.I.

– Língua Portuguesa: 10 questões;

– Noções de Sistema Bancário: 10 questões;

– Legislação: 5 questões;

– Atualidades: 5 questões.

As provas objetivas, a aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos pretos ou pardos e a perícia médica dos candidatos que se declararam pessoas com deficiência foram aplicadas nos seguintes municípios: Belém/PA, Boa Vista/RR, Cuiabá/MT, Macapá/AP, Manaus/AM, Palmas/TO, Porto Velho/RO, Rio Branco/AC, Santarém/PA e São Luís/MA.

Foram registrados no total 119.627 candidatos inscritos, sendo que o cargo com maior busca foi o de Técnico Bancário, com 117.601 inscrições.

Histórico de Notícias

22/09/2020

Concurso BASA: Saiba o que falta para publicação do edital!

O novo concurso BASA (Banco da Amazônia) já está autorizado e tem banca organizadora definida. Edital passa por últimos ajustes para ser divulgado!

Continuar lendo
20/08/2020

Concurso BASA: Saiba tudo sobre o cargo de Técnico Científico na especialidade de Tecnologia da Informação!

Fique por dentro de tudo sobre o cargo de Técnico Científico em Tecnologia da Informação (TI), que será ofertado no concurso BASA (Banco da Amazônia).

Continuar lendo
10/08/2020

Concurso BASA: Contrato com banca organizadora é assinado; provas serão aplicadas em 2021!

Foi assinado o contrato com a banca organizadora do concurso BASA (Banco da Amazônia), provas deverão ser realizadas no ano de 2021.

Continuar lendo
24/07/2020

Concurso BASA: Banca organizadora está definida; edital está próximo de ser divulgado!

Trâmites para divulgar o edital do concurso BASA estão em andamento, foi definida a banca organizadora. Oportunidades serão para os níveis médio e superior!

Continuar lendo
03/07/2020

Concurso BASA: Órgão inicia estudos para novo edital de Técnico!

Mediante o término da validade do último certame, órgão já elabora estudos para a realizar do novo concurso BASA para Técnico Científico e Bancário.

Continuar lendo
19/03/2018

Concurso BASA: Últimas horas de inscrições para 551 vagas!

As inscrições do concurso BASA estão abertas e são 551 vagas para os níveis médio e superior com remuneração de mais de R$ 3.000,00!

Continuar lendo
24/07/2015

O que cai na prova: BASA

Confira os detalhes da prova do concurso BASA que acontecerá em setembro. Língua portuguesa e matemática são algumas das disciplinas cobradas.

Continuar lendo
22/07/2015

BASA lança edital com 57+CR vagas para níveis médio e superior

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais