Concurso BASA: 105 vagas e salários de até 4,6 mil!

Concurso BASA: 105 vagas e salários de até 4,6 mil!

Publicado o edital do novo concurso BASA (Banco da Amazônia). As oportunidades são para o cargo de Técnico Científico, na área de Tecnologia da Informação, com exigência do nível superior e ganhos de R$ 4,6 mil somando os benefícios. Os interessados podem se inscrever até o mês de fevereiro, no site da Fundação CESGRANRIO. Os candidato...

Status do concurso: Encerrado

Materiais disponíveis

Publicado o edital do novo concurso BASA (Banco da Amazônia). As oportunidades são para o cargo de Técnico Científico, na área de Tecnologia da Informação, com exigência do nível superior e ganhos de R$ 4,6 mil somando os benefícios.

Os interessados podem se inscrever até o mês de fevereiro, no site da Fundação CESGRANRIO. Os candidatos serão avaliados por meio de uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório!

As provas que seriam realizadas no dia 11 de abril, após a remarcação, foram novamente adiadas e a nova data é 02 de maio de 2021.

Com isso, é importante ressaltar que o concurso não está suspenso e apenas teve alteração de seu cronograma. Agora, a data provável para a homologação do resultado final é 13 de julho de 2021.

Como fazer a inscrição no concurso BASA?

As inscrições estão abertas do dia 07 de janeiro até às 23h59min do dia 08 de fevereiro de 2021.

Para se inscrever, o candidato deverá acessar o site da banca organizadora, Fundação CESGRANRIO . A taxa de inscrição tem o valor fixo de R$ 120,00.

O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 10 de fevereiro de 2021.

Vagas e salários do concurso BASA

O certame oferta 105 vagas, sendo 05 vagas de caráter imediatas e 100 vagas para formação de cadastro reserva, no nível superior. As oportunidades são para a seguinte carreira:

Nível Superior: Técnico Científico/Tecnologia da Informação (05 vagas + 100 vagas de cadastro reserva).

O candidato interessado precisa possuir certificado de conclusão ou diploma de graduação de nível superior em uma das formações: Bacharel em Ciência da Computação, Bacharel em Sistema de Informação, Gestão da Tecnologia da Informação, Bacharel em Tecnologia da Informação, Tecnologia em Bancos de Dados, Tecnologia em Processamento de Dados, Tecnologia em Rede de Computadores, Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação Análise de Sistema, Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistema, Bacharelado em Informática, Ciência da Informação, Computação/Sistema de Informação, Informática/Análise de Sistema, Informática/Sistema de Informação, Tecnologia em Projeto de Sistema de Informação, Desenvolvimento de Sistema.

O salário inicial para os aprovados é no valor de R$ 3.145,79, com jornada de trabalho de 30 horas semanais, sendo 06 horas diárias.

Benefícios

– Além da remuneração base, há também o acrescimento de auxílio-alimentação (Ticket e Cesta Alimentação), equivalente a R$ 1.486,03.
– Auxílio-creche;
– Possibilidade de exercício de funções gratificadas, a critério do BASA;
– Possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional;
– Possibilidade de participação no Plano de Previdência Complementar do Banco da Amazônia (PrevAmazônia);
– Participação nos lucros ou nos resultados da Empresa, observadas as disposições legais em vigor.

Como será a prova do concurso BASA?

A avaliação dos candidatos será por meio de uma prova objetiva, realizada na data prevista de 02 de maio de 2021, com duração de 04h30min.

Os locais e horários da prova serão informados no site da banca organizadora, Fundação CESGRANRIO, a partir do dia 07 de abril de 2021.

A prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, terá 30 questões, no valor de 1 ponto cada, totalizando 30 pontos.

Cada questão das provas objetivas apresentará 5 (cinco) alternativas (A; B; C; D e E), sendo uma única delas a resposta correta.

Será eliminado o candidato que obtiver aproveitamento inferior a 55% do total da pontuação do conjunto das provas objetivas ou obtiver aproveitamento inferior a 45% do total da pontuação da prova objetiva de Conhecimentos Básicos ou obtiver aproveitamento inferior a 55% do total da pontuação da prova objetiva de Conhecimentos Específicos.

O conteúdo programático da prova objetiva irá constar as seguintes disciplinas:

– Língua Portuguesa: 10 questões;
– Noções de Sistema Bancário: 10 questões;
– Legislação: 05 questões;
– Atualidades: 05 questões;
– Conhecimentos Específicos: 30 questões.

O concurso público terá validade de 01 (um) ano, podendo ser prorrogado, a critério do BANCO DA AMAZÔNIA S.A., uma única vez, por igual período, contado a partir da data de homologação do resultado final.

Digitalização do BASA

Segundo o coordenador de Desenvolvimento de Pessoas do BASA, Pablo Nahmias, a previsão é a chamada imediata dos candidatos aprovados e o bom uso do cadastro reserva no certame .

No concurso BASA realizado em 2018, o órgão já havia investido na contratação de profissionais na área de TI. E em 2021, o cargo foi contemplado em um novo edital, que conta com 05 vagas de caráter imediato, além da formação de cadastro reserva.

O coordenador anda destacou, que existem muitos desafios no Banco da Amazônia para tornar a instituição cada vez mais digital.

“Temos grandes avanços na área de Tecnologia do banco e vamos conseguir nos firmar com essa posição com o apoio de colaboradores da área de Tecnologia da Informação e é por isso que disponibilizamos esse edital para fazer essa contração”, disse Pablo Nahmias.

Requisitos necessários para investidura no cargo do concurso BASA

– Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado(a) pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento de direitos e obrigações civis e de gozo de direitos políticos, nos termos do parágrafo 1º, artigo 12, da Constituição Federal e do Tratado de Amizade, Cooperação e Consulta, promulgado no Brasil por meio do Decreto nº 3.927/2001;
– Estar em dia com as obrigações eleitorais;
– Estar em dia com as obrigações militares, em caso de candidato brasileiro do sexo masculino;
– Ter, na data de admissão, idade mínima de dezoito anos completos;
– Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
– Ser aprovado no concurso público e possuir os requisitos de escolaridade exigido para o exercício do cargo;
– Não receber proventos de aposentadoria ou remuneração oriundos de cargo, emprego ou função pública ressalvados os cargos acumuláveis previstos na Constituição Federal;
– Cumprir as determinações do edital.

Nova seleção BASA 2021 para técnico bancário

seleção BASA 2021 para Técnico Bancário, de nível médio, deve ser realizada.

Após a publicação do edital do concurso para técnico científico para área de Tecnologia da Informação (TI), o Banco da Amazônia já se prepara para a realização de uma nova seleção BASA para técnicos bancários, que deve acontecer ainda este ano.

O coordenador de Desenvolvimento de Pessoas do órgão, Pablo Nahmias, confirmou que esta nova seleção já está em estudo na instituição.

De acordo com ele, o banco já trabalha no levantamento de vagas e na definição do redimensionamento do quadro de pessoal do Basa.

Esses são os primeiros passos no processo de organização de um novo certame  na instituição. De acordo com o coordenador, ainda é cedo para divulgar uma previsão de um cronograma para a seleção  , embora a intenção seja publicar o edital no segundo semestre de 2021.

Nahmias ainda ressaltou que quem está de olho em uma vaga de técnico bancário do Basa não deve perder tempo e começar a estudar.

“As pessoas que estão aí aguardando o nosso concurso para técnico bancário,  que é o concurso que mais chamamos pessoas, já devem iniciar suas preparações, porque no segundo semestre é muito provável que a gente já tenha edital lançado.”

Sobre o BASA

A história do Banco da Amazônia está diretamente relacionada com o desenvolvimento econômico da região amazônica nas últimas seis décadas. Mas o surgimento da instituição demonstra o seu importante papel também na economia mundial.

Anos 40 – Nasce em plena 2ª Guerra Mundial com o objetivo de financiar a produção de borracha destinada aos países aliados. Naquele momento, os japoneses dominavam as principais fontes produtoras, situadas na Ásia, e a Amazônia era o único lugar do Mundo Livre em condições de fornecer a goma elástica. A partir do Acordo de Washington firmado entre Brasil e Estados Unidos, o Decreto-Lei nº 4.451, de 9 de julho de 1942, cria o Banco de Crédito da Borracha, com participação acionária dos dois países e o desafio de revigorar os seringais nativos da região, cuja economia estava estagnada nos 30 anos posteriores ao fim da Era da Borracha.

Anos 50 – Após a guerra, a borracha oriental volta ao mercado mundial e, mais barata, supera a borracha nativa da Amazônia. Em 1950, através do Lei nº 1.184, de 30 de agosto, o governo federal transforma o Banco de Crédito da Borracha em Banco de Crédito da Amazônia S.A, ampliando o financiamento para outras atividades produtivas e assumindo contornos pioneiros de banco regional misto, a partir da implementação do Primeiro Plano de Valorização Econômica da Amazônia e dos novos polos de crescimento propiciados pelo Governo Juscelino Kubitscheck com a abertura da rodovia Belém-Brasília.

Anos 60 – A partir de 1966, assume o papel de agente financeiro da política do Governo Federal para o desenvolvimento da Amazônia Legal, já com o nome de Banco da Amazônia, Lei nº 5.122, de 28 de setembro de 1966, tornando-se depositário dos recursos provenientes dos incentivos fiscais.

Anos 70 – Em 1970, passa ser uma sociedade de capital aberto, tendo o Tesouro Nacional 51% das ações e o público 49%. Em 1974, é alçado a agente financeiro do Fundo de Investimento da Amazônia (Finam), administrado pela Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), atuando na expansão da fronteira agrícola e no avanço da industrialização regional.

Anos 80 e 90 – Como gestor do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), criado em 1989, possibilita aos mini, micro e pequenos produtores e empresários da região o acesso a uma fonte permanente e estável de financiamentos de longo prazo, com encargos diferenciados, resultando no crescimento de postos de trabalho e da geração de renda.

Século 21 – Atuação voltada para o desenvolvimento sustentável da Amazônia Legal, através da definição de critérios rigorosos na análise do crédito. Modernização tecnológica, expansão da rede de atendimento e foco no cliente, tanto Pessoa Física como Pessoa Jurídica. Novas fontes de recursos. Nova marca.

Estas são algumas mudanças em curso no Banco da Amazônia, que, a partir de 2002, deixou de usar a antiga sigla BASA para reforçar seu importante papel para o crescimento econômico da região baseado na sustentabilidade.

Passa a diversificar suas fontes de financiamento de longo prazo, inclusive com recursos internacionais. Também amplia sua responsabilidade socioambiental, através de programas corporativos, bem como no patrocínio a ações culturais, esportivas e sociais.

Em 2019, o Banco da Amazônia volta a utilizar a sigla BASA, após constatar que ainda é muito forte a percepção que seus clientes têm em relação ao valor dessa marca para o consumo de seus produtos e serviços. E, mais além, notadamente há um valor afetivo que a sigla traz consigo, especialmente para a Amazônia, onde não somente os clientes, mas também a sociedade ainda chama a Instituição carinhosamente por BASA.

Histórico de Notícias

04/10/2021

Concurso Basa: Novo edital está programado, diz presidente!

Atenção, concurseiros! Novo concurso Basa está sendo programado para o ano que vem com a oferta de 50 vagas. Saiba mais detalhes!

Continuar lendo
30/04/2021

Concurso Basa: Confira os locais de provas!

Atenção concurseiros! Os locais de aplicação das provas objetivas do concurso Basa já podem ser consultados. As provas acontecem neste domingo (02).

Continuar lendo
07/04/2021

Concurso Basa: Novo cronograma e provas adiadas!

Atenção concurseiros! As provas previstas para serem realizadas no dia 11 de abril, serão aplicadas na data provável do dia 02 de maio de 2021.

Continuar lendo
10/03/2021

Concurso Basa: Provas são adiadas para abril!

Mudança, concurseiros! Está disponível um novo cronograma para o concurso Basa 2021, que agora terá as provas aplicadas no dia 11 de abril de 2021.

Continuar lendo
08/03/2021

Concurso Basa: Provas do dia 14/03 serão suspensas?

Concurseiros continuam apreensivos quanto a realização das provas do concurso Basa, marcadas para o próximo domingo. Confira aqui todos os detalhes!

Continuar lendo
24/07/2020

Concurso BASA: Banca organizadora está definida; edital está próximo de ser divulgado!

Trâmites para divulgar o edital do concurso BASA estão em andamento, foi definida a banca organizadora. Oportunidades serão para os níveis médio e superior!

Continuar lendo
22/07/2015

BASA lança edital com 57+CR vagas para níveis médio e superior

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais