Concurso Bombeiros MT: Com as queimadas, novo certame é cobrado!

Concurso Bombeiros MT: Com as queimadas no Pantanal, novo certame é cobrado por senador!

Mediante as queimadas no Pantanal mato-grossense, foi enfatizado pelo senador Jayme Campos, a necessidade de realizar o novo concurso Bombeiros MT. Além disso, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros do Estado de Mato Grosso, coronel Alessandro Borges Ferreira, reconheceu a necessidade do novo concurso Bombeiros MT para renovar o quad...

Status do concurso: Previsto

Mediante as queimadas no Pantanal mato-grossense, foi enfatizado pelo senador Jayme Campos, a necessidade de realizar o novo concurso Bombeiros MT.

Além disso, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros do Estado de Mato Grosso, coronel Alessandro Borges Ferreira, reconheceu a necessidade do novo concurso Bombeiros MT para renovar o quadro da corporação!

Necessidade do novo concurso Bombeiros MT

Com cerca de 1.400 bombeiros na corporação, Mato Grosso não tem condições de conter os incêndios que estão destruindo o Pantanal, o Cerrado e a Amazônia dentro do estado. Essa posição foi passada pelo senador Jayme Campos (DEM), após visitar a região do Pantanal mato-grossense.

De acordo com o parlamentar, é necessário realizar um novo concurso Bombeiros MT para renovar os quadros. Conforme informações de Campo, o atual efetivo da corporação é pequeno para atuar no estado com mais de 900.000 quilômetros quadrados. “Não é possível deixar assim”, salientou o senador.

Ainda é defendido pelo senador, a implantação de uma política de preservação ambiental no estado, com parceria do Governo Federal.

“O Estado tem capacidade financeira hoje. Pode fazer parceria com o governo federal, mas nós precisamos ter essa consciência. Temos que estabelecer como prioridade a questão da preservação do nosso ecossistema”, salientou o senador Campos.

Jayme Campos integra a Comissão Externa Temporária do Congresso Nacional, criada para acompanhar as ações de enfrentamento aos incêndios na região do Pantanal. No dia 19 de setembro, o grupo esteve nas áreas de queimadas.

No dia 11 de agosto, o novo concurso Bombeiros MT e o reaparelhamento da corporação foram colocados em pauta na Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Mato Grosso (AL MT).

Na ocasião, foi apontado pelo presidente da comissão, deputado Delegado Claudinei, o efetivo limitado do Corpo de Bombeiros para atender a todos os municípios mato-grossenses.

“Sabemos que a corporação é uma das mais importantes do estado e que enfrenta dificuldades por falta de uma estrutura melhor para atender os 141 municípios devido à distância territorial. É um trabalho árduo no dia a dia e que conta com efetivo limitado para atender as ocorrências em todo estado”, relatou o deputado Claudinei.

Comandante-geral reconhece necessidade do concurso Bombeiros MT

Presente na reunião da AL MT, realizada no mês de agosto, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros do Estado de Mato Grosso, coronel Alessandro Borges Ferreira, reconheceu a necessidade do novo concurso Bombeiros MT.

Para o comandante-geral, é necessário novos servidores para aumentar o efetivo e poder atender a todos os municípios do Estado.

“Seria uma das alternativas para suprir nossas necessidades, além do projeto do bombeiro temporário, que pretendemos implantar em Mato Grosso”, disse Ferreira.

No mês de dezembro do ano de 2018, a Polícia Militar e os Bombeiros de Mato Grosso chegaram a formar uma comissão para o novo certame de Oficial.

Apesar de na seleção anterior ter exigido o nível médio, o cargo passou por uma alteração de escolaridade e agora tem como requisito o nível superior em Direito.

A comissão organizadora deveria tocar os preparativos dos novos concursos públicos , como por exemplo, a definição da banca organizadora. No entanto, ainda não foram divulgados outros andamentos do processo, que serão informados oportunamente.

Salários Bombeiros MT

Confira as remunerações ofertadas pelo Corpo de Bombeiros do Mato Grosso:

  • Aluno Soldado: R$ 2.812,24;
  • Tenente Coronel: R$ 26.636,96.

O que faz um Soldado do CBM MT

  • Atuar em alinhamento à missão, visão, valores, diretrizes institucionais e à legislação específica;
  • Coletar informações sobre ocorrências através de atendimento telefônico, analisar a respectiva natureza e gerar comunicação à companhia mais próxima para ação imediata;
  • Atender ocorrências em equipe através de deslocamento até o local do fato gerador; ações de segurança do local (isolamento, controle de trânsito, etc); ações operacionais técnicas de salvamento de vidas em iminente perigo; preservação de patrimônio e meio ambiente em situações de desastres, catástrofes ou ameaça de destruição;
  • Prestar primeiros socorros e apoio emocional em ocorrências até a chegada de profissionais especializados;
  • Participar de ações investigativas de ocorrências através de levantamento de informações e análise do local junto à equipe;
  • Comunicar o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (CIOSP) sobre ações realizadas em ocorrências;
  • Participar de campanhas públicas (escolas, edifícios, empresas, público em geral) através de palestras visando oferecer orientações preventivas e ensinar procedimentos em caso de ocorrências;
  • Auxiliar em procedimentos administrativo-financeiros através de cotação e compra de materiais, controle de despesas, organização de escalas de trabalho dos soldados e outros correlatos;
  • Conceder entrevistas à imprensa sobre ocorrências sob ordem e orientação do líder direto;
  • Colaborar nos serviços de organização e manutenção da higiene do ambiente de trabalho;
  • Realizar trâmites administrativos de organização e controle pertinentes à atuação.

Requisitos para tomar investidura no cargo

  • Ter sido aprovado ou classificado no Concurso Público;
  • Ser brasileiro ou, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento de gozo de direitos políticos, nos termos do parágrafo 1°, artigo 12, da Constituição Federal;
  • Possuir ilibada conduta pública e privada;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Ser possuidor do Certificado de Dispensa de Incorporação ou Certificado de Reservista das Forças Armadas, ou outro documento oficial que comprove a quitação com o serviço militar obrigatório, para os candidatos do sexo masculino;
  • Não ter sofrido condenação criminal com pena privativa da liberdade ou qualquer condenação incompatível com a função militar;
  • Não ter sido isentado do serviço militar por incapacidade física definitiva;
  • Encontrar-se em pleno gozo de seus direitos políticos e civis;
  • Não ter sofrido, no exercício de função pública, penalidade incompatível com nova investidura em cargo público;
  • Apresentar diploma ou certificado, devidamente registrado, de conclusão de ensino médio, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, comprovado através da apresentação de original e cópia do respectivo documento;
  • Estar apto, física e mentalmente, não apresentando deficiência que o incapacite para o exercício das funções do cargo;
  • Ter idade mínima de 18 (anos) anos, na data da inclusão no cargo, e máxima de 25 (vinte e cinco) anos até a data do encerramento das inscrições;
  • Ter, descalço e descoberto, à altura mínima de 1,67m (um metro e sessenta e sete centímetros), para os candidatos do sexo masculino e peso proporcional a altura;
  • Ter, descalço e descoberto, à altura mínima de 1,57m (um metro e cinquenta e sete centímetros), para os candidatos do sexo feminino e peso proporcional a altura;
  • Apresentar Carteira Nacional de Habilitação válida;
  • Apresentar declaração negativa de antecedentes criminais;
  • Ser considerado aprovado em sindicância sobre sua vida pregressa;
  • Não acumular cargos, empregos ou funções públicas, salvo nos casos constitucionalmente admitidos;
  • Cumprir, na íntegra, as determinações previstas no Edital de abertura do Concurso Público;
  • Apresentar outros documentos que se fizerem necessários por ocasião da inclusão no cargo.

Último concurso Bombeiros MT

O último concurso para provimento do Corpo de Bombeiros do Mato Grosso aconteceu no ano de 2013, sob responsabilidade da Funcab. Na época, foram ofertadas 300 vagas, sendo:

Masculino: 269 vagas;

Feminino: 31 vagas.

Os aprovados foram lotados nas seguintes localidades:

  • Alta Floresta;
  • Barra do Garças;
  • Campo Verde;
  • Colíder;
  • Cuiabá e Várzea Grande;
  • Jaciara;
  • Juína;
  • Lucas do Rio Verde;
  • Nova Mutum;
  • Pontes e Lacerda;
  • Primavera do Leste;
  • Rondonópolis;
  • Sinop;
  • Sorriso;
  • Tangará da Serra.

Provas Bombeiros MT 2013

Os candidatos foram avaliados mediante as seguintes fases. Confira:

  • Exame intelectual;
  • Teste de Aptidão Física;
  • Avaliação Psicológica;
  • Exame Médico-Odontológico;
  • Investigação Documental e Funcional.

A prova objetiva teve 80 questões e foi composta das seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa: 15 questões com peso 2;
  • História do Mato Grosso: 3 questões com peso 1;
  • Geografia do Mato Grosso: 3 questões com peso 1;
  • Física: 3 questões com peso 1;
  • Matemática: 3 questões com peso 1;
  • Química: 3 questões com peso 1;
  • Relações Interpessoais: 6 questões com peso 2;
  • Princípios da Ética e Filosofia: 6 questões com peso 2;
  • Noções de Informática: 6 questões com peso 2;
  • Noções de Gestão Pública: 6 questões com peso 2;
  • Legislação Básica: 6 questões com peso 2.

Ela foi aplicada nas cidades de Água Boa, Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Cuiabá, Diamantino, Juína, Nova Mutum, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra, Vila Rica.

Acompanhe nossas

redes sociais