Concurso Câmara de Manhuaçu – MG: EDITAL com salários de até R$ 4,6 mil!

Foi divulgado o edital do novo concurso Câmara de Manhuaçu, no estado de Minas Gerais. As oportunidades são para cargos de níveis fundamental, médio e superior, com salários de até R$ 4,6 mil. Os interessados podem se inscrever a partir do mês de junho, no site do Instituto IADHED, a avaliação dos candidatos será por meio de prova obje...

Status do concurso: Encerrado

Foi divulgado o edital do novo concurso Câmara de Manhuaçu, no estado de Minas Gerais. As oportunidades são para cargos de níveis fundamental, médio e superior, com salários de até R$ 4,6 mil.

Os interessados podem se inscrever a partir do mês de junho, no site do Instituto IADHED, a avaliação dos candidatos será por meio de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório!

Como fazer a inscrição do concurso Câmara de Manhuaçu – MG?

As inscrições estarão abertas a partir do dia 23 de junho até às 23h59min do dia 23 de julho de 2020.

Para se inscrever, o candidato deverá acessar o site da banca organizadora, Instituto IADHED .

A taxa de inscrição varia entre os seguintes valores:

Nível Fundamental: R$ 65,00;

Nível Médio: R$ 75,00;

Nível Superior: R$ 90,00.

O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 24 de julho de 2020.

Vagas e salários do concurso Câmara de Manhuaçu – MG

O certame oferta 09 vagas de caráter imediato, para os níveis fundamental, médio e superior. As oportunidades são para os seguintes cargos:

Nível Fundamental: Auxiliar Administrativo (1), Auxiliar de Secretaria (1), Auxiliar de Serviços Gerais (1), Vigia (1);

Nível Médio: Operador de Áudio e Vídeo (1);

Nível Superior: Controlador Interno (1), Assistente Jurídico Legislativo (1), Diretor de Secretaria (1), Assessor de Comunicação (1).

Os salários variam de R$ 1.428,86 a R$ 4.683,19, com jornadas de trabalho de 30 horas semanais.

Como será a prova do concurso Câmara de Manhuaçu – MG?

A avaliação dos candidatos será por meio de prova objetiva (para todos os cargos), aplicada na data prevista de 23 de agosto de 2020, com duração de 04 horas.

Os locais e horários da prova serão informados no site da banca organizadora, Instituto IADHED, com antecedência mínima de 06 dias.

A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, irá valor 100 pontos, e será composta por questões objetivas de múltipla escolha (A, B, C, D) onde o candidato deverá marcar somente um dos quatro campos da folha de resposta.

Ocorrerá ainda prova de títulos para os cargos de nível superior, prova prática para os cargos de Operador de Áudio e Vídeo, Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Secretaria, prova de aptidão física para o cargo de Vigia. Além de prova discursiva para os cargos de Controlador Interno, Assistente Jurídico Legislativo, Diretor de Secretaria e Assessor de Comunicação.

O conteúdo programático da prova irá constar as seguintes disciplinas:

Nível Fundamental Incompleto

– Língua Portuguesa: 10 questões;

– Raciocínio Lógico/Matemática: 10 questões;

– Conhecimentos Gerais e Legislação: 10 questões;

– Conhecimentos Específicos: 10 questões.

Níveis Fundamental Completo e Médio

– Língua Portuguesa: 10 questões;

– Raciocínio Lógico/Matemática: 05 questões;

– Informática: 05 questões;

– Conhecimentos Gerais e Legislação: 10 questões;

– Conhecimentos Específicos: 10 questões.

Nível Superior

– Língua Portuguesa: 12 questões;

– Raciocínio Lógico/Matemática: 06 questões;

– Informática: 05 questões;

– Conhecimentos Gerais e Legislação: 12 questões;

– Conhecimentos Específicos: 15 questões.

O prazo de validade do concurso público será de 2 (dois) anos, a partir da data da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Câmara Municipal de Manhuaçu.

Requisito necessários para investidura nos cargos do concurso Câmara de Manhuaçu – MG

– Ser brasileiro ou estrangeiro que goze das prerrogativas do art. 12 c/c art. 37, I, da Constituição da República;

– Possuir idade mínima de 18 (dezoito) anos e máxima de 65 (sessenta e cinco) anos incompletos;

– Estar em dia com as obrigações eleitorais, para os candidatos de ambos os sexos, e com as obrigações militares, para os candidatos do sexo masculino, com idade inferior a 46 anos;

– Estar no pleno exercício de seus direitos civis e políticos;

– Possuir diploma de curso superior, devidamente registrado no Ministério da Educação, quando o cargo exigir;

– Para os cargos de nível superior no ato da posse deverá estar devidamente registrado em seus respectivos conselhos de classe caso existente.

– Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, apurada por profissional Médico dos quadros públicos, designado pela Câmara Municipal de Manhuaçu, no ato da posse;

– Não ter sofrido penalidade por prática de atos desabonadores no exercício profissional;

– Apresentar declaração de bens;

– Cumprir as exigências do edital;

– Declarar, no momento da solicitação de inscrição, que tem ciência e que, caso aprovado, aceita entregar, por ocasião da posse, os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para investidura no cargo.

Sobre o município de Manhuaçu – MG

Historiadores compreendem que o significado do nome Manhuaçu, na linguagem Tupi, significa ‘rio grande’ ou ‘lugar de muita água’.

Com o fim do ciclo do ouro na região, a maior riqueza do município tornou-se o café. A cidade é referência nacional no cultivo do grão e o tem como principal cultura aliado à sua economia. Atualmente, o município se consolida como polo econômico de prestação de serviços e oferece a melhor infraestrutura hoteleira para turismo da região Vertente do Caparaó.

Conforme o último censo do IBGE, a população do município é de 80.580 habitantes (em 2000, havia 67.123 pessoas), com território de 627,281 km². Distante 290 km da capital Belo Horizonte, a cidade possui altitude de 635 m e ponto culminante de 1730 m. O município está inserido na bacia do rio Doce, sendo banhado pelo rio Manhuaçu.

Além da sede, o município é composto pelos distritos de Dom Corrêa, São Sebastião do Sacramento, Vilanova, Realeza, Ponte do Silva, São Pedro do Avaí, Palmeiras do Manhuaçu e Santo Amaro de Minas, com as vilas de Palmeirinhas, Vila Formosa e Bom Jesus de Realeza.

A freguesia de Manhuaçu foi criada em 1875 e instituída em 1878, enquanto o município foi criado em 5 de novembro de 1877. Sua sede inicialmente foi em São Simão (hoje Simonésia) e transferida para a Vila de São Lourenço em 1881.

Após perder as eleições de modo considerado fraudulento, o Coronel Serafim Tibúrcio e seu companheiro Coronel Antônio de Miranda Sette pegaram em armas, em 1896, proclamando a República de Manhuaçu, inclusive emitindo títulos de crédito em nome da Fábrica de Pilação de Café e nomeando autoridades. Com o apoio das forças federais, o levante foi derrubado e os revoltosos fugiram pelo vale do Manhuaçu, fundando pequenos povoados como Alegria de Simonésia e até alguns no Estado do Espírito Santo.

Acompanhe nossas

redes sociais