Concurso Câmara dos Deputados: Edital pode sair em 2020!

O novo concurso Câmara dos Deputados promete ser uma das grandes atrações do ano de 2020. Cerca de 70 vagas serão destinadas ao novo certame, previsto na Lei Orçamentária 2019. Resta ainda a aprovação da lei, que ajudaria a resolver a carência de servidores, o que acaba ocasionando atrasos nos trabalhos realizados. Vagas concurso Câma...

Status do concurso: Previsto

Cadastre-se e Receba GRÁTIS!

Aulas com Técnicas para Organizar e Otimizar sua preparação!

Última Notícia

Concurso Câmara dos Deputados: Previsão do orçamento e déficit reforçam divulgação de novo edital!

Concurso Câmara dos Deputados: Estão previstas 129 vagas para Técnico Legislativo e Analista Legislativo (nível médio e superior, respectivamente).

Continuar Lendo

Histórico de Notícias

29/08/2017

Concurso Câmara dos Deputados: Edital ainda em 2017!

O Concurso da Câmara dos Deputados, cujo concurso público já está autorizado desde 2014, deverá acontecer ainda no segundo semestre de 2017.

Continuar lendo

O novo concurso Câmara dos Deputados promete ser uma das grandes atrações do ano de 2020.

Cerca de 70 vagas serão destinadas ao novo certame, previsto na Lei Orçamentária 2019. Resta ainda a aprovação da lei, que ajudaria a resolver a carência de servidores, o que acaba ocasionando atrasos nos trabalhos realizados.

Vagas concurso Câmara dos Deputados

Segundo dados divulgados pela própria Câmara dos Deputados, o órgão conta com 767 cargos vagos.

O novo certame traria novos servidores nas seguintes especialidades:

  • Analista Legislativo – Áreas de Assistente Social, Informática Legislativa;
  • Técnico em Documentação e Informação Legislativa;
  • Técnico em Material e Patrimônio;
  • Técnico Legislativo na área de Assistente Administrativo.

Quais os requisitos básicos para investidura no concurso Câmara dos Deputados?

  • Ser aprovado no concurso público;
  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do artigo 12 da Constituição Federal;
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo na data da posse;
  • Ter idade mínima de dezoito anos completos na data da posse;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
  • Apresentar, no ato da posse, declaração de bens e valores que constituem seu patrimônio e declaração quanto ao exercício ou não de outro cargo, emprego ou função pública;
  • Cumprir as determinações deste edital e de eventuais alterações;
  • O candidato que, na data da posse, não reunir os requisitos enumerados neste item perderá o direito à investidura no cargo;
  • O candidato deverá declarar, na solicitação de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo por ocasião da posse.

Último concurso Câmara dos Deputados

O último concurso da Câmara dos Deputados aconteceu no ano de 2014, com uma oferta de 113 vagas para cargos de nível médio e superior. A responsabilidade sob o certame foi do Cebraspe (Cespe/UnB).

Os cargos ofertados foram de:

Nível Médio

  • Técnico Legislativo – Agente de Polícia Legislativa

Nível Superior

  • Analista Legislativo – Consultor de Orçamento e Fiscalização Financeira;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área I;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área II;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área III;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área IV;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área V;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área VI;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área VII;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área VIII;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área IX;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área X;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área XI;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área XII;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área XIII;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área XIV;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área XV;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área XVI;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área XVII;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área XVIII;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área XIX;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área XX;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área XXI;
  • Analista Legislativo – Consultor Legislativo – Área XXII.

Provas Câmara dos Deputados 2014

Os candidatos foram avaliados mediante provas objetivas e discursivas, com modalidades variando dependendo do cargo escolhido. Confira:

Analista Legislativo – Consultor de Orçamento e Fiscalização Financeira

  • Prova objetiva: Conhecimentos básicos – Língua Portuguesa (40 questões com peso 2), Língua Inglesa e Espanhola (30 questões com peso 1), Processo Legislativo (30 questões com peso 1); Conhecimentos Específicos (120 questões com peso 2).
  • Prova discursiva: Uma dissertação (70 pontos), duas emendas com justificação (60 pontos), dois pareceres (70 pontos).
  • Avaliação de Títulos: 30 pontos.

Analista Legislativo – Consultor Legislativo (exceto Área XX)

  • Prova objetiva: Conhecimentos básicos – Língua Portuguesa (40 questões com peso 2), Língua Inglesa e Espanhola (30 questões com peso 1), Processo Legislativo (40 questões com peso 1); Conhecimentos Específicos (110 questões com peso 2).
  • Prova discursiva: Uma dissertação (60 pontos), um discurso (40 pontos), uma minuta de preposição (40 pontos), um parecer à proposição (50 pontos).
  • Avaliação de Títulos: 30 pontos.

Analista Legislativo – Consultor Legislativo (Área XX)

  • Prova objetiva: Conhecimentos básicos – Língua Portuguesa (40 questões com peso 2), Língua Inglesa e Espanhola (30 questões com peso 1), Processo Legislativo (40 questões com peso 1); Conhecimentos Específicos (110 questões com peso 2).
  • Prova discursiva: Uma dissertação (90 pontos), um resumo (20 pontos), dois discursos, sendo um contrário e um favorável (90 pontos).
  • Avaliação de Títulos: 30 pontos.

Técnico Legislativo – Agente de Polícia Legislativa

  • Prova objetiva: Conhecimentos básicos – Língua Portuguesa (30 questões com peso 2), Legislação (20 questões com peso 1), Informática e Raciocínio Lógico (20 questões com peso 1); Conhecimentos Específicos (70 questões com peso 2).
  • Prova discursiva: Uma dissertação (35 pontos).
  • Teste de Aptidão Física.

O conteúdo programático era o seguinte:

Analista Legislativo

  • Língua Portuguesa: 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal.5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade.
  • Língua Inglesa: 1 Compreensão de texto escrito em língua inglesa. 2 Itens gramaticais relevantes para a compreensão de conteúdos semânticos.
  • Língua Espanhola: 1 Compreensão de texto escrito em língua espanhola. 2 Itens gramaticais relevantes para a compreensão de conteúdos semânticos.
  • Processo Legislativo para a Atribuição Consultor Legislativo: 1 Constituição Federal: artigos 21 a 24, de 44 a 75 e 84. 2 Regimento Interno da Câmara dos Deputados e suas atualizações e o Código de Ética – Resolução nº 2, de 2011 e suas atualizações.
  • Processo Legislativo para a Atribuição Consultor de Orçamento: 1 Processo Legislativo (arts de 21 a 24, de 44 a 75 e art. 166 da CF 1988). 2 Regimento Interno da Câmara dos Deputados: Título I. Título II – Capítulo I e Capítulo IV (Sessão I ,II,III, IX, X e XII). Títulos IV, V e VI – Capítulos IV a X. 3 Regimento Comum do Congresso Nacional (arts. 1º a 50 e de 89 a 106). 4 Resolução nº 2/2002-CN. 5 Resolução nº 1/2006-CN. 6 Competência, composição e papel da Comissão Mista de Planos. Relatorias, Comitês. Emendas. Discussão, participação, votação e aprovação das leis de natureza orçamentária.

Técnico Legislativo

  • Língua Portuguesa: 1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego/correlação de tempos e modos verbais 7 Emprego do sinal indicativo de crase. 8 Sintaxe da oração e do período. 9 Pontuação. 10 Concordância nominal e verbal. 11 Regência nominal e verbal. 12 Significação das palavras. 13 Redação de Correspondências oficiais (Manual de Redação da Presidência da República). 13.1 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 13.2 Adequação do formato do texto ao gênero. 13.3 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 13.4 Colocação dos pronomes átonos.
  • Legislação: 1 Constituição Federal. 1.1 Título I: Dos Princípios Fundamentais. 1.2 Título II: Dos Direitos e Garantias Fundamentais. 1.3 Título III: Da Organização do Estado: Capítulos I, II, III, IV, V e VII. 1.3.1 Da Administração Pública, Seção I – Disposições Gerais e Seção II – Dos Servidores Públicos. 1.4 Título IV: Da Organização dos Poderes: Capítulo I – Do Poder Legislativo; Capítulo II – Do Poder Executivo – Seção I – Do Presidente e do Vice-Presidente da República e Seção II – Das Atribuições do Presidente da República; Capítulo III – Do Poder Judiciário – Seção I – Disposições Gerais. 2 Direito Administrativo. 2.1 Regime Jurídico dos Servidores Públicos Federais (Lei nº 8.112/1990 e alterações posteriores): Título I – Das Disposições Preliminares; Título II – Do Provimento, Vacância, Remoção, Redistribuição e Substituição; Título III – Dos Direitos e Vantagens; Título IV – Do Regime Disciplinar; Título V – Do Processo Administrativo Disciplinar; Título VI – Da Seguridade Social do Servidor; Capítulos I, II e III.
  • Noções de Informática: 1 Noções de sistema operacional (ambiente Windows). 2 Edição de textos, planilhas e apresentações (ambientes Microsoft Office e LibreOffice). 3 Redes de computadores. 3.1 Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e intranet. 3.2 Programas de navegação (Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome). 3.3 Programa de correio eletrônico Outlook Express. 3.4 Sítios de busca e pesquisa na Internet. 3.5 Grupos de discussão. 3.6 Redes sociais. 3.7 Computação na nuvem (cloud computing). 4 Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. 5 Segurança da informação. 5.1 Procedimentos de segurança. 5.2 Noções de vírus, worms e pragas virtuais. 5.3 Armazenamento de dados na nuvem (cloud storage).
  • Raciocínio Lógico: 1 Estruturas lógicas. 2 Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões. 3 Lógica sentencial (ou proposicional). 3.1 Proposições simples e compostas. 3.2 Tabelasverdade. 3.3 Equivalências. 3.4 Leis de De Morgan. 3.5 Diagramas lógicos.4 Lógica de primeira ordem. 5 Princípios de contagem e probabilidade. 6 Operações com conjuntos. 7 Raciocínio lógico envolvendo problemas aritméticos, geométricos e matriciais.

Sobre a Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados é a câmara baixa do Congresso Nacional do Brasil e, ao lado do Senado Federal, faz parte do Poder Legislativo da União. A Câmara está localizada na praça dos Três Poderes, na capital federal, e é composta pela Mesa da Câmara dos Deputados do Brasil, pelo Colégio de Líderes e pelas Comissões, que podem ser permanentes, temporárias, especiais ou de inquérito.

Foi criada em 25 de março de 1824 pela Constituição brasileira de 1824 e no dia 6 de maio de 1826 foi realizada a sessão de abertura da primeira legislatura da Assembleia Geral Legislativa, em reunião conjunta da Câmara dos Deputados e do Senado.

Acompanhe nossas

redes sociais