Concurso CRF GO: EDITAL IMINENTE; banca já definida!

O novo concurso CRF GO (Conselho Regional de Farmácia de Goiás) continua nos trâmites para a divulgação do edital. O certame já conta com banca organizadora: o Instituto Quadrix será o responsável. A banca inclusive já anunciou os requisitos básicos dos cargos que serão ofertadas: nível médio e nível superior de escolaridade, com ga...

Status do concurso: Previsto

e-Book Grátis para Você!

Guia Plano de Estudos Passo a Passo. Receba Agora!

O novo concurso CRF GO (Conselho Regional de Farmácia de Goiás) continua nos trâmites para a divulgação do edital.

O certame já conta com banca organizadora: o Instituto Quadrix será o responsável.

A banca inclusive já anunciou os requisitos básicos dos cargos que serão ofertadas: nível médio e nível superior de escolaridade, com ganhos de R$ 1.200,00 a R$ 6.850,00.

Vagas CRF GO

O certame terá oferta para cargos de nível médio e superior de escolaridade, sendo que os ganhos irão variar de R$ 1.200,00 a R$ 6.850,00.

Requisitos para tomar posse no cargo

  • Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do artigo 12, § 1º, da Constituição Federal;
  • Estar em pleno exercício dos direitos civis e políticos;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais e, em caso de candidato do sexo masculino, também com as militares;
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo de sua inscrição;
  • Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos na data da contratação;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
  • Não ter sofrido, no exercício de função pública, penalidade incompatível com a contratação em cargo/emprego público;
  • Não ter outro vínculo trabalhista ou acadêmico que possa conflitar com sua função e horário de trabalho no CRA-RR;
  • Cumprir as determinações deste edital, ter sido aprovado e ser considerado apto após submeter-se aos exames médicos exigidos para a contratação.

Último concurso CRF GO

O último concurso CRF GO foi realizado no ano de 2012. Na época, foram ofertadas 10 vagas imediatas mais a formação de cadastro reserva. A banca responsável pela organização do certame foi o Instituto Quadrix.

As vagas ofertadas foram:

Nível Médio

  • Auxiliar Administrativo;
  • Motorista;
  • Telefonista.

Nível Superior

  • Farmacêutico Fiscal.

Atribuições dos cargos

Auxiliar Administrativo: executar tarefas auxiliares de apoio administrativo tais como: secretariar diretores; transcrição de dados; classificação de documentos; organização e manutenção de arquivos; redação de minutas de correspondências simples e rotineiras; atendimento e orientação ao público interno/externo; digitação e conferência de serviços; protocolo e despacho de documentos; operação de máquinas de reprografia e fax; realização de coletas de preços; elaboração de material para reuniões, palestras; execução de serviços externos (ocasionalmente), assim como outras tarefas semelhantes. Cumprir o Regulamento, o Regimento, Instruções, Ordens e Rotinas de Serviço do CRF‐GO.

Motorista: conduzir automóveis e outros veículos de acordo com a categoria. Transportar funcionários administrativos e voluntários no cumprimento de suas atribuições, em veículos leves com câmbio convencional e automático. Realizar entrega e retirada de documentos, móveis e equipamentos, carregar e descarregar o veículo. Verificar diariamente as condições de funcionamento de veículos, antes da sua utilização; pneus, baterias, nível do óleo, amperímetro, sinaleira, freios, faróis, combustível, etc. Zelar pela segurança de passageiros, verificando o fechamento de portas e o uso de utensílios de segurança. Fazer pequenos reparos de urgência no veículo. Manter o veículo limpo, interna e externamente, e em condições de uso, levando‐o a manutenção sempre que necessário. Observar os períodos de revisão e manutenção preventiva do veículo. Anotar, segundo normas estabelecidas, a quilometragem rodada, viagens realizadas, objetos e pessoas transportadas, itinerários e ocorrências. Recolher o veículo à garagem ou local destinado, quando concluída a jornada do dia; manter os veículos em perfeitas condições em relação às leis de trânsito e segurança dos transportados. Apresentar relatórios e planilhas de viagens. Efetuar serviço de licenciamento, emplacamento, inspeção veicular e outros necessários a regularização do veículo. Executar outras atividades correlatas. Cumprir o Regulamento, o Regimento, Instruções, Ordens e Rotinas de Serviço do CRF‐GO.

Telefonista: operar em mesa telefônica de transmissão de chamadas locais e interurbanas observando os sinais emitidos, movimentando chaves, teclas e outros dispositivos, para estabelecer ligações internas e externas, completando a ligação com ramal solicitado; prestar informações e localizar pessoas por meio de chamada, consulta de lista telefônica e de funcionários e rol de números úteis para órgão; zelar pelo equipamento, comunicando defeitos e solicitando seu conserto; realizar controles das ligações telefônicas efetuadas, anotando dados em formulários apropriados; executar tarefas de apoio administrativo referente à sua área de trabalho; atender o público interno e externo com encaminhamento das ligações para os ramais solicitados; prestar informações ao público interno e externo; realizar outras tarefas da mesma natureza, sempre que solicitado; e demais atribuições inerentes ao cargo/área. Cumprir o Regulamento, o Regimento, Instruções, Ordens e Rotinas de Serviço do CRF‐GO.

Farmacêutico Fiscal: fiscalizar o exercício da profissão nos estabelecimentos: Farmácias, drogarias, laboratórios, indústrias, distribuidoras, importadoras, transportadoras, almoxarifados e outros de atuação do profissional farmacêutico. Constatar o ilícito disciplinar. Exercer a atividade de fiscal com capacidade legal para emitir autos de infração e termos de visita. Coligir e analisar Leis, Decretos, instruções, normas e outros documentos necessários à implementação da ação fiscal. Manter‐se atualizado sobre os assuntos e legislações pertinentes à área. Executar as ações relativas ao serviço de fiscalização de acordo com o manual de fiscalização, aplicando‐o de forma eficiente e uniforme. Cumprir as etapas e roteiros de fiscalização. Coligir dados, efetuar levantamentos e fornecer informações subsidiárias aos assuntos referentes às fiscalizações, oferecendo suporte aos superiores hierárquicos. Sugerir novos procedimentos para a atividade de fiscalização. Desenvolver projetos, estudos e capacitações técnicas. Divulgar o trabalho e função do CRF‐GO. Participar dos Encontros Nacional e Regional de fiscalização, sugerir e implementar projetos afins. Realizar visitas especiais e diligências para apuração de denúncias quando solicitado por superiores hierárquicos. Encaminhar ao setor responsável denúncias recebidas. Analisar os dados cadastrais e fornecer informações aos fiscais externos, quando lotado internamente. Identificar farmacêuticos envolvidos em procedimentos irregulares para orientação e fornecimento de esclarecimentos. Orientar os profissionais quanto a Legislação farmacêutica. Agendar reuniões individuais ou em grupo com farmacêuticos para orientações. Participar da entrega de carteiras do CRF‐ GO aos novos profissionais inscritos. Ministrar palestras. Orientar usuários quanto aos trâmites do CRF‐GO. Auxiliar no treinamento de fiscal recém‐ contratado e dar ciência à chefia sobre a atuação do profissional durante o período de treinamento. Elaborar ofícios a órgãos e entidades municipais, estatais ou entidades privadas e a farmacêuticos relacionados à fiscalização. Elaborar relatórios e planilhas. Prestar contas do valor recebido a título de suprimento de fundos. O profissional atuará em diversas áreas do Estado, de acordo com a necessidade. O profissional necessitará dirigir automóvel. Executar outras atividades correlatas. Cumprir o Regulamento, o Regimento, Instruções, Ordens e Rotinas de Serviço do CRF‐GO.

Provas CRF GO 2012

Os candidatos foram avaliados mediante provas objetivas. A prova objetiva tinha 50 questões, divididas eram:

Auxiliar Administrativo

  • Língua Portuguesa: 10 questões com peso 2;
  • Raciocínio Lógico: 10 questões com peso 1,5;
  • Noções de Informática: 10 questões com peso 1,5
  • Legislação: 10 questões com peso 2;
  • Conhecimentos Específicos: 20 questões com peso 3.

Motorista e Telefonista

  • Língua Portuguesa: 10 questões com peso 2;
  • Raciocínio Lógico: 10 questões com peso 1;
  • Atualidades: 10 questões com peso 1
  • Conhecimentos Específicos: 20 questões com peso 2.

Farmacêutico Fiscal

  • Língua Portuguesa: 10 questões com peso 2;
  • Raciocínio Lógico: 10 questões com peso 1,5;
  • Noções de Informática: 10 questões com peso 1,5
  • Legislação: 10 questões com peso 2;
  • Conhecimentos Específicos: 20 questões com peso 3.

O conteúdo programático cobrado foi:

Cargo – Auxiliar Administrativo

Língua Portuguesa: Compreensão e interpretação de textos, com domínio das relações morfossintáticas, semânticas, discursivas e argumentativas. Tipologia textual. Coesão e coerência.  Ortografia oficial.  Acentuação gráfica. Pontuação.  Formação e emprego das classes de palavras. Significação de palavras.  Sintaxe da oração e do período. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Emprego do sinal indicativo de crase.

Raciocínio Lógico: Estruturas lógicas. Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões. Lógica sentencial (ou proposicional): proposições simples e compostas; tabelas‐verdade; equivalências; leis de De Morgan; diagramas lógicos. Lógica de primeira ordem. Princípios de contagem e probabilidade. Operações com conjuntos. Raciocínio lógico envolvendo problemas aritméticos, geométricos e matriciais.

Informática: Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática: tipos de computadores, conceitos de hardware e de software, instalação de periféricos. Edição de textos, planilhas e apresentações (ambiente Microsoft Office). Noções de sistema operacional (ambiente Windows). Redes de computadores: conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e intranet. Programas de navegação: Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome e similares. Programa de correio eletrônico: MS Outlook. Sítios de busca e pesquisa na Internet. Redes sociais. Computação na nuvem (cloud computing). Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. Segurança da informação: procedimentos de segurança. Noções de vírus, worms e pragas virtuais. Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, antispyware etc.). Procedimentos de backup.

Legislação: Brasil: Constituição Federal: Artigo 37; Leis Federais nºs: 3.820/60, 8.666/93, 9.120/95, 9.784/99, 10.406/02 (artigos 944 a 951), 10.520/02 e 12.514/11; Decreto Lei: 2.848/40 (artigos 268 e 282); Decretos Federais nºs: 20.377/31 e 85.878/81; Resoluções do Conselho Federal de Farmácia: 258/94, 293/96, 296/96, 357/01, 365/01, 392/02, 417/04, 418/04, 461/07, 492/08, 505/09, 515/09, 551/11, 554/11, 556/11 e Portaria CFF nº 12/2008. E todas as substituições ou atualizações das legislações citadas

Conhecimentos Específicos: Arquivo e sua documentação: organização de um arquivo; técnicas e métodos de arquivamento; modelos de arquivos e tipos de pastas; arquivamento de registros informatizados; elaboração de relatórios e registros. Noções de tipos de organização. Noções de estoque. Noções básicas de estatística. Rotinas de pessoal. Rotinas de compras. Rotinas administrativas e de escritório. Cadastro e licitações. Rotinas das áreas administrativa e financeira. Organismos e autarquias públicas. Noções de Administração Pública. Noções sobre funcionamento dos bancos e cartórios. Gestão da qualidade: análise de melhoria de processos. Gerenciamento e gestão de equipes. Elaboração e manutenção de banco de dados. Ética profissional e sigilo profissional. Uso de equipamentos de escritório. Qualidade no atendimento ao público interno e externo. Comunicação telefônica. Meios de Comunicação. Correspondência empresarial e oficial. Redação Oficial. Formas de tratamento. Abreviações. Documentos. Agenda.

Cargo – Motorista e Telefonista

Língua Portuguesa: Compreensão e interpretação de textos, com domínio das relações morfossintáticas, semânticas, discursivas e argumentativas. Tipologia textual. Coesão e coerência.  Ortografia oficial.  Acentuação gráfica. Pontuação.  Formação e emprego das classes de palavras. Significação de palavras.  Sintaxe da oração e do período. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Emprego do sinal indicativo de crase.

Matemática: Números naturais: operações e propriedades. Números inteiros: operações e propriedades. Números racionais; representação fracionária decimal: operações e propriedades. Resolução de problemas. Regras de três simples e composta. Porcentagem: Equação do 1º grau. Sistema métrico decimal: medidas de comprimento, superfície, volume e capacidade.

Atualidades: Assuntos nacionais ou internacionais, amplamente veiculados, nos últimos dois anos, pela imprensa falada ou escrita de circulação nacional ou local, pelo rádio, televisão, jornais e/ou revistas e pela internet.

Conhecimentos Específicos – Motorista: Legislação de Trânsito: Código de Trânsito Brasileiro – Lei nº 9.503/97, abrangendo os seguintes tópicos: administração de trânsito, regras gerais para circulação de veículos, sinais de trânsito, registro e licenciamento de veículos, condutores de veículos, deveres e proibições, infrações à legislação de trânsito, penalidades e recursos. Mecânica de veículos: conhecimentos elementares de mecânica de automóveis, troca e rodízio de rodas, regulagem de motor, regulagem e revisão de freios, troca de bomba d’água, troca e regulagem de tensão nas correias, troca e regulagem da fricção e troca de óleo. Serviços de eletricidade: troca de fusíveis, lâmpadas, acessórios simples e demais componentes que usam eletricidade para seu funcionamento.

Conhecimentos Específicos – Telefonista: Organização do ambiente do telefonista. Técnicas de comunicação. A importância, os objetivos e os elementos básicos da comunicação. Os obstáculos à comunicação. As formas de comunicação. A comunicação telefônica. Regras de conduta e procedimentos ao telefone. Redes telefônicas. Centrais telefônicas. Sistemas telefônicos. Sistemas KS, PMBX e PABX. Procedimentos operacionais em uma mesa telefônica. BINA ou ANI (automatic number identification). Serviços de voz. Linhas‐tronco. Serviços das companhias telefônicas. Código e relação das operadoras no Brasil. Ligações locais. Ligações de longa distância. Consulta a listas telefônicas. Ligações internacionais. Ligações para serviços. Fusos horários. Serviços oferecidos pelas operadoras. Noções de uso e conservação de equipamentos de escritório. Procedimento ético do telefonista. Qualidade no atendimento. Código Nacional de Telecomunicações. Qualidade em prestação de serviços: as dimensões da qualidade pessoal e profissional; fatores que determinam a qualidade de um serviço; normalização técnica e qualidade; qualidade no atendimento ao público interno e externo; comunicação verbal, escrita e relações públicas.

Acompanhe nossas

redes sociais