Pesquisar no blog

Concurso DER ES: Comissão formada. Edital em breve. 46 vagas!

Boas notícias, concurseiros! Um novo concurso DER ES (Departamento de Edificações e de Rodovias do Estado do Espírito Santo) está previsto para ter edital publicado ainda em 2022. Ademais, são previstas 46 oportunidades.

Além disso, a comissão organizadora do certame já foi formada, de forma que os trâmites rumo a publicação do edital estão em andamento. Sendo assim, se você se interessa pela seleção, confira maiores informações abaixo!

 

Concurso DER ES: situação atual

Portanto, antes de mais nada é essencial recordar que um novo concurso DER ES está autorizado desde 2018. Ademais, recentemente mais um passo rumo a publicação do edital foi dado, visto que a comissão organizadora foi formada.

Nesse sentido, no dia 30 de março foram divulgados por meio do Diário Oficial do Estado os nomes dos membros do grupo permanente criado para organizar todos os concursos do Departamento. Sendo assim, são eles:

  • Neomar Antônio Pezzin Junior – nº funcional 2801124 (presidente)
  • Grace Kelly Breda Bazílio de Souza – nº funcional 3405893
  • Edmar Fraga Rocha – nº funcional 2801353
  • Lorena Ribeiro Corrêa – nº funcional 3097080

 

Dessa forma, o grupo é o responsável por estudar as necessidades do órgão e determinar diversos detalhes acerca do concurso público, como a escolha e contratação da banca organizadora. Assim, as atribuições da comissão são:

  • Elaborar o Termo de Referência, realizar a pesquisa de preços e os demais trâmites relativos à execução contratual e realização do Concurso Público em si;
  • Definir a forma e amparo legal para a seleção e contratação da instituição/empresa que executará o Concurso Público;
  • Conduzir o procedimento de avaliação, seleção e contratação da Instituição/Empresa que executará o concurso Público, observando as Normas de Procedimentos do Sistema de Compras, Licitações e Contratos aplicáveis ao caso;
  • Realizar os demais procedimentos previstos na Norma de Procedimento de Realização de Concurso Público, notadamente quanto às atividades relativas à execução contratual e realização do Concurso Público em si;
  • Disponibilizar na forma da Instrução Normativa TCEES n.º 38/2016 e suas alterações informações para a remessa digital inerentes à realização do concurso de admissão de pessoal;
  • Realizar outras atividades correlatas.

 

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova. Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Vagas, cargos e salários

É igualmente essencial que os concurseiros interessados no novo concurso do Departamento de Edificações e de Rodovias do Estado do Espírito Santo saibam que, de acordo com a assessoria do órgão, estão previstas 46 oportunidades.

Além disso, tais vagas serão destinadas ao cargo de Técnico Superior Operacional, que possui como exigência o nível superior de escolaridade. Ademais, é possível que o cargo contemple as seguintes formações:

  • Arquitetura e Urbanismo
  • Engenharia:
    • Ambiental
    • Cartográfica e de Agrimensura
    • Civil
    • Elétrica
    • Mecânica
    • de Materiais
    • Florestal
    • Hídrica
  • Engenharias com especialização em:
    • Transportes e Trânsito
    • Rodovias
    • Hidráulica
    • Aeroportuária
    • Ferrovias
    • Segurança do Trabalho

 

Ademais, também de acordo com a assessoria do Departamento, o salário inicial da carreira a ser contemplada possui o valor de R$ 8.003,00. Entretanto, esse valor pode ser maior conforme o Plano de Carreira.

Quais são as atribuições do cargo?

É igualmente essencial destacar que os aprovados e contratados no cargo de Técnico Superior Operacional contarão com as seguintes atribuições:

  • Elaborar estudos de viabilidade e projetos de engenharia rodoviária de construção e recuperação de rodovias, obras de arte especiais e obras especiais de infraestrutura, entre outros;
  • Executar, especificar, licitar, gerenciar contratos e supervisionar a execução de projetos e de obras e serviços de engenharia rodoviária contratados de terceiros, referentes à implantação, recuperação e melhoria de rodovias, obras de arte especiais, obras complementares e obras especiais de infraestrutura, inclusive os financiados por organismos nacionais e internacionais de crédito.

 

Último processo seletivo DER ES

Além disso, vale recordar que a última seleção do DER ES aconteceu por meio de processo seletivo simplificado em 2021, quando foram ofertadas oportunidades temporárias em cadastro reserva.

Ademais, os cargos ofertados possuíam os níveis técnico e superior de escolaridade como requisito, sendo eles:

Nível Técnico

  • Técnico de Estradas

 

Nível Superior

  • Engenheiro:
    • Civil
    • Elétrico
    • Agronômico
    • Mecânico
    • Ambiental
  • Arquiteto
  • Biólogo

 

Nesse sentido, as remunerações recebidas por tais cargos possuíam valores que variavam entre R$ 2.688,14 e R$ 6.377,84, sem contar o auxílio-alimentação no valor de R$ 300,00.

É igualmente importante mencionar que os inscritos nesse processo seletivo foram avaliados por meio de Prova de Títulos.

Último concurso DER ES

Por fim, também é de suma importância recordar que o último concurso DER ES para efetivos ocorreu em 2013 sob organização da CAIP (Coordenadoria de Apoio a Instituições Públicas).

Ademais, foram ofertadas na época oportunidades entre cargos de níveis médio e superior, com salários que variavam entre R$ 1.664,00 e R$ 5.616,00.

Além disso, os candidatos da seleção foram avaliados por meio de prova objetiva, discursiva e de títulos, de forma que para a primeira etapa foram cobradas 40 questões (nível médio) e 50 questões (níveis técnico/superior) e múltipla escolha acerca de diversos conteúdos.

Por outro lado, para a prova discursiva os inscritos no concurso público responderam a 02 questões dissertativas que valiam 10 pontos cada.

Sobre o DER ES

O DER-ES é o Departamento de Edificações e de Rodovias do Estado do Espirito Santo instituído pela Lei Complementar 926 de 30 de outubro de 2019, oriundo da extinção do IOPES (Instituto de Obras Públicas do Estado do Espirito Santo) e da transformação do antigo DER-ES (Departamento de Estradas de Rodagem do Espirito Santo)

Possui como objetivos: implementar, regulamentar e fiscalizar a Política Estadual de Transporte e Obras Públicas, compreendendo o gerenciamento de obras de edificações e de arte especial e de infraestrutura de logística rodoviária, ferroviária, hidroviária, aeroportuária e infraestrutura viária urbana vinculada aos objetivos do Estado do Espírito Santo.

O DER-ES tem sede e foro na Cidade de Vitória e atuação em todo o Estado do Espírito Santo, gozando no que se refere aos seus bens, receitas e serviços das regalias, privilégios, isenções e imunidades conferidas à Fazenda Pública.

Na contratação de programas, projetos e obras decorrentes do exercício direto das suas competências, o DER-ES deverá zelar pelo cumprimento das boas normas de concorrência, fazendo com que os procedimentos de divulgação de editais, julgamento das licitações e celebração dos contratos se processem em fiel obediência aos preceitos da legislação vigente, revelando transparência e fomentando a competição, em defesa do interesse público.

O DER-ES fiscalizará o cumprimento das condições contratuais, quanto às especificações técnicas, aos preços e seus reajustamentos, aos prazos e cronogramas, para o controle da qualidade, dos custos e do retorno econômico dos investimentos.

No exercício das suas competências, o DER-ES poderá firmar convênios de delegação ou cooperação com órgãos e entidades da Administração Pública Federal, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, buscando a descentralização e a gerência eficiente dos programas e projetos, na forma da legislação vigente.

Missão

Implementar soluções de engenharia e infraestrutura de transporte contribuindo para o desenvolvimento sustentável do Estado do Espírito Santo.

Visão

Ser referência nacional na qualidade dos serviços de engenharia, infraestrutura e gestão pública.

Objetivos Primários

  • Aumentar a satisfação e a segurança dos usuários da malha rodoviária estadual;
  • Criar e reforçar os canais de relacionamento com a sociedade;
  • Atenuar os impactos socioambientais nas comunidades afetadas pelos empreendimentos;
  • Aumentar a transparência na gestão pública.

 

Acompanhe nossas

redes sociais