Concurso GCM SP: É Oficial! Autorizadas 1.000 vagas | Nova Concursos

Concurso GCM SP: É Oficial! Autorizadas 1.000 vagas de nível médio!

Novo concurso GCM SP (Guarda Civil Metropolitana na cidade de São Paulo) é Autorizado com objetivo de aumentar o quadro de efetivos. A seleção conta com comissão organizadora formada, e agora recebeu a autorização para a oferta de 1.000 vagas. Concurso GCM SP: situação atual Atenção, candidatos! Os preparativos para a realização do c...

Status do concurso: Previsto

Novo concurso GCM SP (Guarda Civil Metropolitana na cidade de São Paulo) é Autorizado com objetivo de aumentar o quadro de efetivos.

A seleção conta com comissão organizadora formada, e agora recebeu a autorização para a oferta de 1.000 vagas.

Concurso GCM SP: situação atual

Atenção, candidatos! Os preparativos para a realização do concurso GCM SP seguem avançados, podendo contar com edital publicado ainda este ano, ou no mais tardar, no início de 2022.  O certame já conta com apoio positivo por parte da Secretaria Municipal da Fazenda.

O órgão já confirmou a viabilidade jurídica e orçamentária para a realização do certame. Com isto, o início da seleção depende agora exclusivamente do aval do prefeito Ricardo Nunes, o que tende a ocorrer em breve.

A seleção está autorizada e terá a oferta de 1.000 vagas. Lembrando que o pedido contava com 1.700 vagas.

Para concorrer ao cargo é necessário possuir ensino médio, idade de 18 a 35 anos, altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres e carteira de habilitação a partir da categoria “B”.

Na última seleção, realizada em 2013, a remuneração inicial do cargo foi de R$ 1.377,72, para jornadas de trabalho de 40 horas semanais (diárias ou em regime de plantão). Porém, o valor atualizado ainda deve ser confirmado.

Confira a autorização na íntegra:

DESPACHO DO PREFEITO
6029.2021/0007156-6 – Secretaria Municipal de Segurança Urbana – Pedido de autorização para abertura de concurso público de ingresso para provimento de 1.000 (um mil) cargos vagos de Guarda Civil Metropolitano – 3.ª classe – À vista dos elementos de convicção que instruem o presente processo, especialmente as justificativas expostas pela Secretaria Municipal de Segurança Urbana (doc. n.º 043378904), acolhidas pela Coordenadoria Jurídica (doc. n.º 046240095) e pelo Secretário Executivo de Gestão (doc. n.º 046240588), e considerando, ainda, os pronunciamentos da Subsecretaria do Tesouro Municipal (doc. n.º 052325593), da Junta Orçamentário-Financeira (doc. n.º 052329918, item 1 do Título “Pessoal”) e, por fim, da Secretaria Municipal da Fazenda (doc. n.º 052331120) no que concerne aos aspectos orçamentário-financeiros e aspectos ressalvados, que demonstram estar a solicitação conforme as disposições da Lei Orçamentária n.º 17.544/2020, do Decreto n.º 54.851/2014, bem como da Lei Complementar Federal n.º 101/2000, e que o caso vertente constitui reposição de cargos vagos amoldando se à exceção às restrições trazidas pela Lei Complementar nº 173/2020, mais especificamente no artigo 8º, inciso IV, observando-se que o início das despesas, segundo cronograma apresentado, far-se-á em período posterior ao interregno da vedação, AUTORIZO a abertura de concurso público de ingresso para provimento de 1.000 (um mil) cargos vagos de Guarda Civil Metropolitano – 3.ª classe.

Comissão formada

Mais um passo importante para a publicação do edital do concurso GCM SP foi dada no dia 8 de outubro. A comissão organizadora da seleção já está formada.

O Grupo de Trabalho, que tem o objetivo de planejar, coordenar e propor diretrizes para a realização de concurso de ingresso para o cargo de Guarda Civil Metropolitano – 3ª Classe, será formado pelos seguintes agentes públicos:

  • I – Maria das Dores Alves de Oliveira – RF 629.771.4 – Chefe de Gabinete da SMSU;
  • II – Dulce Helena Nunes – RF 577.817.4 – Diretora da Divisão de Recursos Humanos da SMSU;
  • III – Rodrigo Ventin Sanches – RF 735.749.4 – Procurador do Município, Chefe da Assessoria Jurídica da SMSU;
  • IV – Humberto Luís Braga Alves Mendes – RF 602.041.1 – Assistente de Gestão de Políticas Públicas da Assessoria Técnica da SMSU;
  • V – Vinicius Felix da Silva – RF 811.364.5 – Analista de Políticas Públicas e Gestão Governamental da Assessoria Técnica da SMSU;
  • VI – Marco Antônio da Silva – RF 580.236.9 – Inspetor Superintendente, Corregedor Adjunto da Corregedoria Geral da GCM;
  • VII – Alessandro Montini – RF. 653.186.5 – Inspetor de Divisão, Comandante Regional, representante do Comando da GCM;
  • VIII – Ailton Rodrigues de Oliveira – RF 680.227.3 – Inspetor Superintendente, representante do Comando Geral da GCM;
  • IX – Nelson Correa de Souza – RF 653.527.5 – Inspetor de Divisão, representante da Academia de Formação em Segurança Urbana.

 

Sobre a GCM SP

A missão da Guarda Civil Metropolitana é a proteção de bens, serviços e instalações municipais, conforme previsto no Art. 144 da Constituição Federal.

A corporação atua em toda a capital paulista e tem como principais atividades os seguintes programas: ‘Proteção Escolar’, ‘Controle do Público’, ‘Proteção Ambiental’, ‘Proteção aos Agentes Públicos’, ‘Proteção ao Patrimônio Público’ e ‘Proteção às pessoas em situação de risco’.

A GCM também está presente em operações e programas do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), em conjunto com outros órgãos e entidades dos poderes Executivo Municipal, Estadual e da União, que atuam e contribuem na área da Segurança Pública e Urbana.

A corporação tem como principal órgão gerenciador de sua política de ensino, o Centro de Formação em Segurança Urbana (CFSU), responsável pela capacitação e aperfeiçoamento dos servidores da GCM.

O CFSU propõe soluções frente às novas atribuições exigidas para o trabalho de GCM e reforça os conhecimentos adquiridos ao longo da carreira dos agentes.

Dessa forma, os servidores saem da sala de aula com condições ideais a sua nova missão constitucional, ou seja, uma atuação mais eficaz, preventiva e próxima da comunidade paulistana, além de estar integrada com os órgãos de Segurança Pública, nas esferas federal e estadual.

Guarda Civil Metropolitana também conta com uma Corregedoria Geral independente: um espaço democrático, aberto à população e que tem as atividades pautadas na justiça e no respeito aos princípios básicos que regem a corporação.

Último concurso GCM SP

O último concurso GCM SP foi realizado em 2013, quando foram oferecidas 1.300 vagas para a carreira, sendo 1.400 para homens e 600 postos para mulheres. Do total de colocações, 100 foram para candidatos com deficiência, sendo 30 para mulheres e 70 para homens. A contratação foi realizada pelo Regime Especial de Trabalho Policial (RETP). A banca organizadora, na ocasião, foi a Fundação Vunesp.

A seleção foi composta das seguintes etapas:

  • prova objetiva
  • prova de aferição de altura e avaliação física
  • avaliação psicológica

 

A parte objetiva contou com 50 questões, distribuídas da seguinte forma:

  • língua portuguesa – 15 questões
  • matemática e raciocínio lógico – 10
  • atualidades – 10
  • noções de informática – 5
  • direitos humanos – 5
  • geografia – 5

Histórico de Notícias

20/10/2021

Concurso GCM SP: Autorizado novo edital com 1.000 vagas!

Boa notícia concurseiros! O novo concurso GCM SP foi autorizado oficialmente. Serão 1.000 vagas e os preparativos já foram iniciados. Confira detalhes!

Continuar lendo
08/10/2021

Concurso GCM SP: Comissão organizadora para 1.700 vagas está formada!

Atenção, concurseiros! O concurso GCM SP acabou de ser anunciado e já tem uma comissão organizadora formada. Saiba mais sobre o certame!

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais