Concurso Guarda Municipal de Ubá – MG: Vagas para nível médio!

Saiu o edital do novo concurso Guarda Municipal de Ubá, no estado de Minas Gerais! São 20 vagas para o cargo, que conta com requisito de nível médio de escolaridade e salários de R$ 2,7 mil. Além do nível de escolaridade, o candidato precisa atender uma série de outros requisitos, como idade mínima e máxima, altura mínima e possuir car...

Status do concurso: Encerrado

Saiu o edital do novo concurso Guarda Municipal de Ubá, no estado de Minas Gerais! São 20 vagas para o cargo, que conta com requisito de nível médio de escolaridade e salários de R$ 2,7 mil.

Além do nível de escolaridade, o candidato precisa atender uma série de outros requisitos, como idade mínima e máxima, altura mínima e possuir carteira de habilitação.

Como fazer a inscrição no concurso Guarda Municipal de Ubá?

As inscrições estarão disponíveis a partir das 9 horas do dia 30 de março até às 17 horas do dia 3 de maio de 2020. Os interessados deverão se inscrever por meio do site da banca organizadora, a FUNDEP – Gestão de Concursos . O valor da taxa de inscrição é de R$ 70,00.

O prazo de vencimento do boleto é o dia 4 de maio de 2020.

Quem pode fazer o concurso Guarda de Ubá MG?

As oportunidades são as seguintes:

  • Guarda Civil Municipal (20 vagas).

São 16 vagas direcionadas para homens, duas para mulheres e duas para PCD.

O cargo conta com requisito de nível médio de escolaridade, além de outros, como:

  • idade mínima igual ou superior a 18 (dezoito) anos completados até a data da posse;
  • altura mínima, descalço e descoberto e sem meias, de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres.

O salário tem o valor de R$ 2.600,20, em jornada de trabalho de 40 horas semanais.

O que faz um Guarda Municipal de Ubá?

  • Zelar pelos bens, equipamentos e prédios públicos do Município;
  • Prevenir e inibir, pela presença e vigilância, bem como coibir, infrações penais ou administrativas e atos infracionais que atentem contra os bens, serviços e instalações municipais;
  • Atuar, preventiva e permanentemente, no território do Município, para a proteção sistêmica da população que utiliza os bens, serviços e instalações municipais;
  • Colaborar, de forma integrada com os órgãos de segurança pública, em ações conjuntas que contribuam com a paz social;
  • Colaborar com a pacificação de conflitos que seus integrantes presenciarem, atentando para o respeito aos direitos fundamentais das pessoas;
  • Exercer as competências de trânsito que lhes forem conferidas, nas vias e logradouros municipais, nos termos da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997 (Código de Trânsito Brasileiro), ou de forma concorrente, mediante convênio celebrado com órgão de trânsito municipal;
  • Proteger o patrimônio ecológico, histórico, cultural, arquitetônico e ambiental do Município, inclusive adotando medidas educativas e preventivas;
  • Cooperar com os demais órgãos de defesa civil em suas atividades;
  • Interagir com a sociedade civil para discussão de soluções de problemas e projetos locais voltados à melhoria das condições de segurança das comunidades;
  • Estabelecer parcerias com os órgãos estaduais e da União, ou de Municípios vizinhos, por meio da celebração de convênios ou consórcios, com vistas ao desenvolvimento de ações preventivas integradas;
  • Articular-se com os órgãos municipais de políticas sociais, visando à adoção de ações interdisciplinares de segurança no Município;
  • Integrar-se com os demais órgãos de poder de polícia administrativa, visando a contribuir para a normatização e a fiscalização das posturas e ordenamento urbano municipal;
  • Garantir o atendimento de ocorrências emergenciais, ou prestá-lo direta e imediatamente quando deparar-se com elas;
  • Encaminhar ao delegado de polícia, diante de flagrante delito, o autor da infração, preservando o local do crime, quando possível e sempre que necessário;
  • Contribuir no estudo de impacto na segurança local, conforme plano diretor municipal, por ocasião da construção de empreendimentos de grande porte;
  • Desenvolver ações de prevenção primária à violência, isoladamente ou em conjunto com os demais órgãos da própria municipalidade, de outros Municípios ou das esferas estadual e federal;
  • Auxiliar na segurança de grandes eventos e na proteção de autoridades e signatários.

Quais são os requisitos para investidura no cargo do concurso Guarda de Ubá?

  • Ser brasileiro nato, naturalizado ou cidadão português em condição de igualdade de direitos com os brasileiros; no caso de ser português, comprovar a condição de igualdade e gozo dos direitos políticos na forma do art. 12, § 1º da Constituição da República;
  • Gozar dos direitos políticos;
  • estar quite com as obrigações eleitorais;
  • estar quite com as obrigações do Serviço Militar, quando se tratar de candidato do sexo masculino;
  • ter 18 anos de idade completos até a data de posse;
  • ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, a ser aferida em perícia médica oficial, realizada por unidade pericial competente, nos termos da legislação vigente;
  • comprovar a escolaridade exigida para ingresso nos cargos;
  • não ter sido demitido, a bem do serviço público, nos últimos 5 (cinco) anos;
  • não incorrer em acúmulo de cargo, emprego ou função públicos vedado pelo art. 37, XVI e XVII da CF/88;
  • Possuir idade mínima de 18 (dezoito) anos e altura mínima de 1,65m (um metro e sessenta e cinco centímetros) para o sexo masculino, e de 1,60m (um metro e sessenta centímetros) para o sexo feminino;
  • Não estar sendo processado nem ter sofrido penalidades por prática de atos desabonadores para o exercício de suas atribuições;
  • Não registrar antecedentes criminais;
  • Possuir idoneidade moral, comprovada por investigação social e certidões expedidas perante o Poder Judiciário Estadual e Federal;
  • Ser aprovado em todas as fases do concurso público, especialmente em processo de avaliação física e psicológica, bem como no curso de formação específico da GCMU.

Provas do concurso Guarda de Ubá MG

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, previstas para o dia 31 de março de 2020, na cidade de Ubá (MG).

A estrutura das provas será a seguinte: Língua Portuguesa (10 questões com peso 1,0), Raciocínio Lógico (5 questões com peso 1,0), Conhecimentos Específicos (15 questões com peso 2,0).

Haverá ainda um Teste de Aptidão Física, Avaliação Psicológica e Curso de Formação de Guarda Civil Municipal.

Acompanhe nossas

redes sociais