Concurso Ministério da Economia: Novo cronograma I Nova Concursos

Concurso Ministério da Economia: Prazo de inscrições prorrogado!

Foi divulgado no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 17, a prorrogação do prazo de inscrições. Devido a mudança, agora é possível se inscrever até o dia 8 de abril, por meio do site do Idib, a banca organizadora. Além dessa reabertura, os concorrentes também contam com um novo cronograma. O edital do processo seletivo do Min...

Status do concurso: Aberto

Edital disponível

BAIXE GRÁTIS: e-Book Oportunidades para Mudar de Vida em 2021
Cadastre-se e receba: e-Book Concursos 2021 + Guia Definitivo para montar um Plano de Estudos + Bônus Especiais!
Número de vagas 100
Salário De R$ 1.700,00 até R$ 6.130,00
Data de inscrição 08/02/2021 a 08/04/2021
Escolaridade Nível Médio, Nível Superior, Nível Técnico
Estado Distrito Federal
Organizadora IDIB - Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro
Valor da inscrição R$ 36,00 (nível médio) e R$ 38,00 (nível superior)
Data da prova 06/06/2021
Edital Arquivos

Foi divulgado no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 17, a prorrogação do prazo de inscrições.

Devido a mudança, agora é possível se inscrever até o dia 8 de abril, por meio do site do Idib, a banca organizadora. Além dessa reabertura, os concorrentes também contam com um novo cronograma.

O edital do processo seletivo do Ministério da Economia, que conta com oferta de 100 vagas imediatas mais 490 para formação de cadastro reserva, para cargos que têm como exigência a formação em nível médio/técnico e superior.

 

 

 

 

 

 

Concurso Ministério da Economia 2021

Como fazer a inscrição no concurso?

Devido ao novo cronograma, os interessados podem se inscrever, agora, até as 23h59 do dia 8 de abril. Para isso, será necessário pagar uma taxa de R$ 36 (nível médio) ou R$ 38 (superior), em até 24 horas após a emissão da Guia de Recolhimento da União (GRU).

Inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e doadores de medula óssea também têm uma nova chance de solicitar a isenção da taxa, no site da banca, a partir desta quarta, 17, até a próxima sexta, 19.

Cargos e vagas

No total, o edital do processo seletivo do Ministério da Economia oferta 100 vagas imediatas mais 490 em cadastro reserva. Todas as oportunidades são temporárias e estão distribuídas por cargos dos níveis médio técnico e superior. Sendo eles:

No caso do cargo de coordenador de análise de prestação de contas temporário, além da graduação, será necessário ter experiência profissional superior a três anos, na sua área de atuação, ou título de pós-graduação lato sensu, mestrado ou doutorado na área.

Já os aprovados serão contratados temporariamente para o quadro do Ministério da Economia, para o exercício funcional em Brasília, no Distrito Federal. Os contratos terão duração de um ano, podendo chegar a cinco.

Etapas do concurso

Os candidatos do concurso Ministério da Economia devem realizar as provas em Brasília. O certame contará com duas etapas de avaliação, sendo elas: Provas objetivos e de títulos.

A prova objetiva está prevista para o dia 6 de junho. Antes, a aplicação aconteceria no dia 11 de abril, nos turnos da manhã (após as 8h) e da tarde (após as 14h).

A expectativa é de que os horários continuem os mesmos. Já os locais serão divulgados no dia 27 de maio. Ao todo, serão cobradas 60 questões de Conhecimentos Gerais e Específicos.

É provável que sejam analisados os títulos dos aprovados, na objetiva, até as seguintes posições:

  • coordenador de análise de prestação de contas temporário – 40ª posição;
  • analista de prestação de contas temporário – 250ª;
  • agente de apoio de prestação de contas temporário – 60ª; e
  • analista de instauração de tomada de contas especial – 240ª.

A prova de títulos valerá dez pontos, ainda que o total da pontuação enviada seja superior a esse valor. Os documentos serão aceitos entre os dias 10 e 13 de maio. O resultado final está previsto para 7 de junho.

A partir da homologação, o concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogável por mais dois. Nesse período, serão realizadas as convocações.

Prova Objetiva

A prova objetiva contará com 60 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas (A, B, C, D, E), sendo apenas uma correta. As provas serão realizadas na cidade de Brasília/DF, com duração total de 4 horas.

Será considerado habilitado o candidato que conseguir nota igual ou superior a 50% do total de pontos da prova, desde que não obtenha nota igual a ZERO em nenhum dos conteúdos.

  • Língua Portuguesa – 15 questões, peso 1
  • Ética na Administração Pública e Legislação – 05 questões, peso 1
  • Informática Básica – 10 questões, peso 1
  • Conhecimentos Específicos – 30 questões, peso 2

Avaliação de Títulos

Já a avaliação de títulos terá o total de 10,00 pontos, ainda que a soma dos valores seja superior a esse valor. Serão aceitos somente os títulos abaixo relacionados, expedidos até a data de envio, e o julgamento obedecerá aos seguintes critérios:

Processo Seletivo Ministério da Economia 2020

Áreas de Direito e Arquivologia

Contando com organização do Cebraspe, o edital de Processo Seletivo Simplificado ofereceu 39 vagas temporárias. As oportunidades foram para atividades técnicas de complexidade intelectual de nível superior para profissionais de Direito e Arquivologia.

Os profissionais contratados serão lotados na Comissão Especial dos Ex-Territórios Federais de Rondônia, do Amapá e de Roraima do Ministério da Economia, para desempenhar as funções requeridas em Brasília/DF. O salário para os dois cargos é de R$ 6.130,00.

  • Resultado final e Homologação – Confira

Área de T.I.

O edital do processo seletivo para área de T.I. também contou com a organização do Cebraspe. Foram oferecidas no total 350 vagas temporárias distribuídas entre sete especialidades da área de Tecnologia da Informação.

Os candidatos aprovados serão lotados em Brasília-DF e receberão remuneração inicial de R$ 8.300,00. O tempo de contrato dos servidores será de, no máximo, quatro anos.

  • Resultado final e Homologação – Confira

Último concurso Ministério da Economia

Em 2015, ainda com nome de Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), a última seleção aconteceu com a oferta de 556 vagas. As oportunidades se distribuíram entre cargos de nível superior.

Com organização do Cebraspe, os cargos contemplados foram de Administrador, Analista Técnico-Administrativo, Arquivista, Contador, Médico, Técnico em Assuntos Educacionais, Arquiteto, Economista, Engenheiro, Analista em T.I., Assistente Social, Geógrafo, Geólogo e Técnico de Nível Superior.

Os candidatos foram avaliados por meio de Provas Objetivas, Provas Discursivas e Avaliação de Títulos, a depender da função pretendida. As provas tiveram duração de 4 horas e 30 minutos.

 

Mais Informações

Histórico de Notícias

23/04/2021

Concurso Ministério da Economia: Ordem de provas alterado!

Foi publicada uma retificação no Diário Oficial da União que muda o horário das provas no edital do concurso do Ministério da Economia, confira!

Continuar lendo
17/03/2021

Concurso Ministério da Economia: Prazo de inscrições prorrogado!

O concurso Ministério da Economia divulgou um novo cronograma. As inscrições foram prorrogadas e a data das provas adiada. Saiba mais!

Continuar lendo
24/08/2020

Concurso Ministério da Economia: Edital passa por retificação!

O edital do concurso Ministério da Economia foi retificado, alterando alguns requisitos para ingresso. As inscrições já estão abertas!

Continuar lendo
13/08/2020

Concurso Ministério da Economia: Edital com 350 vagas será publicado em agosto!

O edital do concurso Ministério da Economia que ofertará 350 vagas temporárias, poderá ser divulgado no dia 19 de agosto de 2020.

Continuar lendo
12/08/2020

Concurso Ministério da Economia: Autorizado edital com 39 vagas temporárias!

Foi autorizado pelo Ministério da Economia, um novo concurso para o preenchimento de 39 vagas temporárias para cargos de nível superior.

Continuar lendo
28/07/2020

Concurso Ministério da Economia: Comissão organizadora está formada!

Está formada a comissão organizadora do próximo concurso Ministério da Economia, que irá contar com até 350 vagas temporárias de nível superior.

Continuar lendo
13/07/2020

Concurso Ministério da Economia: Candidatos serão avaliados por provas objetivas e de títulos!

O concurso Ministério da Economia, que irá ofertar até 350 vagas, irá avaliar os candidatos através de provas objetivas e provas de títulos.

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais