Pesquisar no blog

Concurso Ministério das Comunicações: Edital publicado. Salário de até R$ 8,3 mil!

Foi publicado o edital do concurso Ministério das Comunicações com uma oferta de 217 oportunidades temporárias para cargos de nível superior.

Além disso, as inscrições já estão abertas. Os contratados contarão com salários de até R$ 8,3 mil. Confira todos os detalhes!

 

Concurso Ministério das Comunicações: inscrições

Antes de mais nada, é importante que os concurseiros interessados no concurso Ministério das Comunicações saibam que as inscrições já estão abertas e poderão ser realizadas até o dia 14 de março por meio do site do Cebraspe, organizador.

Além disso, para efetivar a participação é preciso que os candidatos efetuem o pagamento da taxa de inscrição até o dia 25 de março, de forma que os valores são os seguintes:

  • Atividade 1: R$ 70,00.
  • Atividade 2: R$ 65,00.
  • Atividade 3: R$ 60,00.

 

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova. Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Isenção de taxa

É igualmente essencial que os candidatos do concurso Ministério das Comunicações saibam que durante todo o período de inscrições poderão solicitar a isenção de taxa aqueles que se enquadrarem nos perfis abaixo:

  • inscrito no CadÚnico; e
  • doador de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde.

 

Vagas, cargos e salários

Em suma, o novo concurso do Ministério das Comunicações oferece 217 oportunidades temporárias de nível superior. Ademais, as vagas são destinadas a 3 diferentes Atividades, sendo elas:

  • Atividade 1: Atividades Técnicas de Complexidade Gerencial, de Tecnologia da Informação e de Engenharia Sênior – 10 vagas;
  • Atividade 2: Atividades Técnicas de Complexidade Intelectual – 97 vagas;
  • Atividade 3: Atividades Técnicas de Suporte – 110 vagas.

 

Além disso, os aprovados serão lotados na sede do Ministério das Comunicações, em Brasília/DF.

Ademais, as jornadas de trabalho a serem cumpridas pelos contratados temporariamente serão de 40 horas semanais, pelas quais contarão com um salário no valor de R$ 8.300,00 (atividade 1), R$ 6.130,00 (atividade 2) e R$ 3.800,00 (atividade 3).

Vale destacar que para a Atividade 1 é necessário o nível superior na área de Informática/Computação ou de graduação em qualquer área de formação com pós-graduação em Informática/Computação (mínimo de 360 horas).

Por outro lado, para as Atividades 2 e 3 somente é exigido o nível superior em qualquer área.

Quais são os requisitos básicos?

Também é essencial que os candidatos da nova seleção saibam que, para a investidura nos cargos, é preciso que os seguintes requisitos básicos sejam cumpridos, segundo o edital:

  • Ser aprovado no processo seletivo simplificado.
  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do art. 12 da Constituição Federal.
  • Estar em gozo dos direitos políticos.
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino.
  • Estar quite com as obrigações eleitorais.
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício da atividade, conforme o item 2 deste edital.
  • O tempo de experiência profissional deverá ser comprovado mediante uma das seguintes opções:
    • cópia da Carteira de Trabalho e Previdência Social, acrescida de declaração do empregador que informe o período (com início e fim, se for o caso) e a espécie do serviço realizado, com a descrição das atividades desenvolvidas, quando realizado na área privada;
    • certidão de tempo de serviço que informe o período (com início e fim, se for o caso) e a espécie do serviço realizado, com a descrição das atividades desenvolvidas, quando se tratar de esfera pública;
    • contrato de prestação de serviços ou Recibo de Pagamento de Autônomo (RPA), acrescido de declaração do empregador que informe o período (com início e fim, se for o caso) e a espécie do serviço realizado, no caso de serviço prestado como autônomo.
  • Não serão computados como experiência profissional o tempo de estágio, monitoria ou bolsa de estudo, ou qualquer período anterior à conclusão da graduação.
  • Ter idade mínima de 18 anos completos na data da contratação.
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições da atividade.
  • Não ter sido contratado com fundamento na Lei nº 8.745/1993, e suas alterações, nos últimos 24 meses.
  • Não ser servidor da administração direta ou indireta da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios, nem empregado ou servidor de suas subsidiárias e controladas.
  • Não participar de gerência ou administração de sociedade privada, personificada ou não personificada, exercer o comércio, exceto na qualidade de acionista, cotista ou comanditário, nos termos do inciso X, do art. 117, da Lei nº 8.112/1990, com nova redação dada pela Lei nº 11.784/2008.
  • O candidato deverá declarar, na solicitação de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para a atividade por ocasião da contratação.
  • Cumprir as determinações deste edital.

 

Quais são as atribuições das carreiras?

É igualmente importante que os concurseiros interessados no concurso Ministério das Comunicações saibam quais são as atribuições das carreiras contempladas pelo edital. Dessa forma, são elas:

Atividade 1: mapear o fluxo das atividades e identificar falhas; analisar e definir métodos e processos de trabalho; utilizar técnicas de orientação a dados; aplicar conhecimento de estatística, aprimorar painéis digitais para divulgação dos modelos; buscar por padrões na apresentação dos dados; manipular grandes quantidades de informações e gerenciar a disseminação, integração e controle de qualidade dos dados; definir padrões e modelos de arquitetura de software; analisar problemas e propor soluções técnicas relacionadas a sistemas de informação; auditar e validar o uso adequado dos padrões de arquitetura de software adotados; avaliar requisitos funcionais e não funcionais de software; planejar soluções para integração de sistemas, planejamento de mecanismos para garantir alta disponibilidade dos sistemas; realizar tarefas relacionadas ao recebimento, entendimento, suporte a análise de negócio e especificação de demandas de serviço de desenvolvimento e de manutenção; entre outros.

Atividade 2: planejar, organizar, controlar e assessorar as unidades organizacionais nas áreas de comunicação social, gestão de pessoas, jurídica, orçamentária e financeira, radiodifusão, recursos logísticos, tecnologia da informação e telecomunicações; implementar programas e projetos; assessorar nas atividades do órgão.

Atividade 3: planejar, supervisionar, coordenar, controlar, acompanhar e executar atividades de atendimento ao cidadão e de atividades técnicas e especializadas, de nível superior, necessárias ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo dos órgãos e entidades da administração pública federal, bem como dar suporte nas atividades da sua área de atuação, ressalvadas as atividades privativas de carreiras específicas, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades.

Concurso Ministério das Comunicações: provas

Por fim, é imprescindível que os inscritos no concurso Ministério das Comunicações saibam que, durante a seleção, serão avaliados por meio de Provas Objetivas e Exame de Títulos (este último apenas para as Atividades 1 e 2).

Nesse sentido, a etapa de Prova Objetiva está prevista para ser realizada no dia 24 de abril de 2022, no turno da tarde, quando os candidatos deverão responder a 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Gerais e 70 de Conhecimentos Específicos.

Sendo assim, confira as disciplinas a serem cobradas pelas avaliações objetivas:

Conhecimentos Gerais – todos os cargos

  • Língua Portuguesa;
  • Informática
  • Raciocínio Lógico
  • Atualidades 1;
  • Ética no serviço público
  • Regimento interno
  • Língua Inglesa (somente para o cargo da Atividade 1)

 

Conhecimentos Específicos – Atividade 1

  • Atividades técnicas de complexidade gerencial, de Tecnologia da Informação e de Engenharia Sênior
  • Banco de Dados 1
  • Experiência de Usuário (UX)
  • Infraestrutura de TI
  • Desenvolvimento de Software
  • Gestão de Projetos
  • Segurança da Informação e Proteção de Dados 1

 

Conhecimentos Específicos – Atividade 2

  • Administração Financeira e Orçamentária
  • Estatística Básica
  • Noções de Contabilidade Pública
  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Ciência da Computação
  • Noções de Arquivologia
  • Comunicação Social
  • Noções de Telecomunicações

 

Conhecimentos Específicos – Atividade 3

  • Administração Financeira e Orçamentária
  • Estatística Básica
  • Noções de Contabilidade Pública
  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Arquivologia
  • Comunicação Social

 

Por sua vez, para o Exame de Títulos serão aceitos os documentos indicados a seguir:

Histórico de Notícias

19/04/2022

Concurso Ministério das Comunicações: Locais de prova disponíveis!

Já podem ser consultados os locais de prova do concurso Ministério das Comunicações, que realizará as provas objetivas no próximo domingo, 24 de abril.

Continuar lendo
14/03/2022

Concurso Ministério das Comunicações: Últimas horas de inscrições nesta segunda-feira (14)!

O concurso Ministério das Comunicações está ofertando 217 vagas temporárias. As inscrições se encerram nesta segunda (14) e salários são de até R$ 8,3 mil.

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais