Concurso Polícia Civil ES: Novo edital prevê 1.000 vagas!

Boas notícias, concurseiros! O novo concurso da Polícia Civil ES (Polícia Civil do Estado do Espirito Santo) está previsto para ser publicado em 2024, com a oferta de 1.000 vagas para a área policial.

Interessado em ingressar na carreira policial? Confira os detalhes a seguir e saiba como começar a se preparar!

Quando será o próximo concurso da Polícia Civil ES?

O próximo concurso da Polícia Civil do Espírito Santo está previsto para ser publicado ainda em 2024!

A confirmação foi feita pelo governador do estado, Renato Casagrande, durante participação no programa Bom Dia ES , da Rede Globo, no dia 27 de dezembro de 2023.

O concurso já está em fase de planejamento pelo governo estadual e deverá oferecer vagas, principalmente, para a área investigativa.

Vale ressaltar que acordo com a declaração do governador, o certame seguirá os parâmetros estabelecidos pela Lei Geral das Polícias Civis .

Em entrevista ao jornal A Gazeta, já em outubro de 2023, o delegado-geral, José Darcy Santos Arruda, anunciou que o novo edital deve ofertar 1.000 vagas para Policiais Civis e que a previsão é de que sejam convocados 350 aprovados a cada ano.

A ação visa repor o quadro de servidores, considerando a ausência de concursos nos últimos anos e a transferência de cerca de 500 policiais civis para o setor da Polícia Científica.

“Já estamos alinhando com o governador Renato Casagrande, que é sempre muito sensível com esse tipo de demanda, porque assim conseguiremos repor nosso quadro”, enfatizou o delegado-geral.

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos! Clique aqui  e saiba mais!

Quais os cargos existentes na Polícia Civil ES?

A expectativa é que de o novo concurso da PC Espírito Santo ofereça vagas de nível superior para a área policial.

A seguir, confira mais detalhes sobre cada um dos cargos:

Delegado

  • Requisitos: ter diploma de bacharel em Direito, devidamente registrado, expedido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. Além da comprovação de, no mínimo, três anos de prática forense (após a colação de grau) ou de atividade policial.
  • Atribuições: Execução de tarefas de polícia administrativa e judiciária, através de diligências e investigações para elucidação de infrações penais.

Escrivão

  • Requisitos: ter diploma de bacharel em Direito, devidamente registrado, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.
  • Atribuições: Dar cumprimento às formalidades processuais, lavrando autos, termos, mandados, portarias, ordens de serviço e demais atos de seu ofício.

Investigador

  • Requisitos: ter certificado de conclusão em qualquer área de formação, devidamente registrado, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação; além de CNH Categoria “B” ou superior.
  • Atribuições: Execução de trabalhos de investigação e diligência policiais visando a elucidação de infrações penais, praticando atos necessários, sob a direção mediata ou imediata da autoridade policial.

Perito Oficial Criminal

  • Requisitos: ter certificado de conclusão de nível superior nas áreas específicas, devidamente registrado, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação; além de CNH Categoria “B” ou superior.
  • Atribuições: Execução de estudos, pesquisas e perícias visando ao esclarecimento e a prova de infrações penais, desabamentos, sinistros, desastres, e a identificação dos respectivos autores, tendo por objetiva os vestígios materiais extrínsecos daquelas infrações.

Quanto ganha um PC no ES?

De acordo com o Portal da Transparência do estado, após aprovação da Lei n°11.984, de dezembro de 2023, a remuneração do Policial Civil no Espírito Santo pode chegar a R$28 mil!

Abaixo, conheça os salários iniciais e finais dos cargos:

  • Delegado
    • Inicial: R$14.818,24
    • Final: R$28.448,44
  • Escrivão, Investigador e Perito Oficial Criminal
    • Inicial: R$7.518,98
    • Final: R$15.088,81

O que cai na prova da Polícia Civil ES?

De acordo com os últimos editais, os conteúdos cobrados na prova para Policial Civil no Espírito Santo são:

  • Língua Portuguesa;
  • Informática;
  • Legislação Estadual;
  • Direito:
    • Penal;
    • Processual Penal;
    • Administrativo;
    • Constitucional;
    • Humanos;
    • Civil;
  • Medicina Legal;
  • Criminologia;
  • Legislação Especial.

Materiais preparatórios para o concurso da Polícia Civil ES

Se preparar para o concurso da Polícia Civil ES demanda bons materiais de estudo e uma rotina bem estruturada. O método Nova Concursos pode te auxiliar nesse processo!

Com mais de 70 mil alunos aprovados, a Nova Concursos é referência no mercado, oferecendo materiais práticos e de alta qualidade.

Conheça os materiais que podem te ajudar a ingressar na carreira policial do Espírito Santo!

Curso Online – Pacote Completo PC-ES – Comum aos Cargos de Nível Superior

  • Atualizado de acordo com o último Edital;
  • Aulas ministradas por professores especializados em concursos públicos;
  • Conteúdo minuciosamente selecionado, com ênfase nos assuntos mais importantes da prova;
  • 100% online para você assistir de onde quiser (com acesso à internet);
  • Acesse pelo computador, tablet ou smartphone;
  • Acesso ilimitado. Assista quantas vezes quiser pelo período de acesso;
  • Videoaulas com altíssimo padrão de gravação;
  • Você pode acelerar o vídeo em até 2 vezes para agilizar a visualização.
  • Há mais de 10 anos, preparamos e ajudamos candidatos a ingressar nas carreiras públicas;
  • Compra 100% segura.

Conteúdo

-Língua Portuguesa (Dorival Conte);

-Noções de Direito Administrativo (Rodrigo Cavalheiro);

-Noções de Direito Penal (Leonardo Arpini, Fernanda Fisher, Jamili Simões);

-Noções de Direito Processual Penal (Fernanda Fisher);

-Pacote Anticrime (Fernando Bezerra).

Adquira o seu material aqui e já comece a se preparar!

Último concurso Polícia Civil ES

A última seleção da PC SP foi publicada em 2022, sob organização do Cebraspe , onde foram ofertadas 40 vagas para o cargo de Delegado, distribuídas conforme o indicado a seguir:

  • 28 vagas para ampla concorrência;
  • 04 vagas reservadas para candidatos com deficiência;
  • 07 vagas reservadas para candidatos negros; e
  • 01 vaga reservada para candidatos indígenas.

Com uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, os aprovados contaram com uma remuneração inicial no valor de R$ 12.413,15.

Requisitos

Para a investidura no cargo os candidatos tiveram que cumprir as seguintes exigências básicas:

  • Ser aprovado no concurso público;
  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse;
  • Estar com situação regular junto à Secretaria da Receita Federal;
  • Possuir conduta moral, social e profissional compatível com o cargo;
  • Possuir saúde física, psiquiátrica e aptidão psicológica adequadas ao exercício das atividades inerentes ao cargo;
  • Não estar cumprindo sanção por inidoneidade ou indisciplina, aplicada por qualquer órgão público e(ou) entidade da esfera federal, estadual e(ou) municipal;
  • Apresentar as certidões exigidas, apresentadas no Edital;
  • Cumprir as determinações do edital.

Ademais, para concorrer a vaga, os concurseiros deveriam possuir os requisitos específicos a seguir:

  • diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de bacharelado em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC); e
  • comprovação de, no mínimo, três anos de prática forense, após a conclusão do curso de Direito, ou de, no mínimo, três anos de atividade policial, em qualquer instituição de segurança pública prevista no art. 144 da Constituição Federal, devidamente comprovada.

Etapas de Seleção

A seleção foi realizadas nas seguintes etapas:

  • Provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Teste de aptidão física, de caráter eliminatório;
  • Exame de sanidade física e mental, de caráter eliminatório;
  • Exame psicotécnico, de caráter eliminatório;
  • Prova oral, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Avaliação de títulos, de caráter classificatório;
  • Comprovação do cumprimento do tempo mínimo de prática forense ou em atividade policial, de caráter eliminatório;
  • Sindicância de vida pregressa, de caráter eliminatório;
  • Curso de formação profissional, de caráter eliminatório.

Prova Objetiva

A etapa de prova objetiva foi composta por 80 questões de múltipla escolha, com 5 alternativas e apenas uma correta.

Em uma escala de 0 a 80,00 pontos, foi reprovado nas provas objetivas o candidato que obteve nota
inferior a 40,00 pontos.

Prova Discursiva

Por outro lado, a prova discursiva foi constituída 03 questões discursivas e 01 questão envolvendo situação problema. Ademais, os conteúdos cobrados foram:

  • Direito Constitucional;
    • Penal;
    • Processual Penal; e
  • Legislação Extravagante.

Cada questão discursiva foi valeu 15,00 pontos, enquanto a questão de situação problema foi avaliada em até 35,00 pontos, totalizando 80,00 pontos.

Foi considerado aprovado na prova discursiva o candidato que obteve NPD ≥ 40,00 pontos.

Teste de Aptidão Física

No teste de aptidão física os inscritos no concurso passaram pelos seguintes testes:

  • flexão de braço na barra fixa (sexo masculino) ou estático de barra (sexo feminino);
  • impulsão horizontal (sexos masculino e feminino);
  • flexão abdominal (sexos masculino e feminino);
  • corrida de 12 minutos (sexos masculino e feminino).

Prova Oral

Na etapa de prova oral os candidatos tiveram 20 minutos para ler e responder às perguntas que foram entregues por escrito, bem como responder às arguições da banca examinadora.

Nesta etapa foram avaliados os seguintes conteúdos:

  • Direito:
    • Constitucional;
    • Penal;
    • Processual Penal; e
  • Legislação Extravagante.

Confira os concursos abertos no Espírito Santo! São mais de 3 mil vagas abertas para todos os níveis e salários que chegam a R$ 21 mil!

Quando foi o último concurso Polícia Civil ES para áreas gerais?

O último concurso da Polícia Civil ES para diversos cargos e especialidades foi publicado em 2018, com a oferta de 173 vagas.

Confira, a seguir, quais foram os cargos contemplados:

Nível Médio

  • Auxiliar de Perícia Médico-Legal: 20 vagas

Nível Superior

  • Assistente Social: 4 vagas
  • Escrivão: 20 vagas
  • Investigador: 60 vagas
  • Médico-Legista: 15 vagas
  • Perito Oficial Criminal
    • Ciências Contábeis: 4 vagas
    • Ciências Econômicas, Direito ou Psicologia: 15 vagas
    • Engenharia Agronômica, Florestal ou Ambiental: 2 vagas
    • Engenharias, Ciência da Computação, Análise de Sistemas: 8 vagas
    • Engenharias, Geologia ou Física: 8 vagas
    • Medicina Veterinária: 2 vagas
    • Odontologia: 2 vagas
    • Química, Farmácia, Ciências Biológicas ou Biomedicina: 9 vagas
  • Psicólogo: 4 vagas

As remunerações iniciais variaram entre R$3.622,08 e R$ 5.103,84.

Etapas de Seleção

O certame foi realizado nas seguintes fases:

  • Exame Intelectual;
  • Perícia Médica;
  • Teste de Aptidão Física (TAF);
  • Teste de Digitação;
  • Exame Médico e Toxicológico;
  • Exame Psicológico;
  • Investigação Criminal e Social;
  • Curso de Formação Profissional.

Prova Objetiva

A prova objetiva foi composta por 100 questões de múltipla escolha distribuídas entre as seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa;
  • Estatuto da Polícia Civil do Espirito Santo;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Penal;
  • Legislação Extravagante;
  • Direito Processual Penal;
  • Raciocínio Lógico e Matemático.

Por sua vez, no Teste de Aptidão Física (TAF) os candidatos tiveram que realizar os seguintes exercícios:

  • Apoio de frente sobre o solo: o exercício deve ser executado sem contagem de tempo, onde o mínimo de repetições exigidas será 12, sendo com 6 apoios para os candidatos do sexo feminino, e 15 repetições com 4 apoios para os do sexo masculino;
  • Abdominal: sequência de abdominais de, no mínimo, 20 repetições para o sexo feminino e de 25 repetições para o sexo masculino, no tempo de 1 minuto;
  • Corrida: no tempo de 12 minutos, o candidato efetua um deslocamento contínuo, podendo andar ou correr, onde a distância mínima exigida será de 1.600  metros para o sexo feminino e 2.200 metros para o sexo masculino.

Confira o edital aqui!

Histórico de Notícias

23/05/2022

Concurso PC ES: Delegado-geral estima edital em junho!

A banca do concurso PC ES já foi definida e o edital deve ser publicado até junho. Serão 40 vagas efetivas e imediatas para a carreira de Delegado.

Continuar lendo
19/11/2021

Concurso PC ES: Banca definida e edital ainda este ano!

Atenção, concurseiros! A banca organizadora que ficará responsável pelo próximo edital do concurso PC ES já foi definida. Saiba mais!

Continuar lendo
20/10/2021

Concurso PC ES: Confirmadas 40 vagas para Delegado!

Atenção, concurseiros! O Governo do Espírito Santo anunciou que o concurso PC ES foi autorizado e ofertará 40 vagas para Delegados. Saiba mais!

Continuar lendo
25/05/2021

Concurso PC ES: Comissão organizadora para Delegado é formada!

Atenção concurseiros! O edital do concurso PC ES para Delegado deve ser publicado ainda em 2021. A comissão organizadora já foi formada. Confira!

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais