Concurso PC GO: Edital será publicado ainda em 2019!

O concurso PC GO (Polícia Civil de Goiás) terá seu edital publicado ainda em 2019! A comissão para o próximo concurso já está formada, com o número previsto de 550 vagas para os cargos de Agente de Polícia e Escrivão. A informação sobre a comissão foi publicada no Diário Oficial do estado no mês de março. » Prepare-se para o Concurso ...

Status do concurso: Previsto

Última Notícia

Concurso PC-GO Delegado: Últimas horas para se inscrever!

O edital de abertura do novo concurso PC-GO Delegado foi publicado e oferece 100 vagas para o nível superior, com salários que chegam a R$ 19,2 mil!

Continuar Lendo

Mais materiais PC- GO - Polícia Civil de Goiás

Histórico de Notícias

12/12/2016

Últimas horas de inscrições do concurso PC GO. Iniciais de R$15,2 mil

Ainda dá tempo de participar do concurso PC GO! As inscrições terminam hoje então corra. Os salários partem de R$15, 2 mil

Continuar lendo
11/11/2016

O que cai na prova: PC GO

O Concurso PC GO abriu 500 vagas de Agente de Polícia Substituto e Escrivão de Polícia Substituto.Veja o que cai na prova e saia na frente dos concorrentes!

Continuar lendo
09/11/2016

Saiu edital para o concurso da Polícia Civil de Goiás

Saiu edital para o concurso PC GO com a missão de selecionar 36 novos delegados. Para se candidatar é preciso ter ensino superior em direito.

Continuar lendo
11/08/2016

Inscrições para 500 vagas do concurso PC GO começam hoje!

Concurso PC GO inicia hoje as inscrições de concurso com 500 vagas. Veja como concorrer aos cargos de Agente de Polícia e Escrivão!

Continuar lendo
03/08/2016

Especial dos Concursos – PC GO

A Polícia Civil de Goiás liberou o tão aguardado edital e o portal GN Concursos não poderia deixar de fazer um Especial dos Concursos PC GO.

Continuar lendo
01/08/2016

Saiu edital com 500 vagas para concurso PC GO (Polícia Civil de Goiás)

Continuar lendo

O concurso PC GO (Polícia Civil de Goiás) terá seu edital publicado ainda em 2019! A comissão para o próximo concurso já está formada, com o número previsto de 550 vagas para os cargos de Agente de Polícia e Escrivão.

A informação sobre a comissão foi publicada no Diário Oficial do estado no mês de março.

» Prepare-se para o Concurso Polícia Civil GO + BÔNUS (GRÁTIS) «

O Ministério Público recomendou, em fevereiro deste ano, que o novo edital do concurso Polícia Civil GO fosse publicado em até 180 dias, ou seja, agosto de 2019. O promotor Fernando Krebs reforçou que o efetivo da Polícia Civil do estado não acompanhou o crescimento da população.

Vagas ofertadas no concurso PC GO 2019

As oportunidades do novo concurso PC GO serão para os seguintes cargos:

Agente de Polícia da PC GO » Ver Apostila «

• Nível superior de escolaridade;

• Carteira Nacional de Habilitação na categoria B.

Escrivão da PC GO » Ver Apostila «

• Nível superior de escolaridade

Os salários iniciais ofertados pelo edital eram de R$ 1.500,00, fora os benefícios como vale alimentação, vale transporte, auxílio moradia e outros.

Requisitos básicos para ser um Policial Civil de Goiás

• Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos;

• Estar em gozo dos direitos políticos;

• Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;

• Estar quite com as obrigações eleitorais;

• Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo;

• Ter idade mínima de 18 anos completos;

• Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, avaliada mediante inspeção médica oficial do estado de Goiás;

• Apresentar prova de quitação com a Fazenda Pública e declaração sobre acumulação de cargos.

O que faz um Agente de Polícia da PC GO?

Efetuar diligências a fim de prender criminosos; apreender objetos furtados e localizar pessoas; fazer investigações, realizar rondas noturnas e diurnas; policiar zonas impróprias para menores, dar plantão; seguir elementos suspeitos da prática de infração penal; fazer coleta de informações; prender infratores em flagrante ou em virtude de mandado da autoridade competente; conduzir pessoas à presença da Autoridade de Polícia Judiciária, quando necessário ao esclarecimento de fatos delituosos; elaborar relatório das investigações realizadas; dirigir viaturas policiais e zelar pela sua conservação e limpeza; desempenhar outras tarefas compatíveis com as atribuições do cargo.

O que faz um Escrivão da Polícia Civil GO?

Reduzir a termos ocorrências, declarações e depoimentos; expandir intimações, citações e notificações; redigir portarias, ofícios, mandados, termos, autos, ordens de serviço, editais, circulares, boletins etc., preencher guias para identificação, recolhimento e soltura de presos; protocolar ofícios, requerimentos e representações; catalogar e arquivar em pastas próprias todos os documentos relativos ao serviço; organizar os livros de cargas e descargas de remessa de autos, de conclusões de inquéritos e de ofícios, documentos e demais papéis dos cartórios policiais; dar plantão; lavrar termos de fiança e recolher respectivos valores às repartições competentes, dentro do prazo legal; organizar mapas de estatísticas policiais; acompanhar autoridade policiais em suas diligências; fornecer certidões, mediante despacho da autoridade policial; executar os trabalhos de datilografia/digitação necessários ao desempenho de suas funções; desempenhar outras tarefas compatíveis com as atribuições do cargo.

Último concurso Polícia Civil GO

O último certame da Polícia Civil de Goiás aconteceu no ano de 2016, com o Cebraspe (Cespe/UnB) sendo o responsável pela organização da seleção. A oferta foi de 500 vagas para os cargos de Agente de Polícia (280) e de Escrivão de Polícia (220).

⇒ Confira o edital completo do concurso Polícia Civil GO 2016!

Foram 25.072 inscritos para o cargo de Agente de Polícia e 6.257 para o cargo de Escrivão, com uma relação candidato por vaga de 89,5 e 28,4, respectivamente.

A avaliação dos candidatos foi realizada no seguinte modelo:

• Prova objetiva;

• Prova discursiva;

• Avaliação Médica;

• Avaliação de aptidão física;

• Exame Psicotécnico;

• Prova prática de digitação (apenas para Escrivão);

• Avaliação de vida pregressa e investigação social.

Prova objetiva da PC GO

A prova objetiva foi composta de 70 questões, com pontuação de 70 pontos. As questões foram do tipo múltipla escolha, com cinco opções (A, B, C, D, E), com uma única resposta correta, de acordo com o comando da questão.

O conteúdo programático constou das seguintes disciplinas:

• Conhecimentos Básicos (20 questões): Língua Portuguesa e Noções de Informática;

• Conhecimentos Gerais (30 questões): Legislação Penal Extravagante e Legislação Específica;

• Conhecimentos Específicos (20 questões): Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Penal, Noções de Direito Processual Penal.

» Prepare-se para o Concurso Polícia Civil GO + BÔNUS (GRÁTIS) «

O método Cebraspe (Cespe/UnB) de avaliação foi o seguinte:

• Questão em concordância com o gabarito oficial: 1,00 ponto;

• Questão em discordância com o gabarito oficial: 0,25 ponto negativo;

• Questão com dupla ou sem marcação: 0,00 pontos.

Os candidatos precisavam atingir uma pontuação mínima para serem considerados classificados no certame, sendo:

• Conhecimentos Básicos: 4,00 pontos;

• Conhecimentos Gerais: 6,00 pontos;

• Conhecimentos Específicos: 6,00 pontos;

• Somatória nas três frentes da prova: 21,00 pontos.

Prova discursiva da PC GO

A prova discursiva teve caráter eliminatório e classificatório, com valor de 20,00 pontos, onde o candidato faria uma redação de texto dissertativo, de até no máximo 30 linhas, abrangendo o conteúdo programático de Conhecimentos Específicos.

Para o cargo de Agente, foram corrigidas as provas até a posição de número 798 na categoria de ampla concorrência e 42 para as vagas reservadas para candidatos com deficiência. Já para Escrivão, os números foram de 627 e 33, respectivamente.

Avaliação de Aptidão Física da PC GO

Todos os candidatos considerados aptos na Avaliação Médica foram convocados para a realização da Avaliação de Aptidão Física. Para realizarem os exercícios, era necessário apresentar o documento de identificação original e oficial com foto e, preferencialmente, impressão digital, além de não poder estar portando nenhum tipo de arma sem o devido deferimento de atendimento especial.

A avaliação de aptidão física, com caráter eliminatório, visava verificar a capacidade do candidato para desempenhar as exigências da prática de atividades físicas a que será submetido durante o curso de formação profissional, relacionadas ao desempenho das tarefas típicas da função.

Os exercícios cobrados foram os seguintes:

Flexão de braço na barra fixa (apenas para o sexo masculino)

Posição inicial: ao comando “em posição”, o candidato deverá ficar suspenso na barra horizontal, a largura da pegada deve ser aproximadamente a dos ombros, a pegada das mãos será em pronação (dorsos das mãos voltados para o corpo do executante) ou supinação (palmas das mãos voltadas para o corpo do executante), os cotovelos em extensão, não poderá haver nenhum contato dos pés com o solo, todo o corpo completamente na posição vertical (cabeça, tronco e membros inferiores);

Ao comando “iniciar”, o candidato deverá flexionar os cotovelos, elevando o seu corpo até que o queixo ultrapasse o nível da barra, sem apoiar o queixo na barra. Em seguida, deverá estender novamente os cotovelos, baixando o seu corpo até a posição inicial. Esse movimento completo, finalizado com o retorno à posição inicial, corresponderá a uma unidade de execução.

Os candidatos precisavam alcançar pelo menos três repetições.

Teste estático de barra (apenas para o sexo feminino)

Posição inicial: a candidata deverá posicionar-se sob a barra. Ao comando de “em posição”, a candidata, podendo utilizar um ponto de apoio, empunhará a barra, sendo que a largura da pegada deve ser aproximadamente a dos ombros, a pegada das mãos será em pronação (dorsos das mãos voltados para o corpo do executante) e queixo acima da parte superior da barra, mas sem tocar na barra com o queixo, mantendo os cotovelos flexionados e pés ainda em contato com o ponto de apoio;

Ao comando de iniciar, o ponto de apoio é retirado e a candidata deverá ficar imediatamente com o corpo na posição vertical, joelhos estendidos, quando será iniciada a cronometragem do tempo de permanência da candidata na posição, devendo permanecer sustentada apenas com o esforço de seus membros superiores, com os dois cotovelos completamente flexionados e queixo acima da parte superior da barra, mas sem tocar a barra com o queixo, corpo na posição vertical (cabeça, tronco e membros inferiores).

As candidatas precisavam alcançar o mínimo de 15 segundos na posição.

Impulsão horizontal

Posição inicial: em pé, parado, com os pés paralelos entre si e atrás da linha de medição inicial marcada no solo, sem tocá-la;

Execução: quando autorizado, o candidato saltará à frente apoiando-se simultaneamente com os dois pés. O candidato deverá ultrapassar com os pés a indicação no solo que representa o índice mínimo referente ao previsto para o sexo masculino ou para o sexo feminino.

O mínimo exigido era de 1,80m para homens e 1,40m para mulheres.

Corrida de 12 minutos

Os candidatos deverão atingir o mínimo de 2.400 metros, se homem, e 2.000 metros, se mulher, no tempo máximo de 12 minutos. Durante esse período, será permitido tanto andar, caminhar ou correr, incluindo a variância entre os três durante o teste.

Acompanhe nossas

redes sociais