Concurso Polícia Civil PA: Edital será publicado ainda em 2019!

O concurso Polícia Civil PA terá seu edital divulgado em breve! O governo do estado já anunciou que os preparativos para a realização do certame estão sendo estudos, assim como para a Polícia Militar e a Superintendência do Sistema Penitenciário. » Prepare-se para o Concurso Polícia Civil PA + BÔNUS (GRÁTIS) « As oportunidades do concur...

Status do concurso: Previsto

Materiais disponíveis

Última Notícia

Imagem Concurso PC-PA: Edital com oferta de 1.500 vagas!

Concurso PC-PA: Edital com oferta de 1.500 vagas!

Excelente notícia concurseiros paraenses! O concurso PC-PA (Polícia Civil do Pará), ofertará 1.500 vagas e o edital será publicado este ano.

Continuar Lendo

Histórico de Notícias

27/10/2016

Concurso Polícia Civil do Pará: novas datas para as provas de delegado

As provas do concurso da Polícia Civil do Pará para o cargo de delegado foram alteradas para o dia 18 de dezembro de 2016. As outras fases serão em 2017.

Continuar lendo
14/07/2016

Especial dos Concursos – PC-PA

Polícia Civil do Pará (PC-PA) publica edital de concurso para selecionar 650 profissionais. Veja como concorrer aos salários de até R$12 mil!

Continuar lendo
14/07/2016

O que cai na prova: PC-PA

Polícia Civil do Pará (PC-PA) publica edital de concurso para selecionar 650 profissionais. Confira o que cai na prova, agendada para setembro!

Continuar lendo
12/07/2016

Saiu edital com 650 vagas para a Polícia Civil do Pará (PC – PA)!

Polícia Civil do Pará (PC - PA) publica o esperado edital de concurso com 650 vagas. Veja como concorrer aos salários de até R$12 mil!

Continuar lendo

O concurso Polícia Civil PA terá seu edital divulgado em breve! O governo do estado já anunciou que os preparativos para a realização do certame estão sendo estudos, assim como para a Polícia Militar e a Superintendência do Sistema Penitenciário.

» Prepare-se para o Concurso Polícia Civil PA + BÔNUS (GRÁTIS) «

As oportunidades do concurso Polícia Civil PA serão para os cargos de:

Delegado;

Escrivão » Ver Curso Online «;

Investigador » Ver Curso Online «;

Papiloscopista.

Concurso Polícia Civil PA Técnicos

A Polícia Civil do Pará já conta com um concurso cujo edital está em vias de ser publicado. O certame terá a oferta de 11 vagas para cargos Técnicos, sob responsabilidade do Instituto AOCP.

As oportunidades são as seguintes:

Técnico em Gestão Pública:

• Assistente Social (9 vagas);

• Contador (1 vaga).

Técnico em Gestão de Informática

• Engenharia de Sistemas (1 vaga)

Os salários iniciais são de R$ 2.727,54.

Quanto ganha um policial civil do Pará?

Publicado no dia 24 de janeiro de 2019, a tabela atualizada de vencimentos dos servidores da corporação traz salários iniciais de R$ 14.729,00 para Delegado e de R$ 6.339,82 para Escrivão, Investigador e Papiloscopista, chegando a R$ 17.050,66 e R$ 7.313,60, respectivamente.

Confira a tabela de vencimentos:

Os cargos de Escrivão, Investigador e Papiloscopista exigem o nível superior de escolaridade, enquanto que o cargo de Delegado tem como requisito o nível superior em direito.

Déficit de vagas na Polícia Civil PA

A Polícia Civil do Pará tem, contabilizando os cargos de Delegado, Escrivão, Investigador e Papiloscopista, um número de 2.926 servidores ativos, quase 20% a menos que o ideal. O número deveria ser de 3.459 servidores, mas a corporação tem um déficit de 479 cargos vagos.


Dados de Março de 2019

O que faz um Delegado

Dirigir, coordenar, supervisionar e fiscalizar as atividades administrativas e operacionais do órgão ou unidade policial sob sua direção; cumprir e fazer cumprir, no âmbito de sua competência, as funções institucionais da Polícia Civil; planejar, dirigir e coordenar, com base na estatística policial e no conhecimentos produzido pela atividade de inteligência policial, as operações policiais no enfrentamento efetivo à criminalidade, na área de sua competência; exercer poderes discricionários afetos ao cargo que objetivem proteger os direitos inerentes à pessoa humana e resguardar a segurança pública e a justiça criminal; praticar todos os atos da polícia, na esfera de sua competência, visando à diminuição da criminalidade e da violência; zelar pelo cumprimento dos princípios e funções institucionais da Polícia Civil; zelar pelos direitos e garantias constitucionais fundamentais; instaurar e presidir inquéritos policiais e outros procedimentos administrativos no âmbito de sua competência, cabendo-lhe, privativamente, o indiciamento decorrente do livre convencimento jurídico penal, fundamentado nos elementos informativos de prova colhidos no Inquérito Policial; promover diligências, requisitar informações, determinar exames periciais, remoções e documentos necessários à instrução do inquérito policial ou outros procedimentos decorrentes das funções institucionais da Polícia Civil e manter o sigilo necessário à elucidação do fato e às investigações a seu cargo.

O que faz um Escrivão da Polícia PA?

Participar na formação de inquéritos Policiais e procedimentos administrativos, sob a presidência da autoridade Policial competente, expedir, mediante requerimento deferido pela autoridade Policial competente, certidões e translado; executar tarefas administrativas atinentes à atividade cartorária; responder pela guarda de objetos apreendidos, dando-lhes destinação legal, de acordo com a determinação da autoridade competente, bem como a escrituração dos livros de registro prisional; manter o controle do inventário dos bens patrimoniais da Unidade Policial, promovendo cargo e baixa dos mesmos.

O que faz um Investigador da Polícia PA?

Proceder, mediante determinação da autoridade Policial, às diligências e investigações Policiais com o fim de coletar elementos para a elucidação de infrações penais ou administrativas para instrução dos respectivos procedimentos legais; efetuar prisões em flagrantes ou mediante mandato (conduzir e escoltar presos); cumprir mandados expedidos pela autoridade Policial ou judiciária competente; operar equipamento de comunicações; conduzir veículos automotores e outros meios de transporte, desde que habilitado; executar outras determinações emanadas da autoridade Policial ou chefia competente, efetuar registro de ocorrência policial, de forma concorrente com os demais agentes da autoridade, confeccionar relatório das diligências relacionado a atos de rotina do procedimento de polícia judiciária, elaborar relatório de investigação, cuja finalidade consiste na descrição das informações obtidas no curso das diligências realizadas, visando à elucidação da infração penal, acessar banco de dados em geral específico disponível na área de segurança pública através da rede mundial de computadores e outros meios de consulta, objetivando subsidiar a percepção penal.

O que faz um Papiloscopista da Polícia PA?

Desempenhar atividades relacionadas ao cumprimento das formalidades legais necessárias aos inquéritos, aos processos e aos demais serviços cartorários; colher as impressões digitais no vivo e no morto, para fins de identificação civil e criminal; proceder à identificação papiloscópica e necroscopapiloscópica com a elaboração do respectivo laudo técnico; proceder à perícia iconográfica e ao retrato falado, com a elaboração do respectivo laudo técnico; planejar e desenvolver pesquisa na busca de aperfeiçoamento e na especialização na área; desempenhar outras atividades de interesse do órgão.

Último concurso Polícia Civil PA

O último concurso da Polícia Civil do Pará aconteceu no ano de 2016, sob responsabilidade da Fundação Carlos Augusto Bittencourt (Funcab).

A relação das 650 vagas ofertadas foi a seguinte:

• Delegado: 150 vagas;

• Escrivão: 180 vagas;

• Investigador: 300 vagas;

• Papiloscopista: 20 vagas.

O atual certame é válido até o dia 24 de janeiro de 2020, após ter sido prorrogado por mais um ano.

Os candidatos foram avaliados em duas fases, com a seguinte estrutura:

1ª Fase:

• Prova objetiva (eliminatório e classificatório);

• Peça Processual (exclusivo para Delegado e de caráter eliminatório e classificatório)

• Prova de Capacitação Física (eliminatório);

• Exame Médico (eliminatório);

• Exame Psicológico (eliminatório);

• Investigação Social e Criminal (eliminatório).

2ª Fase

Curso de Formação

A prova objetiva teve 80 questões, com o conteúdo programático variando conforme o cargo desejado:

Delegado: Língua Portuguesa (5 questões), Direito Administrativo (10 questões), Direito Ambiental (5 questões), Direito Civil/Empresarial (10 questões), Direito Constitucional (10 questões), Direitos Humanos (5 questões), Direito Penal (10 questões), Direito Processual Penal (10 questões), Medicina Legal (5 questões), Legislação Especial (10 questões).

Escrivão e Investigador: Língua Portuguesa (10 questões), Noções de Informática (5 questões), Raciocínio Lógico (5 questões), Noções de Direito Administrativo (10 questões), Noções de Direito Constitucional (10 questões), Noções de Direito Penal (10 questões), Noções de Direito Processual Penal (10 questões), Legislação Especial (10 questões), Noções de Medicina Legal (10 questões).

Papiloscopista: Língua Portuguesa (10 questões, Noções de Informática (5 questões), Raciocínio Lógico (5 questões), Noções de Direito Administrativo (10 questões), Noções de Direito Constitucional (10 questões), Noções de Direito Penal (10 questões), Noções de Identificação (10 questões), Noções Básicas de Química (10 questões), Noções de Medicina Legal (10 questões).

A peça processual para o cargo de Delegado avaliaria os determinados aspectos:

• Formal: Domínio da norma culta da língua, situação comunicativa adequada ao texto, pontuação, ortografia, concordância, regência, uso adequado de pronomes, emprego de tempos e modos verbais;

• Textual: Respeito à estrutura da tipologia textual solicitada, unidade lógica e coerência das ideias, uso adequado de conectivos e elementos anafóricos, observância da estrutura sintático-semântica dos períodos;

• Técnico: Compreensão da proposta, seleção e organização de argumentos, progressão temática, demonstração de conhecimento relativo ao assuntos específicos tratado na questão, concisão, clareza, apropriação produtiva, autoral e coerente do recorte temático

Para ter sua peça processual corrigida, os candidatos deveriam atingir a nota mínima de 7 pontos e estar entre os 450 melhores colocados na prova objetiva.

Para conseguir a classificação para a etapa seguinte, os cargos de Escrivão, Investigador e Papiloscopista precisavam entre as 540, 900 e 60 melhores pontuações, respectivamente.

Ao todo, 27.664 pessoas se inscreveram para tentar uma das 650 vagas ofertadas. Para Escrivão, foram 7.709 inscritos, com uma relação de 42,8 candidatos/vaga. Para Investigador, o número de 18.205 inscritos resultou em uma competição de 60,6 candidatos/vaga. Já para Papiloscopista, foram 1.750 pessoas inscritas, sendo 87,5 candidatos por vaga.

» Prepare-se para o Concurso Polícia Civil PA + BÔNUS (GRÁTIS) «

Acompanhe nossas

redes sociais