Concurso Polícia Federal 2020: Edital irá ofertar 2 mil vagas na área Policial!

Foi anunciado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, que o novo concurso Polícia Federal 2020 está autorizado. O aval foi concedido pelo Ministério da Economia e contempla 2.000 vagas para a área Policial. Em live realizada no dia 20 de agosto, foi comentado por Bolsonaro que se reuniu com o diretor-geral da Polícia Federal, Rol...

Status do concurso: Previsto

Curso GRÁTIS Polícia Federal!

Tenha acesso à um material direto ao ponto, totalmente atualizado e GRATUITO

Foi anunciado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, que o novo concurso Polícia Federal 2020 está autorizado. O aval foi concedido pelo Ministério da Economia e contempla 2.000 vagas para a área Policial.

Em live realizada no dia 20 de agosto, foi comentado por Bolsonaro que se reuniu com o diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre. Os dois estiveram reunidos com o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, e com o ministro da Economia, Paulo Guedes, que decidiram pelo aval do certame da PF.

A Polícia Federal irá formar uma comissão organizadora para elaborar um projeto básico e iniciar a contratação da banca organizadora. Assim que a empresa estiver definida, o edital fica liberado para publicação, com grandes chances de o documento sair ainda em 2020.

As vagas serão distribuídas na área Policial, sendo 2.000 vagas para área Policial nos seguintes cargos:

Área Policial

  • Delegado: 300 vagas;
  • Agente: 1.016 vagas;
  • Escrivão: 600 vagas;
  • Papiloscopista: 84 vagas.

Em entrevista concedida, o presidente da Fenapef, Luís Boudens, afirmou que existe uma grande expectativa de que o concurso Polícia Federal siga o cronograma. Dessa maneira, Boudens disse que há forte previsão da banca organizadora ser escolhida no mês de outubro e o edital divulgado ainda em 2020.

Além disso, o presidente da Fenapef relatou informações positivas sobre o certame para o quadro Administrativo, na carreira de Agente Administrativo, afirmando que poderá ocorrer uma seleção para a função.

As notícias envolvendo os concursos Polícia Federal e PRF (Polícia Rodoviária Federal ), não param. Dessa vez, a novidade foi a publicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro, que informou a intenção de divulgar os editais dos certames com todas as regras ainda em 2020.

O parlamentar e filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, ainda confirma a oferta de 4.000 vagas, sendo destinadas 2.000 vagas para cada corporação.

Foi informado pela Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais), que esteve em reunião na última semana com a corporação. No encontro, o presidente da Fenapef, Luís Boudens, levantou vários pontos, como a distribuição das vagas do novo concurso Polícia Federal.

A reunião foi com a diretora de Gestão de Pessoal da Polícia Federal, Cecília Franco. O objetivo foi debater e tratar das alterações propostas pela categoria nos próximos editais de certame para ingresso nas carreiras.

De acordo com informações do ministro da Justiça e da Segurança Pública, André Mendonça, o presidente da República, Jair Bolsonaro, intercedeu junto ao ministro da Economia, Paulo Guedes, pela autorização das 2.000 vagas no concurso Polícia Federal.

Cronograma do concurso Polícia Federal 2020

Circula um possível cronograma do novo concurso Polícia Federal. A corporação ainda não confirmou as datas, que foram reveladas pelo presidente da Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais), Luís Antônio Boudens.

Apesar de admitir que as datas informadas podem sofrer mudanças, foi revelado pelo presidente da Fenapef que acredita no cumprimento do cronograma, que prevê a banca organizadora definida até o final do mês de outubro e a divulgação do edital no dia 08 de dezembro de 2020.

Confira todas as datas previstas do cronograma do concurso Polícia Federal:

  • Assinatura do Contrato com a Banca Organizadora: 23 de novembro de 2020;
  • Publicação do Edital: 08 dezembro de 2020;
  • Provas Objetivas e Provas Discursivas: 11 de abril de 2021;
  • Teste de Aptidão Física (TAF): 12 a 13 de junho de 2021;
  • Exame Médico: 17 e 18 de julho de 2021;
  • Prova de Digitação: 22 de agosto de 2021;
  • Avaliação Psicológica: 26 de setembro de 2021;
  • Exame de Heteroidentificação: 31 de outubro de 2021;
  • Avaliação de Títulos: 22 a 26 de novembro de 2021;
  • Resultado Final: 21 de dezembro de 2021;

Além disso, o início e o término dos cursos de formação também foram informados. De acordo com as informações do cronograma, as datas das turmas serão:

  • Início do 1º Curso de Formação Profissional: 31/01/2022;
  • Final do 1º Curso de Formação Profissional: 01/07/2022;
  • Nomeações da 1ª turma: 03/08/2022;
  • Início do 2º Curso de Formação Profissional: 18/07/2022;
  • Final do 2º Curso de Formação Profissional: 15/12/2022;
  • Nomeações da 2ª turma: 11/01/2023;
  • Início do 3º Curso de Formação Profissional: 30/01/2023;
  • Final do 3º Curso de Formação Profissional: 30/03/2023;
  • Nomeações da 3ª turma: 31/07/2023;
  • Início do 4º Curso de Formação Profissional: 17/07/2023;
  • Final do 4º Curso de Formação Profissional: 15/12/2023;
  • Nomeações da 4ª turma: 10/01/2024.

Concurso Polícia Federal 2014 – Curso de Formação (CFP)

Foi divulgado pela Polícia Federal, as datas para o Curso de Formação Profissional (CFP). O cronograma é direcionado aos candidatos sub judice do concurso PF para o cargo de Agente, realizado no ano de 2014. O documento foi publicado no Diário Oficial da União.

Segundo informações da publicação, esses candidatos foram convocados por meio dos seguintes editais: Edital nº 63, Edital nº 74, Edital nº 85, e Edital nº 86, divulgados entre os meses de agosto de 2019 e janeiro de 2020, no site da Cespe/UnB.

Agora, os candidatos deverão se apresentar na Academia Nacional de Polícia, localizada na cidade de Brasília/DF, para realização da matrícula no Curso de Formação Profissional. O período para comparecimento será das 08 horas às 18 horas, do dia 01 de agosto de 2020 ou das 08 horas às 16 horas do dia 02 de agosto de 2020.

Concurso Polícia Federal 2018 revoga suspensão

O concurso Polícia Federal 2018, revogou a suspensão do curso de formação profissional (CFP) e publicou um novo cronograma para a matrícula dos candidatos. A Polícia Federal divulgou as informações no Diário Oficial da União.

Agora, os candidatos convocados para a segunda turma do Curso de Formação Profissional, deverão se apresentar na Academia Nacional de Polícia, na cidade de Brasília/DF, para a realização da matrícula.

Agente, Escrivão e Papiloscopista

  • Matrícula: 01 de agosto de 2020, das 8h às 18h, ou 02 de agosto de 2020, em mesmo horário;
  • Início do curso: 03 de agosto de 2020;
  • Encerramento do curso: 09 de outubro de 2020.

Delegado e Perito Criminal

  • Matrícula: 10 de outubro de 2020, das 8h às 18h, ou 11 de outubro de 2020, em mesmo horário;
  • Início do curso: 12 de outubro de 2020;
  • Encerramento do curso: 18 de dezembro de 2020.

No ato da matrícula, além da documentação solicitada no subitem 20.2.3 do edital de abertura do concurso PF, os participantes convocados deverão estar munidos dos seguintes documentos:

a) comprovante de vacinação contra Influenza (cepa 2020), realizada com antecedência de mais de 20 dias do início do Curso de Formação Profissional;

b) resultado de exame RT/PCR para Covid-19 (SWAB DE ORO FARINGE), realizado nos últimos 10 dias que antecederem o início do Curso de Formação Profissional;

c) resultado de exames eventualmente realizados pelo candidato nos últimos seis meses que antecederem o início do Curso de Formação Profissional, tais como exames sorológicos para Covid-19, hemogramas, entre outros.

Ainda é informado no documento, que não haverá a possibilidade de novas matrículas no CFP, em segunda chamada, após os dias 10 de agosto, para as carreiras de Agente, Escrivão e Papiloscopista, e 19 de outubro, para os cargos de Delegado e Perito.

É mantido pela APCF (Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais) uma antiga luta para conseguir a chamada dos peritos excedentes do último concurso Polícia Federal, antes que ele perca a validade. A categoria cobrou autoridades e o governo prometeu agilidade com essa demanda.

No encontro, o principal tema foi a convocação dos candidatos aprovados a Perito Criminal do último concurso Polícia Federal que ainda figuram na lista de espera. No total, são 15 excedentes que ainda não foram convocados para o curso de formação e a APCF luta pela chamada desses candidatos.

É defendido pela categoria a convocação imediata desses remanescentes e solicita agilidade na resolução desse problema, que já se arrasta por um bom tempo. Segundo informações da APCF, os representantes dos ministérios sinalizaram de maneira positiva.

Corporação solicita 1.508 novas vagas

Foi confirmado pelo órgão, que enviou um novo pedido de concurso PF (Polícia Federal) ao Ministério da Economia. Foram solicitadas 1.508 vagas para áreas policial e administrativa.

Os cargos e a distribuição das vagas solicitadas são:

  • Delegado de Polícia Federal: 100 vagas;
  • Agente de Polícia Federal: 540 vagas;
  • Escrivão de Polícia Federal: 300 vagas;
  • Papiloscopista: 60 vagas;
  • Administrador: 21 vagas;
  • Arquivista: 8 vagas;
  • Assistente Social: 10 vagas;
  • Bibliotecário: 1 vaga;
  • Contador: 9 vagas;
  • Economista: 3 vagas;
  • Enfermeiro: 3 vagas;
  • Engenheiro: 1 vaga;
  • Estatístico: 4 vagas;
  • Farmacêutico: 1 vaga;
  • Médico: 65 vagas;
  • Nutricionista: 1 vaga;
  • Odontólogo: 11 vagas;
  • Psicólogo: 5 vagas;
  • Técnico em Assuntos Educacionais: 13 vagas;
  • Técnico em Comunicação Social: 3 vagas;
  • Agente Administrativo: 349 vagas.

Nova-PF

Concurso Polícia Federal Agente Administrativo

A Polícia Federal pretende realizar o novo concurso Polícia Federal destinado para o cargo de Agente Administrativo. O pedido enviado ao Ministério da Economia contempla a carreira, que pode receber autorização para mais de 300 vagas.

A oferta do novo pedido foi confirmada, na última semana, pela Fenaperf e, também, pelo MJSP (Ministério da Justiça e da Segurança Pública).

Das 1.508 vagas confirmadas do novo pedido, 349 vagas são destinadas para a função de Agente Administrativo. O cargo tem a exigência apenas do nível médio como requisito de escolaridade.

Dessa maneira, não é necessário nenhum curso adicional, tampouco experiência comprovada por tempo determinado. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

O cargo de Agente Administrativo tem um salário inicial no valor de R$ 4.710,76, já incluso o benefício de auxílio-alimentação de R$ 458,00 dos servidores federais.

Além da carreira de Agente Administrativo, de nível médio, a Polícia Federal também solicitou concurso para outros cargos da área de apoio, assim como para a área policial. Todos os demais são para candidatos de nível superior.

Tanto o pedido de certame para a área de apoio quanto o da área policial estão em análise no Ministério da Economia. Dessa maneira, as autorizações podem acontecer a qualquer momento.

Nova-PF

Salários Polícia Federal

Os salários iniciais ofertados aos cargos no último concurso , realizado em 2018, eram de:

  • Delegado: R$ 22.678,48;
  • Perito Criminal: 22.672,48;
  • Agente de Polícia Federal: 11.983,26;
  • Escrivão de Polícia Federal: R$ 11.983,26;
  • Papiloscopista Policial Federal: R$ 11.983,26.

Atribuições dos cargos Polícia Federal

Delegado: instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação; orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais; participar do planejamento de operações de segurança e investigações; supervisionar e executar missões de caráter sigiloso; participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.

Perito Criminal: realizar exames periciais em locais de infração penal; realizar exames em instrumentos utilizados, ou presumivelmente utilizados na prática de infrações penais; proceder pesquisas de interesse do serviço; coletar dados e informações necessários à complementação dos exames periciais; participar da execução das medidas de segurança orgânica e zelar pelo cumprimento delas; desempenhar outras atividades que visem apoiar técnica e administrativamente as metas da Instituição Policial, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Agente de Polícia Federal: investigar atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais, observada a competência da Polícia Federal; proceder à busca de dados necessários; executar todas as tarefas necessárias à identificação, ao arquivamento, à recuperação, à produção e ao preparo dos documentos de informações; executar todas as atividades necessárias à prevenção e repressão de ilícitos penais da competência da Polícia Federal; conduzir veículos automotores, embarcações e aeronaves; auxiliar a autoridade policial em todos os atos de investigação, cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Escrivão de Polícia Federal: dar cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, observando os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação; atuar nos procedimentos policiais de investigação, acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais; responsabilizar-se pelo valor das fianças recebidas e pelos objetos de apreensão; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; atuar nos procedimentos policiais de investigação; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Papiloscopista Policial Federal: executar, orientar, supervisionar e fiscalizar os procedimentos de coleta, revelação, levantamento e armazenamento de fragmentos e impressões papilares, exames e laudos oficiais papiloscópicos, representação facial humana; operação e gestão de bancos e sistemas automatizados de identificação civil e criminal; assistir à autoridade policial; desenvolver estudos na área de papiloscopia; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Requisitos dos cargos Polícia Federal

Delegado: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e comprovação de 3 (três) anos de atividade jurídica ou policial.

Perito Criminal: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, dos cursos especificados de cada área.

Agente de Polícia Federal: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Escrivão de Polícia Federal: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC

Papiloscopista Policial Federal: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Requisitos básicos para tomar posse no concurso

  • Ser aprovado no concurso público e não ter sido eliminado na investigação social;
  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do artigo 12 da Constituição Federal;
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Possuir carteira de identidade civil e carteira nacional de habilitação, categoria “B”, no mínimo;
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo;
  • Ter idade mínima de 18 anos completos na data de matrícula no Curso de Formação Profissional;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
  • Ter 3 (três) anos de atividade jurídica ou policial, para ingresso no cargo de Delegado de Polícia Federal;
  • Considera-se atividade jurídica, para fins de ingresso no cargo de Delegado de Polícia Federal:
    • a exercida com exclusividade por bacharel em Direito;
    • o efetivo exercício de advocacia, inclusive voluntária, com a participação anual mínima em 5 (cinco) atos privativos de advogado em causas ou questões distintas, conforme o Estatuto da Advocacia;
    • o exercício de cargo, emprego ou função, inclusive de magistério superior, que exija a utilização preponderante de conhecimentos jurídicos
    • o exercício de função de conciliador em tribunais judiciais, juizados especiais, varas especiais, anexos de juizados especiais ou de varas judiciais, assim como o exercício de mediação ou de arbitragem na composição de litígios, pelo período mínimo de 16 (dezesseis) horas mensais e durante 1 (um) ano.
      • É vedada, para efeito de comprovação de atividade jurídica, a contagem de tempo de estágio ou de qualquer outra atividade anterior à conclusão do curso de bacharelado em Direito.
      • A comprovação do tempo de atividade jurídica relativa a cargos, empregos ou funções não privativos de bacharel em Direito será realizada mediante certidão circunstanciada, expedida pelo órgão competente, indicando as respectivas atribuições e a prática reiterada de atos que exijam a utilização preponderante de conhecimento jurídico.
      • Considera-se atividade policial, para fins de ingresso no cargo de Delegado de Polícia Federal, o efetivo exercício de cargo público, de natureza policial, na Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Ferroviária Federal, polícias civis ou polícias militares.
      • Poderão ser somados os períodos de atividade jurídica e de atividade policial;
  • O candidato deverá declarar, na solicitação de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos exigidos para matrícula por ocasião da convocação para o Curso de Formação Profissional, assim como os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo no momento da posse

Último concurso da Polícia Federal

Nova-PF

O último concurso PF aconteceu no ano de 2018, sob responsabilidade do Cebraspe. Na época, foram ofertadas 500 vagas para os cargos da corporação.

Provas PF 2018

Os candidatos foram avaliados com provas objetivas e discursivas. Além disso, houve Exame de Aptidão Física, Prova Oral (somente Delegado), Prova Prática de Digitação (somente Escrivão), Avaliação Médica, Avaliação Psicológica, Avaliação de Títulos (Delegado e Perito Criminal), e o Curso de Formação Profissional.

Histórico de Notícias

27/10/2020

Concurso Polícia Federal: Ministro diz que Bolsonaro intercedeu pelo aval na Economia!

O ministro André Mendonça, informou que o presidente Jair Bolsonaro, intercedeu junto a Economia, pelo aval oficial do concurso Polícia Federal.

Continuar lendo
27/10/2020

Concurso Polícia Federal: Fenapef realiza reunião para distribuição das vagas!

O presidente da Fenapef, Luís Boudens, defende uma melhor distribuição das vagas do concurso Polícia Federal para suprir as vacâncias na corporação.

Continuar lendo
22/10/2020

Concurso Polícia Federal: Economia concede aval; edital previsto para dezembro!

Conforme informações, o novo edital do concurso Polícia Federal com 2.000 vagas, foi autorizado pelo Ministério da Economia. Confira!

Continuar lendo
21/10/2020

Concursos Polícia Federal e PRF: Eduardo Bolsonaro diz que editais devem sair em 2020!

Foi destacado pelo deputado Eduardo Bolsonaro, que os editais dos concursos Polícia Federal e PRF (Polícia Rodoviária Federal) serão divulgados neste ano.

Continuar lendo
19/10/2020

Concurso Polícia Federal: Corporação diz que aguarda aval do ME para soltar edital!

Foi confirmado pela corporação, que aguarda apenas o aval do Ministério da Economia (ME) para divulgar o edital do novo concurso Polícia Federal.

Continuar lendo
13/10/2020

Concursos Polícia Federal e PRF: Provas aplicadas no mesmo dia? Saiba mais!

Foi apontado pelo diretor executivo da PRF, que não acredita ser viável que as duas provas dos concursos Polícia Federal e PRF sejam aplicadas no mesmo dia.

Continuar lendo
08/10/2020

Concurso Polícia Federal: Bolsonaro diz que edital está sendo finalizado e confirma oferta de 2 mil vagas!

De acordo com informações do presidente, Jair Bolsonaro, o edital do novo concurso Polícia Federal está sendo finalizado, e contará com 2 mil vagas.

Continuar lendo
08/10/2020

Concurso Polícia Federal: Cronograma prevê banca em outubro e edital em dezembro!

Circula um possível cronograma do novo concurso Polícia Federal. De acordo com o documento, banca será definida em outubro e edital pode sair em dezembro!

Continuar lendo
30/09/2020

Concurso Polícia Federal: APCF luta pela chamada de excedentes; governo promete agilidade!

Informado pela APCF (Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais) que luta pela convocação dos peritos excedentes do último concurso Polícia Federal.

Continuar lendo
22/09/2020

Concursos PF e PRF: Nível médio pode participar?

Muito interessados que possuem o nível médio tem questionado se podem participar dos concursos Polícia Federal e PRF, confira a resposta!

Continuar lendo
17/09/2020

Concurso Polícia Federal: Fenapef diz que banca será definida até outubro!

O presidente da Fenapef, Luís Boudens, afirmou que o concurso Polícia Federal irá seguir o cronograma e que a banca organizadora será escolhida até outubro.

Continuar lendo
10/09/2020

Concurso Polícia Federal: Vice-líder do governo defende estabilidade na área Administrativa!

Foi defendido pelo vice-líder do governo na Câmara dos Deputados, deputado Sanderson, a estabilidade na área Administrativa do concurso Polícia Federal.

Continuar lendo
04/09/2020

Concurso Polícia Federal: Delegado da corporação comenta sobre edital. Saiba mais!

O delegado e diretor da ADPF, Adriano Barbosa, comentou sobre a realização do novo concurso Polícia Federal. Edital ofertará 2 mil vagas!

Continuar lendo
28/08/2020

Concurso Polícia Federal: Com déficit de Perito; APCF solicita criação de mais 200 vagas!

A APCF solicita a criação de mais 200 cargos para Perito no concurso Polícia Federal, a fim de suprir o déficit no cargo.

Continuar lendo
21/08/2020

Concurso Polícia Federal: Bolsonaro autoriza edital com 2 mil vagas. Confira!

O presidente da República, Jair Bolsonaro, autorizou a realização do novo concurso Polícia Federal, edital irá ofertar 2 mil vagas de nível superior.

Continuar lendo
20/08/2020

Concursos PRF e Polícia Federal: Disciplinas em comum ajudam a conciliar os estudos!

Os concursos Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal devem sair juntos, e os candidatos podem se preparar para ambas as seleções. Confira!

Continuar lendo
13/08/2020

Concurso Polícia Federal: Diretor-geral ressalta autorização para 2 mil vagas!

Com a presença do presidente Bolsonaro, e o Ministro da Justiça, o diretor-geral da Polícia Federal enfatiza autorização de concurso com 2 mil vagas.

Continuar lendo
13/08/2020

Concurso Polícia Federal: Para cumprir cronograma, aval precisa ser concedido até outubro!

Foi enviado pela corporação, um cronograma junto com o pedido de concurso Polícia Federal. Edital está previsto para dezembro e provas em abril.

Continuar lendo
11/08/2020

Concurso Polícia Federal 2020 Nível Médio!

A Polícia Federal confirmou que enviou pedido de concurso para o ME, a solicitação contempla o nível médio, no cargo de Agente Administrativo.

Continuar lendo
07/08/2020

Concurso Polícia Federal: Diretor-geral promete publicar edital ainda em 2020!

Segundo informações do diretor-geral, Rolando Alexandre, o edital do concurso Polícia Federal deverá ser divulgado ainda em 2020.

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais