Concurso Politec RO: Órgão tem orçamento disponível para divulgar edital!

De acordo com informações do Conselho Superior da Superintendência de Polícia Técnico-Científica de Rondônia, órgão tem orçamento disponível para o concurso Politec RO. A realização do certame depende da aprovação do Projeto de Lei Complementar, a oferta poderá ser destinada para os cargos de Peritos Criminais, Técnicos de Laboratórios...

Status do concurso: Previsto

e-Book Grátis para Você!

Guia Plano de Estudos Passo a Passo. Receba Agora!

De acordo com informações do Conselho Superior da Superintendência de Polícia Técnico-Científica de Rondônia, órgão tem orçamento disponível para o concurso Politec RO.

A realização do certame depende da aprovação do Projeto de Lei Complementar, a oferta poderá ser destinada para os cargos de Peritos Criminais, Técnicos de Laboratórios, Agentes de Criminalística, Datiloscopistas e Técnicos de Necropsia.

Orçamento para o concurso Politec RO

A Superintendência de Polícia Técnico-Científica de Rondônia, tem disponibilidade orçamentária para realizar o novo concurso Politec RO. A informação foi passada pelo presidente do Conselho Superior de Gestão do órgão, Domingos Sávio Oliveira da Silva, durante reunião do colegiado.

A ata do encontro foi publicada no Diário Oficial do Estado de Rondônia. De acordo com o texto, as vedações para a realização do certame não impedem o da Superintendência. Uma vez que se trata de reposição de vacâncias, e que há disponibilidade decorrente das aposentadorias.

Também foi aprovado pelo Conselho, o Projeto de Lei Complementar para criação do quadro de servidores próprios da Politec. A abertura da seleção depende da aprovação dessa lei pelo Legislativo.

Isso porque, a Superintendência foi criada pelo governo de Rondônia entre os anos de 2015 e 2016, mas incorporou profissionais do antigo Departamento de Polícia Técnica, vinculado a Polícia Civil de Rondônia.

O texto foi enviado para análise do Sindicado dos Peritos Criminalísticos, após parecer da Procuradoria Geral do Estado (PGE). Foi enviado pela categoria, apontamentos que foram apreciados para confecção da versão final do Projeto de Lei.

É informado pelo presidente do Conselho, que a minuta já se encontra em análise pela Assessoria Técnica da Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (SESDEC) e depois será encaminhada à Casa Civil. A pasta conta com um responsável técnico e que já acompanha o processo para finalização do texto.

Ainda é apontada, a necessidade de técnicos capacitados para atuação como Agentes Técnico Científicos (médio profissionalizante), preparados para o desenvolvimento dos trabalhos técnicos. Além de Servidores Administrativos (nível superior), para atuarem nos setores críticos da gestão (Gerência Administrativa e Financeira, Recursos Humanos e demais).

Esses últimos demandam mão de obra especializada, evitando a designação de servidores do operacional para funções administrativas altamente complexas. Foi reforçado pelo presidente do Conselho, que não se confundam os cargos a serem criados no Projeto de Lei com os policiais civis cedidos.

Secretário está ciente da necessidade do concurso Politec RO

Em razão da programação orçamentária, o Conselho teve que alertar instâncias superiores sobre a previsão de realização de concurso público. O colegiado realizou tratativas com o secretário de segurança e secretário adjunto quanto ao planejamento do certame.

Ambos responderam que estão cientes da necessidade da seleção. E orientaram que a Superintendência tomasse as devidas providências para viabilizar a realização do concurso Politec RO.

Ainda não foi revelado pela Superintendência, detalhes sobre os cargos que devem contar no quadro próprio de pessoal. A tendência é que inclua Peritos Criminais, Técnicos de Laboratórios, Agentes de Criminalística, Datiloscopistas e Técnicos de Necropsia.

Também serão confirmados posteriormente os salários, escolaridade e previsão de abertura do concurso Politec RO. Uma vez que dependem da aprovação do plano de cargos pela Assembleia Legislativa de Rondônia.

A Politec é um órgão da administração direta que tem como atribuição a produção da prova pericial. É de responsabilidade da instituição gerir, planejar, coordenar, orientar, administrar, dirigir, supervisionar, controlar e avaliar a gestão e a execução da Perícia Criminal Oficial no Estado de Rondônia.

Sobre a Politec RO

Órgão da administração direta, vinculado e subordinado à SESDEC, que tem como missão a produção da prova pericial. A Superintendência de Polícia Técnica é responsável por gerir, planejar, coordenar, orientar, administrar, dirigir, supervisionar, controlar e avaliar a gestão e a execução da Perícia Criminal Oficial no Estado de Rondônia, criado pela Lei Complementar nº 828 de 15 de julho de 2015 e assegurado seu quadro de pessoal por meio da Lei Complementar nº 847 de 08 de dezembro de 2015, tendo seu regimento disposto no Decreto Estadual nº 20.604/2016 além de ser resguardado por meio da Lei Federal nº 12.030 de 17 de setembro de 2009.

A estrutura organizacional e competências dos setores subordinados da Superintendência de Polícia Técnico-Científica estão definidas nos termos de seu Regimento Interno, anexo único do Decreto nº 20.604, de 22 de fevereiro de 2016, nos termos de seu anexo único.

Último concurso Politec RO

O último concurso Politec RO para cargos ligados a Polícia Técnico-Científica teve seu edital divulgado no ano de 2014. O documento foi publicado para Polícia Civil do Estado de Rondônia, com 144 vagas para os níveis médio e superior.

No nível médio, as oportunidades foram para as carreiras de Escrivão (70 vagas), Agente de Polícia (40 vagas), Datiloscopista (5 vagas), Técnico de Necropsia (7 vagas), Agente de Criminalística (2 vagas) e Técnico de Laboratório (2 vagas).

Enquanto para o nível superior, as chances foram para os cargos de Delegado (10 vagas), Perito Criminal (8 vagas). As vagas de Perito Criminal estavam divididas entres as seguintes áreas:

– Química;

– Ciências Contábeis;

– Engenharia Elétrica;

– Engenharia Civil;

– Engenharia Florestal;

– Geologia.

A jornada de trabalho era de 40 horas semanais. O salário para o nível superior tinha o valor de R$ 11.213,14, enquanto para o nível médio a remuneração foi de R$ 3.332,46. A admissão dos candidatos aprovados ocorreu pelo regime estatutário, com garantia da estabilidade empregatícia. Houve reserva de vagas para pessoas com deficiência.

A banca organizadora responsável pelo certame foi a FUNCAB, os participantes aos cargos de nível médio foram submetidos a duas fases. A primeira fase foi composta por uma prova de conhecimentos, redação e teste de capacidade física. Apenas para inscritos a Escrivão houve prova prática de digitação.

A segunda fase, foi composta pelo curso de formação profissional, na qual foram realizadas a investigação social e avaliação psicológica. Já para os cargos de nível superior, o certame foi distribuído em três etapas.

A primeira etapa teve uma prova objetiva, prova discursiva, teste de aptidão física e avaliação de títulos. A segunda etapa foi constituída por uma prova oral e a terceira etapa foi o curso de formação profissional, em que foram realizadas a investigação social e a avaliação psicológica.

Materiais Relacionados

Histórico de Notícias

23/06/2020

Concurso Politec RO: Conselho informa disponibilidade orçamentária para publicar edital!

Segundo o Conselho Superior da Superintendência de Polícia Técnico-Científica de Rondônia, órgão tem orçamento disponível para o concurso Politec RO.

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais