Concurso Prefeitura de Alagoa Nova – PB: SAIU EDITAL com vagas para todos os níveis!

Foi publicado o edital do concurso Prefeitura de Alagoa Nova, no estado da Paraíba. As oportunidades são destinadas para cargos de níveis fundamental, médio e superior, com salários de até R$ 2,7 mil. Os interessados podem se inscrever até o mês de novembro, no site da CONTEMAX. Os candidatos serão avaliados por meio de uma prova objet...

Status do concurso: Aberto

Edital disponível

e-Book Grátis para Você!

Guia Plano de Estudos Passo a Passo. Receba Agora!

Número de vagas 111
Salário De R$ 1.045,00 até R$ 2.738,82
Data de inscrição 05/10/2020 a 05/11/2020
Escolaridade Fundamental Incompleto, Nível Fundamental, Nível Médio, Nível Superior, Nível Técnico
Estado Paraíba
Organizadora Contemax
Valor da inscrição De R$ 75,00 a R$ 110,00
Data da prova 22/11/2020
Edital Arquivos

Foi publicado o edital do concurso Prefeitura de Alagoa Nova, no estado da Paraíba. As oportunidades são destinadas para cargos de níveis fundamental, médio e superior, com salários de até R$ 2,7 mil.

Os interessados podem se inscrever até o mês de novembro, no site da CONTEMAX. Os candidatos serão avaliados por meio de uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, prevista para novembro!

Como fazer a inscrição no concurso Prefeitura de Alagoa Nova – PB?

As inscrições estão abertas do dia 05 de outubro até às 23h59min do dia 05 de novembro de 2020.

Para se inscrever, o candidato deverá acessar o site da banca organizadora, CONTEMAX .

A taxa de inscrição varia nos seguintes valores:

Nível Fundamental: R$ 75,00;

Nível Médio: R$ 90,00;

Nível Superior: R$ 110,00.

O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 06 de novembro de 2020.

Vagas e salários do concurso Prefeitura de Alagoa Nova – PB

O certame oferta 111 vagas de caráter imediato, nos níveis fundamental, médio e superior. As oportunidades são para os seguintes cargos:

Nível Fundamental: Auxiliar de Serviços (30), Gari (4), Motorista D (3), Operador de Máquina Pesada (1), Vigilante (5);

Nível Médio: Agente Administrativo (10), Agente Comunitário de Saúde (6), Agente de Combate às Endemias (4), Técnico em Contabilidade (1), Técnico em Enfermagem (5);

Nível Superior: Assistente Social (1), Cirurgião Dentista/PSF (3), Enfermeiro/PSF (2), Farmacêutico (1), Fiscal de Tributos (1), Fonoaudiólogo (2), Médico/PSF (6), Médico Veterinário (1), Nutricionista (1), Professor/Pedagogia Zona Rural (7), Professor/Pedagogia Zona Urbana (10), Professor de Educação Física (1), Professor de Matemática (2), Professor de Português (2), Psicólogo (1), Psicólogo Educacional (1).

Os salários variam de R$ 1.045,00 a R$ 2.738,82, com jornadas de trabalho de 30 e 40 horas semanais.

Como será a prova do concurso Prefeitura de Alagoa Nova – PB?

A avaliação dos candidatos será por meio de prova objetiva (para todos os cargos), realizada na data provável de 22 de novembro de 2020, com duração de 03 horas.

Os locais e horários da prova serão informados no site da banca organizadora, CONTEMAX, a partir do dia 16 de novembro de 2020.

A prova objetiva constará de 40 (quarenta) questões de múltipla escolha (com cinco alternativas cada questão), valendo 100 (cem) pontos.

As provas serão aplicadas em dois turnos, sendo que no turno da manhã serão aplicadas as provas para os cargos de nível fundamental, enquanto no turno da tarde, para os cargos de níveis médio e superior.

Ocorrerá ainda um curso de qualificação básica para os cargos de Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate às Endemias. Além de uma prova prática para os cargos de Motorista D e Operador de Máquina Pesada.

O conteúdo programático da prova irá constar as seguintes disciplinas:

– Língua Portuguesa: 12 questões;

– Dados Municipais: 04 questões;

– Conhecimentos Gerais/Atualidades: 04 questões;

– Conhecimentos Específicos: 20 questões.

O prazo de validade do concurso público será de 02 (dois) anos, contados da data de sua homologação, podendo ser prorrogado, a critério da Prefeitura Municipal de Alagoa Nova, uma única vez e por igual período.

Requisitos necessários para investidura nos cargos do concurso Prefeitura de Alagoa Nova – PB

São pressupostos para a inscrição, constituindo, inclusive, condição para nomeação, que o candidato comprove:

– Ser brasileiro, nato ou naturalizado ou gozar das prerrogativas previstas no art. 12 da Constituição Federal, e demais disposições de lei, no caso de estrangeiros;

– Ter, no mínimo, 18 (dezoito) anos completos na data da nomeação;

– Gozar de boa saúde física e mental;

– Estar quite com as obrigações militares e eleitorais;

– Não registrar antecedentes criminais, achando-se em pleno gozo de seus direitos civis e políticos;

– Possuir o CPF regularizado;

– Ter disponibilidade para realização de serviços inadiáveis fora do horário normal de trabalho, viagens a serviço e deslocamento para trabalhar em outra cidade do Estado da Paraíba, caso necessário;

– Não ter sofrido penalidade em decorrência de processo administrativo que tenha resultado em rescisão de contrato de trabalho no Município de Alagoa Nova.

Sobre o município de Alagoa Nova – PB

Alagoa Nova, município no Estado da Paraíba (Brasil), localizado na Região Metropolitana de Esperança. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano de 2006 sua população era estimada em 19.146 habitantes. Área territorial de 122 km².

A região era primitivamente habitada pelos índios bultrins, da nação cariri. Foi fundado um aldeamento, a Aldeia Velha, posteriormente chamado de Bultrin. Com a promulgação do Diretório dos Índios, em 1760 as terras indígenas do aldeamento extinto foram invadidas por fazendeiros, gerando um conflito com os indígenas, que resistiram à invasão. Os índios foram vencidos. Muitos foram escravizados. Remanescentes destes indígenas foram viver na missão do Pilar. Os portugueses estabeleceram então fazendas na região, que foram os núcleos de novos povoados.

Em 1763 o governador Francisco Xavier de Miranda Henrique concede as terras do Olho D’Água da Prata, vizinhas ao aldeamento Bultrin a Maria Tavares Leitão e seu filho, o alferes José Abreu Tranca. Utilizando mão de obra escrava, cultivaram agricultura de subsistência e criaram gado. O excedente de farinha era vendido para o sertão, o que levou o historiador Epaminondas Câmara a denominar este período de “civilização da farinha”.

Existem documentos datados de 1787 e 1818 que dão conta da existência de “Alagoa Nova”, vários anos antes dessas datas. Havia habitantes na região de Belém, Algodões e Olho d´Água. A povoação, ao lado da lagoa, é citada como tendo início em 1840, como desenvolvimento da fazenda Alagoa Nova (primeiro topônimo que recebeu a povoação) pertencente ao Sr. Manoel Pereira da Silva. Na época, adquiriram pequenos pedaços de terra e construíram suas casas.

Entre eles se destacaram os Srs. Manoel Pequeno, Severino Benedito e Belarmino Nogueira. Em 1870, foi construída a primeira capela do local, oferecida a São Sebastião, em terreno doado pelas irmãs Catarina e Balbina, da família Ferreira Rabelo Aranha. Posteriormente foi construída a igreja que hoje serve como Matriz, tendo por padroeiro o Divino Espírito Santo. Em 1877, o comércio já apresentava um bom desenvolvimento; teve no proprietário da fazenda ALAGOA NOVA, o Sr. Manoel Pereira da Silva, seu primeiro comerciante. Ele instalou inclusive, uma ‘bulandeira’, engenho primitivo para descaroçar algodão, também utilizado na moagem de cana-de-açúcar para a fabricação de rapadura.

O distrito foi criado com a denominação de Alagoa Nova, pela lei provincial nº 6, de 22 de fevereiro de 1837 e instalado em 27 de fevereiro de 1851, subordinado ao município de Campina Grande. Foi elevado à categoria de vila com a denominação de Alagoa Nova, pela lei provincial nº 10, de 5 de setembro de 1850, desmembrado de Campina Grande, com sede no núcleo de Alagoa Nova. distrito sede.

O município foi palco da Revolta do Quebra-Quilos, em 1874. Nesta ocasião, o arquivo da prefeitura foi incendiado, o que fez com que parte da história do município fosse perdida.

Em 5 de junho de 1900, foi extinta a vila de Alagoa Nova. Foi novamente elevado à categoria de município com a denominação de Alagoa Nova, pela lei nº 215, de 10 de novembro de 1904.

Acompanhe nossas

redes sociais