Compartilhar:

Concurso Prefeitura de Bauru – SP: Vaga para Professor!

Saiu o edital do novo concurso Prefeitura de Bauru, no estado de São Paulo! A oportunidade é para o cargo, que conta com requisito de nível superior de escolaridade e salários de R$ 1,8 mil. Como pré-requisito para investidura no cargo, são aceitos: Conclusão de Curso Normal Superior com Habilitação em Educação Infantil, Conclusão do C...

Status do concurso: Aberto

Materiais disponíveis

Edital disponível

Cadastre-se e Receba GRÁTIS!

Aulas com Técnicas para Organizar e Otimizar sua preparação!

Número de vagas 1
Salário R$ 1.896,10
Data de inscrição 03/02/2020 a 17/02/2020
Escolaridade Nível Médio, Nível Superior, Nível Técnico
Estado São Paulo
Organizadora Prefeitura de Bauru - SP
Valor da inscrição R$ 40,00
Edital Arquivos

Última Notícia

Concurso Prefeitura de Bauru – SP: Inscrições serão encerradas hoje (2)!

Foi divulgado o edital do novo concurso Prefeitura de Bauru - SP. Oportunidades para níveis fundamental, médio e superior, com salários de até R$ 4,4 mil!

Continuar Lendo

Histórico de Notícias

23/08/2016

O que cai na prova: Prefeitura de Bauru – SP

Veja o que cai na prova do concurso Prefeitura de Bauru. Saia na frente dos concorrentes e garanta a sua vaga nas seleções!

Continuar lendo
23/08/2016

Prefeitura de Bauru – SP abre 4 concursos para níveis médio e superior

Concurso Prefeitura de Bauru irá contratar profissionais de níveis médio e superior. Veja aqui informações de vagas, salários, inscrições!

Continuar lendo

Saiu o edital do novo concurso Prefeitura de Bauru, no estado de São Paulo! A oportunidade é para o cargo, que conta com requisito de nível superior de escolaridade e salários de R$ 1,8 mil.

Como pré-requisito para investidura no cargo, são aceitos: Conclusão de Curso Normal Superior com Habilitação em Educação Infantil, Conclusão do Curso Normal Superior com Especialização em Educação Infantil, Conclusão em Licenciatura em Pedagogia com Habilitação em Educação Infantil, Conclusão em Licenciatura em Pedagogia com Especialização em Educação Infantil ou Conclusão em Licenciatura Plena em Pedagogia.

Como fazer a inscrição no concurso Prefeitura de Bauru?

As inscrições estarão disponíveis a partir do dia 3 de fevereiro até às 16 horas do dia 17 de fevereiro de 2020. Os interessados deverão se inscrever por meio do site da própria Prefeitura de Bauru (SP) . O valor da taxa de inscrição é de R$ 40,00.

O prazo de vencimento do boleto é até o dia informado no boleto.

Quem pode fazer o concurso Prefeitura de Bauru SP?

As oportunidades são as seguintes:

  • Especialista em Educação Adjunto – Professor Substituto de Educação Básica – Infantil (1 vaga).

O salário tem o valor de R$ 1.896,10, composto de vencimento básico (R$ 1.396,10) e Vale Compras (R$ 500,00), em jornada de trabalho de 20 horas semanais.

O que faz um Especialista em Educação Infantil da Prefeitura de Bauru?

  • Exercício de docência em regência de classes do Ensino Infantil em caráter de substituição;
  • Planejar e ministrar aulas na Educação Infantil, em caráter de substituição, seguindo as orientações pedagógicas da Secretaria Municipal de Educação;
  • Promover experiência de ensino/aprendizagem contribuindo para o aprimoramento da qualidade de ensino;
  • Participar ativamente da elaboração, acompanhamento e avaliação dos planos, projetos, propostas e políticas educacionais, no que for de sua competência, respeitando as legislações vigentes;
  • Elaborar a cada início de ano o plano de trabalho segundo o projeto político pedagógico do estabelecimento de ensino;
  • Cumprir o plano de trabalho segundo o projeto político pedagógico do estabelecimento de ensino;
  • Seguir a proposta pedagógica como participe na elaboração e execução do mesmo, promovendo práticas de cuidados e educação, segundo a legislação vigente;
  • Observar, acompanhar, avaliar e registrar o desenvolvimento do processo pedagógico dos alunos, tanto individualmente como em grupo, bem como informar aos pais através de relatórios sem objetivo de seleção, promoção ou classificação, conforme estabelecido em calendário escolar;
  • Elaborar estratégias e materiais pedagógicos para o trabalho na Educação Infantil, de modo a abranger todas as crianças;
  • Participar ativamente do processo de integração da escola, família e comunidade, através de ações como reuniões, horário para atendimento, entre outras;
  • Participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação, ao desenvolvimento profissional e outras atividades relacionadas ao calendário escolar como Associação de Pais e Mestres, Conselho Escolar, comemorações cívicas e outras;
  • Elaborar registros e relatórios solicitados pelas Unidades Escolares e/ou Secretaria Municipal de Educação;
  • Participar, acompanhar e valorizar atividades de alimentação, leitura de histórias, troca de fraldas, desenho, música, banho, jogos coletivos, brincadeiras, entre outras tantas propostas realizadas cotidianamente com as crianças;
  • Acompanhar e auxiliar as crianças durante os períodos de alimentação e de troca, quando necessário;
  • Acolher, respeitar e implementar decisões coletivas;
  • Informar a chefia imediata sobre todas as situações que envolvam alunos, pais, funcionários, acatando as orientações recebidas;
  • Respeitar e acatar as orientações dos superiores;
  • Apresentar-se devidamente trajado e asseado, conforme normatização da Secretaria Municipal de Educação;
  • Zelar pelos bens patrimoniais, utilizando os somente para fins educacionais;
  • Ser assíduo e pontual em seus horários de trabalho, informando a chefia imediata sobre qualquer intempérie que venha a ocorrer;
  • Manter-se informado e atualizado sobre as legislações, inclusive a que rege os direitos e deveres do servidor público municipal;
  • Preparar e auxiliar na confecção de material pedagógico;
  • Realizar atividades correlatas com a função e/ou solicitadas e estabelecidas pelas legislações vigentes;
  • Eventualmente auxiliar em outras atividades afins.

Quais são os requisitos para investidura no cargo do concurso Bauru SP?

  • Ser brasileiro nato ou naturalizado, nos termos do artigo 12 da Constituição Federal de 1.988, da Lei Federal nº 13.445, de 24 de maio de 2.017 (Lei de Migração);
  • Ter, no mínimo, 18 (dezoito) anos completos na data da posse;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais;
  • Estar em dia com os deveres do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;
  • Não registrar antecedentes criminais, encontrando-se em pleno exercício de seus direitos civis e políticos;
  • Possuir os requisitos necessários para exercer o cargo pleiteado, bem como os documentos comprobatórios da escolaridade/pré-requisitos e os documentos necessários à investidura do cargo;
  • Gozar de boa saúde física e mental para o exercício das atribuições do cargo, devendo estas serem apuradas por perícia médica realizada por médico oficial;
  • Residir no Município de Bauru/SP ou em localidade próxima, nos termos das Leis Municipais nº 3.781/94 (artigo 14, inciso XII) e nº 5.805/09;
  • Não ter sido demitido ou exonerado do serviço público federal, estadual ou municipal, em consequência de processo administrativo ou a bem do serviço público, bem como não ter sido demitido por justa causa de emprego público de autarquia, fundação, empresa pública, ou sociedade de economia mista, instituída por órgãos da administração federal, estadual ou municipal;
  • Conhecer e estar de acordo com as Instruções do Concurso.

Provas do concurso Prefeitura de Bauru SP

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, a ser informada no dia 3 de março de 2020, no Diário Oficial do Município.

Para ser considerado aprovado, o candidato precisa alcançar a pontuação mínima de 60% da prova.

Confira o conteúdo programático:

  • Conhecimentos Gerais da Educação: 1. Fundamentos da Psicologia Histórico-Cultural e da Pedagogia Histórico-Crítica 2. Desenvolvimento psicológico e a organização da educação básica infantil 3. Planejamento pedagógico à luz da Pedagogia Histórico-Crítica 4. Organização do espaço e do tempo na educação infantil 5. Inclusão, educação inclusiva e educação especial 6. Relações entre escolas, famílias e comunidade 7. Gestão escolar democrática.
  • Psicologia do Desenvolvimento: 1. Concepção de desenvolvimento humano e conceitos básicos da psicologia histórico-cultural. 2. Relações entre ensino, aprendizagem e desenvolvimento. 3. Teoria da atividade: estrutura da atividade humana e relações entre a atividade da criança e o desenvolvimento das funções psíquicas na infância. 4. Periodização histórico-cultural do desenvolvimento infantil: atividades dominantes e acessórias, neoformações em cada idade e as crises do desenvolvimento. 5. A brincadeira e sua importância para o desenvolvimento afetivo-cognitivo na infância.
  • Legislação: 1. BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 e suas alterações. Artigos: 5º.; 6º.; 205 ao 214 e 226 ao 230. 2. BRASIL. Direitos da Criança e do Adolescente – Estatuto da Criança e do Adolescente. Lei 8.069, de 13 de julho de l990. Do artigo 1º. ao 6º.; 13; do 15 ao 18; 18A; 18B; do 53 ao 73 e do 83 ao 85, 136 e 137. 3. BRASIL. Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996 e suas alterações. Artigos: do 1º ao 34; 37 e 38; do 58 ao 60; do 68 ao 71 e 79B. 4. BRASIL. Aprova o Plano Nacional de Educação – PNE e dá outras providências. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014. 5. BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica. Resolução CNE/CEB nº 02, de 11 de setembro de 2001. 6. BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica. Resolução CNB/CEB nº 04/2010. Do artigo 1º ao 10, 21 ao 25, do 27 ao 29, do 43 ao 45 e 54 e 55. 7. BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Parecer CNE/CEB nº 20, de 11 de novembro de 2009 e Resolução CNE/CEB nº 05, de 17 de dezembro de 2009 8. BRASIL. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015. Capítulo IV – Do Direito a Educação. 9. BRASIL. Dispõe sobre a educação especial, o atendimento educacional especializado e dá outras providências. Decreto nº 7.611, de 17 de novembro de 2011. 10. BRASIL. Institui e orienta a implantação da Base Nacional Comum Curricular, a ser respeitada obrigatoriamente ao longo das etapas e respectivas modalidades no âmbito da Educação Básica. Resolução CNE/CP Nº 2, de 22 de dezembro de 2017. 11. BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular -BNCC- versão final. Brasilia, DF. dezembro de 2017. 12. BAURU. Plano de Cargos, Carreiras e Salário – (PCCS) dos Servidores Específicos da Área da Educação do Município de Bauru atualizado. Lei Municipal de Bauru nº 5.999, de 30 de novembro de 2010 e a alteração dada pela Lei Municipal de Bauru nº 7.294, de 28 de novembro de 2019. 13. BAURU. Atividades de Trabalho Pedagógico (ATP). Decreto Municipal de Bauru nº 13.140, de 22 de agosto de 2016, que regulamenta o artigo 40 da Lei nº 5.999, de 30 de novembro de 2010.
  • Língua Portuguesa: 1. Compreensão de textos. 1.2. Coerência e coesão textuais. 2. Identificação das características de composição e de função social de diferentes gêneros textuais. 3. O sistema ortográfico do português – emprego de letras. 4. Acentuação gráfica e sinais diacríticos – de acordo com o Novo Acordo Ortográfico. 5. Sintaxe de concordância e regência nominal e verbal. 6. Reconhecimento e uso significativo de diferentes recursos gramaticais no texto escrito (níveis: morfológico, sintático, semântico e textual). 6.1. Formação de palavras – significado e sentido de morfemas. 6.2. Emprego de diferentes classes gramaticais na construção do texto escrito. 6.3. Flexão verbal – valor semântico dos tempos e vozes verbais, locuções verbais, tempos compostos e formas nominais do verbo; correlação entre tempos verbais. 6.4. Relações de sentido entre orações e segmentos do texto – coordenação e subordinação – conectores que conferem coerência e coesão ao texto. 6.5. Emprego dos sinais de pontuação. 6.6. Denotação e conotação – figuras de linguagem.
  • Matemática: 1. Conjuntos Numéricos: Naturais, Inteiros, Racionais, Irracionais, Reais – propriedades, operações, cálculo algébrico, representação geométrica, divisibilidade, números primos, expressões algébricas (operações e fatoração). Operações com números inteiros e fracionários. Raiz Quadrada. Máximo Divisor Comum (MDC) e Mínimo Múltiplo Comum (MMC). 2. Funções: definição, tipos de funções, propriedades, representações, aplicações. Equações do 1º e do 2º graus. 3. Sistema de medidas para cálculo de comprimento, área, volume, capacidade, massa e tempo. 4. Razão, proporção, números e grandezas proporcionais, regra de três simples e composta, porcentagem e juros simples. Problemas de Matemática Financeira. 5. Sequência e Progressões – progressões aritméticas e geométricas. Aplicações. 6. Trigonometria da 1ª volta: seno, cosseno, tangente, relações fundamentais. Trigonometria no triângulo retângulo. 7. Matrizes: conceitos, aplicações e operações. Determinantes e sistemas lineares. 8. Noções de Probabilidade. Análise Combinatória. 9. Estatística: média aritmética simples e ponderada, moda, mediana, tabelas de frequência, medidas de dispersão. Análise e interpretação de dados, tabelas e gráficos. 10. Geometria: Cálculos de áreas e perímetros de figuras planas. Volume e área de sólidos geométricos. Teorema de Tales. Teorema de Pitágoras. 11. Resolução de situações-problema. 12. Problemas de raciocínio lógico e dedutivo.
  • Atualidades: Notícias, acontecimentos, fatos e/ou versões ocorridos no Brasil e no mundo divulgado a partir de janeiro de 2018, nos meios de comunicação referente às áreas de: cidadania, ciência, cultura, arte, comunicação, esporte, economia, educação, empregabilidade, ética, legislação, meio ambiente, negócios, novas tecnologias, política, saúde, sustentabilidade e redes sociais.
Acompanhe nossas

redes sociais