Concurso Prefeitura de Guararapes – SP: Salários de até R$ 6,6 mil!

Foi publicado o edital do novo concurso Prefeitura de Guararapes, no estado de São Paulo. Oportunidades para níveis médio e superior, com salários de até R$ 6,6 mil! Como fazer a inscrição do concurso Prefeitura de Guararapes – SP? As inscrições estarão disponíveis a partir do dia 24 de outubro até às 23h59min do dia 13 de novembro de 2...

Status do concurso: Encerrado

Foi publicado o edital do novo concurso Prefeitura de Guararapes, no estado de São Paulo. Oportunidades para níveis médio e superior, com salários de até R$ 6,6 mil!

Como fazer a inscrição do concurso Prefeitura de Guararapes – SP?

As inscrições estarão disponíveis a partir do dia 24 de outubro até às 23h59min do dia 13 de novembro de 2019.

Para realizar sua inscrição, o candidato deverá acessar o site da banca organizadora GL Consultoria.

A taxa de inscrição varia entre os seguintes valores:

Nível Médio: R$ 40,00;

Nível Superior: R$ 70,00.

O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 14 de novembro de 2019.

Vagas e salários do concurso Prefeitura de Guararapes – SP?

O certame oferta 04 vagas de caráter imediato, mais formação de cadastro reserva, nos níveis médio e superior. As oportunidades são para os seguintes cargos:

Nível Médio: Auxiliar de Enfermagem (1);

Nível Superior: Enfermeiro (1), Enfermeiro PACS (1), Médico Clínico Geral (1), Engenheiro Ambiental (CR).

Os salários variam de R$ 1.685,23 a R$ 6.610,25, com jornadas de trabalho de 15 a 40 horas semanais.

Como será a prova do concurso Prefeitura de Guararapes – SP?

A avaliação dos candidatos será por meio de prova objetiva (para todos os cargos), realizada na data prevista de 01 de dezembro de 2019, com duração de 3 horas.

Os locais e horários da prova serão informados no site da banca organizadora, GL Consultoria, a partir do dia 20 de novembro de 2019.

As provas de múltipla escolha se constituirão de 40 (quarenta) questões objetivas, cada uma com 04 (quatro) opções de respostas (alternativas), sendo somente 01 (uma) correta.

Para cada acerto será computado 1,00 (um) ponto, sendo considerado HABILITADO na prova objetiva de múltipla escolha, o candidato que obtiver aproveitamento igual ou superior a 50% (cinquenta por cento), ou seja, pelo menos 20 (vinte) pontos eliminando-se do Concurso Público os demais candidatos.

O candidato deverá comparecer ao local designado para a prova objetiva com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos.

O conteúdo programático da prova consistirá nas seguintes disciplinas:

• Língua Portuguesa e Interpretação de Textos: 10 questões;

• Matemática e Raciocínio Lógico Quantitativo: 10 questões;

• Informática: 05 questões;

• Conhecimentos Específicos e Legislação na Área: 15 questões.

O prazo de validade do concurso público é de 02 (dois) anos, a contar da data de publicação da homologação, prorrogável por igual período, uma única vez, a juízo da Administração da Prefeitura do Município de Guararapes/SP.

Requisitos necessários para investidura nos cargos do concurso Prefeitura de Guararapes – SP

O candidato aprovado no concurso público será nomeado apenas se atender às seguintes exigências, a serem comprovadas por ocasião da convocação:

a) ser brasileiro nato ou naturalizado; ou gozar das prerrogativas previstas no artigo 12 da Constituição Federal e demais disposições legais, no caso de estrangeiro ou cidadão português a quem tenha sido deferida a igualdade nas condições previstas pelo Decreto Federal nº 70.436/72;

b) ter idade mínima de 18 anos completos; atender as condições de escolaridade e demais requisitos prescritos para o cargo público, determinados no item 2.3 deste Edital;

c) gozar de saúde física e mental compatíveis com as atividades a serem desempenhadas no exercício do cargo público, comprovada em prévia inspeção médica oficial;

d) estar quite com o Serviço Militar se for do sexo masculino;

e) ser eleitor e estar quite com a Justiça Eleitoral;

f) estar com o CPF regularizado junto à Receita Federal;

g) estar no gozo dos direitos civis e políticos;

h) não registrar antecedentes criminais em que tenha sido condenado por crime doloso nem estar cumprindo pena em liberdade;

i) Não ter sido condenado por crime contra o patrimônio ou a Administração Pública, nem ter sido demitido por ato de improbidade “a bem do serviço público” mediante decisão transitada em julgado em qualquer esfera governamental;

j) Não possuir vínculo com qualquer órgão ou entidade da Administração Pública que impossibilite acumulação de cargos, empregos e funções, ressalvados os casos contidos nas alíneas “a”, “b” e “c”, inc. XVI, do art. 37, da Constituição Federal, inclusive no que concerne à compatibilidade de horários;

k) não ser aposentado por invalidez, não estar em idade de aposentadoria compulsória (75 anos ou mais) ou receber proventos de aposentadoria decorrentes dos artigos 40, 42 e 142, ressalvados os casos que permitam a acumulação dos proventos com a remuneração de cargos, empregos, funções, cargos eletivos e cargos em comissão declarados em lei de livre nomeação e exoneração, na forma da Constituição Federal.

Sobre o município de Guararapes – SP

A história de Guararapes, vocábulo indígena que significa som produzido por queda ou pancada, teve início em 1908, quando os irmãos Pinto de Oliveira (Antônio, Joaquim e Prisciliano), procedentes de Minas Gerais, mais precisamente de Varginha, compraram terras situadas entre os córregos Jacaré e Frutal e nelas se estabeleceram.
A chegada das primeiras famílias aconteceu em 1920, após a construção da estrada de Aguapeí-Tietê, por Manoel Bento da Cruz.

Em 1927, os irmãos Pinto de Oliveira, lotearam sua propriedade, e entregaram a administração do empreendimento à Companhia Paulista de Colonização Ltda. Em 1928 foi feita a doação, para que se formasse o patrimônio. Nesse mesmo ano, com o avanço da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, foi projetada a construção de uma estação em terras dos irmãos Pinto de Oliveira, um pouco além do Córrego Frutal. Confiou-se ao Engenheiro Mário Barroso Ramos, o projeto de arruamento e loteamento, sendo o dia 8 de dezembro de 1928 escolhido para data oficial da fundação da cidade, tendo por Padroeira, Nossa Senhora Imaculada Conceição. Como parte das solenidades, estava prevista missa campal, em frente ao cruzeiro, construído para o evento. No entanto, chuvas torrenciais impediram a realização do ato religioso e as festividades foram realizadas em Araçatuba. Por causa da abundância de jabuticabeiras na região, denominou-se o patrimônio de “Frutal”.

Em de dezembro de 1929, ocasião em que se comemorava o primeiro aniversário da fundação do povoado, Monsenhor Adauto Rocha, vigário da Paróquia de Araçatuba celebrou missa campal e abençoou o lançamento dos primeiros tijolos da Capela construída por Luís Ferreira. No ano seguinte, foi inaugurada a Estação Ferroviária.

Na data da elevação do patrimônio à categoria de Distrito de Paz no município e comarca de Araçatuba, por meio do Decreto-Lei Estadual nº 6.546, de 10 de julho de 1934, o então Departamento das Municipalidades determinou a mudança do nome da cidade para GUARARAPES, em homenagem à “Batalha dos Guararapes”, fato histórico nacional.

O Distrito foi elevado à categoria de Município com base na Lei Estadual nº 2.833, de 5 de janeiro de 1937, emancipando-se politicamente de Araçatuba. Sua instalação foi em 6 de junho de 1937.

Guararapes chegou à categoria de Comarca em 3 de dezembro de 1952, através da Lei nº 1940. A instalação da Comarca ocorreu em 29 de abril de 1.953.

Acompanhe nossas

redes sociais