Compartilhar:

Concurso Prefeitura de Rondonópolis – MT

Saiu o edital do novo concurso Prefeitura de Rondonópolis, no estado do Mato Grosso! São 1.155 vagas para os cargos que contam com requisito de nível médio de escolaridade, com salários de R$ 1,3 mil. Como fazer a inscrição no concurso Prefeitura de Rondonópolis - MT? Os interessados deverão se inscrever do dia 28 de outubro até o d...

Status do concurso: Aberto

Materiais disponíveis

Edital disponível

Cadastre-se e Receba GRÁTIS!

Aulas com Técnicas para Organizar e Otimizar sua preparação!

Número de vagas 1155
Salário De R$ 1.348,70 até R$ 1.348,72
Data de inscrição 28/10/2019 a 20/11/2019
Escolaridade Nível Médio
Estado Mato Grosso
Organizadora UFMT - Universidade Federal do Mato Grosso
Valor da inscrição R$ 80,00
Data da prova 15/12/2019
Edital Arquivos

Última Notícia

Últimas horas de inscrições para a Prefeitura de Rondonópolis – MT!

Continuar Lendo

Histórico de Notícias

22/02/2016

Prefeitura de Rondonópolis lança dois editais com mais de 300 vagas

Continuar lendo
16/09/2015

O que cai na prova: Prefeitura de Rondonópolis – MT

Saiba o que cai na prova do concurso para a Prefeitura de Rondonópolis - MT.

Continuar lendo
15/09/2015

Prefeitura de Rondonópolis – MT abre 147 vagas de concurso para professores

Continuar lendo

Saiu o edital do novo concurso Prefeitura de Rondonópolis, no estado do Mato Grosso! São 1.155 vagas para os cargos que contam com requisito de nível médio de escolaridade, com salários de R$ 1,3 mil.

Como fazer a inscrição no concurso Prefeitura de Rondonópolis – MT?

Os interessados deverão se inscrever do dia 28 de outubro até o dia 20 de novembro de 2019, por meio do site da banca organizadora, a UFMT – Universidade Federal do Mato Grosso. A taxa de inscrição tem o valor de R$ 80,00.

Quem pode fazer o concurso Prefeitura de Rondonópolis – MT?

As oportunidades são destinadas aos cargos de:

  • Agente de Combate às Endemias;
  • Agente Comunitário de Saúde.

Os salários são de R$ 1.348,70 para Agente de Combate às Endemias e de R$ 1.348,72 para Agente Comunitário de Saúde em jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

O que faz um Agente de Combate às Endemias?

O Agente de Combate às Endemias tem como atribuição exercício de atividades de vigilância, prevenção e controle de doenças e promoção de saúde, mediante ações domiciliares ou comunitárias, individuais ou coletivas, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS e sob responsabilidade do gestor municipal.

O que faz um Agente Comunitário de Saúde?

O Agente Comunitário de Saúde tem como atribuição o exercício de atividades de prevenção de doenças e de promoção da saúde, a partir dos referenciais da Educação Popular em Saúde, mediante ações domiciliares ou comunitárias, individuais ou coletivas, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS que normatizam a saúde preventiva e a atenção básica em saúde, com objetivo de ampliar o acesso da comunidade assistida às ações e aos serviços de informação, de saúde, de promoção social e de proteção da cidadania, sob supervisão do gestor municipal, distrital, estadual ou federal.

Quais os requisitos para a investidura do concurso Prefeitura de Rondonópolis – MT?

  • Ter sido classificado no presente processo seletivo público;
  • Ter participado e concluído com aproveitamento o Curso Introdutório de Formação Inicial e Continuada;
  • Para os candidatos aprovados na função pública Agente Comunitário de Saúde, comprovar residência na área/território de abrangência que irá atuar;
  • Ter nacionalidade brasileira e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do parágrafo 1.º do artigo 12 da Constituição Federal e na forma do disposto no artigo 13 do Decreto n.º 70.436, de 18 de abril de 1972;;
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares, eleitorais e com o fisco municipal;
  • Comprovar os requisitos básicos exigidos para a função pública;;
  • Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos na data da posse;
  • Não estar incompatibilizado para a contratação em função pública;
  • Não ocupar ou receber proventos de aposentadoria de cargo, emprego ou função pública que caracterizem acumulação ilícita, na forma do artigo 37, inciso XVI, da Constituição Federal;
  • Apresentar declaração dos bens e valores que constituem seu patrimônio e declaração de não exercer qualquer atividade pública ou privada incompatível com o exercício de sua função;
  • Ser considerado APTO na perícia médica realizada pelo Departamento de Saúde Ocupacional e Perícia Médica (DESOPEM) da Prefeitura Municipal de Rondonópolis, de acordo com o que estabelece a Instrução Normativa N.º 008/2011, de 01 de fevereiro de 2011, da Secretaria Municipal de Gestão de Pessoas, com as devidas alterações.;
  • Apresentar Certidões Negativas Cível e Criminal das esferas Federal e Estadual, expedidas pelo Cartório Distribuidor da Comarca, dos últimos 5 (cinco) anos do Domicilio Eleitoral e da Residência; caso haja coincidência do Domicílio Eleitoral e da Residência, apresentar uma única certidão dos últimos 5 (cinco) anos;
  • Apresentar Cédula de Identidade (RG) e Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Apresentar outros documentos que a legislação vier a exigir.

Como será a prova do concurso Prefeitura de Rondonópolis – MT?

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, previstas para serem realizadas no dia 15 de dezembro de 2019.

A estrutura da prova é a seguinte:  Língua Portuguesa (10 questões), Informática Básica (5 questões), Legislação Básica (5 questões), Conhecimentos Específicos (20 questões).

Confira o conteúdo programático:

  • Língua Portuguesa: 1. Leitura: compreensão e interpretação de textos de variados gêneros discursivos; as condições de produção de um texto e as marcas composicionais de gêneros textuais diversos. 2. Variedades linguísticas. 3. Linguagem formal e informal da escrita padrão, oralidade e escrita. 4. Significação das palavras: sinonímia, antonímia, denotação e conotação. 5. Pontuação. 6. As classes de palavras e suas flexões. 7. Estrutura e formação das palavras. 8. Emprego de adjetivos, pronomes, advérbios, conjunções e preposições. 9. Períodos compostos por coordenação e subordinação. 10. Emprego de modos e tempos verbais. 11. Concordâncias verbal e nominal; regências verbal e nominal; colocação pronominal. 12. Coesão e coerência textual, argumentação.
  • Informática Básica: 1. Hardware: 1.1. Conceitos básicos; 1.2. Periféricos; 1.3. Meios de armazenamento de dados; 1.4. Processadores. 2. Software: 2.1. Conceitos básicos; 2.2. Códigos maliciosos (Malware) e ferramentas de proteção (Antimalware); 2.3. MS Windows 10; 2.4. Editores de textos: LibreOffice Writer 6.2.4 e MS Word 2016; 2.5. Planilhas eletrônicas: LibreOffice Calc 6.2.4 e MS Excel 2016. 3. Internet: 3.1. Conceitos básicos e segurança da informação; 3.2. Navegadores: Internet Explorer 11, Mozilla Firefox 67.0.4, Google Chrome 75.0.3770.100; 3.3. Conceito e uso de e-mail; 3.4. Busca na web.
  • Legislação Básica: 1. Lei Federal n.º 11.350/2006. 2. Portaria n.º 2.436/2017 do Ministério da Saúde (Política Nacional de Atenção Básica). 3. Lei Complementar n.º 266, de 29/05/2018 do Município de Rondonópolis (Função Pública de Agente de Combate às Endemias no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde).

Agente de Combate às Endemias

  • Conhecimentos Específicos: 1. Atribuições do Agente de Combate às Endemias, conforme disposto na Lei Federal nº 11.350 de 05 de outubro de 2006, alterada pela Lei nº 13.595 de 05 de janeiro de 2018; 2. Manuseio de insumos químicos na saúde pública: larvicida, adulticida; 3.Uso de Equipamentos de Proteção Individual – EPI; 3. Instruções de combate ao Vetor: Manual de Normas Técnicas; 4. Técnica de visita domiciliar; 5. Pesquisa entomológica; 6. Conhecimento básico sobre doenças infecciosas: Dengue; Zika; Chikungunya; Doença de Chagas, Febre Amarela; Malária; Leishmaniose Tegumentar, Raiva; Leptospirose; Hantavirose; 7. Biologia e hábitos do vetor (Aedes Aegypti), Doença: definição, agente causador, sinais e sintomas, modo de transmissão, períodos de incubação, diagnóstico e tratamento; 8. Raiva: vacinação antirrábica animal, controle populacional de cães e gatos, controle de roedores em áreas urbanas; 9. Animais Peçonhentos: noções básicas de controle e prevenção de acidentes. 10. Educação Ambiental.

Agente Comunitário de Saúde

  • Conhecimentos Específicos: 1. Princípios e Diretrizes do Sistema Único de Saúde; 2. Cadastramento familiar e mapeamento: finalidade e instrumentos; 3. Conceito de territorialização, micro área e área de abrangência; 4. Intersetorialidade: conceito e relevância para o trabalho no território. Território: conceito, localização espacial, capacidade de observação e planejamento, vulnerabilidade, cartografia e ambiente físico e social; Conhecimentos Geográficos da Área/Região/Município de atuação. 5. Ações Educativas: amamentação, prevenção de drogas, doenças crônicas, nutrição, planejamento familiar, educação sexual e prevenção de DST/AIDS; 6. Controle Social: participação e mobilização social. Família: conceito, tipos e estruturas familiares; 7. Diagnóstico Comunitário; 8. Principais problemas de saúde da população e recursos existentes para o enfrentamento dos problemas; 9. Saúde da Criança: cuidados ao recém-nascido, vacinação, acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança, programa bolsa família, orientações alimentares para a criança. Saúde do Adolescente: vacinação, sexualidade, transtornos alimentares. Saúde do Adulto: vacinação, hábitos alimentares saudáveis, doenças crônicas, doenças sexualmente transmissíveis e AIDS, saúde do homem, saúde da mulher e atenção ao idoso. Saúde Mental: ansiedade, depressão e uso abusivo de álcool e outras drogas. Violência Familiar: violência contra a mulher, contra a criança, contra ao adolescente, contra ao idoso e a pessoas portadoras de deficiência física ou mental, e suas prevenções. Saúde Bucal: cuidados na saúde bucal com crianças, adolescentes e adultos. Proliferação de vetores, pragas e animais peçonhentos: dengue, esquistossomose, toxoplasmose, febre maculosa e raiva. 10. Acolhimento e Vínculo; 11. Visita Domiciliar; 12. Estratégia de Saúde da Família; 13. Calendário básico de vacinação; 14. Trabalho em equipe: relacionamento interpessoal, humanização, comunicação, liderança, criatividade, iniciativa e participação comunitária; 15. Noções básicas de doenças como: Leishmaniose Visceral e Tegumentar, Dengue, Esquistossomose, Tuberculose, Hanseníase, Hipertensão Arterial, Diabetes, entre outras. 16. Educação Permanente em Saúde; 17. Conhecimentos e critérios de qualidade de atenção à saúde; acessibilidade, humanização do cuidado, satisfação do usuário e do trabalhador, equidade. 18. Sistema de Informação em Saúde: E-SUS.
Acompanhe nossas

redes sociais