Como calcular a nota Enem

icone calendario 13 jul 2015

logo_enem O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é a maior prova do país. Em sua última edição, o exame teve quase 10 milhões de alunos inscritos. Número que vem aumentando a cada edição. Para o ano de 2015 a expectativa é de que esses dados continuem subindo. A prova foi criada no final da década de 90 com o intuito de avaliar o desempenho dos alunos do ensino médio, além de promover o ingresso às universidades públicas de todo o país. Esse processo acontece através do Sistema de Seleção Unificada, o SiSU.

Além dos grandes enunciados e da maratona de questões, os alunos precisam enfrentar um outro desafio na avaliação. O cálculo da nota final. Inicialmente, é impossível obter um resultado exato da sua pontuação. Apenas o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) tem acesso ao valor 100% correto, entretanto, o Instituto apresenta o valor das médias de cada disciplina separadamente, e não o total.

A prova do Enem é dividida por quatro assuntos diferentes – Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; e Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. A avaliação é separada por dois dias, sempre realizada em um final de semana do segundo semestre. Os candidatos também são submetidos a uma prova de redação, que vale de zero até mil pontos.

Cada tema do teste recebe uma nota, portanto, no total, são cinco pontuações diferentes. Para o cálculo dessas médias é utilizada a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), que procura medir o conhecimento do aluno a partir das suas respostas nos testes anteriores. Ou seja, como existem áreas de questões mais fáceis e difíceis, a atividade dos aspirantes nessas regiões podem identificar um possível chute nas alternativas. Por conseguinte, soluções mais coerentes recebem maior reconhecimento. Enquanto a redação prossegue com o mesmo sistema de análise.

Normalmente, a média de cada tópico fica em 500, consequentemente quanto mais acima desse número for seu desempenho, melhor será sua colocação. Não há um número exato para cada assunto porque as notas variam de acordo com a escala de dificuldade das perguntas. Por isso, duas pessoas que acertaram o mesmo número de alternativas podem ter um total de pontos diferentes.

No Enem de 2014 as extremidades foram:

– Ciências Humanas e suas Tecnologias: 330,6 (menor nota) e 876,4 (maior);

– Ciências da Natureza e suas Tecnologias: 324,8 e 862,1;

– Matemática e suas Tecnologias: 318,5 e 973,6;

– Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: 306,2 e 814,2.

Entenda melhor como funciona o processo:

infografico enem

 

 


Apostila para o ENEM 2015

Apostila ENEM 2015

 

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais