Pesquisar no blog

Concurso Bacen: “edital está andando”, destaca presidente do sindicato!

icone calendario 18 abr 2022

Mesmo sem estar garantido, um novo concurso Bacen  (Banco Central) foi solicitado ao Ministério da Economia e é tratado como prioridade na pasta. Previsão é para aval com 245 vagas!

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova  . Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Concurso Bacen: pedido está em tramitação

O pedido para um novo concurso  do Banco Central,  aguarda um parecer do Ministério da Economia.

Assim, mesmo sem estar garantido, o edital segue sendo tratado como prioridade dentro da pasta.

Portanto, a informação foi repassada pelo presidente do Sindicato Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), Fábio Faiad.

Além disso, atualmente em greve desde 1° de abril, os servidores do banco reivindicam, além de um novo concurso, a reestruturação e a recomposição salarial de 26,3%.

“Greve está forte com 60% de adesão e estamos trabalhando para aumentar esse número e dificultar ainda mais a prestação de serviços para poder na negociação do governo. Lembrando prestação de serviços para o sistema financeiro, já para sociedade, como Pix e outras questões, os servidores vão manter intactos porque são conquistas da sociedade brasileira”, informou o presidente.

Transformação de cargos

Além dos assuntos acima citados, a transformação de um cargo também segue em pauta no Sindicato.

Assim, a pretensão é transformar o cargo de Analista em Auditor, o colocando em nível de outras carreiras, com salário maior e outras atribuições.

Isso porque, caso seja aprovado o pedido de novo certame, o cargo de Analista deve ter o maior número de vagas.

A previsão, então, é de que sejam ofertadas 245 vagas, sendo que 200 delas seriam para Analista, que exige nível superior em qualquer área.

Além disso, Fábio Faiad afirmou que está otimista para que a autorização saia ainda neste ano, para que a liberação do edital seja até 2023.

“Estive conversando há algumas semanas com o presidente (do Banco Central), Roberto Campos Neto, ele se mostrou otimista. Conversei com Leonardo Sultani do Ministério da Economia e ele também se mostrou otimista. Não podemos garantir, mas estamos otimistas”, relatou.

Cargos vagos

O Banco Central não publica um novo concurso público desde 2013, ou seja, são quase 10 anos sem seleções.

Assim, o número de cargos vagos está aumentando e já chega a 3,4 mil, de acordo com os dados apresentados por Faiad.

Vale destacar que o quadro deveria ter 6 mil servidores. Por isso, mesmo que o aval seja dado para 245 vagas, as vacâncias continuarão altas.

“O Banco Central tem muitas atividades que poderia avançar, mas que não faz devido a falta de servidores. Se continuar com essa carência, nem o essencial do trabalho os servidores darão conta. Por isso a situação é crítica e o concurso é urgente. O Sindicato apoia a autorização que está chegando aí”, informou.

Além disso, atualmente, 8,87% do quadro de servidores possuem condição de aposentar, ou seja, 313 funcionários, entre Técnicos, Analistas e Procuradores.

Segundo o banco, em quatro anos, até 2025, a projeção é que esse quantitativo de aposentadorias disponíveis atinja 18%.

Com isso, caso um novo concurso não seja autorizado, o Banco poderá perder mais de 600 servidores até o fim de 2025, de forma que o quadro tenha 2.927 funcionários dos 6.470 previstos na Lei nº 9.650.

assinatura completa
Saiba mais sobre o Concurso Bacen: Novo certame é solicitado com mais de 240 vagas!
Acompanhe nossas

redes sociais