Pesquisar no blog

Concurso Banco do Brasil 2021: Provas anteriores para praticar!

icone calendario 07 jul 2021

O concurso Banco do Brasil já está com inscrições abertas e tem provas marcadas para o dia 26 de setembro. Saiba como foram as provas de edições anteriores do certame!

O concurso atual será de amplitude nacional e 4.480 vagas ofertadas são para o cargo de Escriturário, que exige o nível médio de escolaridade. Os candidatos que forem aprovados poderão atuar como Agente Comercial ou como Agente de Tecnologia.

Do total de oportunidades, 2.240 serão para provimento imediato enquanto as outras serão direcionadas para a formação de um cadastro de reserva. O número de vagas reservadas para PcDs e candidatos negros ou pardos ficou em 5% e 20%, respectivamente.

O certame terá validade de um ano, podendo ser prolongado por igual período. O cadastro de reserva poderá ser utilizado nesse período de tempo.

Como foi o último concurso Banco do Brasil?

O último certame do Banco do Brasil para selecionar Escriturários ocorreu em 2018 e ofertou 60 vagas. As avaliações foram feitas em 4 etapas: Prova Objetiva, Redação, Análise da autodeclaração feita por candidatos pretos ou pardos e Perícia Médica e Processos Admissionais.

A banca que organizou certame em 2018 foi a Cesgranrio, que já é uma instituição conhecida pela sua experiência em concursos federais, e é a mesma que organizará a seleção de 2021.

Em 2018, 127.304 pessoas se inscreveram para concorrer a um cargo no Banco do Brasil, o que gerou uma concorrência de, aproximadamente, 2.121 candidatos por vaga. As lotações naquele ano foram direcionadas para São Paulo, Rios de Janeiro e Brasília.

Para 2021, todos os Estados do Brasil receberão novos funcionários, portanto, os candidatos devem começar a se preparar desde já, pois a concorrência pode ser grande.

Sabendo da grande concorrência, comece seus estudos agora para garantir a sua vaga: saiba o que cai na prova do concurso Banco do Brasil !

A prova do certame do Banco do Brasil terá a mesma estrutura da última seleção realizada, em 2018.

A avaliação, naquele ano, foi composta por 70 questões de múltipla escolha e uma redação, que consistiu em um texto dissertativo.

O conteúdo cobrado foi:

  • Língua portuguesa;
  • língua inglesa;
  • Matemática;
  • Atualidades do mercado financeiro;
  • Conhecimentos específicos.

Dicas para se preparar para o certame

Conheça a Banca Organizadora!

Uma boa estratégia para se preparar para um concurso público é conhecendo a banca organizadora e o que ela, geralmente cobra em provas.

No caso do certame do Banco do Brasil, a instituição que realiza essa função é a Fundação Cesgranrio, que tem 40 anos de experiência na área de concursos públicos.

A Fundação Cesgranrio costuma manter um nível médio de dificuldade em suas provas em comparação com bancas como o Cebraspe ou a FGV (Fundação Getúlio Vargas).

Além disso, a organizadora é conhecida por utilizar a matéria completa que é indicada no edital, o que faz com que os candidatos tenham um conteúdo extenso para estudar.

Pegadinhas são comuns nas questões preparadas pela banca e, por isso, exige muita atenção por parte dos concurseiros, que não podem se deixar enganar pelos enunciados curtos e objetivos.

As perguntas normalmente são de múltipla escolha com cinco opções de resposta, sendo somente uma a correta.

Em Língua Portuguesa, a Fundação costuma cobrar assuntos atuais, principalmente com relação à política e economia do Brasil e do mundo. Além disso, a abordagem linguística textual é bastante forte nas questões de português. Outros tópicos que aparecem com frequência são acentuação, pontuação, regência e gramática normativa no geral.

Nas provas de Matemática, os candidatos precisam ter uma boa capacidade analítica, apesar de as perguntas não terem um nível alto de dificuldade.

Diferentemente das provas de Matemática, as avaliações de Língua Estrangeira (Inglês) costumam exigir um pouco mais dos concorrentes. Isso porque a banca cobra bastante interpretação textual, o que requer muita atenção.

As questões de Informática costumam ser mais tranquilas também e são comumente sobre Segurança da Informação, pacote Office ou conceitos mais gerais sobre Internet.

Refaça provas anteriores!

Outra forma de estudar e de se preparar para um concurso é refazendo provas de anos anteriores. Pensando nisso, disponibilizamos os exames desde 2010:

Saiba mais sobre o Concurso Banco do Brasil 2021: Edital publicado com 4.480 vagas nível médio!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais