Pesquisar no blog

Concurso BRB: 75 aprovados no cargo de Escriturário são convocados!

icone calendario 21 fev 2022

Atenção concurseiros! O presidente do Banco Regional de Brasília afirmou que um novo edital para o concurso BRB  está próximo. Em tempo, enquanto aguarda, novas 75 convocações foram feitas do último concurso.

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova  . Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Concurso BRB: saiba mais sobre as convocações

O Banco Regional de Brasília anunciou a convocação de 75 aprovados no último concurso, realizado em 2019.

Assim, as convocações aconteceram nesta segunda-feira, 21 de fevereiro, segundo consta em publicação no Diário Oficial do Distrito Federal .

Além disso, o Banco explicou que o chamamento está de acordo com o planejamento estratégico de expansão nacional da instituição.

“Só em 2022, o BRB já chamou 138 pessoas para ingressar no Banco. Somados aos 75 desta segunda (21), são 213 escriturários neste ano”, disse.

Sendo assim, os convocados serão inseridos no cargo de Escriturário, que tem exigência apenas de nível médio.

Além disso, os salário dos profissionais serão de R$ 3.764,66, para uma carga horária de 30 horas semanais.

“Eles se somam aos 700 empregados convocados desde 2019 para diferentes cargos”, explicou.

E agora?

Agora, os novos colaboradores serão submetidos aos exames previstos em edital, sob responsabilidade do BRB, antes de assumir os postos.

Além disso, eles deverão apresentar a documentação solicitada dentro dos prazos estipulados para que não percam a vaga.

Assim, após cumprir as etapas de avaliação médica e entrega de documentos, os aprovados ainda passarão por um processo de integração.

Portanto, o processo será em formato totalmente digital, por conta da Covid-19, respeitando os protocolos de saúde em função da pandemia.

Como foi o concurso BRB de 2019?

Publicado em 2019, o concurso do Banco Regional de Brasília, capital do Distrito Federal , contou com 113 vagas imediatas.

Além disso, houve a formação para cadastro de reserva para os cargos de níveis médio e superior, como Escriturário, Advogado, Analista de TI e Engenheiro.

Ademais, os salários iniciais ficaram entre os valores de R$ 3.204,26 e R$ 19.530,67. Portanto, saiba a divisão:

  • Escriturário – R$ 3.342,26, com carga horária de 30 horas semanais;
  • Advogado – R$ 20.372,44, com carga horária de 40 horas semanais; 
  • Analista de TI – R$ 8.021,67
  • Engenheiro de Segurança do Trabalho – R$ 11.517,35

Mais de 92 mil pessoas realizaram a inscrição. Ademais, os aprovados são contratados por meio do regime celetista, ou seja, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho.

Presidente afirma que novo edital sai em 2022

O presidente do banco, Paulo Henrique Costa, disse que haverá convocação de todos os aprovados no último edital ainda neste ano.

Portanto, os editais de 2019 e de 2021 seguem válidos, o que só depois de encerrar o cadastro reserva é que o caminho estará livre para outra seleção ser aberta.

Sendo assim, a instituição pretende um novo edital ainda no primeiro semestre de 2022, ou seja, até junho.

“O nosso objetivo é zerar esse cadastro de reserva do nosso (último) concurso, ainda esse ano, e até junho anunciar um novo concurso para várias áreas do banco”, disse o presidente.

Sendo assim, o presidente afirmou que o novo edital será destinado a diversas especialidades, como Advogados, Escriturários e Profissionais da Tecnologia da Informação.

Requisitos

  • Escritório – carreira Bancária
    • Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo órgão próprio do sistema de ensino.
  • Analista de T.I
    • Diploma, devidamente registrado, de curso de graduação na área de informática, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.
  • Engenheiro de Segurança do Trabalho
    • Diploma, devidamente registrado, de curso de graduação em Engenharia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, acrescido de certificado de conclusão de curso de especialização, em nível de pós-graduação, com carga horária mínima de 600 (seiscentas) horas, em Engenharia de Segurança do Trabalho, reconhecido pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia – CREA.
  • Médico de Trabalho
    • Diploma, devidamente registrado, de curso de graduação em Medicina, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, acrescido de certificado de curso de especialização, em nível de pós-graduação, com carga horária mínima de 360 (trezentos e sessenta) horas, em Medicina do Trabalho, reconhecido pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional de Medicina – CRM.

assinatura completa
Saiba mais sobre o Concurso BRB: Novo edital é aprovado com 150 vagas para nível médio!
Acompanhe nossas

redes sociais