Concurso Casa da Moeda é pauta de reunião. Confira o último certame!

Iago Almeida

icone calendario 27 jun 2023

A realização de um novo concurso Casa da Moeda , para cargos dos níveis médio e superior, foi pauta de reunião nesta semana. Veja como foi o último edital!

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos. Clique aqui  e saiba mais!

Concurso Casa da Moeda: quando sai o edital?

Ao que tudo indica, há conversas avançadas para publicação de um novo edital para o concurso da Casa da Moeda.

Isso porque o edital foi assunto da 316ª reunião ordinária do Conselho de Administração, realizada em abril deste ano.

Assim, a pauta falou sobre ingresso nos cargos de Técnico de Segurança, segmento Corporativo e Patrimonial (vigilantes), e Analista de Produção, designer de valores. 

Lembrando que o cargo de Técnico exige o nível médio, enquanto o de Analista tem exigência de nível superior, em áreas específicas.

Além disso, os salários iniciais são de R$2,6 mil para técnico de segurança e R$6 mil para analista de produção.

Portanto, na reunião foram solicitados estudos sobre os custos e impactos para que o concurso possa ser publicado.

Portanto, ainda não há autorização, o que deve ser o próximo passo, antes das etapas serem iniciadas, como escolha da comissão e depois da banca organizadora.

Vale mencionar que, por ser uma empresa pública, a Casa da Moeda não precisa de autorização do Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI).

Casa da Moeda tem quadro fixado com 1.978 vagas

Recentemente, a Casa da Moeda teve seu quadro de servidores fixado em 1.978 vagas. O limite terá 1.878 vagas para o quadro permanente e 100 vagas para o quadro transitório.

Segundo o Governo Federal, para fins de controle de limite do quantitativo de servidores, foram considerados os empregados:

  • Efetivos admitidos por concursos públicos;
  • Efetivos admitidos sem concurso antes de 5 de outubro de 1988;
  • Com cargos, empregos ou funções comissionadas;
  • Cedidos ou disponibilizados para outros órgãos ou entidades;
  • Cedidos ou requeridos de outros órgãos ou entidades;
  • Anistiados com base na Lei nº 8.878, de 11 de maio de 1994;
  • Readmitidos e reintegrados;
  • Contratados por prazo determinado (temporários);
  • Empregados ou servidores movimentados para compor força de trabalho conforme disposto no art. 93, § 7º, da Lei nº 8.112/90;
  • Aqueles com contrato de trabalho interrompido ou suspenso, à exceção dos empregados suspensos por motivo de aposentadoria por invalidez.

Ainda conforme a portaria, compete à Casa da Moeda  gerenciar o seu quantitativo de pessoal próprio, praticando atos de gestão para contratar ou desligar empregados, desde que observado o limite estabelecido e as dotações orçamentárias aprovadas para cada exercício.

Casa da Moeda sai de programa de desestatização e não será privatizada!

Último concurso Casa da Moeda foi há mais de 10 anos

Assim, o último concurso Casa da Moeda teve seu edital publicado no ano de 2012. Na ocasião, foram ofertadas 1.015 vagas.

Assim, foram 27 vagas de caráter imediato e 998 vagas para formação de cadastro reserva. As vagas estavam distribuídas por cargos de níveis médio, técnico e superior.

Foram ofertadas vagas nas carreiras de Assistente Técnico Administrativo, Auxiliar de Operação Industrial, Técnico Industrial e Analista da Casa da Moeda.

Ademais, as chances estavam distribuídas por diversas especialidades. Posteriormente, os salários iniciais variaram entre R$ 1.395,10 e R$ 3.592,98.

Ademais, o concurso atraiu cerca de 42.000 candidatos, que passaram por meio de prova objetiva, composta por 30 questões. A banca foi a Cesgranrio .

Assim, tiveram as seguintes disciplinas: Língua Portuguesa, Matemática, Informática, Língua Inglesa e Conhecimentos Específicos.

Por fim, os novos funcionários contratados eram por meio do regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Confira o edital de 2012 !

Sobre a Casa da Moeda

A Casa da Moeda do Brasil foi fundada em 8 de março de 1694, como solução para o problema da falta de instrumentos que auxiliassem a circulação das riquezas no Brasil Colonial.

Naquela época, as poucas moedas existentes vinham de Portugal ou eram conseguidas do comércio com viajantes estrangeiros. Por isso, o rei de Portugal, D. Pedro II, autorizou a cunhagem de moedas provinciais, genuinamente brasileiras.

Desde então, a Casa da Moeda do Brasil vem cumprindo sua função de dar segurança à sociedade brasileira, a qual lida no seu cotidiano com inúmeros produtos e serviços oferecidos pela Casa da Moeda.

O complexo industrial, localizado em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, é um dos maiores do gênero no mundo e o maior da América Latina.

No local, funcionam as fábricas da empresa onde são desenvolvidos produtos com o elevado padrão de qualidade exigido no mercado moderno, com capacidade instalada para produzir aproximadamente 2.6 bilhões de cédulas e 4 bilhões de moedas por ano, assegurando autossuficiência para a produção nacional do meio circulante.

A Casa da Moeda do Brasil continua indo além, alinhada com as transformações tecnológicas e sempre preocupada em incorporar elementos de segurança baseados em soluções digitais, possui uma Sala Cofre categoria Tier 3 com área de 119m², redundante nos aspectos de energia elétrica, climatização e conectividade, com os mais altos padrões de segurança exigidos.

Saiba mais sobre o Concurso Casa da Moeda: Inscrições prorrogadas. 68 vagas!

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais