Concurso GCM SP: Tem previsão de 1.700 vagas | Nova Concursos

Concurso GCM SP: Tem previsão de 1.700 vagas para nível médio!

icone calendario 07 out 2021

Atenção, concurseiros! Um novo concurso GCM SP pode ser lançado em breve, de acordo com proposta da Secretaria Municipal de Segurança Urbana.

A proposta, publicado no Diário Oficial da capital de São Paulo , pede que o efetivo da Guarda Civil Metropolitana seja aumentado.

A Secretaria requisitou que 1.700 vagas sejam ofertadas para serem aproveitadas ao longo dos anos de três anos. Confira a distribuição de vagas:

  • 567 ingressos a partir de janeiro de 2022;
  • 567 ingressos a partir de janeiro de 2023; e
  • 566 ingressos a partir de janeiro de 2024.

Concurso GCM SP: existe viabilidade para novo concurso!

De acordo com a publicação no Diário Oficial, existe, sim, viabilidade Técnica, Jurídica e Orçamentária para a realização de novo concurso público . Confira o texto do DO:

Viabilidade geral: Viável

Viabilidade técnica: Viável. O último concurso para GCM ocorreu em 2013, ou seja, sem contratação de novos servidores. Tal proposta se encaixa no cenário atual da Guarda Civil Metropolitana, tendo em vista as baixas por aposentadorias, óbitos, exonerações, licenças e exonerações a pedido, contribuindo para a defasagem do efetivo e insuficiente para atender as demandas da Cidade de São Paulo. Atualmente contamos com um efetivo de faixa etária elevada e a contratação de novos guardas contribuirá com as rotinas de trabalho na área de segurança urbana em situações corriqueiras de enfrentamento, já que a atuação da GCM se estende a escolas, parques, unidades de saúde, patrimônios e na ordem pública, concluímos que a proposta neste momento é extremamente viável e necessária objetivando a reposição do efetivo em transição para a aposentadoria.

Viabilidade jurídica: Viável. Em análise ao contido nos autos, relativamente aos aspectos jurídicos, não vislumbramos óbices ao atendimento da proposta no que tange a realização de concurso público para aumentar o efetivo da Guarda Civil Metropolitana. Dessa forma, manifestamo-nos pela viabilidade parcial da propositura em tela.

Viabilidade orçamentária: Viável. Já se encontra em andamento o processo SEI 6029.2021/0007156-6, cuja proposta é a abertura de concurso público de ingresso para provimento de 1.700 (Mil e Setecentos) cargos de Guarda Civil Metropolitano – 3ª Classe, sendo 567 ingressos a partir de janeiro/2022, 567 ingressos a partir de janeiro/2023, 566 ingressos a partir de janeiro/2024.

Concurso GCM SP: última edição

A última edição do concurso GCM SP ocorreu em 2013 e ofertou 2.000 vagas, sendo 1.400 somente para os candidatos do sexo masculino.

Naquele ano, a banca que organizou o certame foi a Vunesp. Os candidatos foram avaliados por meio de Provas Objetivas e Teste de Aptidão Física.

A Prova de Conhecimento, que contou com 50 questões, foi composta pelas seguintes matérias:

  • Língua Portuguesa;
  • Matemática e Raciocínio Lógico;
  • Atualidades;
  • Noções de Informática;
  • Direitos Humanos; e
  • Geografia.

Já o Teste de Aptidão Física foi composto pelos seguintes teste:

  • Teste de flexão e extensão de cotovelos sobre o solo (feminino);
  • Teste de flexo-extensão de cotovelos e suspensão de barra fixa (masculino);
  • Abdominal; e
  • Corrida.

Quais foram os requisitos do concurso de 2013?

O certame de 2013 exigiu que os candidatos tivessem diploma de conclusão de Ensino Médio ou equivalente, além de:

  • Carteira Nacional de Habilitação – CNH, Categoria B, sem restrição para atividade remunerada, nos termos do Anexo I da Lei nº 13.768/04;
  • Ter no mínimo 18 (dezoito) anos e, no máximo, 35 (trinta e cinco) anos até março de 2014;
  • Altura mínima de 1,60m, descalça e descoberta, para o sexo feminino, e
  • Altura mínima de 1,65m, descalço e descoberto, para o sexo masculino.

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais