Concurso IBAMA: Órgão recebe autorização para contratar 1.481 temporários!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 08 jun 2020

Foi autorizado pelo Ministério da Economia, o processo seletivo IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais) para contratação de 1.481 brigadistas e chefes de esquadrão.

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Como Fazer uma Revisão!

Você receberá dicas de como fazer uma Revisão Ideal para intensificar ainda mais seus estudos!!

Contratação de temporários no IBAMA

Foi concedido pelo Ministério da Economia, a autorização para um novo processo seletivo com 1.481 vagas temporárias. O objetivo é contratar profissionais para as brigadas de incêndio, que vão reforçar o atendimento a emergências ambientais.

A autorização foi divulgada através de uma Portaria Interministerial 13.378, no Diário Oficial da União. De acordo com a nota publicada pelo IBAMA, a efetivação se dará por meio de contratação de brigadistas que atuaram em anos anteriores.

Acontece que a autorização para as vagas segue o modelo de contratação temporária que entrou em vigor com a Medida Provisória nº 922, publicada no mês de março, que permite contratar temporariamente servidores aposentados.

Os selecionados no processo seletivo IBAMA, vão atuar na prevenção e combate a incêndios florestais durantes a seca, em 17 estados e no Distrito Federal.

Serão 41 brigadas em terras indígenas, 15 em assentamentos e 3 em comunidades quilombolas, além de 13 especializadas em diferentes biomas e 5 de acionamento imediato, prontas para atuar em qualquer lugar do país em até 24 horas.

As vagas autorizadas estão distribuídas da seguinte forma:

  • 1.160 vagas para brigadistas;
  • 281 vagas para cargos de chefia de esquadrão e brigada;
  • 40 vagas para supervisores de brigada.
Nova-IBAMA

Os contratos terão a validade de até seis meses, podendo ser prorrogados pelo prazo necessário até que a situação de emergência ambiental esteja superada, não excedendo o limite de dois anos.

Serão contratados profissionais nos seguintes estados: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Tocantins e no Distrito Federal.

Os selecionados só poderão ser novamente admitidos 24 meses após o fim do contrato. Pessoas com mais de 75 anos e aposentados por incapacidade permanente, não poderão ser contratadas.

MP permite novos modelos de contratação temporária

Desde a divulgação da Medida Provisória nº 922, o Ministério da Economia autorizou a contratação de 19.200 profissionais por tempo determinado, de acordo com a Agência Brasil. Além das vagas para o IBAMA, foram autorizadas:

  • 4.117 vagas para os hospitais federais do Rio de Janeiro;
  • 5.158 vagas para o Ministério da Saúde;
  • 8.230 vagas para o INSS;
  • 243 vagas para o Ministério do Desenvolvimento Regional.

No caso do INSS e do Ministério do Desenvolvimento Regional, foram convocados servidores aposentados.

Mas a Medida Provisória estende a possibilidade de contratação temporária para outras ocupações, como professores para aperfeiçoamento de médicos de Atenção Básica em regiões prioritárias e profissionais para assistência humanitária a estrangeiros que entram no Brasil.

Saiba mais sobre o Concurso IBAMA: Órgão solicita 2.311 vagas ao Ministério da Economia!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais