Pesquisar no blog

Concurso INSS: “Estamos com estudos avançados”, informa presidente sobre novo edital!

Iago Almeida

icone calendario 20 jul 2023

É possível que um novo concurso INSS  seja realizado muito em breve! Segundo o presidente, os estudos estão avançados; veja as previsões!

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos! Clique aqui  e saiba mais!

Concurso INSS: quando sai o novo edital?

Então, é possível que um novo concurso INSS seja realizado muito em breve! No entanto, ainda não existe uma data prevista.

De acordo com o presidente do órgão, Alessandro Stefanutto, o certame já está sendo preparado, entretanto, ainda não existe um cronograma definido.

“Quanto ao novo concurso estamos com estudos avançados, mas temos que lembrar que certames, seleção de empresa organizadora e tantas outras demoram. O que posso adiantar é que trabalharemos muito para termos mais servidores, inclusive, de nível superior”, revelou ele ao Portal UOL.

Vale destacar que o edital vem sendo muito cobrado e aguardado, uma vez que sindicatos estimam em 23 mil o déficit de funcionários no órgão.

Pedido já enviado

Lembrando que em junho de 2023, a autarquia solicitou um novo edital para o preenchimento de 7.655 vagas, distribuídas entre as seguintes carreiras:

  • Técnico do Seguro Social: 5.819 vagas
  • Analista do Seguro Social: 1.836 vagas

Assim, a solicitação assinada pelo ex-presidente do INSS, Glauco André Fonseca Wamburg, e encaminhada ao Ministério da Previdência Social.

Anteriormente, um pedido estava enviado pelo INSS em 2022 para preenchimento de 7.655 vagas, sendo 1.571 para Analista e o restante para Técnico.

O que é preciso para ser um Analista do INSS? Quanto ganha?

Quase 25 mil cargos vagos

Conforme a nota técnica o órgão possui 24.595 cargos vagos distribuídos entre as seguintes especialidades:

  • Técnico: 22.120 vacâncias
  • Analista: 2.475 vacâncias
    • Ciências Contábeis
    • Estatística
    • Direito
    • Administração
    • Engenharia
      • Civil
      • Mecânica
      • Elétrica
      • Telecomunicações
      • Especialização em Segurança do Trabalho
    • Arquitetura
    • Tecnologia da Informação
    • Terapia Ocupacional
    • Pedagogia
    • Psicologia
    • Jornalismo
    • Publicidade e Propaganda
    • Fisioterapia
    • Letras
    • Serviço Social

Nesse sentido, as vagas solicitadas representam apenas 31,1% das vacâncias, ou seja, apesar do possível ingresso desses novos servidores promover melhorias nas atividades desempenhadas pelo INSS, a carência pessoal ainda seria latente.

Salários

Assim, as atuais remunerações ainda não foram informadas, mas elas deverão ser de aproximadamente de R$6.500, para Técnico, e R$8 mil, para Analista.

Enquanto isso, para Perito Médico, devem variar de R$7.500 a R$15 mil. Ademais, as contratações no INSS ocorrem pelo regime estatutário (garantia de estabilidade).

Excedentes serão convocados no concurso INSS?

Há, ainda, a expectativa de convocação de mais 250 aprovados no último certame , além do cadastro reserva, segundo o dirigente.

Ele, então, confirmou que o pedido já estava feito pelo ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, e acabou reforçado por ele.

“O concurso terminou já na nova gestão e esses concursados são servidores nossos. Sobre o quantitativo, sim, são poucos, por essa razão o ministro [da Previdência Carlos] Lupi já remeteu pedido de mais 250 servidores deste mesmo concurso e, ainda, enviei ao ministro o pedido dos remanescentes aprovados. Estes dependem de decreto do presidente Lula para o ingresso. Queremos nos dedicar na busca destes recursos humanos, em primeiro lugar“, disse.

Vale lembrar que o ministro da Previdência, Carlos Lupi, informou anteriormente, que estava negociando com o governo a convocação dos excedentes do concurso realizado em 2022.

“Nós já contratamos agora cerca de mil funcionários, que foram concursados do ano passado. Eu estou esperando só a ministra Esther (Dweck) autorizar mais 250 dos concursados […] e pretendemos ainda chamar mais 2 mil, mas esses dependem de autorização especial do presidente da República”, disse o ministro, em entrevista à Globonews.

Essas 250 vagas ditas pelo ministro se referem a uma solicitação para se ampliar em 25% as mil vagas que estavam autorizadas pelo governo na gestão passada.

Esse aval pode se dar pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI),  que é comandado pela ministra Esther Dweck.

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais