Compartilhar:

Concurso INSS: Presidente reforça pedido de certame!

icone calendario 23 abr 2019

O novo concurso do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) segue como um dos mais aguardados do ano pelos concurseiros de todo o país!

Enquanto o INSS segue esperando a aprovação do pedido de concurso, o presidente do órgão, Renato Vieira, falou recentemente sobre um assunto polêmico durante reunião com sindicalistas: a cessão de funcionários da Infraero para atuarem no INSS.

De acordo com o presidente do INSS, agentes da Infraero não podem substituir e atuar nas atividades desenvolvidas pelos servidores do órgão.

⇒  Confira todas as informações na página do concurso INSS!

Entenda o caso

No mês de janeiro de 2019, a presidente da Infraero, Martha Seillier, reuniu-se com o presidente do INSS e com representante da Advocacia Geral da União para debater uma parceria entre os órgãos, com a cessão de servidores para compor o quadro de empregados de suas entidades.

Durante a reunião, foi levantada a possibilidade de os servidores cedidos pela Infraero ao INSS ocupassem alguns dos mais de 19 mil cargos vagos existentes no Instituto.

Diante da polêmica, o presidente do INSS informou que os servidores cedidos pela empresa exercerão funções restritas e não atuarão nas esferas de competência dos Técnicos e Analistas da carreira do Seguro Social.

Déficit de servidores

O INSS passa por uma situação drástica, com cerca de 7.614 vagas em vacância no seu quadro de servidores.

O alto déficit ocasiona atrasos no trabalho desempenhado pelo INSS. Por exemplo, o número de mães que tem direito ao salário-maternidade e estão aguardando passa dos 211 mil! Segundo a Federação, “(…) o INSS vem passando por um verdadeiro caos, principalmente em virtude da insuficiência de servidores e a proposta de solucionar tais dificuldades com a implantação de ferramentas digitais”.

Urgência de concurso

O órgão segue mostrando a importância de um novo certame: enviou uma nota técnica ao Ministério do Planejamento pedindo a recomposição do quadro de pessoal através dos excedentes do concurso de 2015. Como o certame teve sua vigência vencida, será necessário a realização de uma nova seleção.

Na nota, o INSS ressaltou a situação preocupante com as vacâncias. Somente até março de 2018, foram 773, sendo 743 de aposentadorias. Em 2017, foram 1.657 aposentadorias que, em conjunto com exonerações, demissões, óbitos e decisões judiciais, resultou no total de 1.840 saídas de servidores.

Edital previsto

Foram solicitadas 7.580 vagas para os seguintes cargos:

Técnico do Seguro Social » Ver Apostila «;

Analista do Seguro Social » Ver Apostila «;

– Perito Médico.

Saiba mais sobre o Concurso INSS: Déficit de 19 mil servidores reforça necessidade de certame!

Ganhe 5% de desconto na primeira compra!

Acompanhe nossas

redes sociais