Pesquisar no blog

Concurso INSS: Servidores em paralisação pedem aumento salarial e publicação de edital!

icone calendario 01 fev 2022

Peritos médicos do Instituto Nacional do Seguro Social decidiram paralisar suas atividades por 24 horas em todo o Brasil após negociações frustradas com o Ministério do Trabalho sobre o concurso INSS . A categoria pede aumento de 19,99% e melhores condições de trabalho.

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova . Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Concurso INSS: paralisação nacional teve início na segunda

Peritos médicos do INSS iniciaram nesta segunda-feira (31), em todo o Brasil, uma paralisação de 24 horas.

Ou seja, até esta terça-feira (1°) a categoria estará parada para reivindicar recomposição salarial, melhores condições de trabalho e um novo concurso .

Sendo assim, a Associação Nacional dos Médicos Peritos convocou para um “Dia Nacional de Advertência”, pedindo valorização da categoria.

Um ofício  chegou a ser enviado ao Ministério do Trabalho e Previdência, anunciando a paralisação, segundo o setor, após dois anos de negociações frustradas com a pasta.

O que reivindicam os peritos?

Sendo assim, entre as reivindicações dos peritos médicos, estão o aumento do salário e mais visibilidade para a classe. Portanto, confira:

  • Recomposição salarial “relativa às perdas inflacionárias de 2019 a 2022, de 19,99%”;
  • Fixação do número máximo de 12 atendimentos presencias como meta diária;
  • Substituição das autoridades da Subsecretaria da Perícia Médica Federal;
  • Promoção imediata de concurso público para a recomposição dos quadros da Carreira, “cuja defasagem chega a 3.000 servidores”;
  • Readequação das Agências da Previdência Social “que foram reabertas de modo precipitado e sem as condições sanitárias adequadas”;
  • Fim da “teleperícia” (Perícia Médica com Uso de Telemedicina ou Teleavaliação).

Ademais, atualmente a Associação congrega mais de 5 mil servidores ativos, aposentados e pensionistas.

“Os atendimentos mensais poderiam chegar a 800 mil, caso a atual gestão retirasse o trabalho remoto e fosse competente sob o ponto de vista gerencial”, disse Luiz Carlos Argolo, presidente da ANMP.

O que diz o INSS?

O INSS se pronunciou por meio de nota, afirmando que caso o médico não esteja presente, a perícia será agendada para uma data próxima.

Além disso, foi informado que o agendamento será “sem que haja prejuízos financeiros para o segurado”, disse. Portanto, confira a nota completa:

“O INSS respeita e reforça a importância do trabalho desenvolvido pelos médicos peritos de todo o País e está aberto ao diálogo para tratativas de melhorias. Mas, acima de tudo, o INSS trabalha para que os brasileiros sejam atendidos com responsabilidade, segurança e dentro do prazo adequado para que recebam seus benefícios e direitos”, declarou.

Novo concurso INSS sai quando?

Ainda não há datas concretas para um novo concurso INSS ser publicado. Entretanto, a solicitação de um novo certame já foi feita ao Ministério da Economia e aguarda autorização.

Assim, o pedido é para preencher 7.575 vagas, que seriam distribuídas entre os cargos de Técnicos e Analistas.

Entretanto, mesmo que o número solicitado pareça grande, a quantidade ideal para atender as necessidades do instituto deve ser bem maior.

Isso porque apenas para o cargo de Técnico existem mais de 18 mil cargos vagos; e para Analista o número de vacâncias é 2.300.

assinatura completa
Saiba mais sobre o Concurso INSS: Mais de 23 mil cargos vagos e edital em 2022!
Acompanhe nossas

redes sociais