Logo desconto Relógio
     horas                  minutos               segundos

Concurso Ministério da Economia: Veja os cargos e a distribuição das 350 vagas!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 10 jul 2020

Após receber aval para ofertar 350 vagas temporárias, o concurso Ministério da Economia publicou a distribuição de vagas por cargos.

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Cargos do concurso Ministério da Economia

O Ministério da Economia irá realizar um novo concurso público . No dia 08 de julho, a pasta recebeu o aval para preencher 350 vagas. No dia 10 de julho de 2020, a portaria autorizativa foi retificada, informando os cargos e a distribuídas das vagas.

Segundo informações do documento, todas as oportunidades serão para atividades técnicas de complexidade gerencial. Dessa maneira, as 350 vagas serão distribuídas pelos seguintes cargos:

  • Especialista em Gestão de Projetos: 50 vagas;
  • Especialista em Infraestrutura de Tecnologia da Informação-TI: 50 vagas;
  • Especialista em Ciência de Dados: 50 vagas;
  • Especialista em Segurança da Informação e Proteção de Dados: 50 vagas;
  • Especialista em Análise de Processos de Negócios: 50 vagas;
  • Especialista em Experiência do Usuário: 50 vagas;
  • Especialista em Desenvolvimento de Software: 50 vagas.

Na portaria, não são informados os requisitos necessários. Entretanto, de acordo com a lei que regulamenta este processo seletivo , as carreiras de atividades técnicas de complexidade gerencial são destinadas a candidatos que possuem o nível superior.

Sendo assim, além da graduação, os participantes devem ter experiência profissional superior a cinco anos e possuir título de mestre ou doutor. Conforme a última atualização da Lei, o salário para a carreira é no valor de R$ 8.300,00.

Entretanto, segundo a portaria, caberá ao Ministério da Economia definir a remuneração dos servidores a serem contratados.

Os candidatos aprovados no concurso Ministério da Economia, irão atuar em projetos de Transformação Digital de Serviços Públicos. O edital deve ser divulgado em até seis meses, de acordo com a previsão da portaria. Dessa forma, o certame deverá ocorrer até no dia 08 de janeiro de 2021.

Porém, é provável que a seleção seja aberta em breve. Isso porque, os últimos concursos federais tiveram seus editais publicados pouco tempo após o aval. Foi o caso dos seguintes certames: INSS, PREVFOGO, IBAMA e o Ministério da Justiça.

Ainda conforme a publicação, as admissões irão depender de prévia aprovação em processo seletivo . Além disso, as contratações serão formalizadas mediante disponibilidade de dotações orçamentárias específicas. O prazo de duração dos contratos será de, no máximo, quatro anos.

Último concurso Ministério da Economia

O último concurso Ministério da Economia teve seu edital publicado no ano de 2015. Na ocasião, a pasta ainda era denominada como Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Ao todo, foram ofertadas 556 vagas.

As oportunidades foram distribuídas pela pasta e a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). No Ministério, foram ofertadas 534 vagas, sendo 300 vagas para Analista de Tecnologia da Informação.

Já as demais vagas, foram distribuídas da seguinte maneira: Analista Técnico Administrativo (83 vagas), Engenheiro (54 vagas), Geógrafo (17 vagas), Geólogo (16 vagas), Arquiteto (16 vagas), Contador (14 vagas), Arquivista (09 vagas), Médico (04 vagas), Economista (07 vagas), Assistente Social (07 vagas), Administrador (06 vagas) e Técnico em Assuntos Educacionais (01 vaga). Todas as vagas foram destinadas para candidatos de nível superior.

Na ENAP, foram ofertadas 22 vagas, sendo 04 vagas para Técnico de nível superior e 18 vagas para Técnico em Assuntos Educacionais. Os salários iniciais variaram entre R$ 3.998,42 e R$ 5.969,31, já com o benefício de auxílio-alimentação.

Na época, os participantes foram avaliados por meio de prova objetiva de Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos, além de uma prova discursiva (redação ou duas questões, no caso da ENAP). Na área de TI, ainda foi realizada uma prova de títulos.

Saiba mais sobre o Concurso Ministério da Economia: Edital recebe aval para ofertar 350 vagas de nível superior!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais