Pesquisar no blog

Concurso Nacional Unificado: Mais dois órgãos confirmam adesão. Confira quais!

Iago Almeida

icone calendario 14 set 2023

Os concursos federais  vão preencher oito mil vagas em cerca de 50 órgãos do Executivo Federal por meio de um concurso unificado. E mais dois órgãos confirmaram adesão!

Estude para o concurso dos seus sonhos com o Método que já ajudou na aprovação de mais de 70 mil alunos. Clique aqui  e saiba mais!

Quais os órgãos que confirmaram adesão ao concurso unificado?

Sendo assim, uma seleção unificada dos concursos federais  que estão autorizados será lançada em breve. É uma prova tipo ENEM!

E mais dois órgãos confirmaram, recentemente, adesão ao edital unificado: o Ministério da Saúde (que vai ter 220 vagas) e o Previc (com autorização para preencher 40 vagas).

A confirmação da adesão da Superintendência Nacional de Previdência Complementar se deu nesta quarta-feira, 13 de setembro.

Além disso, a adesão foi aprovada pela Diretoria Colegiada e formalizada por meio de ofício, encaminhado ao Ministério da Gestão e da Inovação.

O órgão, em nota, informou que “participará do concurso com 40 vagas para nível superior […]. Serão 15 vagas para o cargo de Analista Administrativo que, atualmente, conta com salário inicial de R$ 12.953,31, e 25 vagas autorizadas para Especialista em Previdência Complementar, que hoje possui remuneração no início da carreira de R$ 14.010,17”.

Por outro lado, a adesão do Ministério da Saúde foi confirmada pela Assessoria de Imprensa da pasta nesta quinta-feira, 14 de setembro.

“O Ministério da Saúde irá aderir ao Concurso Nacional Unificado”, disse a pasta. A seleção contará com vagas para os Institutos Nacionais, sendo eles:

  • Instituto Nacional de Câncer (Inca);
  • Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into); e
  • Instituto Nacional de Cardiologia (INC).

Apesar da autorização para efetivos, a ministra da Saúde, Nísia Trindade, solicitou 6.283 novas contratações temporárias.

AFT está confirmado para o concurso nacional unificado, informa ministro do trabalho!

Quando sai o edital?

ideia está avançada e já tem prazos para edital e aplicação da prova. A adesão dos ministérios ao Concurso Nacional Unificado é voluntária. O edital deve ser publicado até dezembro.

Ainda, ele confirmou que se os prazos se cumprirem, a realização de prova segue prevista para o dia 25 de fevereiro de 2024. Veja:

Segundo o MGI, a previsão é que sejam publicados 11 editais, sendo sete para blocos temáticos e quatro para os cargos de nível médio.

Outra confirmação é que o concurso terá uma banca organizadora contratada. E os trâmites para a contratação já estão iniciados.

Sobre a realização de entrevistas e curso de formação, o secretário também esclareceu que isso dependerá da previsão legal específica.

Lembrando que até o momento, o Ministério de Gestão e Inovação em Serviços Públicos anunciou 16.661 vagas que estão distribuídas em 44 órgãos federais. Mas, mais vagas devem chegar!

Edital unificado tem cronograma divulgado

Quais as vagas do concurso nacional unificado?

Assim, as 7.826 vagas foram agrupadas em blocos temáticos, divididas por área de atuação governamental. Veja detalhes da divisão dos blocos:

Confira abaixo os blocos temáticos por áreas de atuação: 

José Celso enfatizou ainda que todos os detalhes das regras do Concurso Nacional serão esclarecidos após a adesão voluntária dos órgãos, que têm até 29 de setembro para se manifestarem. 

“Ainda não temos o desenho completo de tudo isso porque depende dos órgãos que vão aderir para trazerem à comissão organizadora esses detalhes, se vão querer agregar pontos relativos à titulação ou experiência profissional e em que magnitude isso se dará”, explicou. 

Entenda o que é a seleção unificada. Mais de 7 mil vagas!

Como seriam as provas do concurso nacional unificado?

Então, prevista para 25 de fevereiro de 2024, a prova estaria dividida em dois momentos nesta mesma data e aplicadas simultaneamente em todas as capitais e cidades médias e grandes. Veja:

  • 1º) Provas objetivas com matriz comum a todos os candidatos;
  • 2º) Provas específicas e dissertativas por blocos temáticos. Os resultados gerais da primeira fase devem se divulgar até o final de abril de 2024 e o início dos cursos de formação, entre junho e julho do ano que vem. 

Clique aqui e acesse o Guia na íntegra

Além disso, a meta é realizar a prova em cerca de 180 cidades. Veja a divisão por região do país:

Concursos Públicos: Servidores federais vão deixar de “bater o ponto”. Entenda!

Materiais Relacionados

Notícias relacionadas

Acompanhe nossas

redes sociais