Pesquisar no blog

Concurso PC MG: O que precisa para entrar na Polícia Civil MG?

Redator da Nova Concursos

icone calendario 20 out 2021

Foi lançado o edital do concurso PC MG com 519 vagas distribuídas entre cinco cargos de nível superior. Saiba o que é preciso para adentrar na corporação!

As inscrições já estão abertas e seguem assim até o dia 09 de novembro de 2021. Para participar é só acessar o site da banca organizadora, Fumarc , e depois realizar o pagamento da taxa com valores que variam de R$ 90,00 a R$ 210,00.

Ainda serão publicados outros editais com 165 vagas para a PC MG onde serão contemplados os cargos de Analistas e Técnicos Assistentes.

Segundo o edital publicado, as vagas estão distribuídas da seguinte maneira:

  • 397 vagas para Escrivão – nível superior em qualquer área;
  • 62 vagas para Delegado – nível superior em Direito;
  • 30 vagas para Investigador – nível superior em qualquer área;
  • 09 vagas para Médico Legista – nível superior em Medicina;
  • 21 vagas para Perito Criminal – nível superior nas áreas específicas:
    • 06 vagas para área Geral
    • 07 vagas para Engenharia Civil
    • 04 vagas para Engenharia Geológica/Geologia
    • 04 vagas para Medicina Veterinária

O que é preciso para garantir uma vaga na Polícia Civil MG?

Os cargos ofertados no edital do concurso PC Minas Gerais publicado são de nível superior, sendo em sua maioria para qualquer área de formação, como nos casos dos cargos de Investigador, Escrivão e Perito Legista.

Enquanto isso, a carreira de Perito Legista requer formação em Medicina e Engenharia e a carreira de Delegado, em Direito.

São requisitos mínimos para investidura nos cargos:

  • Ter sido aprovado, classificado, em ordem decrescente de pontuação, e nomeado na forma estabelecida neste Edital.
  • Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos na data da posse.
  • Ser brasileiro nato, naturalizado ou, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto da Igualdade entre Brasileiros e Portugueses, com reconhecimento de gozo de direitos políticos, nos termos do artigo 12, §1º, da Constituição Federal.
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais e, em caso de candidato do sexo masculino, também, com as militares.
  • Estar em pleno exercício de seus direitos civis e políticos.
  • Possuir o diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, conforme item 1.14, a ser comprovado mediante a entrega de cópia do diploma, com apresentação do original, ou certidão expedida por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, na data da posse.
  • Para Delegado: possuir o título de bacharel em Direito, curso estabelecido como pré-requisito, a ser comprovado mediante a entrega de cópia e original do diploma ou certidão expedida por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, na data da posse.

Vacâncias na Polícia Civil de Minas Gerais

A corporação da Polícia Civil de Minas Gerais apresenta uma grande lacuna no quadro efetivo de funcionários.

De acordo com informações, o deficit de pessoal fica entre os 40% e 50% da quantidade total autorizada de funcionários.

O cargo que apresenta a maior quantidade de vacância é o de Escrivão de Polícia Civil, que apresenta 49,2% de cargos vagos.

Depois, a carreira de Delegados é a que mais sofre com a falta de servidores. São 44,1% de vacâncias nesse cargo.

No total, mais de 7 mil cargos estão vagos na estrutura da PC MG, o que indica uma necessidade urgente de novas seleções.

Salários da PC MG

Os salários da PC MG passaram por um reajuste recentemente. O aumento autorizado foi de 41,7%, porém o governo mineiro decidiu reajustar somente 13%.

Isso se deu por conta do Regime de Recuperação Fiscal pelo qual o Estado passa e inviabiliza o aumento total que foi autorizado.

Os salários atuais dos cargos são:

  • Perito e Médico Legista: R$ 10.028,30;
  • Delegado: R$ 12.967,43;
  • Escrivão e Investigador de Polícia: R$ 4.631,23.

Concurso PC MG: últimas seleções

O último concurso PC MG aconteceu em 2018 e ofertou vagas para Delegados (95) e Escrivães (119), cujas remunerações foram de R$ 11,4 mil e R$ 4 mil, respectivamente.

Em 2013 também aconteceu uma seleção para Médicos, Peritos, Analistas e Técnicos Assistentes. As oportunidades eram de nível médio e superior.

Já em 2014, as oportunidades foram ofertadas para o cargo de Investigador de Polícia.

Todas as três seleções foram organizadas pela banca Fumarc.

Atribuições dos cargos ofertados no concurso PC MG

Delegado preside investigações criminais e também realiza atividades administrativas, bem como chefiar postos policiais.

O Investigador de Polícia é o responsável por cumprir e formalizar diligências policiais, mandados e outras determinações que o Delegado emite.

O Escrivão de Polícia é o profissional que cumpre as formalidades processuais em autos de inquérito.

Já o Médico-Legista fica responsável por realizar os exames de perito em pessoas vivas ou mortas para coletar provas ou determinar causa de morte e semelhantes.

O Perito Criminal realiza laudos de perícia em locais de crime ou de desastres e também em objetos que se relacionam à infração.

Técnico da Polícia é quem presta apoio técnico, administrativo e logístico nas atividades da corporação.

Por último, o Analista é responsável pela administração das áreas contábil, jurídica, estatística, tecnológica, biblioteconômica, cerimonial, relações públicas entre outras.

Saiba mais sobre o Concurso PC MG Administrativo: Edital publicado. 165 vagas!
Acompanhe nossas

redes sociais