Concurso PC SP: PL propõe mudança em carreira | Nova Concursos

Concurso PC SP: PL propõe mudança na carreira de Agente de Telecomunicações!

icone calendario 19 Maio 2021

Projeto de Lei propõe que a carreira de Agente de Telecomunicações da PC SP passe a ser chamada de Agente de Inteligência Policial.

O próximo concurso PC SP ofertará 2.939 vagas ofertadas, sendo 250 para o cargo de Delegado, 900 para Investigador, 1.600 para Escrivão, e 189 para Médico Legista, de nível superior.

Mudanças na carreira de Agente de Telecomunicações

O Projeto de lei complementar 12/2021 , está em tramitação na Assembleia Legislativa de São Paulo e visa reestruturar a carreira de Agente de Telecomunicações da Polícia Civil de São Paulo. O texto, de autoria do deputado Delegado Olim (PP) foi apresentado no dia 6 de maio.

Na última sexta-feira, 14, o PL foi distribuído para as comissões de Constituição, Justiça e Redação; Administração Pública e Relações do Trabalho; e Finanças, Orçamento e Planejamento. Somente em caso de aval pelos colegiados, a proposta poderá ser votada em Plenário.

O PL propõe que a carreira de Agente de Telecomunicações da PC SP passe a ser chamada de Agente de Inteligência Policial. Serão mantidas as atuais atribuições, no entanto, também serão desempenhadas atividades da área de inteligência policial.

Mesmo que a carreira não esteja neste próximo concurso PC SP, a mudança, caso seja aprovada, deve repercutir em futuros editais da corporação.

Para o deputado autor do projeto de lei, a palavra telecomunicações está limitada às atividades de radiocomunicação e telefonia, sendo assim, precisa se adequar à abrangência de atribuições dessa carreira na Polícia Civil de São Paulo.

Além de se adequar às premissas e demandas do universo tecnológico, informativo e globalizado, sobre os quais imperam recursos de inteligência policial.

De acordo com o deputado Delegado Olim, a inteligência policial tem na tecnologia da informação alvo na prevenção e no combate à criminalidade com eficiência. 

“Com a mudança de nomenclatura e o acréscimo das novas atribuições, o Estado de São Paulo se tornaria pioneiro na evolução da Polícia Judiciaria, despontando pela excelência em gerir a Segurança Pública, utilizando métodos inovadores e eficientes”, disse o parlamentar.

Concurso PC SP terá mais de 2 mil vagas

O governador João Doria autorizou em 2019 os preparativos do novo concurso PC SP com 2.939 vagas para carreiras de nível superior. Os salários chegam aos R$ 10 mil.

Do total de vagas, 250 serão para Delegado, 1.600 para Escrivão, 900 para Investigador e 189 para Médico Legista.

O diretor da Academia de Polícia do Estado, Júlio Gustavo Vieira Guebert, revelou que os editais devem ser publicados e as provas realizadas em 2021.

Conforme informações do diretor da Acadepol, os editais já estão prontos. No entanto, a divulgação depende de aval do governador.

“Nós estamos com tudo pronto. Acreditamos que os editais saiam em 2021. Assim que o governador liberar a autorização, poderemos publicar um edital por carreira. Os interessados já podem ir se preparando porque teremos notícias em breve”, disse o diretor da Academia de Polícia.

Além disso, a escolha da banca organizadora segue em andamento. A Fundação Vunesp é a mais cotada para ficar à frente do concurso para ingresso na Polícia Civil de São Paulo.

Conteúdos de prova do concurso PC SP serão atualizados

Segundo o diretor da Academia de Polícia do Estado , Júlio Gustavo Vieira Guebert, a estrutura de provas do concurso PC SP será mantida. Porém, o conteúdo programático das provas deve ser atualizado.

“Devemos fazer algumas alterações no conteúdo programático, principalmente na parte de Informática. Quem está investigando tem que ter uma boa noção de Informática”, disse.

O diretor destacou que a Polícia Civil procura finalizar o concurso o quanto antes, pois tem a necessidade dos novos servidores. Para terminar o processo seletivo em menor tempo, a ideia é aplicar as provas preambulares e dissertativas no mesmo dia.

“A preambular de manhã e a dissertativa à tarde. Se conseguirmos isso, ganharemos uns quatro meses. O que pudermos fazer para adiantar o processo, vamos fazer”, detalhou.  

O objetivo é que cada cargo tenha um dia para realização das provas. Com exceção de Escrivão e Investigador, na qual os exames serão aplicados na mesma data.

Por fim, o diretor da Acadepol afirmou que o concurso Polícia Civil SP não será regionalizado . “Ao final do curso, a delegacia geral fornecerá as vagas existentes e os concluintes escolherão os locais mediante a classificação no curso de formação”.

Saiba mais sobre o Concurso Polícia Civil SP: 2.939 vagas autorizadas!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais