Concurso Polícia Civil SP: 2.939 VAGAS AUTORIZADAS!

O novo concurso PC SP (Polícia Civil de São Paulo) já está autorizado! Serão 2.939 vagas ofertadas, sendo 250 para o cargo de Delegado, 900 para Investigador, 1.600 para Escrivão, e 189 para Médico Legista, de nível superior. A autorização vai de encontro com as informações anunciadas anteriormente. Elas indicavam que o novo concurso n...

Status do concurso: Previsto

Materiais disponíveis

BAIXE GRÁTIS: KIT Aprovação 2020!

PDF com Previsões para 2020 + Cronograma de Estudos (Vídeos + Arquivo Modelo) + Aulas para começar HOJE!

Última Notícia

Imagem Concurso PC SP: Preparativos para divulgar edital são mantidos pela corporação!

Concurso PC SP: Preparativos para divulgar edital são mantidos pela corporação!

Mesmo com a pandemia do Coronavírus, a corporação mantém os preparativos para divulgar o edital do novo concurso PC SP com mais de 2 mil vagas.

Continuar Lendo

Histórico de Notícias

11/03/2020

Concurso PC SP: Comissão elabora edital e inicia processo para escolha da banca organizadora!

A comissão do concurso PC SP (Polícia Civil de São Paulo) já começa a elaborar os editais e inicia o processo de definição da banca organizadora.

Continuar lendo
09/03/2020

Concurso PC SP: Mais de 800 pedidos de aposentadorias são constituídos na corporação!

No ano de 2020, foram registrados mais de 800 pedidos de aposentadorias, que devem ser repostos pelo novo concurso PC SP (Polícia Civil de São Paulo).

Continuar lendo
18/02/2020

Concurso PC SP: Comissão examinadora está formada!

Foram divulgados no Diário Oficial as comissões examinadoras do concurso PC SP, edital irá ofertar 2.939 vagas para o nível superior.

Continuar lendo
14/02/2020

Concurso PC SP: Sindpesp informa que 250 novos delegados não acabam com déficit!

De acordo com o Sindpesp, a nomeação dos 250 delegados aprovados no último concurso PC SP não é suficiente para suprir o déficit na carreira.

Continuar lendo
23/01/2020

Concurso PC SP: Corporação tem aumento no salário em 2020!

De acordo com o governador de São Paulo, João Dória, os policiais civis de São Paulo tiveram aumento nos salários já a partir do mês de janeiro de 2020.

Continuar lendo
18/12/2019

Concurso PC SP: Iniciado o processo de escolha da banca organizadora!

Foi iniciado o processo de escolha da banca organizadora do novo concurso PC SP que irá ofertar 2.939 vagas, os editais já começaram a ser elaborados.

Continuar lendo
13/12/2019

Concurso PC SP: Corporação tem déficit de quase 2 mil profissionais!

Foi registrado pela Polícia Civil de São Paulo um déficit de 1.996 profissionais até novembro, carência terá que ser suprida por novos concursos PC SP.

Continuar lendo
01/11/2019

Concurso PC SP: Governador anuncia aumento salarial na corporação!

O governador de São Paulo, João Dória, anunciou um aumento salarial de 5% para servidores da Segurança, incluindo os candidatos aprovados no concurso PC SP.

Continuar lendo
14/10/2019

Concurso PC SP: Como é o TAF?

O novo concurso público da PC SP já está autorizado e a previsão é de que o edital deva ser divulgado no primeiro semestre de 2020!

Continuar lendo
02/10/2019

Concurso PC SP: Confira classificação final para o cargo de Investigador!

Nesta última terça-feira (01), foram publicados pela corporação a classificação final para o cargo de Investigador do Concurso PC SP.

Continuar lendo
24/09/2019

Concurso PC SP: Mais de 5 mil novos policiais nomeados até 2020!

De acordo com o secretário executivo da Polícia Civil de São Paulo, o concurso PC SP deverá nomear mais de 5 mil aprovados até o ano de 2020.

Continuar lendo
19/09/2019

Concurso PC SP: 2.750 candidatos serão convocados até novembro!

O secretário executivo da PC SP, informou que 2.750 candidatos aprovados no concurso de 2018 serão convocados até o mês de novembro.

Continuar lendo
18/09/2019

Concurso PC SP: TCE recomenda novos editais para suprir déficit!

O TCE SP recomendou que o governo de São Paulo realize um novo concurso PC SP (Polícia Civil de São Paulo) para suprir o déficit existente na corporação.

Continuar lendo
17/09/2019

Concurso PC SP: Divulgada a lista de classificados para Escrivão!

O concurso PC SP (Polícia Civil de São Paulo) publicou uma nova lista dos candidatos classificados após perícia médica para o cargo de Escrivão.

Continuar lendo
16/09/2019

Concurso PC SP: Homologação do certame depende de aval do Secretário!

Segundo o governo do Estado de São Paulo, a homologação do concurso PC SP (Polícia Civil de São Paulo) ainda depende de avaliação Secretário de Segurança.

Continuar lendo
28/08/2019

Concurso PC SP: Divulgado a classificação final para o cargo de Escrivão!

último sábado (24), foi publicado através do Diário Oficial do Estado, a classificação do Concurso PC SP, referente as vagas de Escrivão.

Continuar lendo
20/08/2019

Concurso PC SP: Publicado o resultado da Prova de Títulos para Investigador!

O concurso PC SP (Polícia Civil de São Paulo) divulgou o resultado da Prova de Títulos para o cargo de Investigador. Essa foi a quinta etapa do certame.

Continuar lendo
13/08/2019

Concurso PC SP: Projeto que aumenta salário será enviado até outubro!

O concurso PC SP poderá sofrer alterações nos salários mediante um projeto de aumento salarial que será enviado pelo governador à Assembleia Legislativa.

Continuar lendo
31/07/2019

Concurso PC SP: Começa a convocação de candidatos aprovados!

Foram divulgados os procedimentos e exigências para a nomeação de candidatos aprovados no concurso PC SP (Polícia Civil de São Paulo) realizado em 2018.

Continuar lendo

O novo concurso PC SP (Polícia Civil de São Paulo) já está autorizado! Serão 2.939 vagas ofertadas, sendo 250 para o cargo de Delegado, 900 para Investigador, 1.600 para Escrivão, e 189 para Médico Legista, de nível superior.

A autorização vai de encontro com as informações anunciadas anteriormente. Elas indicavam que o novo concurso não iria demorar, por conta da necessidade de reforço policial no estado.

O governador do estado anunciou também um reajuste salarial nos vencimentos dos policiais civis, que será atribuída até o final do mandato do atual governo.

A Polícia Civil de São Paulo nomeou as comissões examinadoras do novo concurso PC SP. Segundo informações da publicação no Diário Oficial do Estado, foram formados quatro grupos, sendo um para cada cargo autorizado: Delegado, Investigador, Escrivão e Médico Legista.

As comissões são compostas por professores. Dessa maneira, eles também podem integrar a banca examinadora das etapas avaliativas. Isto é, que elabora as questões de prova e corrige quando necessário.

Confira as composições das comissões de cada cargo do concurso Polícia Civil de São Paulo 2020:

Delegado: professores Elisabete Ferreira Sato (presidente), José Aparecido Sanches Severo (vice-presidente), Eduardo Augusto Paglione, Fabiano Genofre, Márcia Heloísa Mendonça Ruiz, Fernanda Herbella Maia, Ronaldo Augusto Comar Marão Sayeg (membros), Antônio Carlos Cândido de Araújo e Maurício Correali (suplentes).

Investigador: professores: Rui Baracat Guimarães Pereira (presidente), Luís Fernando Camargo da Cunha Lima (vice- -presidente), Luiz Eduardo Pascuim, José Vicente de Azevedo Pires Barreto Fonseca, Wlamir José dos Santos Presotto, Joaquim Dias Alves, Ana Paula de Bem Bittencourt Ribeiro (membros), Adriane Gonçalves e Ricardo Ambrosio Fazzani Bina (suplentes).

Escrivão: professores: Walmir Geralde (presidente), Waldir Antônio Covino Júnior (vice-presidente), André Luís Luengo, Jorge Amaro Cury Neto, Benedito Ignácio Giudice, Aurora Vicentim Themer, Luiz Fernando Zambrana Ortiz (membros), Renato Sansone Rodrigues e Márcio José Alves (suplentes).

Médico Legista: professores: Gilson Cézar Pereira da Silveira (presidente), Ana Paula Batista Ramalho Soares (vice- -presidente), Ivan Dieb Miziara, Rita de Cássia Gava, Mariana da Silva Ferreira, Luciana Campos Nascimento, Bento da Cunha Júnior (membros), Rodney Charles Müller Martins e Tiago Antônio Salvador (suplentes).

A Polícia Civil de São Paulo, continua dando prosseguimento nos preparativos para o novo concurso PC SP com oferta de 2.939 vagas. As comissões, formadas no mês de fevereiro, já elaboram os editais para os cargos de Delegado, Investigador, Escrivão e Médico Legista.

A contratação da banca organizadora também está em andamento pela corporação. A empresa escolhida terá a responsabilidade por receber as inscrições e aplicar as etapas avaliativas do certame, como provas objetivas. No último concurso PC SP, a banca organizadora contratada foi a Fundação Vunesp.

Vagas concurso PC SP 2020

As vagas que serão ofertadas no concurso já estão definidas, assim como o quantitativo delas.

São elas:

  • Delegado;
  • Investigador;
  • Escrivão;
  • Médico Legista.

A autorização prevê a contratação dos profissionais no ano de 2020.

Quanto ganha um Policial Civil de São Paulo?

As remunerações dos cargos da Polícia Civil de São Paulo são compostas do salário-base e pela Gratificação de Regime Especial de Trabalho Policial (RETP). Os valores são os seguintes:

• Agente de Polícia: R$ 2.905,34;

• Agente de Telecomunicações: R$ 3.589,86;

• Auxiliar de Papiloscopista: R$ 2.905,34;

• Delegado: R$ 9.507,77;

• Escrivão: R$ 3.743,98;

• Investigador: R$ 3.743,98;

• Papiloscopista: R$ 3.589,86.

O que faz um Delegado da PC SP?

São atividades inerentes ao exercício do cargo de Delegado de Polícia, dentre outras a elas relacionadas ou delas decorrentes: exercer atos inerentes à gestão dessa atividade; presidir os atos de polícia judiciária e a apuração das infrações penais, praticar atos de polícia administrativa e exercer policiamento preventivo especializado; presidir a investigação criminal e as ações a ela relacionadas, dentre as quais aquelas previstas no Código de Processo Penal e na legislação extravagante; portar arma e atuar com possibilidade de exposição a situações de risco; mediar conflitos.

O que faz um Investigador da PC SP?

São atividades inerentes ao exercício do cargo de Investigador de Polícia, sem prejuízo de outras tarefas análogas que possam ser determinadas: realizar diligências investigatórias e de policiamento preventivo especializado; cumprir requisições escritas ou verbais atinentes ao trabalho de polícia judiciária, emanadas pela Autoridade Policial; cumprir mandados; elaborar documentos de polícia judiciária e relatórios circunstanciais; escoltar presos; realizar prisões e apreensões; manter a segurança de locais onde se desenvolve a atividade policial civil; atender ao público interno e externo, no desempenho da atividade policial; intervir, a qualquer tempo, em ocorrências de natureza criminal; conduzir viaturas policiais; transportar pessoas e coisas vinculadas a ocorrências policiais, conservar, manusear e empregar armas de fogo e equipamentos menos letais; portar arma de fogo e atuar em campo com possibilidade de exposição a situações de conflito armado; executar demais atos compatíveis com a atividade de polícia judiciária e administrativa.

O que faz um Escrivão da PC SP?

São atividades inerentes ao exercício do cargo de Escrivão de Polícia: elaboração de registros digitais de ocorrência – RDO; termos circunstanciados; inquéritos policiais – em todas as formas de instauração; processos administrativos; sindicâncias; apurações e demais peças e documentos policiais, tendo ainda como atribuição a organização cartorária, sob a presidência direta do Delegado de Polícia.

O que faz um Médico Legista da PC SP?

O Médico Legista tem as atribuições adiante listadas, sem prejuízo de outras tarefas análogas que possam ser determinadas: executar autópsias ou exames necroscópicos em humanos, em partes de cadáveres putrefeitos e esqueletizados; executar perícias de exumação; coletar amostras biológicas de humanos, para fins de exames complementares; realizar exames periciais de natureza antropológica; realizar exames periciais em vivos: lesões corporais, sexológicos, embriaguez, toxicológicos e também nas especialidades médicas; acompanhar equipes de perícia em local de crime contra a pessoa, quando necessário, a critério da Autoridade requisitante; zelar pela cadeia de custódia; dirigir viaturas e portar armas; atender locais de crimes com características diversificadas, incluindo contato direto com pessoas portadoras de doenças contagiosas ou com substâncias tóxicas (agentes físicos, químicos e/ou biológicos); atender ao público em geral.

Requisitos dos cargos PC SP

Agente de Polícia:

  • Nível médio de escolaridade;
  • Carteira Nacional de Habilitação categoria D.

Agente de Telecomunicações:

  • Nível médio de escolaridade;
  • Carteira Nacional de Habilitação categoria B.

Auxiliar de Papiloscopista:

  • Requisito de nível médio;
  • Carteira Nacional de Habilitação categoria B.

Delegado:

  • Requisito de nível superior de bacharel em Direito e comprovação de exercício de no mínimo 2 anos de atividade jurídica ou policial;
  • Carteira Nacional de Habilitação categoria B.

Escrivão:

  • Requisito de nível superior;
  • Carteira Nacional de Habilitação categoria B.

Investigador:

  • Requisito de nível superior;
  • Carteira Nacional de Habilitação categoria B.

Papiloscopista:

  • Requisito de nível médio;
  • Carteira Nacional de Habilitação categoria B.

Quais os requisitos básicos para investidura no concurso PC SP?

  • Ter nacionalidade brasileira ou gozar das prerrogativas dos Decretos nº 70.391/1972 e nº 70.436/1972 e da Constituição Federal;
  • Ser brasileiro nato, naturalizado ou, em caso de naturalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto da igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento de gozo de direitos políticos;
  • Ter, na data da posse, idade igual ou superior a 18 anos de idade;
  • Não registrar antecedentes criminais;
  • Estar no gozo dos direitos políticos;
  • Estar em dia com as obrigações do serviço militar;
  • Possuir a última declaração de Imposto de Renda entregue à Secretaria da Receita Federal ou declaração pública de bens;
  • Estar com o CPF regularizado;
  • Ter plena capacidade física e mental para o exercício do cargo;
  • Ter conduta irrepreensível na vida pública e privada;
  • Ter sido aprovado no concurso.

Últimos concursos PC SP

Os últimos concursos da Polícia Civil de São Paulo aconteceram em 2018 com oferta de 2.750 vagas ao todo. Confira todos os detalhes:

Concurso PC-SP Agente de Polícia 2018

Organizado pela Fundação Vunesp, o certame teve a oferta de 400 vagas para o cargo. 65.054 pessoas se inscreveram, resultando em uma disputa de 162 candidatos por vaga.

A prova objetiva foi composta de 80 questões divididas em dois módulos:

Módulo I: Língua Portuguesa (20 questões), Noções de Direito (10 questões) e Noções de Criminologia (10 questões);

Módulo II: Noções de Informática (20 questões), Noções de Lógica (10 questões) e Atualidades (10 questões).

Outras etapas também foram exigidas, como Comprovação de idoneidade e conduta escorreita mediante investigação social.

⇒ Confira o edital completo!

Concurso PC-SP Agente de Telecomunicações 2018

A oferta para o cargo foi de 300 vagas, sendo que a organização ficou por conta da Fundação Vunesp. Ao todo, 108.052 se inscreveram, resultando em 360 candidatos por vaga.

Os candidatos foram avaliados mediante provas objetivas, composta de 80 questões, além de comprovação de idoneidade e conduta escorreita mediante investigação social.

O conteúdo programático foi dividido em módulos:

Módulo I: Língua Portuguesa (30 questões), Noções de Direito (6 questões) e Noções de Criminologia (4 questões);

Módulo II: Noções de Informática e Comunicação (30 questões), Noções de Lógica (4 questões) e Atualidades (6 questões).

⇒ Confira o edital completo!

Concurso PC-SP Auxiliar de Papiloscopista 2018

Com oferta de 200 vagas para o cargo, o certame registrou 39.534 candidatos, com o número de 197 candidatos por vaga. A organização novamente ficou a cargo da Fundação Vunesp.

O conteúdo da prova objetiva, composta de 80 questões, foi dividido em módulos:

Módulo I: Língua Portuguesa (25 questões), Noções de Direito (5 questões), Noções de Criminologia (5 questões) e Noções de Medicina e Odontologia Legal (5 questões);

Módulo II: Noções de Informática (10 questões), Noções de Identificação (10 questões), Conhecimentos Gerais (10 questões), Noções de Lógica (5 questões) e Atualidades (5 questões).

Os candidatos também foram avaliados com comprovação de idoneidade e conduta escorreita mediante investigação social.

⇒ Confira o edital completo!

Concurso PC-SP Delegado 2018

O concurso organizado pela Fundação Vunesp ofertou 250 vagas na corporação. Ao todo, 23.575 candidatos se inscreveram, com uma relação de 94 candidatos por vaga.

A avaliação dos candidatos aconteceu pelas seguintes etapas:

– Prova objetiva;
– Prova escrita;
– Comprovante de idoneidade e conduta escorreita, mediante investigação social;
– Exame oral;
– Prova de títulos.

A prova objetiva foi composta de 100 questões, com o seguinte conteúdo programático: Direito Penal (14 questões), Direito Processual Penal (14 questões), Legislação Especial (14 questões), Direito Constitucional (14 questões), Direitos Humanos (14 questões), Direito Administrativo (14 questões) e Direito Civil, Medicina Legal e Noções de Informática (16 questões).

A prova escrita foi composta de 1 questão dissertativa e 4 questões discursivas, sendo avaliadas com a pontuação de 40 pontos para a redação e 15 pontos por questão discursiva.

⇒ Confira o edital completo!

Concurso PC-SP Escrivão 2018

800 vagas foram ofertadas para o cargo no último concurso, organizado pela Fundação Vunesp.

A prova objetiva foi composta de 100 questões, com as seguintes disciplinas:

Módulo I: Língua Portuguesa (36 questões);

Módulo II: Noções de Direito (30 questões);

Módulo III: Noções de Informática (16 questões);

Módulo IV: Noções de Criminologia, Noções de Lógica e Atualidades (18 questões).

Outras etapas de avaliação foram compostas de prova escrita (com 5 questões dissertativas), comprovação de idoneidade e conduta escorreita mediante investigação social, prova oral e prova de títulos.

⇒ Confira o edital completo!

Confira o conteúdo programático:

  • Língua Portuguesa: Leitura e interpretação de diversos tipos de textos (literários, não literários e mistos). Ortografia. Acentuação. Sinônimos e antônimos. Sentido próprio e figurado das palavras. Pontuação. Classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral, artigo, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção e interjeição, emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem. Emprego de tempos e modos verbais. Frases e tipos de frases. Oração: termos essenciais da oração, termos integrantes da oração, termos acessórios da oração, coordenação e subordinação. Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Colocação pronominal. Semântica. Crase. Análise morfossintática. Vícios de linguagem.
  • Noções de Direito:
    • Constituição Federal: artigos 1.º a 14, 37, 39, 41 e 144. Direitos Humanos: Estado Democrático de Direito. Direitos Humanos e Cidadania. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos. Pacto Internacional dos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais. Convenção Americana de Direitos Humanos (Pacto de San José da Costa Rica). Convenção Contra a Tortura e outros Tratamentos ou Penas Cruéis, Desumanos ou Degradantes. Estatuto de Roma. Grupos vulneráveis e minorias. Diversidade étnico-racial: história, preconceito, discriminação, racismo, igualdade, ações afirmativas.
    • Código Penal: Tempo do Crime: artigo 4º. Lugar do Crime: artigo 6º. Do crime: artigos 13 a 25. Concurso de Pessoas: artigos 29 a 31. Concurso de Crimes: artigos 69 a 71. Dos Crimes contra a Vida: artigos 121 a 128. Das Lesões Corporais: artigo 129. Dos Crimes contra a Honra: artigos 138 a 145. Dos Crimes contra a Liberdade Individual: artigos 146 a 149. Dos Crimes contra a Inviolabilidade do Domicílio: artigo 150. Dos Crimes contra o Patrimônio: artigos 155 a 183. Dos Crimes contra a Dignidade Sexual: artigos 213 a 234-B. Dos Crimes contra a Fé Pública: artigos 289 a 311. Dos Crimes Praticados por Funcionário Público contra a Administração em Geral: artigos 312 a 327. Dos Crimes Praticados por Particular contra a Administração em Geral: artigos 328 a 334-A. Dos Crimes contra a Administração da Justiça: artigos 338 a 359.
    • Código de Processo Penal: Do Inquérito Policial: artigos 4º a 23. Da Ação Penal: artigos 24 a 62. Das Incompatibilidades e Impedimentos: artigo 112. Da Restituição de Coisas Apreendidas: artigos 118 a 124. Das Provas: artigos 155 a 250. Da Prisão, das Medidas Cautelares e da Liberdade Provisória: artigos 282 a 350.
    • Legislação Especial: Decreto-Lei nº 3.688/1941 (Lei das Contravenções Penais). Lei nº 4.898/1965 (Lei de Abuso de Autoridade). Lei nº 7.716/1989 (Crimes de Preconceito Racial). Lei nº 7.960/1989 (Prisão Temporária). Lei Federal nº 8.069/1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente): artigos 2º, 171 a 178, 225 a 244-B. Lei nº 8.072/1990 (Crimes Hediondos). Lei nº 8.078/1990 (Código de Defesa do Consumidor): artigos 61 a 80; 2.5.8 Lei nº 8.429/1992 (Lei de Improbidade Administrativa): artigos 1º ao 13. Lei nº 9.099/95, com as alterações feitas pela Lei n.º 11.313/06 (Lei dos Juizados Especiais Criminais): artigos 60 a 76, 88 a 92. Lei nº 9.296/1996 (Lei de Interceptação Telefônica). Lei Federal nº 9.455/1997 (Tortura). Dos crimes previstos na Lei nº 9.503/1997 (Código de Trânsito Brasileiro): artigos 291 a 312-A. Lei nº 9.605/1998 (Lei do Meio Ambiente): artigos 32, 42 e 65. Lei Federal nº 10.741/2003 (Estatuto do Idoso): artigos 93 a 109. Lei nº 10.826/2003 (Estatuto do Desarmamento): artigos 12 a 21. Lei nº 11.340/2006 (Lei Maria da Penha): artigos 1.º a 22, 24 e 41. Lei nº 11.343/2006 (Lei de Drogas). Lei Federal nº 12.527/2011 (Lei de Acesso à Informação) e Decreto Estadual nº 58.052 de 16.05.2012. Lei Federal nº 12.830/2013 (Investigação criminal conduzida pelo Delegado de Polícia). Lei nº 12.850/2013 (Organização Criminosa). Lei nº 13.146/2015 (Estatuto da Pessoa com Deficiência): artigos 88 a 91; 2.5.22 Lei nº 13.344/2016 (Prevenção e Repressão ao Tráfico de Pessoas). Lei Orgânica da Polícia do Estado de São Paulo (Lei Complementar nº 207/1979, Lei Complementar nº 922/02 e Lei Complementar nº 1.151/11). Lei Estadual nº 10.261/1968 (Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de São Paulo).
    • Direito Administrativo: Dos princípios da Administração Pública Da Administração Pública Direta e Indireta. Dos poderes administrativos. Atos administrativos. Serviços Públicos: conceito, princípios e classificação. Responsabilidade Civil do Estado. Controle da Administração.
  • Noções de Criminologia: Conceito, método, objeto e finalidade da Criminologia Teorias sociológicas da criminalidade Vitimologia O Estado Democrático de Direito e a prevenção da infração penal Criminologia e o papel da Polícia Judiciária.
  • Noções de Lógica: Conceitos iniciais do raciocínio lógico: proposições, valores lógicos, conectivos, tabelas-verdade, tautologia, contradição, equivalência entre proposições, negação de uma proposição, validade de argumentos. Estruturas lógicas e lógica de argumentação. Questões de associação. Verdades e mentiras. Diagramas lógicos (silogismos). Sequências lógicas.
  • Noções de Informática: Sistema operacional: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e aplicativos, digitalização de arquivos, interação com o conjunto de aplicativos para escritório. Editor de texto: estrutura básica dos documentos, edição e formatação de textos, cabeçalhos, parágrafos, fontes, colunas, marcadores simbólicos e numéricos, tabelas, impressão, controle de quebras e numeração de páginas, legendas, índices, inserção de objetos, campos predefinidos, caixas de texto. Editor de planilha eletrônica: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão, inserção de objetos, campos predefinidos, controle de quebras e numeração de páginas, obtenção de dados externos, classificação de dados. Correio Eletrônico: uso de correio eletrônico, preparo e envio de mensagens, anexação de arquivos. Mensageria eletrônica: conceito e utilização. Voz sobre IP: conceito e utilização. Ambiente em rede: conceitos, navegadores, navegação internet e intranet, conceitos de URL, links, sites, busca e impressão de páginas, redes sociais, sistemas de busca e pesquisa, proteção e segurança, configurações, armazenamento de dados na nuvem (cloud storage). Hardware: Microcomputadores e periféricos: configuração básica e componentes; Impressoras: classificação e noções gerais; dispositivos de armazenamento externo: conceito, classificação e noções gerais.
  • Atualidades: Econômicas. Científicas. Sociais. Culturais.

Concurso PC-SP Investigador 2018

O concurso, também realizado pela Fundação Vunesp, ofertou 600 vagas para o cargo de Investigador. 38.966 pessoas se inscreveram no certame, com a relação candidato por vaga ficando em 64.

As etapas do concurso são as seguintes:

  • Prova objetiva;
  • Prova escrita;
  • Comprovação de idoneidade e conduta escorreita mediante investigação social;
  • Prova oral;
  • Prova de títulos.

A prova objetiva contou com 100 questões e o seguinte conteúdo programático: Língua Portuguesa (30 questões), Noções de Direito (30 questões), Noções de Criminologia (10 questões), Noções de Lógica (10 questões), Noções de Informática (10 questões) e Atualidades (10 questões).

Confira o conteúdo programático:

  • Língua Portuguesa: Leitura e interpretação de textos; 1.2 – Ortografia oficial; 1.3 – Acentuação gráfica; 1.4 – Sinônimos e antônimos; 1.5 – Sentido próprio e figurado das palavras; 1.6 – Pontuação; 1.7 – Classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral, artigo, pronome, verbo, advérbio, preposição, conjunção e interjeição; 1.8 – Frases e tipo de frases; 1.9 – Oração: termos essenciais da oração, termos integrantes da oração, termos acessórios da oração, coordenação e subordinação; 1.10 – Concordância verbal e nominal; 1.11 – Regência verbal e nominal; 1.12 – Colocação pronominal; 1.13 – Significação das palavras; 1.14 – Crase; 1.15 – Análise morfossintática; 1.16 – Vícios e figuras de linguagem; 1.17 – Figuras de sintaxe.
  • Noções de Direito
    • Constituição Federal: artigos 1.º a 16, 37, 39, 41 e 144.
    • Direitos Humanos – conceito e evolução histórica: Direitos Humanos e Cidadania. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos. Pacto Internacional dos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais. Convenção Americana de Direitos Humanos (Pacto de San José da Costa Rica). Código de Conduta para os Funcionários Responsáveis pela Aplicação da Lei (Adotado pela Assembleia Geral das Nações Unidas na sua resolução 34/169, de 17 de Dezembro de 1979). Convenção Contra a Tortura e outros Tratamentos ou Penas Cruéis, Desumanos ou Degradantes. Grupos vulneráveis e minorias. Diversidade Étnico-racial: história, preconceito, discriminação, racismo, igualdade, ações afirmativas. A Polícia Civil e a defesa das instituições democráticas: a polícia judiciária e a promoção dos direitos fundamentais.
    • Código Penal: Tempo do Crime: artigo 4º. Lugar do Crime: artigo 6º. Do crime: artigos 13 a 25. Da Imputabilidade: artigos 26 e 27. Concurso de Pessoas: artigos 29 a 31. Concurso de Crimes: artigos 69 a 71. Dos Crimes Contra a Pessoa: artigos 121 a 154. Dos Crimes Contra o Patrimônio: artigos 155 a 183. Dos Crimes Contra a Dignidade Sexual: artigos 213 a 234. Dos Crimes Contra a Incolumidade Pública: artigos 250 a 285. Dos Crimes Contra a Paz Pública: artigos 286 a 288. Dos Crimes Contra a Fé Pública: artigos 289 a 311. Dos Crimes Contra a Administração Pública: artigos 312 a 361.
    • Código de Processo Penal: Do Inquérito Policial: artigos 4.º a 23. Da Restituição de Coisas Apreendidas – artigos 118 a 124. Das Medidas Assecuratórias – artigos 125 a 144-A. Das Provas: artigos 155 a 250. Da Prisão, das Medidas Cautelares e da Liberdade Provisória: artigos 282 a 350.
    • Legislação Especial: Decreto-Lei nº 3.688/1941 (Lei das Contravenções Penais). Lei nº 4.898/1965 (Lei de Abuso de Autoridade). Lei nº 7.210/1984 (Lei de Execução Penal): artigos 1º ao 4º, 9º-A, 10, 11, 38 a 41, 120 a 125, 146-B, 146-D, 198, 199 e 202. Lei nº 7.716/89 (Crimes de Preconceito Racial). Lei nº 7.960/89 (Prisão Temporária). Lei nº 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente): artigos 2º, 171 a 178, 225 a 244-B. Lei nº 8.072/1990 (Crimes Hediondos). Lei nº 8.078/1990 (Código de Defesa do Consumidor): artigos 61 a 80. Lei nº 8.429/1992 (Lei de Improbidade Administrativa): artigos 1º ao 13. Lei nº 9.099/1995 (Lei dos Juizados Especiais): artigos 2º, 60 a 76, 88 a 92. Lei nº 9.296/1996 (Lei de Interceptação Telefônica). Lei nº 9.455/1997 (Tortura). Lei nº 9.503/1997 (Código de Trânsito Brasileiro): artigos 291 a 312-A. Lei nº 9.605/1998 (Crimes Ambientais): artigos 29 a 69-A. Lei nº 10.741/2003 (Estatuto do Idoso): artigos 93 a 109. Lei nº 10.826/2003 (Estatuto do Desarmamento): artigos 12 a 21. Lei nº 11.340/2006 (Lei Maria da Penha): artigos 1.º a 7º, 10 a 24, e 41. Lei nº 11.343/2006 (Lei de Drogas): artigos 27 a 41, 50 a 53, 60 a 64. Lei nº 12.527/2011 (Lei de Acesso à Informação): artigos 1º a 9º, 21 e 22 e Decreto estadual nº 58.052/2012. Lei nº 12.830/2013 (Investigação criminal conduzida pelo Delegado de Polícia). Lei nº 12.850/2013 (Lei de Combate às Organizações Criminosas). Lei nº 13.146/2015 (Estatuto da Pessoa com Deficiência): artigos 88 a 91. Lei nº 13.188/2015 (Direito de resposta ou retificação do ofendido). Lei nº 13.260/2016 (Lei Antiterrorismo). Lei nº 13.344/2016 (Prevenção e Repressão ao Tráfico de Pessoas).
    • Direito Administrativo: Regime jurídico-administrativo. Princípios básicos da Administração Pública. Poderes administrativos. Atos administrativos. Serviços públicos: conceito, princípios e classificação. Responsabilidade civil do Estado. Controle da Administração. Improbidade administrativa. Lei Complementar nº 207/1979 (Lei Orgânica da Polícia do Estado de São Paulo). Lei nº 10.261/1968 (Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de São Paulo). Lei Complementar nº 1.151/2011.
  • Noções de Criminologia: Conceito, método, objeto e finalidade da Criminologia. Teorias sociológicas da criminalidade. Vitimologia O Estado Democrático de Direito e a prevenção da infração penal Criminologia e o papel da Polícia Judiciária.
  • Noções de Lógica: Conceitos iniciais do raciocínio lógico: proposições, valores lógicos, conectivos, tabelas-verdade, tautologia, contradição, equivalência entre proposições, negação de uma proposição, validade de argumentos. Estruturas lógicas e lógica de argumentação. Questões de associação. Verdades e mentiras. Diagramas lógicos (silogismos). Sequências lógicas.
  • Noções de Informática: Sistema operacional: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e aplicativos, digitalização, interação com o conjunto de aplicativos para escritório. Editor de texto: estrutura básica dos documentos, edição e formatação de textos, cabeçalhos, parágrafos, fontes, colunas, marcadores simbólicos e numéricos, tabelas, impressão, controle de quebras e numeração de páginas, legendas, índices, inserção de objetos, campos predefinidos, caixas de texto. Editor de planilha eletrônica: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão, inserção de objetos, campos predefinidos, controle de quebras e numeração de páginas, obtenção de dados externos, classificação de dados. Correio Eletrônico: uso de correio eletrônico, preparo e envio de mensagens, anexação de arquivos. Mensageria eletrônica: conceito e utilização. Voz sobre IP: conceito e utilização. Ambiente em rede: conceitos, navegadores, navegação internet e intranet, conceitos de URL, links, sites, busca e impressão de páginas, redes sociais, sistemas de busca e pesquisa, proteção e segurança, configurações, armazenamento de dados na nuvem (cloud storage). Hardware: Microcomputadores e periféricos: configuração básica e componentes; Impressoras: classificação e noções gerais; dispositivos de armazenamento externo: conceito, classificação e noções gerais.

⇒ Confira o edital completo!

Concurso PC-SP Papiloscopista 2018

O certame com a oferta de 200 vagas para o cargo de Papiloscopista foi organizado pela Fundação Vunesp. Ao todo, 42.751 pessoas se inscreveram no certame, com 213 candidatos por vaga.

A avaliação dos candidatos se deu por prova objetiva, composta de 80 questões, comprovação de idoneidade e conduta escorreita mediante investigação social.

O conteúdo programático cobrado na prova foi:

Módulo I: Língua Portuguesa (20 questões), Noções de Direito (5 questões), Noções de Criminologia (5 questões), Noções de Medicina e Odontologia Legal (5 questões) e Noções de Biologia (5 questões).

Módulo II: Noções de Informática (20 questões), Noções de Lógica (7 questões), Noções de Identificação (8 questões) e Atualidades (5 questões).

⇒ Confira o edital completo!

Concurso PC-SP Médico Legista 2013

O concurso, também realizado pela Fundação Vunesp, ofertou 140 vagas para o cargo de Médico Legista. Ao todo, 1.466 pessoas se inscreveram no certame, com a relação candidato por vaga ficando em 10,5.

As etapas do concurso são as seguintes:

  • Prova objetiva;
  • Prova de Aptidão Psicológica;
  • Prova de Aptidão Física;
  • Comprovação de Idoneidade e Conduta Escorreita, mediante Investigação Social;
  • Prova de Títulos.

A prova objetiva contou com 100 questões e o seguinte conteúdo programático: Língua Portuguesa (10 questões), Noções de Direito (10 questões), Noções de Criminologia (10 questões), Noções de Lógica (5 questões), Noções de Informática (5 questões) e Conhecimentos Específicos (60 questões).

Confira o conteúdo programático:

  • Língua Portuguesa: Fonética e Fonologia. Ortografia. Morfologia. Sintaxe. Pontuação. Semântica. Estilística. Textos: dissertativo, narrativo e descritivo. Compreensão de textos.
  • Noções de Direito:
    • Constituição Federal: artigos 1º a 5º e 144
    • Direitos Humanos: Declaração Universal dos Direitos do Homem. Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos. Convenção Americana de Direitos Humanos (“Pacto de San José da Costa Rica”). Código de Conduta para os Funcionários Responsáveis pela Aplicação da Lei.
    • Legislação Penal: Dos Crimes Contra a Vida. Das Lesões Corporais. Da Periclitação da Vida e da Saúde. Dos Crimes Contra a Dignidade Sexual. Dos Crimes Contra a Assistência Familiar. Dos Crimes Contra a Saúde Pública. Da Falsidade Documental. Dos Crimes Praticados por Funcionário Público Contra a Administração em Geral. Dos Crimes Contra a Administração da Justiça.
    • Dos crimes previstos na Lei nº 9.503/97 (Código de Trânsito Brasileiro)
    • Lei das Contravenções Penais
    • Legislação Processual Penal: Do Inquérito Policial: artigos 4º a 23. Do Exame do Corpo de Delito e das Perícias em Geral: artigos 155 a 184. Dos Indícios: artigo 239. Dos Funcionários da Justiça: artigo 274. Dos Peritos e Intérpretes: artigos 275 a 281
    • Lei nº 9.434/97
    • Lei nº 11.343/06
    • Lei Orgânica da Polícia do Estado de São Paulo (Lei Complementar nº 207/79 e Lei Complementar nº 922/02 e Lei Complementar nº 1.151/11)
    • Lei nº 10.261/68 (Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de São Paulo)
    • Lei nº 6.194/ 74 e Lei nº 11.945/09
  • Noções de Criminologia: Conceito, método, objeto e finalidade da Criminologia. História do pensamento criminológico. Teorias sociológicas da criminalidade. Vitimologia. O Estado Democrático de Direito e a prevenção da infração penal.
  • Lógica: Conceitos de raciocínio lógico. Estruturas Lógicas. Lógica de Argumentação. Questões de Associação. Verdades e Mentiras. Diagramas Lógicos. Análise Combinatória e Probabilidade. Teoria dos Conjuntos. Sequências Numéricas: progressões aritméticas e geométricas. Razões e proporções, regras de três simples e compostas, porcentagem
  • Informática: Sistemas operacionais abertos e fechados: instalação, configuração e operação. Softwares Aplicativos: processadores de texto, planilhas eletrônicas, bancos de dados, multimídia, armazenamento de dados, cópia de segurança, geração e digitalização de material escrito. Softwares Utilitários. Internet e intranet: navegadores, correio eletrônico, transferência de arquivos, sistemas de busca e pesquisa, grupos de discussão e comunidades, acesso à distância a computadores, proteção e segurança. Comunicação: protocolos de comunicação e redes locais e remotas. Hardware – microcomputador: configuração e componentes. Dispositivos periféricos: classificação, noções gerais e operação.

Quais os locais de provas do concurso PC-SP?

As provas dos concursos da Polícia Civil de São Paulo acontecem nas cidades de São Paulo (Capital e Grande São Paulo), Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

Acompanhe nossas

redes sociais