Compartilhar:

Concurso PF: 792 policiais são desligados mediante Reforma da Previdência!

icone calendario 19 set 2019

Com a nova Reforma da Previdência, 792 Policias Federais foram desligados da corporação gerando um grande déficit de servidores o que demostra uma maior urgência de ocorrer um novo Concurso PF, para poder suprir as vacâncias dos cargos.

⇒ Confira todas as informações na página do concurso!

Situação atual do concurso PF

A notícia sobre os desligamentos dos servidores, foi confirmada pelo Presidente da Federação Nacional dos Policias Federais, Luis Boudens, revelando que somente neste ano, 792 policias já deixaram o órgão. Os motivos, destes desligamentos, são diversos como falecimentos ou pedidos de demissão, porém as aposentarias ainda continuam ganhando o maior destaque.

Segundo dados do Painel Estatístico de Pessoal do Ministério do Planejamento, foram cerca de 500 aposentadorias, sendo 206 somente deste ano de 2019, esses dados são referentes até o mês de julho dos cargos da Área Policial.

Já na Área Administrativa, a Polícia Federal registrou 114 aposentadorias em um ano, desde o término do último concurso de 2018. Na Área de Apoio, não há a presença de formação de cadastro de reserva que permite realizar novas convocações.

Segundo o Presidente da Federação Nacional dos Policias, aqueles servidores que já estão propícios a aposentar provavelmente irão aproveitar o momento para finalizar o processo, antes da votação da reforma no Senado. Com isso, irá ocorrer mais saídas da corporação, durante as próximas semanas.

Nova-PF

Nova proposta de Emenda poderá beneficiar os Policias do órgão

Uma nova proposta de Emenda à Constituição (PEC) Paralela, tramita no Senado, podendo beneficiar os Policiais, Bombeiros, Agentes Prisionais e ainda outras carreiras de Segurança Pública. Afinal, ela menciona regras mais brandas para a aposentadoria para essas carreiras.

Se a proposta for aprovada, contará com emendas e sugestão de alterações não incluídas no documento de reforma da Previdência. O Senado comunica que uma Lei Complementar determine as regras e critérios próprios para que assim seja concedida a aposentadoria e pensão para Policiais Federais.

A nova proposta da Reforma da Previdência determina a idade mínima de 55 anos, além de 30 anos de contribuição e 25 anos de exercício na função. Recentemente, não há idade mínima de Policias para se aposentarem, apenas um tempo de contribuição, que é de 30 anos para homens e 25 para mulheres.

Os diretores da Fenapef estiveram, na última semana com o Senador Marcelo Castro, em Brasília, e uma das pautas discutidas foi a PEC Paralela. A equipe reforçou a necessidade de alguns ajustes no documento . “A PEC pararela foi bem recebida por nós”, disse Luis Boudens, destacando que a aposentadoria é um dos únicos direitos que os cargos da Polícia contém, afinal eles não recebem outros tipos de privilégio como FGTS e horas extras.

Nova-PF

Novos concursos PF

O órgão confirmou o envio de dois pedidos,ao Ministério da Economia, para realização de novos concursos , com isso a qualquer momento novos editais podem ser aprovados pelo Governo.

A confirmação do primeiro pedido, foi confirmado pela Diretora de Gestão de Pessoal Substituta, Vanessa Gonçalves Leite Souza, no qual revela que nesta solicitação há somente a presença de vagas nos setores da Área Policial.

É previsto cerca de 600 vagas de Agente Policial com exigência de nível superior em qualquer área de graduação e devem possuir Carteira Nacional de Habilitação. Os salários inicias são de R$ 12.441,23.

no segundo pedido, que foi confirmado pela Fenapef, há a menção de vagas destinadas para a Área de Apoio, o pedido foi feito para 234 vagas, sendo de níveis médio e superior. No total, há 834 vagas solicitadas para compor o órgão.

Saiba mais sobre o Concurso PF 2019: Novo certame terá vagas de nível médio e superior!

Ganhe 5% de desconto na primeira compra!

Acompanhe nossas

redes sociais