Concurso PF: Pedido de convocação enviado ao MJ | Nova Concursos

Concurso PF: Pedido de convocação de excedentes é enviado ao MJ!

icone calendario 04 out 2021

Candidatos do concurso PF , muita atenção! Foi enviado ao Ministério da Justiça um pedido de convocação dos excedentes do processo seletivo por parte da Fenapef.

Na última sexta-feira, 1º de outubro, a Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais) enviou ao Ministério da Justiça o pedido para a convocação dos candidatos excedentes da seleção, de forma a contribuir para o provimento de locais mais difíceis.

Além disso, um pedido também já havia sido enviado anteriormente ao diretor de Gestão de Pessoal da Polícia Federal, Oswaldo Gomide.

Vale destacar que em julho Gomide havia anunciado que seria feito o maior esforço para que todos os aprovados passassem para a fase final da seleção.

Concurso PF: entenda o pedido de convocação

A solicitação enviada ao Ministério da Justiça para que os aprovados excedentes sejam convocados possui como argumentos a contribuição para o preenchimento de vagas dos locais de difícil provimento.

Segundo Luis Boudens, presidente da Fenapef, existem cerca de 3.800 candidatos, já incluindo os aprovados dentro do quantitativo de vagas informado. A contratação de todos eles seria benéfica para a Polícia Federal .

“Esse chamamento acaba sendo benéfico para todos, principalmente para a sociedade, porque se tem a previsão de mais PFs sendo empossados e tornando muito mais barato que a realização de um novo concurso”, explicou Boudens.

Além disso, segundo as informações da Fenapef, a Polícia Federal conta com mais de 6 mil cargos vagos, o que mostra a necessidade de que todos os aprovados excedentes também sejam contratados, a fim de que outro concurso não precise ser realizado e, consequentemente, gere mais gastos.

Vagas, cargos e salários

O concurso da Polícia Federal ofertou 1.500 oportunidades imediatas, além de 500 já confirmadas para excedentes. Além disso, as vagas exigem o nível superior, e estão distribuídas entre os seguintes cargos:

  • Agente: 893 vagas;
  • Delegado: 123 vagas;
  • Escrivão: 400 vagas;
  • Papiloscopista: 84 vagas.

Ademais, os salários para as carreiras de Agente, Escrivão e Papiloscopista são de R$12.522,50, enquanto que para o cargo de Delegado, o valor chega a R$23.692,74.

Vale destacar que a jornada de trabalho para todos os cargos é de 40 horas semanais. Além disso, para a carreira de Delegado é necessária a formação em Direito.

Concurso PF: provas

Durante a seleção, que contou com a organização do Cebraspe , os candidatos inscritos no concurso PF deveriam passar pelas seguintes etapas avaliativas:

  • Provas Objetivas e Provas Discursivas (eliminatória e classificatória);
  • Exame de Aptidão Física (eliminatório);
  • Exame Médico (eliminatório);
  • Prova Oral (eliminatória e classificatória, somente para Delegado);
  • Prova Prática de Digitação (eliminatório, somente para Escrivão);
  • Avaliação de Títulos (classificatória);
  • Avaliação Psicológica (eliminatória).

Ademais, de acordo com a corporação, por se tratar de um concurso nacional, as oportunidades não possuem distribuição por regiões, de forma que a convocação dos aprovados acontecerá conforme a necessidade das unidades.

Além disso, a região Norte e as fronteiras são as que mais necessitam novos servidores:

“Todas as unidades da Região Norte devem realmente ser contempladas com vagas. Fora essa região, há uma faixa de fronteira com grande necessidade no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Paraná, especialmente Foz do Iguaçu e Guaíra”, relatou Cecília Silva Franco, diretora de Gestão de Pessoal da corporação.

Saiba mais sobre o Concurso Polícia Federal: 557 vagas para área Administrativa!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais